PplWare Mobile

Portugal: Chegou o Apple TV+ e custa 4,99 euros por mês


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Bruno says:

    Estas empresas ainda não perceberam que quantos mais serviços destes existirem mais a pirataria aumenta?

    Basta a Netflix ter os direitos de uma série, a HBO por exemplo de um filme, e a Apple digamos de outra série que nos consumidores, se quisermos ver, só temos três ipotses, ou pagamos por todos os serviços, ou não vimos o que queremos, ou simplesmente vai se aos torrents.

    Tão simples quanto isso.
    Acho que seria interessante o Pplware fazer uma “investigação” sobre o aumento da pirataria nos últimos tempos com o aparecimento de mais e mais serviços destes.

    • Fixo says:

      Conheço quem faça o seguinte – subscreve um serviço e vê o que lhe interessa. Suspende e muda para outro e vê o que lhe interessa. Volta a um anterior quando já passou um certo tempo e há conteúdos novos.
      “Ah, mas os spoilers … se não se vê logo é-se spoilado … depois já não vale a pena ver …” É fugir deles.
      “Pois, mas os torrente não se paga …” Uma assinatura de streaming de vídeo custa pouco mais que um bilhete de cinema. Não sei que resultados dava a “investigação” mas creio que o streaming de vídeo diminuiu a pirataria.

      • Fixo says:

        P.S: Notem que os conteúdos novos, quando não são produção própria, não estão disponíveis indefinididamente. Os direitos de transmissão podem ter sido comprados para um certo período (ou para um conjunto de países e não para outros).

    • Diogo says:

      Primeiro aderi a netflix, fui cliente desde 2015.

      Depois à primevideo depois ao hbo.

      O mês passado cancelei tudo pois apesar de mais servicos cada vez via menos conteúdo interessante a ja ia em 20€ mês …

      A netflix cancelou mais de metade das series originais, as outras apenas saiem de 2 em 2 anos. Perdeu séries nao originais para outros…. Preco o mesmo….

      Desisti…

    • Gonçalo says:

      Falam de pirataria como se fosse uma coisa legal… “Para quê pagar x€ se posso sacar e ver gratuitamente?”, um pensamento correto (porque de facto há essa opção) mas péssimo para a sociedade. Se pensarmos “Para quê ir a uma loja e pagar quando posso simplesmente levar as coisas?”, já não parece tão correto, mas significa o mesmo. Esses serviços são como lojas, não esqueçamos, lá fazemos é as compras do mês.

      Se as pessoas pensarem em termos da sua própria profissão, de certeza iam mudar o ponto de vista. Se toda a gente começar a adoptar a via grátis (legal ou não) das coisas, ninguém é pago. Eu sei bem que no meu trabalho não ia gostar que os meus clientes deixassem de pagar, tenho a certeza que assim é no geral.
      É isso que vocês querem dizer quando falam em pirataria. Para quê apoiar o trabalho dos envolvidos em criar um filme/série e a própria emissora do tal filme/série, se podemos ir pela via grátis? Depois não se queixem se o conteúdo deixar de estar disponível em Portugal, se as taxas ficarem tão baixas que não compensa à Netflix, HBO, Amazon, Disney, Apple, etc ter cá os seus serviços.

      Portanto, a resposta a “Estas empresas ainda não perceberam que quantos mais serviços destes existirem mais a pirataria aumenta?” é “Não devia”, esses serviços são a ligação certa e legal entre os fãs e o conteúdo que esses serviços disponibilizam.

  2. Rubem Marcelo says:

    E quem tem uma box Android como é o meu caso, uma Xiaomi Mi Box S, não há hipótese de conseguir ver a Apple TV?

  3. Bruno F. says:

    Então custa 5€ por mês mas ainda temos de comprar ou alugar os filmes?

  4. yamahia says:

    É já a seguir.

  5. Daniel says:

    Os filmes têm legendas em português?

