Quantcast
PplWare Mobile

Carbon Copy Cloner – Guarde, Clone Sincronize o seu Mac OS X

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Vítor M.


  1. rui says:

    Boa dica. Eu utilizo o Get backup lite.

  2. a Friend® says:

    Vitor lixaste o MacOSX .. não posso crer.. isso é Blasfémia!!! ehehe…

    Boa dica… pessoalmente uso o utilitários de disco para efeitos de “clonagem” mas esta é sem dúvida uma alternativa boa… se bem que para quem tem o “time capsule” faz com que estes softwares fiquem quase “obsoletos” …

    Aparte disso, tenho tido sorte.. com tanto “ataque suicida” que por vezes faço ao sistema, ainda sobrevive a 3 instalações/upgrades … ( Tiger -> Leopard -> Snow Leopard )

  3. Numa re-instalação do OS X, pode-se usar uma cópia do Time Machine, para ficar tudo como estava.
    Penso que também se pode instalar o OS X mantendo as aplicações, documentos, etc.

  4. ICP says:

    pois estava a ler e a pensar no time capsule…para quem usa é completamente desnecessario…ms boa dica para quem ñ usa.

  5. David Campos says:

    Usei isto à meio ano para passar uma instalação no disco original para um novo disco. Funcionou bem 😉

  6. Hugo Cura says:

    Sempre pensei que o Mac OS X não tivesse falhas deste tipo, críticas, que o impedissem de sequer iniciar, ainda mais na situação que foi (que conheço)!

    “Ca dê” aquele F8, podre, que o Windows tem? Aquela hipótese de iniciar em modo de segurança? Iniciar com a última configuração correcta ou mesmo abrir a consola?? bahhh… Windows FTW 😛

    • Vítor M. says:

      Podes claro que podes iniciar em modo de segurança. Não é a tecla F8 mas é o shift.

      O que aconteceu, além de ser claramente uma asneira, foi um argumento de peso para eu decididamente formatar a máquina 😉

      Se é por isso que usas Windows… está mal sustentada a preferência 😉

      • Hugo Cura says:

        É claro que não é por isso que uso windows! Estou só a referir-me a descrições do Mac OS X que tenho vindo a ler por aqui, mas não ditas por ti.

        Baseei-me também no que me contaste, de ‘não conseguir fazer nada’.

    • a Friend® says:

      Também tenho conhecimento do caso, e era bem simples resolver.

      “Shift” ao iniciar e cancelar a ordem dada pelo user. Se todos os problemas do Windows fossem resolviveis assim, era-mos todos felizes 🙂

      A re-instalação do sistema (como na vasta maioria dos casos) era completamente desnecessária. Mas segundo o Vitor, apeteceu-lhe fazer… as vezes sabe bem um “refresh” mesmo que não seja necessário… 😛

      • LOL says:

        “as vezes sabe bem um “refresh” mesmo que não seja necessário”

        Sim até parece que o Mac OS não fica mais rápido se reinstalares ao fim de algum tempo…

        • a Friend® says:

          Nop… não fica. A minha instalação que já conta com 3 SO’s em cima (sem formatação) está com o mesmo desempenho.

          Felizmente o MacOsX não lida com certos calcanhares de aquiles que fazem o SO desgastar passado algum tempo.

          E normalmente quem os rebenta é por inventar ou por desconhecimento. A vasta maioria de “crashes” de sistema que conheço foram causadas por até os users quererem usar programas estilo “CCleaner” no Mac, quando estes por norma mexem onde não devem.

          O OSX desde que façam tudo e deixem a manutenção por ele mesmo, a probabilidade de falha de sistema (sem causa do utilizador) é praticamente nula.

          A unica coisa que se deve fazer quando algo não está bem, é abrir o “Utilitarios do Disco” e fazer uma “Reparação de Permissões” e manter o SO/Softwares actualizados.

          • LOL says:

            Olha então certamente não lhe dás o meu uso, entre testes de programas e tudo o resto, a tabela está nos 2-2,5anos.

          • a Friend® says:

            @LOL

            Não lhe dou muito uso? Este computador não pára, que é bem diferente.

            instala por semana várias aplicações e desinstala… passa horas a fazer renderings, e tudo mais…

            Tal como disse, ele, felizmente não lida com registrys, desfragmentações e “dlls” malucos que atrofiam a máquina. Olha, dou-te o exemplo, tenho o meu PC com Win7 que uso bem menos…se lido 2 vezes semana é muito e já anda meio desiquilibrado… só ficou “afinado” após lhe passar um “CCleaner” e uma desfragmentação com o TuneUp… só assim ficou a bombar de novo.

