Quantcast
PplWare Mobile

Apple reduziu os preços de todos os adaptadores USB Tipo C

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Simões


  1. SXAC says:

    Fizeram uma escolha de caca e agora tentam apaziguar o ppl…, mas no fundo, continuam a faturar…, único objectivo, claro.

    • Rui Miguel says:

      “Escolha de caca” explica muito bem explicado isto.

      O USBC é o standard que os outros vão adoptar depois da Apple abrir caminho.

      • MalarKeY says:

        hahaha… Sim, sim. A Apple abriu o caminho com o USB Tipo C. A LG G5 me diz isso desde Fevereiro/2016 com seu conector USB 3.0 Tipo C, enquanto o iphone 7 ainda é USB 2.0…

        Se bobear vai ser necessário adaptadores pra usar o iphone 7 com o Macbook. Trágicômico.

        • Vítor M. says:

          23% do “desenvolvimento” do USB-Tipo C, tem dedo Apple 😉 portanto, a Apple, tal como qualquer outro dentro do consórcio responsável, esteve na génese deste formato.

          • Vlad says:

            Onde é que foste buscar que 23% do desenvolvimento tem mão da Apple?

          • Vítor M. says:

            Na participação da Apple em termos de engenharia. Esses dados estão explicados na ficha técnica do consórcio.

          • Vlad says:

            Meu querido Vítor, acho que a tua matemática falhou em algum lado. Estiveram envolvidos no projecto do USB Type-C 255 engenheiros, 18 destes da Apple. A Apple nem sequer foi a empresa que mais engenheiros forneceu para o projecto. Ora 18 de 255 equivale a 7%, muito longe dos 23%.

            http://www.usb.org/developers/usbtypec/

          • Vítor M. says:

            Provavelmente. Mas vê onde li há uns tempos a informação que te dei. Se tiveres tempo confirma se estou errado ou certo.

            https://9to5mac.com/2015/03/14/apple-invent-usb-type-c/

            PS: pese o facto dos números serem diferentes dos teus, agora já sabes que a Apple está na génese da interface USB-Tipo C 😉

          • ic says:

            Vitor,

            Perdi o cabo USB original do meu XIaomi Mi5 (tenho o carregador), consegues dizer me cabos que me possam dar a mesma performance (a nivel de fast charging, que seja compatível com o carregador original do Mi5 etc etc)?

            Não sou entendido na matéria, mas não encontro um original para o Mi5 em lado nenhum….

            Thanks in Advance

      • Blackbit says:

        De facto o USB tipo C é muito prático, depois de se usar não se quer outra coisa.
        No entanto, e para facilitar a transição, o novo macbook deveria trazer pelo menos uma tomada USB B 3.0.
        Outra coisa que nao entendo é não ter tomada lighting, o formato da Apple…

  2. Flouro says:

    È nisto que eu não entendo, e não tem a ver com marcas, mas qual é o interesse em ter 1 portátil “fino leve elegante” se depois tenho que andar com uns quantos adaptadores atrás?.. entendo que o futuro é as portas usb-c d e f g h.. mas porque não fazem algo que seja transitório de uma geração para a outra?

    • Sergio J says:

      Transitório = adaptador

    • rui says:

      Exato. é preciso andar sempre com tralha conosco.

    • Daniel says:

      Eu entendo esta ideia, mas o problema é que se ninguém tomar uma posição de força então os vendedores de aparelhos electrónicos não têm incentivos para colocar USB-C nos seus produtos. Assim a Apple coloca uma pressão enorme no mercado para adoptar este novo standard.
      Isto agora é mau (e eu sou um dos afectados) mas daqui a 3/4 anos serão as marcas que não evoluiram a andar com adaptadores.

      • Ricardo Borges says:

        No caso dos USB’s é expectável e é uma questão de quando começam a ser adotamos em massa, daqui a algum tempo vou andar no meu thinkpad com um adaptador de USB para USB C. Nos projetores e monitores externos também mas e em RJ45 ? Tinha para uso profissional um Asus ultrabook todo bonito e troquei-o por um thinkpad por causa das ligações…

      • LiTO says:

        O problema é que a pressão foi um bocado mal feita. A Apple esqueceu-se que para a transição acontecer não pode ser apenas o mercado high-end que tem que mudar, nem toda a gente está disposta a comprar computador >1300€. Para além disso ainda não há dispositivos suficientes de usb tipo-c e para um portátil fino adaptadores não deveriam passar pela cabeça de ninguém.