  6. Fulano says:

    “Milhares de filmes para comprar ou alugar.”
    Hahahahaha… Que (triste) comédia.

  7. M.Manuelito says:

    Eu continuo com o Netflix, posso ver em qualquer ecrã, pago €10.99 por mês e têm excelentes séries, pelo que é suficiente para mim.

    • Renato says:

      O serviço Apple TV+ inclui family sharing até 6 pessoas sem custo adicional. Se comprar um equipamento Apple (Mac, iPad, iPhone ou Apple TV tem direito a 6-12 meses grátis)

      • José Miguel Leitão says:

        é muito bonito mas até agora só funciona no meu iphone. Nos meus 3 pcs não funciona. entro na conta e fica o player a preto e parado sem imagem. A net é boa.
        Instalei no meu amazon fire stick, não entra na conta, fica a pensar.
        Tenho uma Samsung Q6FN atualizada e não aparece a aplicação na loja.
        Não sei onde é o suporte para a app.

  8. Fixo says:

    Todas as formas de adesão e borlas nos EUA (não sei se cá é diferente): https://www.idownloadblog.com/2019/11/01/free-apple-tv-trial-tutorial/

    Uma borla, de um ano, parece ser a Apple Music de estudante.
    Por certo a Apple vai lançar uma app para Android como fez com a Apple Music.

  9. Marco Costa Pinto says:

    Fiquei muito desiludido. Pensei que a Apple TV podia substituir a Netflix, que já subscrevo. Pago os €10 por mês mas tudo o que disponibilizado é grátis. Na Apple TV paga-se a mensalidade e cerca de 4 a 5 euros por aluguer de cada filme.
    Não era nada disto que estava à espera. Não sei se foi publicidade enganosa, ou expectativas demasiado elevadas. Enfim. Ao 6° dia vou cancelar a subscrição….

    • Pedro says:

      A Apple TV+ são 5€/mês e todos os filmes/séries são disponibilizados “gratuitamente”.
      O que possivelmente estará a ver são os filmes/séries para aluguer e não a Apple TV+. Uma coisa é a app Apple TV (que tem filmes para alugar/comprar), outra coisa diferente é subscrever a Apple TV+.

      • Pedro S says:

        Olha que não. Séries não pagas, filmes vais pagar. Um escândalo.

        • Pedro says:

          Não não vais!!
          Não confundir a app Apple TV que inclui filmes e séries para comprar (anteriormente estava no iTunes) com o Apple TV+. Dentro da app Apple TV tens os filmes/sérias para comprar/alugar e tens a Apple TV+. Clica na imagem que diz Apple TV+ que te vai levar aos (poucos) filmes e séries que já estão disponíveis no Apple TV+.

          Com o passar dos meses a Apple vai acrescentar mais filmes/séries. Possivelmente aí vai vai colocar uma app só para a Apple TV+, neste momento como tem poucas opções de escolha colocou tudo junto, o que pode confundir os utilizadores.

    • Pedro says:

      Dentro da app Apple TV tem que clicar no banner/imagem Apple TV+ e fazer a subscrição (7 dias gratuitos e depois 5€/mês ou no caso de ter comprado um dispositivo Apple desde 10 setembro 2019 terá 1 anos grátis).

  10. pedro says:

    “Milhares de filmes para comprar ou alugar. ” LOL Pelo menos disfarcem a vossa falta de imparcialidade

  11. Carlos says:

    Isso é apenas preço de lançamento para “angariar” clientes. Uma vez um número satisfatório , por política Apple esse preço irá aumentar para 15 euros. E aos pouquinhos ..penso eu de que

  12. Hugo says:

    Eu tenho direito a 1 ano grátis devido à compra de um iPad mas para já super desiludido.
    A app ficou uma confusão com o conteúdo pago e de aluguer tudo misturado com o gratuito do tv+ subscritos. Devia ter sido criada uma app independente, esperava mais de uma empresa como a Apple.
    Depois abrir um canal destes com 3/4 séries parece me um absurdo…ainda por cima a série SEE vai ter 8ep e só tem 3ep disponíveis.

