iPhone 8 – Problemas na produção poderão elevar preço final


Destaques PPLWARE

115 Respostas

  1. BERRIO says:

    LOL…
    Tou mesmo a ver o ze tuga a vender a casa e o recheio para comprar o dito.
    É o preço a pagar pelo Elitismo exclusivo.
    E o meu one plus one ,dura e dura e…
    Abençoado seja.

  2. Jairo says:

    Independente do preço , com certeza venderá bem

    • Homo Erectíssimo says:

      (Venderá bem)-para quem o tem(€€€),ou para aquela gente doida que depois anda meses na mer** porque se viu iludida por um iPhone,ou mesmo para aqueles/as doidos/as que até pedem créditos para este fim–»o de comprar um smartphone da moda !! Sinceramente. 🙂

  3. Joel Reis says:

    Lol!
    Desde quando é que a Apple precisa de razões para subir o preço? O que importa é que haja clientes dispostos a pagar o valor.

    • jorge santos says:

      É a chamada noção de VALOR. É aquilo que os compradores estão dispostos a pagar por algo.
      O mesmo fenómeno acontece com os Mercedes ou BMW, que são marcas que não são mais fiáveis que um Toyota ou um Honda, mas milhares de pessoas estão dispostas a pagar mais por eles…

      Há pessoas exigentes e depois há pessoas para quem qualquer coisa serve…

      • Miguel says:

        queres mesmo comparar um mercedes a um toyota ? plz

        • gigbola says:

          1 carro é um carro, tudo mais que isso é cagança
          em Portugal 30% dos trabalhadores recebe menos de 600€, a média geral é de 800€, para 80% dia portugueses um Toyota Corolla de 91 serve para as necessidades diárias

          • Miguel says:

            Uma casa é uma casa, e pelo menos eu, gostaria de ter o melhor possível dentro das minhas possibilidades, e não é por pensar assim com casa, carro e etc, que vou comprar um smartphone de 1000€ seja ele qual for, só se tirar bicos, e mesmo assim…
            Não vou discutir se um corolla de 91 dava para 80% da população, os transportes públicos tb deveriam servir para 99% e secalhar nem 30% usa…

          • ZOrd says:

            Plenamente de acordo. Tenho um Corolla de 94 e não troco por nada. Nunca teve nenhum problema. Parou uma vez no caminho, mas era falta gasolina….

        • André Joli22 says:

          Pode ser um Mercedes a um Lexus. Diz lá qual é melhor? Pesquisa lá um pouco. 🙂

          • Miguel says:

            Que lógica, então vou comparar um mercedes a um ferrari.
            Se querem comparar carros comparem as coisas de forma melhor, comparem mercedes com bmw’s, lexus como tu dizes(e ninguem disse que era pior ou melhor que esta marca espé, entre outros. até pq as gamas da toyota não são exatamente as mesmas como acontece com a bmw e a mercedes.

      • Joel Reis says:

        Então e quem compra um BMW, menos fiável que um Toyota, mas mais caro é exigente ou não? É a fiabilidade é a única coisa que importa num carro?

  4. ratazana says:

    quem dá 600 euro por um telefone não se vai importar pagar mais uns 200 euros .

    • The Onee says:

      800 euros? isso é barato quando falamos de iPhones haha irá custar certamente mais de 1000 euros

    • Raca says:

      Mas se o preço estimado lá é 1000$… não vai chegar cá por menos de 1200€… (visto que um iPhone nos USA está a 600$ e aqui está a 700/800€ (ou mais) )

      • Belmiro says:

        Os preços nos EUA são sempre sem Iva (mas claro que o pagas na compra). O dólar também vale menos que o euro. Em todo o caso a esmagadora maioria compra em contrato e sai a 40-60% do preço (ou menos)

      • Joan says:

        O euro subiu, nao vamos sentir o aumento.posso garantir que o preco sera 799 para o modelo base

        • André Joli22 says:

          Isso pode não se refletir. É esperar para ver.