        • MLopes says:

          a tua teoria teria sentido se assumires que quem compra o tal computador de >1300 euros não tem dinheiro para gastar 100 euros em adaptadores que vai usar até os seus dispositivos da velha guarda morrerem.
          agora razão terá quem defender que poucas portas thunderbolt 3 é um perfeita estupidez

          • Alpha says:

            100 euros, ou mais, a pagar por uma estupidez. “Velha guarda”… porque a maioria dos dispositivos atualmente à venda já são compativeis, é? Lol!

      • Rllface says:

        Coloca é uma pressão enorme para criar adaptadores. Eles não têm market suficiente no mercado de computadores para fazer o que seja, ja se teve o exemplo das thunderbolt, até outras companhias começarem a usar isso mal se via dispositivos com compatibilidade.

        • Daniel says:

          Eles não têm market share suficiente mas isso não é tudo. As pessoas que pagam +1000€ por um aparelho electrónico compram em média mais acessórios do que as pessoas que pagam 200/300€ por um equivalente funcional. Já para não falar do “efeito” Apple. Para bem e para o mal, as outras empresas irão atrás

      • Paulo says:

        Exato! E quem não quer pagar dezenas de euros em adaptadores pode sempre recorrer a alternativas vindas da china que chega a custar menos de $2.

      • Jorge Barbosa says:

        Exato Daniel, a Apple costuma ser quem “obriga” a evolução, e sempre que há mudança há descontentamento, e depois quando já esta em todo lado ninguém se lembra que foi a Apple.

    • Rui Miguel says:

      Não é preciso adaptador nenhum, há cabos USB-C com saídas para tudo. E pen drives também.

      • Belmiro says:

        Queres convencer usar USB C em todos os lados quando os milhões e milhões de periféricos nos últimos 2 anos são 99.999% USB A ou micro USB?

        Vais comprar um PC em finais de 2016 e depois encher a mesa ou pasta com cabos / adaptadores?

        Bastava UM USB ser USB-A e o iPhone ter USB C em vez de lightning e tinhas o empurrão para o USB C sem estorvar ninguém.

        Acho que há clientes Apple que se esquecem que o aparelho é que tem que nos servir e não nós ao aparelho …

        • Filipe Teixeira says:

          Ora nem mais, eu concordo com a transição para tecnologias melhores, mas tirar todas as portas de uma vez é radical, e é um erro, causando transtorno para o cliente por muito que digam que não.

          Depois tanta coisa com o usb-c e porque que o iphone ainda não usa isso?

    • raulleal says:

      concordo… e para mais e preciso usar os formato Apple…

  3. Ricardo Raimundo says:

    Pronto! Problema resolvido.
    Estes gajos são muito inteligentes.

  4. Pedro Magalhães says:

    Desculparam-se que não mantiveram o leitor SD porque acham que fica “feio” metade do cartão ficar de fora, mas depois quase que obrigam os users andarem com cabos pendurados no computador. Realmente é muito mais estético sem dúvida.

    • MLopes says:

      sim essa desculpa é patética, pelo motivo que disseste e porque não é necessário que o cartão ficasse metade de fora. bastava adotarem um leitor diferente e todo o cartão ficaria dentro do computador

  5. AhETal says:

    “batendo recordes de vendas”.

    Podem mostrar os números e as estatisticas que suportam esta frase?

    Obrigado

      • Paulo Santos says:

        Um bocado tendenciosa. E onde foram obter vocês os dados para esse artigo? Têm informação privilegiada?

        • Vítor M. says:

          Onde fomos buscar? Alguns à Apple, que está sinalizado no artigo e há vários dados em cache no Google Search sobre o assunto e outros em artigos que foram sendo lançados sobre o MacBook Pro. Depois, não temos informações privilegiadas, até porque toda a informação que consta é pública 😉 desde agencias de comunicação, à própria Apple (inclusive nas recentes declarações do seu director de marketing) tudo está devidamente explicado.

