Quantcast
PplWare Mobile

Já pode comprar o seu iPad mini Retina

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Vítor M.


  1. Nuno Rompante says:

    Ora bem, tenho de despachar primeiro o iPad 3 que tenho, e ver se cobre a despesa na compra deste.

  2. Melo says:

    Este é, presentemente, o meu objecto de sonho. Como não há €€€€ fico à espera de o obter como prenda de Natal através de um passatempo PPLWARE.
    Abraço,
    Melo

  3. Sergio J says:

    já está a venda em Portugal? Isto vai ser um e$touro. A minha sogra vai comprar o ipad 2 da minha filha. Com o dinheiro será comprado um ipad mini 32 GB (falta saber se a primeira, se a segunda versão. Tenho receio de comprar a 2ª e no IOS9 já nao ter suporte). Depois vou comprar um ipad mini 2 para mim. A dúvida será entre ele e o ipad air

    Hipoteticamente a densidade de pixeis acima do retina display é imperceptivel, logo não podemos dizer que a imagem é melhor que a do ipad air

    • Carlos Mateus says:

      Suponho que querias dizer “tenho receio de comprar a 1ª e no iOS9 já não ter suposte”. Acho que, tendo a possibilidade, este novo mini é um investimento melhor a longo prazo (processador,ram,ecra, é tudo melhor).

    • Gaius Baltar says:

      O iOS só sairá daqui a 2 anos. E pelo o histórico da empresa nada faz crer que o Mini 2 não será actualizado.

  4. Olé says:

    Boa notícia. Já vem um a caminho aqui pa minha morada 🙂

  5. CPereira says:

    So quem for maluquinho.

    • Nelson says:

      Só para quem for maluquinho, porquê?

      • D says:

        Ai vêm eles dizer que arranjam um tablet por 100€ que não “laga” nem encrava.

        • Vítor M. says:

          Isso é mentira e olha que mesmo com o meu Nexus 7…. ao lado do meu iPad mini… o iPad mini dá uma abada.

          Não é que o Nexus 7 não seja bom, que é, sem dúvida o melhor tablet com Android, mas em igual circunstâncias de utilização, apps idênticas, os mesmos jogos e com a mesma equidade… não há hipótese, o iPad mini é substancialmente melhor.

          No iPad mini existe o ecossistema Apple, com todas as tecnologias e com uma integração fantástica, no Nexus 7 há uma série de cenários de maior abrangência, como mais poder de partilha, é mais barato, tem uma excelente integração com os serviços Google (que são excelentes) além de outras funcionalidades mais ao nível profissional que permitem outra abordagem.

          Mas este gadget, o iPad mini Retina é fantástico.

          • Filipe Santos says:

            Poder de partilha comparativamente ao Android? Li bem?

          • Vítor M. says:

            Sim, a lista de serviços existente no Android, para onde podes partilhar conteúdos, é substancialmente mais vasta, integra um largo número de clientes cloud e redes sociais. tens de experimentar para saber o que digo.

          • RM37 says:

            Por curiosidade, tens o Nexus7 2012 ou o 2013?

            É que uso o de 2013 e o iPad mini (1) e não sinto diferenças de performance entre os dois, bem pelo contrário…

          • Vítor M. says:

            Eu tenho do de 2012, mas temos na equipa já o Nexus 7 de 2013. E se não sentes, então faz o seguinte: mete lado a lado um jogo que puxe pela performance dos equipamentos, o Real Race 3 por exemplo e vê a diferença. 😉 Mas aqui é uma coisita. Quando estiveres a trabalhar umas horas num e noutro, a diferença de performance começa a notar-se mais.

          • Nunes says:

            @ RM37
            se comparares com o novo Mini ficarás com outra opinião!

        • Nelson says:

          Claro…

          Mesmo bons esses tablets de 100€…

          Mesmo o nexus 7… Se é tão bom assim, então para que é que há tablets a começarem nos 500€ android?

          Lá está… “bom que chegue” vs o que a gente realmente quer…

        • Nuno Vieira says:

          Por favor,… Dizes isso porque se calhar nunca pegaste num tablet decente.

