PplWare Mobile

Diga adeus ao OSX! Vem aí o macOS


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. irlm says:

    estão a aprender umas coisas com os outros “siri”

  2. Mario Junior says:

    Mudaram o nome, mas mudarão também a forma com que os desenvolvedores do sistema trabalham nele? Mudarão a filosofia do “adiciona, adiciona, incha, bloat” e trabalharão em cima do coração do sistema, da parte técnica mais precisamente, ou continuarão fazendo com o OS X o que a Samsung faz com o Android?

    Por mais que pareça clichê, realmente o Jobs faz falta nessa empresa. Foi só ele partir e pronto, começaram a fazer tudo de todo jeito e fica por isso mesmo.

    Desde o Lion transformaram o OS X em um pedaço de software de *****, o tornando bloated, consumidor voraz de memória, lento em comparação a versões anteriores e em casos, perdendo performance para o SO da concorrente nos próprios devices produzidos pela própria Apple.

    Isso é algo inadmissível! Pegam um sistema Unix-like e conseguem a cada versão, esculhambar tudo. Saudades eternas do Snow Leopard. Ali sim, foi uma baita inovação, desde que a Apple introduziu a primeira versão do OS X no mercado.

    Quem sabe, se no dia que os usuários do OS X (agora chamado de MacOS) botarem a boca no trombone, a Apple não comece a dar atenção as entranhas do sistema.

    • Mario Junior says:

      Às entranhas*

    • Antwin says:

      a maioria das mudanças a cada versão são sempre no coração do sistema, muitas delas pensadas para reduzir o consumo de recursos, o problema é que muitas vezes não resultam tão bem em máquinas mais antigas.
      Por exemplo em todas as novas versões dos sistemas da Apple vai ser introduzido um novo sistema de ficheiros, substituindo o HFS+. Na anterior introduziram o Metal para acelerar diversas partes do interface, etc.

      • Antwin says:

        nota: o HFS+ ainda continuará a ser o sistema para o disco de arranque por enquanto mas para o próximo ano muito provavelmente passará a ser o preferido para o sistema.

      • Mario Junior says:

        Finalmente eles decidiram mudar o sistema de arquivos. Isso já era algo que deveria ter acontecido há tempos!

        Apesar que esse novo sistema de arquivos está a mesma coisa do ReFS, onde está todo limitado para uso final. Mas bem, mesmo assim, espero que a Apple tenha feito o dever de casa direito.

        Sobre o resto das novidades apresentadas, só tenho uma coisa a dizer: a Apple transformou o OS X em um sistema para geração de crianças X. Há muito tempo que o OS X tomou outro rumo. Deixou de ser focado em um sistema profissional, de alto nível, pra tornar-se um sistema para “crianças”.

        • Antwin says:

          está todo limitado? ainda nem o viste e já sabes que está todo limitado?
          Um sistema para geração de crianças, lol, faz o mesmo que sempre que fez para quem tenha conhecimentos.

    • Zefra says:

      Como eu te dou razao. Tantas vezes que via maquinas ate com mais recursos e com outros SO a “lavrarem” em vez de funcionarem como deve ser e o Mac (ate ao Lion) a voar… Depois pronto… Simplesmente aquilo que estamos a ver e que em muitos aspetos nem da tanta vontade de pegar no Mac.

      • Cristiano Alves says:

        O que me levou a comprar um mac foi precisamente uma situação dessas.
        Tinha um Asus, com i7 2.0Ghz, 500GB de disco, 4 Gb de Ram, e engasgava-se com um programa de audio que eu tinha de usar LIVE.
        No mesmo ambiente, um mac com um dual core de 2,2GHz, 320 Gb de disco e 2Gb de Ram, estava na boa com o mesmo programa (que apareceu primeiro para windows), e ainda testamos, abrimos o email, o browser no youtube, o calendário, o bittorent, e uma chamada de FaceTime… Nem um brake no programa…

    • Miguel says:

      O OS X não é um UNIX-Like. É um UNIX puro e certificado.

    • Cristiano Alves says:

      “Saudades eternas do Snow Leopard”
      Como me revejo nisto que estas a dizer…

  3. Pedro Dias says:

    Se não tiveres um iPhone esta atualização serve apenas para mudar o nome do SO.

  4. TOM says:

    Agora é que vai ser o planeta dos macacOS!

  5. eachtime says:

    Antes já era macOS só que era macOSX. Apenas tiraram o X. O X era por ser a versão 10 que nunca mais mexeu desse numero. Continua no 10 agora pergunto eu?

  6. Paulo says:

    RIP Windows
    RIP Linux

  7. kekes says:

    Em espanhol não fica nada bem, pois macos em espanhol significa: estupido, ridículo, falta de vegonha.

  8. RICARDO FERNANDES says:

    E o suporte a tela de toque?

  9. David Ramos says:

    Grande inovação loooooool mudar o nome….

  10. iSad says:

    Vamos voltar ao Habitual dizer mal dos que não usam. Sejam crescidos

  11. Ivan S says:

    Desde que façam algo melhor do que esse lixo do El Capitan já está bom

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.