      • Paulo Santos says:

        Pedro, desculpe a franqueza, mas cada vez gosto menos dos seus artigos. A objetividade que tinha, deixou de a ter. Então e sobre a conexão iPhone-MacBook? Porque não colocaram a supra-sumo ligthning no macbook? Ou vice-versa? Porque não abandonaram a lighning no iphone?

        • Vítor M. says:

          Paulo, estranho estar a acusar o Pedro de uma coisa que foi a Apple que fez!!! Não faz sentido. O que está traduzido no texto do Pedro e que foram declarações da Apple, é que há uma vontade (errada ou acertada, o futuro o dirá) em mudar os conceitos, levar adiante a evolução das portas. Não está o Pedro a dizer que vai dar certo ou que foi uma atitude acertada, o que ele está a dizer é que a Apple tomou essa decisão e sublinhou que foi um passo arriscado.

          O que o Paulo dá como exemplo está dentro da oferta que a Apple decidiu baixar de preço. Que é um Adaptador USB-C para USB, que custa 9 euros e custava 25 euros. Que mais quer que seja dito? Está lá tudo.

          Depois o Paulo dá um exemplo controverso: “Porque não abandonaram a lighning no iphone?”

          Mas o que tem a ver a porta lightning num iPhone com as portas de um MacBook Pro? Será que os milhões de clientes ao comprar um iPhone recebem de bónus um Macbook Pro? É que só assim faz sentido, ou então faz sentido existir sim um cabo, tal como existe um USB para Lightning.

          Agora, o que está certo, pelo menos para minimizar este impacto, que quer queiramos quer não, durante algum tempo será sentido, a empresa está pelo me os a baixar o preços dos adaptadores (que mesmo assim são caríssimos, nalguns caos).

          fora isso, este seu comentário está desconexo.

          • Alpha says:

            Voltas-te a “esquecer do ecossistema”?
            Não admites que, como seria de esperar, quem tem um mac tem um iPhone, mesmo sem o “receberem de bónus”?
            Não entendes mesmo “o que tem a ver”?
            Vais voltar a desviar a conversa para a importância extrema do conhecimento empírico?

          • Paulo Santos says:

            Desculpe mas não concordo. O que eu gostaria de ver era chamarem a atenção para o contra-senso da Apple. Se estamos a falar de uma máquina profissional, não deveríamos estar a falar de adaptadores para a maioria das utilidades que quem tem um macbookPro (por exemplo, apresentações multimédia).
            O que referi, e torno a referir, é que nos vários artigos ainda ninguém aí falou sobre o contra-senso USB-C ou Lightning. Adaptador por adaptador, porque não colocaram USB-C no i-Phone? Ou porque não colocaram só Lightning no MacBook? Obrigam um utilizador de i-Phone e MacBook a comprar um adaptador?

            Relativamente à objetividade do Pedro, continuo a achar o mesmo. Um exemplo?
            “Windows 10 tenta convencer utilizadores a mudar para o Edge”, mas esquece-se de referir (e criticar como o faz à Microsoft) que a Google se for acedida e não tivermos o Chrome instalado, está sempre a pedir-nos para experimentar/instalar o Chrome.

          • Vítor M. says:

            Mas e os outros todos computadores que já não trazem leitor óptico? Por exemplo, o Razer Blade Stealth traz leitor ótico? O HP Spectre? Mas podemos ir ao ano anterior ou há dois anos e terás máquinas profissionais se leitor óptico, obrigando os seus proprietários a comprar um leitor externo, não é? Por isso, vamos ver o mercado a fluir e as novas tendências vão mostrar o caminho que a Apple e outras empresas têm traçado. Alias, a história mostra-nos isso.