    • Vítor M. says:

      Há dias estava a falar com um amigo, médico no Hospital S. Sebastião e diz-me ele:

      “Comprei um iPad mini e não passo já sem ele. Algumas aplicações médicas têm uma usabilidade fantástica, mas prefiro usar alguns métodos que aproximam as necessidades do serviço hospitalar à minha forma de trabalhar.

      Tenho informações precisas em documentos PDF no ebooks que facilmente consulto e me permitem ter claramente os cenários de pacientes. Tenho cálculos para determinados doentes com a medicação e os relatórios que originaram certas prescrições.

      Está tudo muito organizado e sincronizado, recebo as notificações colocadas por outros colegas e as minhas anotações programadas.

      A grande autonomia da bateria e a facilidade de o transportar na bata fazem com que não o consiga deixar de lado, anda sempre comigo e a gestão documental é impressionante, com aplicações que me custaram um ou 2 euros.

      Se sincronizar equipamentos médicos com as apps desenhadas para o efeito, como tenho algumas… então é fantástico o registo de dados com um look muito limpo e esclarecido…”

      Um outro colega, professor, disse que o iPad foi a melhor coisa que inventaram, lá tem software que permite gerir as suas turmas, tem tudo devidamente apontado e sincronizado com o seu Mac e de lá sabe a vitalidade do seu trabalho em tempo real.

      Já o caso de outro amigo, que tem uma pequena empresa de moda, ter um iPad e desenhar no FileMaker as suas aplicações é um sonho. Tudo pode ser feito no FileMaker e usar as ligações 4G e Wifi para ter tudo devidamente escalonado e guardado no seu serviço e acessível de qualquer parte do mundo.

      Noutro exemplo, outro colega que é presidente de uma junta de freguesia, o iPad é o seu companheiro. Como está somente em meio tempo no executivo, precisa do seu iPad para… tudo praticamente. Tem o iPad mini e de lá faz um Face Time com a funcionárias da autarquia, recebe o mail na conta do executivo, assina documentos e envia com a sua assinatura, faz a gestão logística da sua actividade, lê os dossiês que lhe chegam tanto da câmara municipal como de organismos estatais, escreve no ipad os seus documentos, tem tabelas de excel que usa no iPad para preencher e para ir verificando algumas informações, usa serviços web para interagir com a população e tudo a partir do iPad.

      Também tenho amigos que usam o iPad para receber e enviar mail, para navegar, ouvir música enquanto estão a escrever no Pages, usam o iPad para gerir o seu album de fotografias e até fazem do iPad uma sala de cinema, pois ligam o mesmo a um projector para dar formação.

      Já um caso excelente, de um conhecido que é bombeiro, usa o iPad no dia a dia para gerir correspondência mas acima de tudo para investigação. Usa o iPad com aplicações dedicadas de alertas para a sua profissão, usa o iPad para fazer escalas e passar as mesmas para os serviços centrais e recebe notificações de diversa ordem, o iPad está em mau estado visual, é verdade, mas ele diz que não é para o pendurar ao pescoço, é para trabalhar e mesmo com uma case, já se nota o uso.

      Mas tenho outros exemplos, desde amigos que o usam com o Team Viewer para gerir as aplicações do seu restaurante (que são em Windows), e elaborar uma série de encomendas numa app desenhada a pedido para o seu restaurante que envia aos seus clientes um SMS com a ementa do dia…. e tantas outras coisas.

      Todos eles quando compraram um iPad… não tiveram um custo, fizeram um investimento 😉

      • Nuno says:

        Esse comentário faz-me lembrar este vídeo da Apple: https://www.youtube.com/watch?v=B8Le9wvoY00
        A verdade é que não existe neste momento nenhuma loja virtual que faça sombra à App Store. Felizmente ou infelizmente no Android estão mais preocupados em inserir publicidade nas suas Apps; e o Windows 8 nunca mais arranca a sério… Nos tablets a escolha é simples…

        • Nelson says:

          Isso não interessa nada, não vês que no Android, podes meter ROMS que achas na net, é mesmo fácil, o pessoal do iOS não sabe meter isto…

          E podes personalizar tudo… podes mudar de launcher, podes mudar os ícones, podes mudar mudar os botões e essas coisas…

          Isso é o que interessa, não é ler páginas da internet, e realmente fazer algo de útil com o tablet…

      • Pedro :P says:

        Ahah tens muitos amigos 😀

        Mas é verdade..com um Ipad podes fazer isso e muito mais!