          • Bruno says:

            Sim! Não estou a ver como é que o modelo que tem sido designado por iPhone 8 iria ter o preço de 799 euros. Nunca irá custar menos do que 900 dólares dada a provável existência de mais 2 novos iPhones. A 900 dólares, mesmo com o melhor câmbio actual seria sempre no mínimo 950 euros

    • Haza says:

      Burros somos nós que compramos pk aí estaríamos a pagar mais do que o valor que deveria ser e por um erro cometido por eles ahaha mas fazer o que né? Essa doença não tem cura

  5. Luís says:

    É o mesmo que o governo dizer que temos de pagar mais impostos, isso já todos esperamos. Mas ainda bem que o mercado é livre e existem equipamentos equivalentes, porém mais baratos.

  6. Popopo says:

    Com tantos leaks e não conseguiram usar imagens reais do que será o novo iPhone para ilustrar a noticia?

  7. Miguel says:

    “vem uma grande revolução no design dos smartphones da Apple”
    rodar 180º a disposição da camera sem duvida uma grande revolução no design, WOW estou pasmado
    E isso e a revolução no design dos pneus nos ultimos anos

  8. Carlos Costa says:

    *ainda* mais caro? é justificavel face À concorrencia?

  9. censo says:

    Os rumores a quererem já justificar os ridículos preços de mais um telefone…sim um telefone!

    • Bruno says:

      Na verdade não faz sentido que uma coisa destas levasse a que decidissem agora a aumentar o preço de venda! O preço já estará definido há algum tempo com base em projecções de custos e de vendas a médio prazo. É normal no início de produção haver perdas maiores por os processos de produção ainda não estarem 100% optimizados. Os maiores custos iniciais são simplesmente absorvidos pois com o passar do tempo irão descer.

    • Nuno says:

      Lá por também fazer chamadas não significa que seja (só) um telefone. Isto é o canivete suiço do séc 21

  10. Necroman says:

    #ScreenGate ou outro #Gate qualquer… Aposto que esta revolução na Apple, que nada tem de revolucionário em relação a outras marcas, vai criar vários problemas.

    • Bruno says:

      ?? Agora perdas na produção implicam “Gate”??

      • Joel Reis says:

        “a fábrica chinesa apenas consegue aproveitar 60% da produção, com os restantes 40% a sair com defeito”
        40% dos telemóveis correm o risco de ser vendidos com defeito, e basta uma pequena alteração nesta percentagem por parte da fábrica, um facilitismo, uma querer despachar mais encomendas para termos um iGate… A Apple é conhecida pelo seu controlo de qualidade eficaz, mas também é conhecida por outras coisas que ultimamente tem vindo a perder.

        • Belmiro says:

          Os 40% são dos ecrãs e não dos telemóveis. Primeiro são testados os ecrãs e só os que passarem no teste são aplicados …

        • Bruno says:

          Joel, todos os processos de produção têm uma percentagem de perdas, mas isso não é o mesmo que a incidência de defeitos no produto final, isto porque uma perda pode ser por algo tão simples como partir o ecrã num determinado processo – não há um meio termo, ou está inteiro ou está partido! Aqui está-se a falar duma questão de cortes ou seja, a rejeição pode muito bem ser por o ecrã não ter as dimensões correctas, não por o ecrã ter um defeito de funcionamento. Dimensões é algo relativamente fácil de avaliar e rejeitar no controlo de qualidade, logo a incidência dum defeito deste tipo no produto final é reduzida.

          • Joel Reis says:

            Sim, pode… Vamos lá ver, mas se não for no ecrã, será noutra coisa, iPhone não é iPhone sem um “gate”, já faz parte! 🙂

          • Bruno says:

            Ficamos a perceber que queres um gate à pressão, não interessa a credibilidade do argumento.

          • Joel Reis says:

            Disse alguma mentira? Quantos “gates” nos últimos lançamentos?

          • Bruno says:

            Falei em credibilidade de argumento, não mentiras ou verdades.
            Ao confundirem perda em produção e incidência de defeitos no produto final, não há grande credibilidade para se estar a falar em “gates”!
            Falha-te o argumento do ecrã e vens logo a seguir dizer que será por outra coisa, não interessa o quê ou baseado em que factos, mostra como apenas o que te interessava era falar em “Gate”.

