PplWare Mobile

LiquidMac 1.5 – Há água em MAC


Autor: Vítor M.


  1. -_-' says:

    Grande título de notícia… 😛
    E a aplicação é bastante curiosa.

  2. Shadow says:

    “Alarm on my Mac”

    Isto para todos os utilizadores de portáteis – Não deixem o portátil em qualquer lado que não são roubados!!! -.-

    Quanto ao programa, não vejo mesmo de momento utilidade para o acelerómetro….

  3. FSilva says:

    Desculpem, mas então é nisto que a Apple investe dinheiro e depois os MAC tem o preço que tem não é?

    Eu gostava de ter um MAC mas dar 2000€ torna-se pesado…

    Quanto a aplicações, num portatil, não devem ser muitas, talvez de segurança, para jogos não estou a imaginar um jogador virar o pc para fazer uma curva num jogo de corridas (até que era engraçado)… Enfim, se a Apple meteu esta tecnologia lá dentro, ela tinha alguma ideia especifica para ela… falta-nos saber o quê… 😀

    • Vítor M. says:

      Pois por norma aparece a tecnologia e depois aparecem as aplicações na prática.

    • Lourenço says:

      Desculpem, mas então é nisto que a Apple investe dinheiro e depois os MAC tem o preço que tem não é?

      tecnicamente é nisto, no restante hardware, e no seu software constituinte…
      mas basicamente sim…, é também nisto que a apple investe dinheiro que justificam o preço final do MAC….

    • a Friend® says:

      A realidade é que, o acelerometro está presente nos Macbooks à mesmo muito tempo (não tenho a certeza mas acho que até mais tempo que no iPhone) e muita gente desconhece completamente da sua existência 😀

      Mas se forem ao Youtube e procurar por videos (Macbook Accelerometer ou Motion Sensor) irão encontrar muitas aplicações e jogos que tiram proveito desta tecnologia, algumas até bastante engraçadas.

      Este é um mero exemplo:
      https://www.youtube.com/watch?v=6uvQTTPr9Rw

      😉

    • Rui Alves says:

      o acelerómetro existe nos macbooks há muito tempo, muito antes do iphone, e serve para desligar o disco em caso de queda do portatil

    • Rick says:

      Boas, o acelerómetro foi incorporado nos portáteis da Apple com o objectivo de salvaguardar o disco rígido em caso de queda ou choque. O acelerómetro detecta se existe movimento brusco e faz de imediato “Park” à cabeça de leitura do disco rígido, o que evita que esta entre em contacto com a superfície do disco.
      Esta funcionalidade foi considerada tão eficaz que hoje em dia, os disco mais caros já têm essa funcionalidade incorporada.

  4. Pedro Almeida says:

    A aplicação já é um pouco antiga. Já a experimentei há pelo menos 3 anos.

    Quanto ao acelerómetro, eu tenho um MBP de 2007 sensívelmente e já vem equipado com acelerometro. Este permite entre outras coisas fazer com que o computador desligue o disco em caso de queda (não totalmente vertical).

    E acreditem, já vi 1 ou 2 amigos meus agradecerem aos Deuses por isso.

    • Vítor M. says:

      Sim, estou a saber disso agora :D. A minha intenção, já que para mim é “quase tudo novo” é a partilha dessas preciosidades.

      Afinal este sensor é extremamente importante.

      • OmeuNOME says:

        tenho um Asus que em 2 anos levou 2 discos novos, e poucas vezes andava no colo, ou com ele nas mãos, tanto porque ainda pesava um pouco, como também tinha os apoios que não davam jeito nenhum.

        o meu MacBook à mais de ano e meio que anda imensas vezes nas mãos, no colo, na cama, no sofá… até hoje o disco tem-se portado bem, isto porque bloqueia em movimentos mais bruscos.

        já reparei que a ver filmes por exemplo, se tiver a mexer muito com o portátil, consigo mesmo fazer com que a imagem pare! 😀 isto prova que o disco deixa de ler nessas alturas.

      • Pedro Almeida says:

        Vitor não disse aquilo com o intuito de tirar qualquer “qualidade” ao teu post. Pelo contrário!

        Foi precisamente no sentido de reforçar que os acelerómetros já andam por cá há algum tempinho.

  5. Pelo que já li, uma das funções do acelerómetro, é detectar uma queda do portátil e desligar o disco rígido para impedir perda de dados.

  6. erik13 says:

    Antes de comprar o meu MacBook Pro li algures que o acelerómetro serve para o caso do portátil cair ou sofre um choque violento o OS pára automaticamente o disco rígido para que acima de tudo a informação contida nele seja salvaguardada.

    • Vítor M. says:

      Sim… isso é importante. Estamos há algum tempo a acompanhar isso, para saber o que se passou. Isso será um grande problema!!!

      Mas a Apple ainda não disse nada, vamos esperar para saber mais sobre o assunto.

  7. pfbatista says:

    Em Telemóveis, esta tecnologia é muito útil e tem grande aplicação, desde jogos, rotação de ecrã, interacção diversa…

    Em portáteis, só tem uma aplicação, prevenir que as cabeças dos discos estraguem a superfície detectando até pequenos movimentos. De resto não vejo outra utilidade.

    Já me passaram vários portáteis pela mão com este tipo de sensores, alguns bastava inclinar um bocadinho para que fizesse o parqueamento das cabeças. Alguns desses portáteis já tinham alguns anos.

  8. transik says:

    so uma duvida: ésta opção, de proteger o disco rigido, vem por defeito no mac? ou somos nos que temos que a temos de configurar?

  9. Tugatech says:

    Pessoalmente não vejo muita vantagem em ter de se estar a “abanar” o portátil, pois pudemos causar danos no mesmo. Os portateis foram feitos para aguentar alguns “abanões”, mas ocasionais e não para a utilização de programas…
    A aplicação ficava bem implementada era num iPhone ou parecido, mas já existem milhares de aplicações similares.

    No entanto não deixa de ser “bonito de se ver”…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.