      • luislelis says:

        Ok estas cheio de amigos ricos lol.
        Tens de rever melhorar na tua escolha de amigos, parecem limitados ao Ipad sera q eles ja esperimentaram outros ambientes?
        Aquele abraco

        • Gaius Baltar says:

          A questão não é ser rico ou pobre, pois uma diferença de €100 não faz ninguém mais rico. A questão é que existem situações onde o iPad (ainda?) é imbatível. Também sou médico e trabalho com o iPad no meio dia a dia, de maneira semelhante ao colega citado pelo Vítor. Antes de comprar o meu Air pude testar os concorrentes Android (Galaxy Note 10 e Xperia Z) e o Surface RT. Testar mesmo, em condições reais e não “brincar” com um na loja.
          Nos Android notei a demora superior na resposta (mas nada monstruoso), algo que não percebi no Surface.
          O formato dos Android é mais próximo ao do iPad, e isso facilita a leitura e outros usos na vertical (muito importante para o meu uso. Já o Surface é óptimo na horizontal, mas um horror na vertical, com sua proporção 16:9. O que salta à vista é a espessura de todos os 3 concorrentes, muito grossos em relação ao Air. A qualidade de construção não sendo má é um furo ou dois abaixo do dispositivo da Apple.
          Mas o que pesou definitivamente a favor do iPad foram as apps médicas. Das 15 que utilizo habitualmente no iPad apenas 7 estavam disponíveis para Android e nenhuma (!) para o Windows RT.
          Por isso, e para a minha utilização, o iPad é a melhor escolha.

        • Vítor M. says:

          luislelis não sejas assim, são ferramentas de trabalho têm um preço de investimento e são aproveitadas pelo seu desempenho. Se usam estas ferramentas é porque outras não deram resultado.

          Os meus amigos, familiares e conhecidos têm um pouco de tudo, tal como os teus, mas de facto e porque me interessa aproveito para ver como dão uso às ferramentas, isso é para mim importante.

    • Nuno Vieira says:

      Gostei muito dos teus argumentos para provar que quem compra um iPad é maluquinho. Apenas faço um pedido, para a próxima sê mais sucinto a expores as tuas opiniões.

      /sarcasmo

  6. MarioM says:

    O Ipad Mini antigo ainda vai continuar a ser vendido ?

  7. Guilherme says:

    Alguém faz ideia de quando chega às lojas?

    • D says:

      O melhor é mesmo comprar pela Apple!

      • Nelson says:

        Subscrevo!!!!

        Mesmo para assistência, é melhor comprar online, já que em muitas lojas, eles não aceitam as trocas imediatas durante os 15 dias (online é obrigatório durante 14 dias), devido a muita gente ir lá se queixar que o seu Mac/iDevice “veio já assim” com riscos, esmoucadelas, etc… e eles não poderem dizer que não…

  8. ArCee says:

    Já googlei bastante mas não fiquei esclarecido. Alguém me sabe dizer sem sombra de dúvida (de preferência por ter mexido num ou saber informações da Apple) quanto de RAM têm os Ipad mini 2 (Retina)?
    Thanks!

    • Sergio J says:

      queres saber como geek, ou simplesmente queres basear a tua escolha em MHZ e GB?

      mas à partida tem 1GB DDR3 (via gsmarena)

      • ArCee says:

        Obrigado, Sérgio.

        Na verdade, são as duas coisas:)
        Estava prestes a comprar um tablet, e na comparação entre o Nexus 7 e o iPad mini, a escolha já estava feita. Mas se o Retina puder entrar na equação, tenho de a repensar. Mas tenho alguma urgência e por isso queria saber o máximo de specs possíveis. e como a RAM parece que é segredo e vi em algum sítio que podia continuar a ter apenas 512, quis esclarecer.