  11. Alexandre says:

    Isto de qualquer plebeu ter um iphone tem de acabar. A exclusividade paga-se caro e se existem pessoas dispostas a pagar esse preço sem afetar os lucros então força! O único eletrodoméstico que vale mais de 1000€ é um frigorífico cheio de cerveja e tremoços!

  12. Luís M says:

    Ainda mais?

  13. Just love technology in general says:

    LOL. Sera apenas uma nova tecnica para justificarem os seus precos ridiculos?

  14. Jimmy says:

    Mas a foxconn vai produzir os ecrãs da Samsung?? E os dos Samsung’s quem os produz?
    Hummm

  15. Homo Erectíssimo says:

    Lembram-se de eu aqui há uns tempos ter dito que este próximo iPhone iria custar quase 1000 euros(mesmo sem saber deste caso dos problemas na produção) ?? Pois é,eu bem avisei !! Agora quero ver quem vai pagar 1000 euros(mais de 200 contos na moeda antiga),por mais um iPhone para a colecção que já muitos têm em casa.Porque,sinceramente,não estou a ver muita gente que nunca comprou um iPhone ir comprar agora um,ainda por cima com este preço.Era bom,era !! A vida está difícil,e ninguém sabe o dia que o amanhã nos reserva !! Olhem,quem não o vai comprar(nem pode !!),sei bem quem é–»eu mesmo.1000 euros ?? Por amor de Deus !! 🙂

  16. sakura says:

    A apple já tem problemas em fabricar airpods em quantidades para abastecer o mercado! e agora é o iphone? ai ai . Sei que a apple tem estado a comprar “maquinas” “Sunic says they have supplied over 80 systems worldwide since 2000.”

    https://www.oled-info.com/sunic-system

  17. sakura says:

    A apple já tem problemas em fabricar airpods em quantidades para abastecer o mercado! e agora é o iphone? ai ai . Sei que a apple tem estado a comprar “maquinas” (em todo o mundo Só se fazem umas 10 por ano) mas agora já deve ser tarde…… Só resta subir o preço dos iphones. é o que faz ter o $$$$$$ na Irlanda, em vez de hardware e
    LG e Samsung não vão gostar……. sabotagem.

    maquinas –> “Sunic says they have supplied over 80 systems worldwide since 2000.”

    https://www.oled-info.com/sunic-system

  18. sakura says:

    1 post chega.

    “maquinas” (em
    ok não se pode usar “< – – "

  19. Johnny says:

    O tuga gosta é disto … telefones caros para mostrar aos amigos e vizinhos. Não interessa se passa fome, o importante é manter o “status”.
    Quem quiser que o compre …. não o compro por opçao.

  20. Carlos says:

    Que grande confusão que vai neste artigo!

  21. Elkido says:

    O Sharp Aquos S2 saiu hoje no mercado Chinês e já tem 84.95% em ecrán na parte frontal…. Não sei se o Iphone 8 conseguirá mais ter mais percentagem em ecrán…. Pois a luta agora é essa… Mas com o tempo conseguirão colocar até 99% em ecrán na parte frontal…. Excepto na parte do micro

  22. Miguelito says:

    Tinha custo de fabrico de 100$ passou a ter de 101$.

  23. Helder says:

    Os cães ladram, a caravana passa…

  24. iDespairing says:

    Problemas e mais proplemas desde que seja fiavel como o meu 6 plus com quase 3 anos. Venha ele tarde e bem quanto ao preço andam a falar muito mas não sabem nada ainda. Aposto que será semelhate ao do novo Note.

    • Joan says:

      Este modelo se for como na imagem do pplware e lindissimo, mas espero que a camera traga um sensor maior…1/2.3 ou 1/2 seria o ideal

      • Filipe says:

        Tenho algumas duvidas que a aparência seja esta, ou pelo menos não queria que fosse, hahaha, a linha de cima que comporta os sensores para mim está muito pirosa, o meu 6 plus só teve um problema e foi na entrada de fones, de resto impec, quanto ao preço não é de admirar, e como é mais que obvio por tudo o que se tem dito, vai ser bem mais caro que o note 8 da Samsung, alias nem fazia sentido que não fosse, (a rir quem nem um desalmado), mas pronto eles lá sabem, todos os anos recebo da empresa um telemóvel, recebi o s6 edge, o 6 plus e este ano o s8 da Samsung, já não vou apanhar este, talvez para o ano que vem, consiga-lhe deitar as mão e fazer as devidas comparações, até lá, resta-me ver e esperar.

