Lembrar Steve Jobs – Um tolo que “pensou diferente”

Por Tomás Santiago para Pplware.com

Destaques PPLWARE

31 Respostas

  1. Joel Reis says:

    Um óptimo orador, uma grande perda.

  2. Hugo Gomes says:

    Ah ganda steve a morte chega a todos, a sia missao na terra foi cumprida. Temos tantos que ja se foram e muitos outros que iram fazer uma grande diferença no mundo tambem, musk, bill Gates, etc. O bom é irmos em paz com a nossa alma de missão cumprida.

  3. Jose Baptista says:

    Steve Jobs foi sem dúvida um génio, mas é triste ninguém falar de Dennis Ritchie, pai do Unix e da linguagem de programação C.
    Sem ele (Denis) será que ainda programávamos em assembler? O OSX e o Windows seriam os mesmos?
    RIP both.

  4. Rui Afonso says:

    Embora não seja fã da Apple, admiro Steve Jobs como alguém tecnicamente capaz mas visionário, que dava um passo, melhor dizendo, uma passada larga mas com um pé sempre assente no chão, sobretudo sem perder a noção da realidade. Algo que não vejo em Elon Musk, que tem inúmeros projetos/ideias, mas que quanto a mim não terá o mesmo percurso de sucesso que teve Steve Jobs.

    • Olha olha says:

      Concordo que pode ter vários projetos e nem todos irem avante mas não podemos deixar de considerar os feitos dele e como esta a tentar mudar o mundo para melhor e para o futuro que temos imaginado.

      • Rui Afonso says:

        Musk a mudar o mundo para melhor?? Nunca, mas nunca esqueça que Musk começou com um banco online (X.com) e depois associou-se ao Paypal. Ou seja, algo bem “material” que é o dinheiro! Nunca esqueça que para concretizar estas ideias “geniais” (algumas boas caso do Power Bank) é preciso uma enormidade de …… dinheiro! Ainda e sempre dinheiro. Cheira-me que a questão de mudar o mundo para um melhor futuro é assunto acessório. Já reparou que os principais produtos que Musk “oferece” ao mundo são caríssimos e mas sobretudo elitistas? Destinam-se apenas a um pequeno mercado de milionários. Onde estão ideias de sistemas de fornecimento de energia e água a preços acessíveis a populações necessitadas? Assim mudava o mundo e fazia dinheiro (só que para ele é pouco…).
        Eu também sou um “génio”: imagino casas a flutuar que se movem para onde quisermos; veículos que se movem sem consumir nada; uma impressora de dinheiro para quando precisar; etc, etc.

    • 1904_3526 says:

      Musk deixa Jobs a uma distância muito grande em termos de genialidade.
      Se disseres Wozniack ainda acredito um bocado….

    • Joel Reis says:

      O Musk é mais tolo, sim, com todas as vantagens e desvantagens associadas.

  5. KNIGHT says:

    Se eu usar a grana que tenho para furar fila no transplante acredito que ninguém vai gostar certo?

    Esse sr. furou fila com seu poder $$$ e não adiantou nada.

    Prejudicou alguem, mas os fãs estão pouco ai, certo? Afinal não foi com a família de ninguém de vocês para se importar, certo?

    • Joao says:

      Você na situação dele, faria diferente porque é altamente altruísta, certo?

    • Nelson Costa says:

      Concordo com o que diz, mas tendo em conta o sistema de saúde americano, aonde tudo é privado e depende do bolso do paciênte.
      O homem devia ter mais dinheiro que maioria gente que estava na fila de espera e deve ter proposto mais dinheiro, o grande “mau feitor” no caso que fala é sim o Hospital por ter aceite a proposta.
      Não estou de maneira nenhuma a defender o homem, mas sim a atacar o sistema de saúde americano.

  6. 1904_3526 says:

    Não existiu ninguém a copiar melhor que Jobs. Um indivíduo que copiava e juntava tudo o que de melhor havia na concorrência num único aparelho.
    Essa era a sua grande genialidade!

    • Brasão SS says:

      Aconselho-te a ler a biografia de Steve Jobs by Walter Isaacs. Tens que cultivar a tua bagagem cultural tecnológica. 🙂
      Acho que estás a precisar.

      O livro fala bastante da relação entre Steve Jobs e Bill Gates. Os dois competiam entre si, mas também eram parceiros de negócios. Enquanto Gates se refere a Jobs com certa elegância, Jobs não se preocupa em disfarçar o desprezo que sentia pelo rival.

      Gates, sobre Jobs: “Ele nunca soube muito sobre tecnologia, mas tinha um instinto impressionante para dizer o que funcionaria bem.”

      Jobs, sobre Gates: “Bill não tem imaginação e nunca inventou nada. Acho que, por isso, ele se sente mais confortável na filantropia do que na tecnologia. Ele descaradamente roubou ideias de outras pessoas.”
      😉

      • Miguel says:

        O sr. Jobs não se safava com computadores ou programação. Ele era mais virado para design e marketing/economia do que para engenharia.

        Tipicamente este sr Jobs era um “artista” cheio de manias como é costume.

        Ele sabia vender, e soube construir um império invejável e o resto é conversa.

  7. Bigodes says:

    Good artists copy, Great artists steal.

  8. rcjoaopedro says:

    Ao nivel do design e da estética aliada à funcionalidade e a pensar um produto de forma a que as pessoas o queiram de tal maneira que ficam dispostas a quase tudo para o ter. Desde a simples abertura da sua embalagem até ao toque no próprio material do produto. Mas a genialidade do Steve não era essa, a grande genialidade era acreditar nele mesmo de uma maneira que ninguém estava autorizado a colocá-lo na duvida e só essa confiança que ele tinha em si próprio é digna de uma grande pessoa. Não adianta trazer aqui se ele era bom ou mau porque todos somos bons e maus. Não há ninguém perfeito, e por isso ninguem tem de exigir que alguém seja perfeito.

  9. Tiago says:

    Uma coisa e’ certa: Morreu ha’ 6 anos: Quantas verdadeiras inovacoes trouxe a Apple desde entao? E estou a falar de inovacoes disruptivas.

    • Helder says:

      Disruptivo é ainda andarem a copiar a Apple a cada ano que passa!

      • Joel Reis says:

        Tens toda a razão, depois de anunciado o iPhone X vai ser tudo a copiar com ecrãs de bordas minimas, carregamento sem fios e ecrãs amoled… lol!

    • Joel Reis says:

      A Apple ainda vive do legado dele, tudo o que Tim tem feito é aproximar a Apple da concorrência, cada vez menos “think different”, evolução segura mas pequena, o que lhe traz sucesso a curto prazo, mas a longo prazo vai levar ao declínio da marca.

  10. Luis says:

    Think difrent já n está nas mãos dele mas sim de um burro hipócrita que se julga o maior a vender gato por lebre aos consumidores .

  11. Miguel says:

    Se querem adorar alguém adorem o Woz…

    Não esse ganancioso aí.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.