        Agradeço o alerta de que não se escolhe gadgets só com base em MHz e GB, concordo que são apenas um de vários factores a considerar, e nem sempre necessariamente dos masi importantes:)

        • Sergio J says:

          em termos de specs o ipad mini é um ipad air mais pequeno.

          Como a resolução é a mesma e o tamanho é mais pequeno os ppi’s aumentam no mini aumentam, mas no fundo isso não é uma vantagem para o utilizador pois ambos serão retina display, logo imperceptível ao olho humano.

          Obviamente podemos dizer que à medida que aproximamos o ipad air de nós os pixeis passam a estar perceptíveis, enquanto que no ipad mini isso não acontece pq os ppis são identicos aos do iphone.

        • Nunes says:

          Tendo sistemas operativos diferentes, o mero valor de memória RAM não diz muito – o iOS tem uma gestão mais eficiente de memória! Tens que comparar a performance de cada um na tarefa pretendida, para chegar a uma conclusão!

        • Nelson says:

          Segundo os testes, são 1GB, tanto como o iPad Air.

          Mas não podes comparar 1GB no iPad com o resto… 1GB é, como sabes, o máximo que um iPad tem, e corre todas as aplicações até com metade, se for preciso…

          Por exemplo, o meu telemóvel Android (Samsung Galaxy Nexus), tem 1GB de RAM, mas depois rouba daqui, rouba dacolá, só ficam disponíveis 600 e tal! Só de “serviços Google”, gasta-me constantemente 54MB, mais 33MB para o teclado SwiftKey, mais 21MB para o Viber, e o Facebook simplesmente gasta-me 47MB… e isto só dos mais “graudos”, falta o Dropbox, launcher, BluetoothShare, blá blá blá…

          Resumindo e concluindo, tenho o telemóvel que de extras, tenho o básico (Dropbox, Viber e Facebook), abro as definições para ver a RAM livre e só sobra uns meros… 24MB…

        • Gaius Baltar says:

          A questão das specs é mesmo para se pensar bem. Já vi smartphones e tablets com piores specs e melhores desempenhos que seu congéneres.

      • Link says:

        Já vi em qualquer sitio (de confiança), que tanto o Air como o Mini Retina têm 1gb de ram.

        • ArCee says:

          Uma thread produtiva e sem flames, thanks a todos:)

          E a minha conclusão é que se não puder mesmo esperar, vou para o Nexus 7; caso possa adiar a coisa e fazer uma ginástica financeira, lá há de vir o iPad Mini Retina…. 🙂

  9. Nuno Vieira says:

    Eu até agora sempre comprei os iPads normais, mas sempre os achei um pouco pesados para se utilizar em períodos longos se tiver que o segurar na mão. Quando saiu o iPad Mini original eu preferi o iPad 4, embora o primeiro tivesse uma vantagem grande em relação ao peso, este tinha desvantagens noutros pontos, nomeadamente o SoC e o ecrã. O iPad Air é uma grande melhoria quando comparado com o antigo referente ao peso, mas o iPad Mini também melhorou bastante a quando ao processamento e ao ecrã. Agora pareço um tolo no meio da ponte, não sei qual deles comprar. Vou esperar até ver um numa loja para me decidir.

    • Nuno says:

      Para usar em casa, o Air; para usar fora de casa, o mini. Agora escolha! 🙂

    • Nelson says:

      Uma das coisas que chatiava no iPad 1-4 é que para escrever, tinhas de o ter pousado. Podias escrever com ele nas mãos (em “portrait”), mas não dava assim muuito jeito, tinhas de fazer ginástica….

      No Air, já podes fazer isso na boa, podes segurar bem, e com os polegares a chegarem ao G e H sem esforço.

    • Gaius Baltar says:

      Eu tenho um Air e a patroa um Mini (da primeira geração). Antes de conhecer o Air eu estava inclinado por um Mini (se saísse com Retina Display). Agora digo que não troco o Air de maneira alguma! É apenas um pouco mais pesado e volumoso que o Mini, mas o ganho em ecrã compensa (para mim). É de outra galáxia em comparação aos iPads anteriores.

