PplWare Mobile

Apple TV+, o novo serviço de streaming junta Hollywood e faz frente à Netflix


Rui Bacelar

Desenvolveu desde cedo o gosto pela escrita e comunicação. Em leis formado, tem como hobbies a aquariofilia e a música. Mas é na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e no Pplware a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.

Destaques PPLWARE

  1. Belfodyl_da_Net says:

    O problema da Apple são os preços dos equipamentos, não a deixam crescer mais. Os produtos Android aparecem primeiro num ecossistema maior em que não é preciso investir tanto num equipamento.

  2. Toni da Adega says:

    LOL.
    Agora entende-se o “ódio”que Steven Spielberg tem pela Netflix.

  3. Filipe F. says:

    A Apple estava tão bem a dedicar-se aos dispositivos, mas desde que decidiu copiar serviços de todos, não tem tido grande sucesso. Claro que tem a sua base de clientes do ecosistema mas não consegue o impacto que quer, a não ser tornar os seus concorrentes mais fortes como foi o caso do Spotify que desde que apareceu o Apple Music, cresceu mais do que nunca, certamente agora o Netflix vai é crescer mais com isto (pode parecer estranho mas faz sentido)… E haverá sempre os consumistas que porque é Apple consomem nem que não tenha nada de especial.

    Mas isto, para o utilizador comum é muito agridoce…. Bom porque faz os rivais baixarem preços ou tornarem os serviços ainda melhor, mau porque as tretas das exclusividades fazem com que as pessoas optem ou por pagar 3 ou 4 subscrições de diferentes empresas para poderem ver tudo ou optar por uma e ficar excluidas de outras.

    • Rrrrrr says:

      nao sei onde ves os resultados das vendas ou retorno da Apple. Mas o que dizes é o contrario do que esta a acontecer, porque realmente teem tido um grande sucesso com os servicosa. Ve o ultimo relatorio de contas.

      1- sobre spotify e apple music, estamos a comprarar 35 milhoes de musica vs 50 milhoes da apple music. Claramente a spotify tem mais ulitizadores, mas o numero de utilizadores de ambos continua a subir consistentemente. Nao se ve nenhum salto exponencial da spotify, o que significa que a apple nao está a retirar utilizadores a outras marcas mas sim a trazer novos utilizadores.
      2- agora com a chegada do servico de streaming da apple, é que surge o problema das exclusividades?! Isto nao existia anteriormente com outros servicos? sim, porque nao existe apenas netflix, existem tb, amazon prime, hbo, hulo, now tv, …
      A actualizacao da apple tv e a chegada da apple tv+ é boa porque promove mais concorrencia e porque vai trazer mais conteudo original.
      isto é um nao problema.

  4. Str says:

    Alguém que diga a Apple que na Netflix os preços começam nos 7,99€ só naquela, não vão os gajos da Apple por como preço inicial 59,99€

  5. Fulano says:

    Portanto, novidades, ZERO!!!

  6. sakura says:

    Gosto de ver a apple no mercado, desde que não faça “cartel”
    é “bem vinda” ao mercado.

  7. Blue Beast says:

    Nada nem ninguém bate a Netflix !! É imbatível,até pelos preços que pratica !! E fala quem nunca usufruiu dela,que sou eu.É para vocês verem,eh,eh. 🙂

  8. eu says:

    Admira-me que ainda ningúem tenha feito o comentário acerco dos canais de distribuição.
    A Nextflix está presente em praticamente todos os tipos de dispositivos, quer isto dizer que a resistência é praticamente nula, que é um dos segredos do seu sucesso.
    A Apple com o seu elitismo, acabou de cortar mais de metade do seu potencial mercado.
    Não vou comprar um iPhone só para usar o serviço deles.

    Portanto um utilizador com Android entre o Netflix e o Apple Copyflix, vai escolher Netflix simplesmente porque nem há escolha possível.