    A única coisa a favor é a qualidade de imagem e som das séries, SEE tem uma qualidade inacreditável.

  13. Daniel says:

    Os conteúdos da Apple TV+ têm legendas em português?

  14. Alucard says:

    Tenho um plano Apple Music que aparentemente me dá acesso a isto. Mas só tenho um iPhone, não tenho Mac. É possível ver Apple TV+ num PC?

  15. xico says:

    lol e obrigado pela oferta de 7 dias…
    Quase que enche a cova do dente

    • Vítor M. says:

      Realmente. mas deu a quem comprou um dispositivo Apple recentemente um ano. Agora, a concorrência destes gigantes é que poderia fazer o preço baixar.

      • Filipe F. says:

        Certamente, se a Apple TV+ vingar e tiver conteúdos em quantidade e qualidade que rivalizem com HBO e Netflix, estes baixarão. Agora se for um catálogo muito limitado que será sempre inicialmente, as pessoas vão demorar a aderir, ou entre pagar por algo que já têm historial, sabem que tem sempre dezenas de conteúdos novos, e ir para algo novo, ficarão no que já usam.

        Viu-se pelo Spotify que mesmo com o Apple Music, que na verdade quase é um produto só para clientes Apple apesar de ser multi plataforma, não afetou o mercado para o consumidor, os preços não baixaram e este Apple Music até teve uma forte adesão do mundo Apple.

        Estaremos cá para ver se a Apple TV+ fará danos positivos ao cliente, ou será uma HBO que não convenceu, e que de certeza a um cliente novo, se tiver que optar entre pagar mais por Netflix ou menos por HBO, vai escolher netflix

        • Vítor M. says:

          Sabemos que a verdade na diferença entre o Spotify e o Apple Music é a borla e a pirataria conseguida no Spotify. O Apple Music tem mais e melhores conteúdos. Não vamos arranjar outros argumentos 😉

          Por outro lado, a Apple goza de uma proteção de ecossistema. Ambos os serviços são multiplataforma.

          • Pedro Ferreira says:

            Honestamente prefiro pagar pelo Spotify do que pelo Apple Music. Tenho os dois, o Apple Music herdado do Yorn X. Considero a navegação confusa, as playlists são limitadas, não consigo encontrar a ‘Rádio’ de uma música para conteudo semelhante ao que estou a ouvir. O Spotify parece-me mais bem oleado do que o serviço da Apple. A nível de compatibilidade, o Spotify brinca com o Apple Music, não precisamos de um determinado ecossistema para termos streaming de e para todos os dispositivos. Mas isto é a minha opinião.

          • Vítor M. says:

            Percebo-te, também usei durante alguns anos o Spotify Premium. Quando comecei a usar o Apple Music, aquilo era confuso, não era intuitivo. Mas agora, depois de perceber como funciona e “desligar” a mecânica do Spotify, facilmente dou com tudo. Com isso dei conta que é mais abrangente e tem mais conteúdos e mais informação relacionada. Mas é verdade que em termos de interface, o Spotify não é melhor, é muito melhor. Contudo, o facto de poder usar no HomePod, Apple TV, Apple Watch e ter tudo interligado com o iPhone e macOS… é top. Mas lá está, a Apple sabe disso e por isso é que limita no ecossistema o Spotify.

  16. Julio Esteves says:

    Muito pobre!
    Tenho tudo o que é Apple por isso a desilusão é grande. Acho que há gente por lá que estão algures no espaço e não têm ideia da realidade.
    A possibilidade de alugar ou comprar filmes existe há muitos anos.
    Com a Apple TV+ e os 4,99€ por mês disponibiliza um catálogo com meia dúzia de títulos.

    Ou seja muito, mas mesmo MUITO CARO.
    Por mim continuo com o Netflix.
    Veremos no futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.