  10. Nuno says:

    Nas últimas semanas têm surgido algumas noticias sobre problemas com os ecrãs deste iPad, com o efeito burned-in semelhante ao encontrado na 1ª geração de Macbooks Retina.
    Têm novidades sobre isto? Será que vale a pena aguardar mais uns tempos para verificar se isto de facto afectará os devices que serão colocados à venda?

    • Nunes says:

      Essas notícias referem-se à linha de produção de ecrãs de alguns fornecedores, não a problemas nos iPads! Esse problema no fornecedor, reduz o volume de produção do iPad mini, de modo que durante algum tempo a oferta vai ser inferior à procura!

    • Nelson says:

      Como é que surgiram problemas, se ele foi posto á venda hoje?

      Os problemas foi de que os ecrãs das fornecedoras do Mini Retina apresentavam burn-in, e o Tim Cook teve ir buscar os ecrãs á Samsung. Mas isto não foi de há semanas, as notícias é que estão a sair agora.

      Por isso é que o Mini Retina só saiu agora, e com poucos números.

  11. João Tavares says:

    A ver se vendo o meu 4 para comprar este, dava-me jeito um tablet mais pequeno. Se alguem estiver interessado apite! 🙂

    • moedinha says:

      Pois, com o lançamento do Air e agora deste, os possuidores dos antigos Ipad 2, 3 e 4 viram o valor baixar muito e para trocar é uma chatice. Se pedir 400€ pelo ipad 3 dizem-me que compram um air muito superior por pouco mais, se peço 300€ ficam na dúvida pois o novo mini já tem retina e é muito superior tb… (tinha colocado a resposta noutro lugar)

  12. Nexus 7 !!!!

    e tenho um iPad 2 , mas o Nexus 7 2013 é uma maquina !

    • Nelson says:

      Tive um iPad 2, e nem dado queria o nexus 7…

      Que tamanho mais ridículo… parece um phablet… consegues ler uma página A4 nisso?

      • Road Runner says:

        Não só páginas A4, como revistas inteiras duas vezes A4 ou mais, com a maior das facilidades e vai no bolso do Blusão ou de um Casaco para todo o lado. Como disse num post anterior, excepto debaixo de água. 🙂

        • Nelson says:

          Olha, e eu no meu iPad, consigo meter o dobro disso…

          Depois tenho de ler com uma lupa, debaixo de água ou em cima de água…

          Há com cada um…

          O ecrã do Nexus 7 é uma anedota, além de ser pequeno demais, tem aquela barra preta enorme que precisas para usar o tablet.

          Além disso, é 16:9, ou 16:10 com a barra preta, para ver videos nesse ecrã de 7″, ok… mas para ler, lês nem uma frase, já tens de passar de linha…

          Por alguma razão é que se escreve em linhas horizontais, e não em linhas verticais…

    • Gaius Baltar says:

      O iPad 2 é um equipamento com 2 anos. Compara-lo ao Nexus 7 2013 não é credível. A comparação certa deve ser com o Mini 2.

  13. Tiago André says:

    Boas,

    Pessoal do pplware, vão fazer alguma análise a tablets low-cost, com valores a rondar os 230€? Ando completamente perdido na área de 10″ e superior.

    • D says:

      Por esse preço Nexus 7! Para 10” só se for os BQ que são “interessantes” mas não passa disso!

    • Gaius Baltar says:

      Nessa faixa recomendo-te o bq Edison. Não tem o mesmo desempenho de um Tab 3 ou um iPad, mas nessa faixa é o melhor. Comprei um a pedido de um amigo que está no Brasil e fiquei surpreendido com a relação custo/qualidade daquilo. Não esperes ecrãs de retina ou desempenhos fenomenais, mas é muito fluido e roda Jelly Bean 4.2. Resolução: 1280 x 800, CPU Cortex A9 Quad Core ou Dual Core até 1,6 GHz, GPU Quad Core Mali 400 até 600 Mhz e RAM de 1 GB ou 2GB, conforme a versão. Vê aqui: http://www.bqreaders.com/pt/produtos/edison-2-quad-core.html

  14. Pedro says:

    Já encomendei… prenda de Natal para a minha mulher!
    Quem estiver a pensar em comprar é melhor não deixar para muito perto do natal (caso seja para oferecer nessa altura).
    Encomendado hoje, previso entrega para 4 de Dezembro (3 semanas)!!!