    • Nelson says:

      Tens todo o direito à tua opinião, se não queres usar ninguém te pode obrigar, mas a tua afirmação é falsa.
      Vai estar disponível em todos os produtos Apple, assim como também TVs Samsung, LG, Sony, e Vizio, e ainda dispositivos como Roku e Amazon Fire Stick. Portanto a não ser que apenas uses religiosamente dispositivos android e sejas contra tudo o resto que está no mercado, podes muito bem ter acesso ao Apple TV+

  9. Henrique says:

    Sinto-me um pouco séptico em relação a esta “solução” para as quebras dos resultados.
    Se a Apple quer mesmo apostar nos serviços devia considerar troná-los disponíveis para outras plataformas (Android, Windows, etc).
    Se quer mesmo competir com a Netflix tem que ter um alcance maior e não estar presa aos clientes portadores dos seus equipamentos. Se os resultados das vendas de hardware caírem todos os outros resultados também cairão.
    Se não considerarem a expansão dos serviços, esta alternativa de rendimento às quedas das vendas poderá ser bastante “perigosa”.
    Como aspecto positivo é bem-vinda a concorrência, todos os utilizadores ficam a ganhar!

    • Nelson says:

      Concordo com o teu comentário, no entanto repara que este artigo deixar claro que o serviço está disponível para outros dispositivos alem dos da própria Apple. No entanto para já não há nada para Android, digo para já, porque acredito que eventualmente fique disponível, tal como acontece actualmente com o Apple music. A meu ver o problema reside no facto deste não ser simplesmente um serviço de streaming como o Netflix, pois funciona também como um agregador que nos permite adicionar os canais/serviços que já pagamos e aceder a tudo numa única app. Isto quer dizer que podemos ter num único local todos os conteúdos de apps como por exemplo prime video, hbo, ou ate canais de televisão, em vez de andarmos a saltar de app em app.
      Além disto, também nos permite subscrever novos serviços, e na minha opinião, é aqui que reside o problema, pois a Apple fica com uma percentagem das transacções que são feitas na sua plataforma, o que quer dizer que se por exemplo quisermos assistir a nova temporada de Game of Thrones, e subscrevermos a HBO através da app da Apple, parte desse valor vai para a Apple. Não sei se isso e motivo suficiente para não desenvolver a app para Android, mas certamente complica um pouco as coisas

      • Rrrrrr says:

        Porque é isto um problema?
        ” A meu ver o problema reside no facto deste não ser simplesmente um serviço de streaming como o Netflix, pois funciona também como um agregador que nos permite adicionar os canais/serviços que já pagamos e aceder a tudo numa única app. Isto quer dizer que podemos ter num único local todos os conteúdos de apps como por exemplo prime video, hbo, ou ate canais de televisão, em vez de andarmos a saltar de app em app.”

        • Nelson says:

          Peco desculpa, não fui muito claro no comentário, o problema é a outra parte, em que perdem a receita que teriam se as subscrições fossem feitas na sua plataforma de pagamentos.

    • Wishmaster says:

      A Apple terá que passar a disponibilizar o serviço detido por si noutras plataformas, isso é inevitável perante a continuação que poderá ocorrer na quebra das vendas do iphone. E atenção que diminuir a receita com o iphone é diferente de haver uma quebra nas vendas, no número de equipamentos vendidos.
      Se o número cair demasiado, então a Apple será forçada a migrar os seus serviços e torná-los disponíveis noutras plataformas que não o iOS…

      Mas de resto, isto não é nada de novo, esta mudança na Apple. Já o disse aqui há bastante tempo (é uma questão de procurar o comentário) que a Apple se ia tornar numa empresa de serviços, que é o que está a acontecer. A não ser, claro, que evite a perda que o iphone começa a registar…..

    • Rrrrrr says:

      Apple TV vai estar disponivel em smart tvs da samsung sony lg e vizio, Roku e amazon fire tv…
      windows? para que?!
      Apple tv para android nao me parece que faz muito sentido

      ja apple music existe para android e para amazon echo se n estou enganado

      • Nelson says:

        Apple music para Amazon Echo só nos Estados Unidos. Alias, foi precisamente por isso (ouvir musica no Amazon Echo) que troquei a minha subscrição do Apple music pelo Spotify.
        Quanto a ter Apple tv noutras plataformas, porque não? Como diz o Henrique, concorrência nesta área pode ser positivo para o consumidor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.