            Em relação ao USB-Tipo C, sabes que a Apple tem total direito sobre a interface Lightning e por isso pode continuar a desenvolver esta interface sem que ninguém interfira, o mesmo nenhuma outra empresa pode fazer com o USB-Tipo C e por isso apareceu o Lightning antes de aparecer o USB-Tipo C, trazendo uma vantagem ao equipamento da Apple. Apenas o que precisas, quem tem um MacBook Pro 2016 é ter um cabo USB-Tipo c para Lightning ou um adaptador, mas isto se quiser ligar por cabo o iPhone ao Mac, o que cada vez acontece menos, quer pelas actualizações OTA quer porque cada vez mais as pessoas fazem backups para a cloud. Eu uso os backups na cloud, do meu iPhone e raramente o ligo ao Mac (quando o faço é mais para reforçar os backups e faço um no iTunes). Sim é verdade que poderá fazer falta esta ligação, mas cada vez é menos necessária.

            Quanto à objectividade, quem não está a ser objectivo és tu. Então ele está a falar na política da Microsoft e tem (para gáudio clubista) falar na Google? Isso não tem qualquer lógica. A própria Microsoft é que foi castigada no passado por posição dominante e está de novo a esticar a corda.

            Quando neste assunto se dever falar na Google, fala-se, mas misturar só para servir de bálsamo às feridas? Não faz sentido o que dizes.

          • me and me says:

            vitor m.

            o que o paulo esta a dizer é que pagas por um equipamento portatil apple de top, tens um telefone da apple de topo e nao os podes ligar porque tens de ter um cabo “especial”.

            acho que nao custa a entender…..

            nada tem a ver com a importancia ou nao de se forçar para usb-c, ou por a apple ter o lighting… who cares?
            o que interessa é a utilidade que o equipamento tem para o utilizador e desta forma nao é la muito util ou pratico…

          • MLopes says:

            @Vitor M, essa do lightning não entendi. sou utilizador apple desde há décadas. neste momento tenho um macbookpro e um iphone 5s (e outros que agora não interessa nada). com o meu iphone veio um cabo lightning-usb não tenho problemas.
            agora resolvo comprar o novo macbookpro e preciso de adaptador. tudo bem, o meu iphone está ultrapassadíssimo (se eu fosse doido). como sou um gajo rico e não gosto de adaptadores vou à loja mais próxima e compro um iphone7.
            assim de repente tenho em casa os dois flagships da apple! 🙂 estou feliz!…mas, mas…ups espera…afinal não consigo ligar um ao outro sem um adaptador…
            num marca que se preza por ter um ecosistema este tipo de falhas é ridículo, simplesmente ridículo

          • MLopes says:

            e a desculpa que cada vez menos se usa a ligação por cabo não pega @Vitor M.. não conhecço nem citaste dados alguns sobre a veracidade dessa afirmação e coloco sérias dúvidas sobre ela.
            conhecido que é desde sempre que a apple fornece dados da cloud a quem pedir pedir por ordem judicial o modo óbvio de fazer backups do iphone é recorrendo à velha ligação cabo-computador e fazer o backup para o dito computador, isto apra além da óbvia fiabilidade das ligações por cabo, em todos os ambientes, como sabes muito melhor do que eu de certeza

          • Vítor M. says:

            É obvio que cada vez se usa menos o cabo, principalmente porque as actualizações fazem-se via OTA e os backups via iCloud. Tens dúvidas?

            Cada vez mais as pessoas têm automatizadas as cópias via iCloud, embora que em certas situações excepcionais poderás necessitar do cabo. Estamos a falar de um cabo, ou um adaptador de 9 euros.

            Agora, este será o caminho para o mercado, como no passado (com todas as criticas que a Apple recebeu) vimos acontecer.

            Eu tenho uma opinião onde acho que deveria ter pensado a inclusão de um cabo USB-TIPO C para Lightening no iPhone 7… fora isso…

  6. Rllface says:

    Se estivessem a bater records de vendas não tinham de baixar preços de adaptadores.

    • DelScipio says:

      Deixa esta, agora a Apple e conhecida por ter a maior gama de adaptadores do mercado, sempre a inovar.

    • Rui Miguel says:

      Então quais é que estão a bater recordes de vendas?

      É a Microsoft que não passa de 1 milhão?