    • Gaius Baltar says:

      Chega antes das 3 semanas. No site o pedido vai directo à central de distribuição europeia que pede o equipamento à fábrica. No caso de serem modelos com menos saída (3G/LTE e/ou com mais 32 GB) pode ter que ser fabricado. Daí esse prazo de 3 semanas. Se for um modelo só WiFi de 16 ou 32 GB chega em 2 semanas no máximo.

  15. Benchmark do iPhone 5 says:

    Parece que há quem esteja indeciso entre o Mini 2 e o Air.
    Há razão para isso porque são exatamente iguais, exceto no tamanho do ecrã.

    Há uma coisa que o pessoal não se apercebeu – o Air é mais fino e leve que a versão anterior.

    Antes: 241mm x 186mm x 9,4 mm, 622grs.
    Air: 240mm x 167mm x 7,5mm, 478 grs (ficou mais estreito, porque as bordas diminuíram, fino e leve),

    Estive numa loja a sobrepor os dois (estavam presos por cabos compridos) e impressionou-me a diferença. Não havia o novo Mini, obviamente, mas o ecrã mais pequeno vejo-o como desvantagem em relação ao Air.

  16. Nuno Mendonça says:

    Será que já é possível comprar em alguma loja física?

    Obrigado

    • Gaius Baltar says:

      No momento não. E creio que a Apple irá controlar as vendas do Mini, para não canibalizarem as do Air.

      • Nunes says:

        Essa ideia não faz lá muito sentido! Se a Apple tivesse realmente essa necessidade, ajustaria o preço e as características do mini. Não iria impedir a venda nas lojas físicas com receio de canibalização, pois tal não só seria frustrante para muitos clientes, que poderiam escolher um produto concorrente, como certamente iria revoltar muitos revendedores!
        A Apple irá certamente pôr o iPad à venda nas lojas o mais depressa possível, poderá é não haver que chegue face à procura!

        • Gaius Baltar says:

          É justamente isso que estou a dizer. Não há outra explicação para o Mini 2 ter sido lançado na surdina. A demanda será tão alta que poderá canibalizar as vendas do Air.

          • Nunes says:

            :S surdina? Querias que a Apple fizesse um novo lançamento depois de já ter apresentado este iPad há algumas semanas atrás? A Apple apenas fez o que já tinha anunciado, começou agora a vender. As lojas físicas deverão receber em breve os novos iPads.
            Quanto à procura, é sobejamente conhecido o problema com o volume de produção do iPad mini, daí ter dito que poderia não chegar para a procura. Sabendo isso e sendo um produto importante para concorrer com tablets Android, não faz sentido a hipótese que levantas. Desenvolver um produto para depois mantê-lo escondido dos consumidores não tem pés nem cabeça. Ele foi criado para alargar o mercado do iPad, se não o põe à venda não serve para nada! A Apple aliás já por diversas vezes disse que canibalização entre produtos não preocupa muito desde que aumente as vendas

  17. Melo says:

    Para mim, que sou portador de deficiência visual, o iPad Mini seria um sonho FANTÁSTICO. Com o Voiceover ligado teria o mundo nas mãos. Também em termos de acessibilidade a Apple atingiu patamares de excelência. Pena são os preços!!!
    Um dia chego lá.
    Abraço,
    Melo

  18. Tiago André says:

    Gaius Baltar e D
    Obrigado pela ajuda.
    Acho que realmente os da BQ devem ser razoáveis para o que pretendo.
    Cumpts

  19. Tiago says:

    boa tarde, eu gostava de ter uma opiniao….. eu quero comprar um ipad mini, mas…. nao sei se compre o ipad mini 1 ou o ipad mini 2, visto o 2 ser 100€ mais caro, será que compensa dar mais 100€ e comprar o mini 2 em vez do mini 1?? a utilização que irei fazer é essencialmente, redes sociais, pdf’s e jogos. compensará comprar o ipad mini 2??

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.