        • Bruno says:

          Repara bem na última imagem. Achas que fica piroso?

          • José Carlos da Silva says:

            Duas linhas com informação (rede e bateria, e por baixo relógio e outros)? Sim, fica. Não diria piroso, mas está muito mal resolvido.

          • Bruno says:

            Sim nesse ponto estás correcto, não reparei que naquela imagem tinha duas linhas, fiquei com a ideia de que era como dezenas de outras imagens que têm apresentado como solução apenas uma linha no topo. Independentemente disso a imagem mostra como o topo do ecrã pode ser usado duma forma eficiente e elegante.

  25. Jorge says:

    Gostaria de ter um desses.

  26. Luís says:

    Acho muito estranho que apenas se aproveite 60% da produção nos cortes de ecrã. Em produção de alta tecnologia com o preço da matéria prima elevado e um fracasso redondo. Com toda a tecnologia existente neste momento e a utilização robots para efectuar tarefas altamente delicadas tenho duvidas que sejam técnicos a fazer o corte. O resto é a conversa de sempre dos que adoram e pagam e dos que odeiam.

    • Bruno says:

      O ecrã que tem vindo a ser mostrado nos rumores tem vários recortes mais complexos que o habitual ecrã rectangular. Quanto maior a complexidade maior a probabilidade de perdas, e no início é ainda maior por os processos ainda não estarem optimizados a 100%

  27. B@rão Vermelho says:

    Não sei se esta nova politica da Apple é a mais acertada, lançar pelo menos dois modelos distintos, vão competir entre eles, e sabendo como são os clientes avidos pela ultima novidade, talvez o Iphone 7 S, não seja uma aposta acertada neste momento.
    Quanto ao valor acho que tem tudo para ser um sucesso, quanto mais caro melhor, se não como fica o argumento de que não é para quem quer é só para quem pode.

    • Bruno says:

      Isso pode ser um problema para a empresa se não souber dimensionar a capacidade de produção à procura de cada modelo – competição entre modelos é algo que já acontece. A procura pode ser moldada ajustando os preços de venda de cada modelo, um dos motivos para muitos analistas esperarem que o iPhone 8 custe cerca de 1000 dólares, como forma de controlar a procura e tornar os outros modelos mais apetecíveis.

  28. Golden says:

    Nem estava muito para comentar, mas lendo muitos do comentários até me faz impressão, só transmitem frustrações e sensação de inveja, de algo a ser desejado!

    Todos criticam dar isto e aquilo por um smartphone, quando na realidade a maior parte das pessoas usam e abusam destes pequenos computadores, quem gosta e os usa bastante, e tem dinheiro que compre ao seu belo prazer, seja a pronto seja as prestações, ninguém tem nada a ver com a vida dessas pessoas, a maior parte dos comentários deste género só demostra frustração por não poder ter um seja porque razão, sim não poder ter, porque se realmente os podessem ter, não vinham para aqui criticar quem os compra seja de que método seja!

    O mais estupido ainda, são aqueles que se fazem de entendidos e bem aqui criticar e expor não sei mais o que, e às tantas para as férias fazem créditos para 15 dias com o dobro do valor destes semartphones topos de gama, não são 800€ ou 1000€, são 1500€ a 2000€ as tantas para umas boas férias, mas aí já está tudo bem que se lixe, acaba os 15 de férias, e la se foi o dinheiro, agora toca a pagar mensalmente, isto estou eu a fazer a criatica a muitos dos que estão aqui a comentar apenas, porque este tipo de palavreado não faz o meu perfil.

    Ou então aqueles que andam aí na rua com altas máquinas (carros), depois acontece algo de manutenção, e é o valha-me deus para arranjar dinheiro, muitos dos que estão aqui a criticar vivem neste tipo de mundinho, e deveriam era de ser os primeiros a ler e a estar calados!

    Deixem de criticar a vida dos outros, e sejam felizes!