      • Rllface says:

        Não sei as vendas da microsoft nem tão pouco me interessa. Apenas se referiu o que o artigo fala, recordes de vendas, mas é apenas baseando se na palavra da Apple que já por inúmeras vezes não reflecte a realidade. É apenas mais uma das estratégias desta empresa de marketing de incentivar as pessoas a comprarem o produto deles porque os outros supostamente também estão a comprar.

        • Daniel says:

          “palavra da Apple que muitas vezes não se reflecte”
          Claro, eles até gostam de dar tiros no pé para que no dia de divulgar os resultados trimestrais aos investidores criem uma queda brutal nas acções

  7. DelScipio says:

    Sabem o que seria realmente inovador? Um portatil que não necessitasse de adaptadores nem de hubs, que se quizesses ligar uma PC tivesse pelo menos uma entrada de video! Isso sim é que era altamente, infelizmente algo assim não existe, que pena, seria algo incrivel.

    Não me chateia o USB C pois acho que é uma evolução, o que realmente não acho bem é retirada de portas de video e o leitor de SD’s que não estão só por capricho. Depois dizer que assim é mais portatil mas que se queres fazer uma paresentação necessitas de 300 adaptadores diferentes.

    • Mário S.M says:

      Sim, altamente. USB-C é isso.

      Qual é o portátil que tem VGA, e HDMI e DisplayPort e SCART, S-Video, antena RF?

      Informa-te antestreia dizer barbaridades.

      O leitor SD não está porque é espaço ocupado, e muitas câmeras têm CF e XQD, cada vez faz menos sentido, e cada vez mais têm Wi-Fi.

      • Belmiro says:

        Mário estás a distorcer um pouco as coisas: as tv já há muitos anos que usam HDMI, os monitores dvi/hdmi e a grande maioria das câmaras digitais, etc usam SD/microSD.

        Wi-fi é muito lento, CF só é usado por (poucos)profissionais e cada vez menos.

        Hoje testei:
        Desktop para NAS (via router tp link 1200, wi-fi AC 5 GHz): ~20 MB/s

        MicroSD no PC via Ethernet gigabit para NAS (ou SSD do PC para NAS): 70 MB/S

        Smartphone Quad Core ligado à corrente, 5 GHz wi-fi AC para NAS: 4.5 MB/s

        Conclusão: Wi-fi é 4-12X mais lento que via MicroSD/cabo. Vou descarregar >10 GB duma câmara via Wi-fi? Nem pensar.

        • Mário S.M says:

          Sim, e sabias que existem cabos USB-C numa ponta e HDMI na outra? Porque o MBP tem HDMI já nas portas?

          Conclusão: um portátil tem de durar anos, e por isso tem de ter os últimos conectares.

          Se o WiFi é lento, então também não estás a usar cartões SD.

          • me and me says:

            é essa a desculpa que tens?

            tenho um portatil com 4 anos… tem vga, usb, hdmi e leitor de cartoes…. neste momento, sendo 4 anos mais velho, consigo ligar “out of the box”:

            TV
            Monitor
            Cartao SD da maquina
            TODOS os equipamentos com interface USB
            auscultadores
            microfone

            o macbook pro ligas out of the box:

            carregador.

            entendes a diferença?
            apenas usar as ultimas interfaces nao significa preparar para o futuro. daqui a 4 anos ainda vao ser uma percentagem pequena dos fabricantes a usar apenas USB-C.

        • DelScipio says:

          Cartões com 128GB já são banais, estar dependente de redes mediocres para fazer transferencia de dados quando os SD’s têm grande velocidade é uma perda de tempo. Pela forma que ele diz as coisas não tem muito conhecimento real das coisas, limita-se a traduzir as justificações dadas oficialmente pela apple e já está.

      • Toni da Adega says:

        O meu portátil custa 2500€ e tem vários tipos de portas, leitor SD. E é pesado e com pouca autonomia e de plástico. Sim há portáteis com muito tipo de portas

      • DelScipio says:

        Não disse todas, pelo menos HDMI. Deixa de ser estupido antes de dizer barbaridades. E um leito de SD ocupa super pouco espaço, não é desculpa. Já viste algum laptop novo por dentro? Aquilo tem mais espaço que sei lá o quê, a motherboard ocupa quase nada.