            Reconheço que de todos os Windows, é o que está melhor (já que desde vista ao 3.11 o “life time” era curto) mas mesmo assim ao lado do MacOsX ainda tem muito a dar…

          • LOL says:

            Desculpa, mas eu disse que não davas o meu uso.
            Em caso algum referi que dás pouco…

        • Depois que mudei para Mac, durante quase 2 anos, mantive o vício que veio do Windows: desligar o computador, porque depois de reiniciado fica mais rápido.
          Quando decidi deixa-lo sempre ligado, como faz a maioria dos utilizadores, cheguei à conclusão que, não reiniciar um Mac, não o deixa mais lento. Muito pelo contrário, pois a RAM fica optimizada e muito bem distribuída para as aplicações que se usam mais. E essas aplicações respondem de imediato, como se já estivessem abertas.
          Agora, passam-se meses sem o desligar . Só reinicio quando é obrigatório – actualizações do sistema operativo.

          • LOL says:

            Só posso dizer que infelizmente em minha casa sou eu que pago a conta da electricidade.

            E por acaso tal como respondi ao aFriend dura-me 2anos sem ficar lento.

            Uma coisa que me admirou muito, foi agora o seven que neste momento já vai em ano e meio com tratamento semelhante e também não me está a ficar lento…vamos ver se não acabo por decidir de vez qual ter em casa. (Isto porque profissionalmente preciso de Mac)

          • Em minha casa, também sou eu que pago a conta da electricidade,e não é um computador em modo sleep que vai fazer alguma diferença que se note.
            Quanto ao tempo que se aguenta sem ficar lento, não sei qual será. O que posso dizer, é que o meu já vai com 2,5 anos (uso intensivo) e está exactamente como quando era novo.

          • viperbruno says:

            @LOL

            Ia comentar isso. O WinVista tem-me demonstrado sempre isso. Passado pouco tempo, tá lento como tudo.

            O Windows 7, por muito teste que lhe faça, apenas com o Tuneup 2011 e CCleaner (e é porque quero usa-los e não por necessidade) é sempre a abrir. Mais curioso ainda é em alguns casos, o W7 ser mais rápido que o WinXP! E estou a falar em PCs feitos para o XP (o tal famoso logotipo).

      • Vítor M. says:

        No caso era mesmo necessário fazer uma reinstalação para “limpar” muito material já desnecessário que estava pendurado no sistema operativo. O Arranque ficou ligeiramente mais rápido e a pasta aplicações mais “leve”, pois muita coisa estava a mais e uma remoção deixa sempre algo para trás.

  7. FcKoOl says:

    O meu MAC OS X infelizmente tambem foi ao ar.. o mais engraçado é que nem com a versão 4.2 909 do diskwarrior o consigo recuperar.. Nem reinstalar o sistema por cima dá.. Nem FSCK -fy nem nada.. Contudo consigo usar a partição do windows.

    Infelizmente acho que vou ter acabar por o formatar e perder 1 dia inteiro a instalar o que lá tinha.

  8. Ândres says:

    Veio na hora certa, obrigado pelo post.

    Na verdade to me aventurando no hackintosh para ver se vale a pena comprar um imac, eu tava atras de um programa de backup igual ao macrium Reflect pra Windows. Encontrei o MacFuse e achei bom, mas esse me parece melhor, vou testar e ver o que acho.

  9. Lnxr# says:

    Essa de que o Mac não se destroi ou não tem azares dá piada as vezes. E depois surgem sempre aquelas parvoíces estlo “eu quero um Mac porque nunca tem problemas”… Aqui em casa tenho um. É uma boa máquina mas não quer dizer que seja perfeita pois algumas vezes falha. Eu que o diga quando trabalho com imagem.

    • a Friend® says:

      Se eu fosse para as ruas do Iraque e me perguntasse em qual Jeep eu gostaria de entrar.. no que tem vidros blindados ou vidros normais… obviamente escolheria os vidros blindados.

      Se estava seguro? Obviamente que não…nada é inquebrável…. mas a probabilidade de sobreviver era maior.

  10. Nuno Magalhães says:

    Permitam-me a pergunta.
    Um clone de um disco rígido por exemplo de 320Gb será de 320Gb ou um é comprimida?

    Cumprimentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.