    • Filipe says:

      Hó Golden, então afinal, “ninguém tem nada a ver com a vida dessas pessoas, a maior parte dos comentários deste género só demostra frustração por não poder ter um seja porque razão” e depois dizes isto, “O mais estupido ainda, são aqueles que se fazem de entendidos e bem aqui criticar e expor não sei mais o que, e às tantas para as férias fazem créditos para 15” e mais isto “Ou então aqueles que andam aí na rua com altas máquinas (carros), depois acontece algo de manutenção”, mas atão como ficamos, temos ou não temos a ver com a vida dos outros, hahahahaha.

      • Golden says:

        Só colocaste em causa o que te interessou o Felipe, então e o que eu disse aqui!
        (isto estou eu a fazer a criatica a muitos dos que estão aqui a comentar apenas, porque este tipo de palavreado não faz o meu perfil).

        Apenas dei o exemplo do que muito pessoal que está sempre na crítica faz ,mas pelos visto este género de conceito a eles não lhes diz nada, mas sim o que os outros fazem é que tem de ser sempre criticado, eu não critico nada, apenas crítico este tipo de mentalidades!

    • Joel Reis says:

      O teu comentário é a definição longa de “contradição”… Lol! De rir…

      • Golden says:

        Talvez tenhas entendido mal, ou até não me expressei bem, o que quis passar não era o que eu pessoalmente estava a crítica, aliás até porque não fazia sentido algum, estava a tentar passar a ideia que muitas das pessoas que estão a criticar, compram isto e aquilo, ou seja no fundo e na realidade por vezes ainda são piores, passam por situações piores mas porque já são elas a fazer, já não existe problema, nenhum, e eu tenho direito de criticar quem o faz, repito EU não tenho direito a criticar quem o faz, se essas pessoas o fazem o problema de delas e não meu, eu critico sim quem vem em praça pública fazer esse tipo de comentários cheios de mordomias, apenas isso, às vezes a escrita tem destas coisas, não conseguimos exprimir tão bem as coisas! se fosse eu a explicar o que tentei passar mas pessoalmente frente a frente, já iriam entender o meu ponto de vista do assunto!

      • Golden says:

        * Ou seja tentei passar a ideia do que vai na cabeça de quem critica, que no fundo faz muito pior na vida, e não aceita a crítica, e se não aceita não tem de criticar, foi mais ou menos isto que quis passar, dai em dizer quase no fim do que escrevi a primeira vez isto {muitos dos que estão aqui a criticar vivem neste tipo de mundinho, e deveriam era de ser os primeiros a ler e a estar calados}.

        E eu tentei foi fazer a crítica a esse tipo de gente, dando o exemplo delas, para servir de exemplo que elas não deviam fazer crítica porque são iguais, não querendo ser eu a fazer crítica a essas pessoas por serem iguais, resumindo e concluído se assim fosse, tinha de concordar em absoluto com a vossa critica direcionada a mim, mas é que era de rir mesmo se assim fosse!

      • André Joli22 says:

        Joel Reis, o comentário do Golden é para ti.
        Apareces em todos os posts sobre a Apple a chorar. Eu entendo essa frustração, já passei por isso. Mas é estudar e trabalhar que um dia 1000€ passam a ser apenas migalhas. 😉
        Força aí!

  29. Daniel says:

    A tendência do preço dos topos de gama tem vindo a aumentar.
    Por isso, o meu palpite, partindo do pressuposto que teremos 3 modelos, é qe 7s custe pelo menos 800 euros, o 7s pelo menos uns 900 euros e o 8 pelo menos 1000, isto para os modelos de 32gb.

    • gigbola says:

      O povo tem de deixar de comprar equipamentos nas grandes lojas nacionais. É um absurdo a margem de lucro que os mesmos têm. Se uma grande companhia de venda a retalho faz uma encomenda de por exemplo 2000 smartphones Huawei por a um custo de 100€ por equipamento, irão vendê- los a 220€ é uma roubalheira………vivemos num país de gatunos

      Ps: posso ter exagerado, mas não deve andar muito longe

    • Bruno says:

      O preço do 7s em euros deve descer qualquer coisa (750 euros ou menos), pois o euro tem vindo a valorizar-se face ao dólar. O preço em dólares dos iPhone não Plus é o mesmo há muitos anos.