      • Filipe Teixeira says:

        Esta desculpa para o leitor sd é hilariante .

      • Cenas e afins says:

        Imagina que tens de descarregar 5GB em ficheiros da internet.
        – Preferias por Wi-fi porque assim não tens de ligar um cabo?
        ou
        – Usar um cabo ligado ao router e ter os ficheiros mais depressa?

        (Prefiro cabo, no meu caso…)
        Wi-fi é lento (em comparação com usar cabo)

        Podia usar a tecnológica MIMO, o novo mac até já tem 802.11ac (o que é bom).
        Mas continua a não ser o melhor.
        Em caso de não ser possibel usares cabo de rede, ai pronto Wi-fi, mas caso tenhas a possibilidade usa cabo ou perifericos que não usem tecnologias Wireless, então acho que é sempre a melhor opção.

      • me and me says:

        o surface pro é um tablet e tem display port e uma porta usb…. so com estas duas portas é mais “compativel” do que este macbook pro….

        gostava de te ver a passar gigas de fotos e videos por wifi…. realmente é algo muito pratico e rapido de se fazer

  8. Rodrigo Costa says:

    Próximo passo vai ser retirar o écran. Afinal já está nos laptops há tempo demais e assim conseguem um laptop ainda mais fino que nunca. Apple cada vez mais a complicar.

  9. João Carvalho says:

    Infelizmente a Apple morreu quando se foi Steve Jobs… é hoje conduzida por gente sem visão, fartam-se de meter pés pelas mão e os resultados estão à vista… Esta é uma máquina que não agrada a profissionais como eu… Sorte para a Microsoft, muito mais atenta é hoje uma empresa mais acertiva… O meu primeiro Apple foi um Quadra, creio que em 1992/3 se não estou em erro… desde então não sei ao certo quanto dispositivos da marca já comprei… mas foram muitos!!! Hoje sinto um desagradado ao ver que a marca está a perder a brilho de outrora… enfim!

  10. MalarKeY says:

    Espetacular poder usar o LG G5 (Tem USB C desde FEvereiro) sem adaptadores enquanto que para usar o iPhone 7 desses dias tem que possuir os adaptadores… Chorei de rir aqui, piada pronta.

  11. Alpha says:

    A Apple devia era reduzir os adaptadores e não o preço destes, é ridículo que neste momento não se possa falar em Apple sem se falar em adaptadores. Não é preciso lucrar com o negócio dos adaptadores para fazer evoluir o mercado, este evolui com a oportunidade, não com a obrigação, evoluir não é quebrar.

  12. TOM says:

    Como é que Tim Cook ajudaria um filho a evoluir e começar a andar em vez de gatinhar? Cortava-lhe os braços!

  13. me and me says:

    entao é assim:

    apple tem um novo flagship no segmento dos portateis. decidiu apenas incluir porta USB-C, super modernos entao.
    baixam o preço dos adaptadores porque sao “inteligentes”, nao porque as pessoas estao muito descontentes com o facto de pagarem por um produto inflacionado e ainda terem de comprar adaptadores inflacionados e isso ser motivo para nao comprar o portatil… hummmmmm

    sinceramente nao entendo como eles nao disponibilizam uma mini dock station como a microsoft faz com os surface pro?
    continuava a ser mau obrigar comprar, mas a mini dock apenas ocupava uma porta e tinham todas as interfaces necessarias…

    fora isso, muita “inovaçao” mas nem touch no ecra o portatil tem…

  14. Pedro Gonçalo says:

    Olá,

    Ainda não encontrei uma verdadeira Dock Station mas este novo MAC, alguem tem dicas ?

  15. Tony2 says:

    A Apple não dá alternativas, obriga
    A Apple que tinha uma publicidade no anos 80 contra o Big Brother do Orwell. Agora é ela própria o estado totalitário.

  16. Mike says:

    Um artigo esclarecedor porque é que de “pro” não tem nada
    http://www.theverge.com/2016/11/7/13548052/the-macbook-pro-lie

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.