  30. História says:

    Muito barato.ainda me lembro de darem por Nokia 500 euros e não fazia metade das funções e havia Nokia mais caros.agora há smartphones mais caros que o iPhone 8.1400 euros por porsche da huawei.a exclusividade paga se é bem e o iPhone 8 não é exclusivo.o 7s vai custar 800 plus 1000 e 1200 para o iPhone 8.sao multifunções computadores,câmaras fotográficas e telemovel.e qualquer dia paga se 2000 euros por um normal.o s8 custa 800 e o note 1000.mas há iPhones a 300 euros e smartphones a 100.90 %do pessoal navega nas redes sociais e joga logo qualquer um smartphones da.mas para alguns é caro porque metade da população ganha o ordenado mínimo e tem smartphones topo são opções .

  31. jorge says:

    se os iphone ja sao caros entao no novo………

  32. Jorge Santos says:

    Adoro estes comentários.. o maior estereótipo em torno dos telemóveis é mesmo a de que os iPhones são caros e duram pouco. Nada mais errado! Desde 2011, portanto em 6 anos, tive 2 telemóveis. 2 iPhones. Um iPhone 4 e um 5S. Nos dois gastei um total de 240€, novos e desbloqueados nas lojas (Optimus e posteriormente NOS). Problemas ? 0! O 4 ainda está em casa e funciona a 100%, só o troquei para o 5S porque já achava o ecrã pequeno. Conselho: Em vez de fazerem fila quando os Iphones são lançados esperem por boas promoções, elas aparecem sempre.

  33. luis carreira says:

    Não percebo qual é o vosso espanto. Só porque é iphone os haters atiram-se logo como feras…. Quanto custa um S8? não anda perto (em termos de preço)??? Não vos percebo por vezes.
    Claro que acima de 500€ ja começa a ser algo a considerar por muitos mas se há quem os dê isso já é para quem pode. E não se esqueçam que andam aí telemoveis de 12 mil € e ninguem diz nada….

    Tal como falaram aqui… Os automoveis é a mesma coisa… um clio vai ao mesmo sitio do que um classe c.

    • Homo Erectíssimo says:

      Ó luís(“E não se esqueçam que andam aí telemoveis de 12 mil €…”),você sabe o que diz ?? Em Portugal ?? Smartphones de 12.000 euros ?? Hão-de haver muitos !! 😀 😀

  34. Bruno says:

    Na notícia falam no lançamento de 3 modelos. alguém tem ideia de que tipo serão?

  35. btn says:

    O mais importe é o que não se sabe, os modelos 7S e 7S+ o que trazem de novo?!

  36. Certamente45 says:

    Curioso. Falam todos do preço do Iphone 8. Mas já agora, o Note 8 vai custar perto de 1000 euros. A questão é que é dinheiro bem empregue, enquanto que comprar um iphone por 1000 euros é lixo…:)))

  37. Rafael Oliveira says:

    Bom dia,

    Estou aqui para criticar a apple, que tem telefones similares a outros no mercado mas com preços bastante superiores.

    Eu não compreendo as pessoas que ainda pagam a esta marca, quando podem ter um telefone de outra marca.

    Se eu fosse comprar um mercedez e depois houvesse a hipótese de comprar um renault mas mais barato com as mesmas condições eu não hesitaria.

    Acho que isso existe uma falta de confiança em relação a outras marcas.

    • Catarino says:

      Se fosse exactamente igual como tu dizes nem existia a marca apple.

      Quem comprar apple compra principalmente pelo sistema operativo e pelo seu ecosistema.

      Enquanto não conseguires perceber a diferença entre os vários sistemas operativos, nunca irás perceber o porquê das pessoas escolherem telemóveis diferentes e pagar mais por eles.

      Isto acontece não só com o telemóveis como tudo o resto.

      Chama-se de opção de escolha por variadas razões.

      Eu tenho ios, tenho android e já usei windows dos 3 continuo a preferir o ios, não que seja melhor que os outros mas é o que mais me satisfaz, enquanto isto acontecer vou continuar a preferir a apple.

      Como sempre são os gostos não os preços que fazem as escolhas (desde que as pessoas tenham dinheiro para elas óbvio) , assim não fosse teria um Bugatti Chiron na garagem 😀

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.