Quantcast
PplWare Mobile

Apple Pay está a ser uma decepção para utilizadores Americanos

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Simões


  1. AC says:

    No xit Sherlock.

  2. B@rão Vermelho says:

    Confesso a minha ignorância em relação ao sistema, como tal vou expor as minhas duvidas e espero a vossa explicação.
    O valor a pagar vai ser descontado ao saldo do cartão SIM, ou ao saldo do cartão de credito associado a conta?
    Pode-se correr o risco de alguém com um dispositivo externo aproximar do nosso equipamento e fazer pagamentos sem o nosso consentimento?
    Peço desculpa pela ignorância, mas estou a ser sincero nas duvidas que estou a expor.

    • Norman Bates says:

      Não tem nada a ver com o cartão SIM.

      Simplesmente tiras uma fotografia ao cartão de crédito, e o iPhone funciona, para ti, tal e qual o cartão de crédito.

      Ao fazeres uma compra, é como se tivesses utilizado o cartão.

      Podes até ter vários cartões de crédito instalados e escolheres o que te apetecer.

      Para fazeres compras, tens de introduzir a tua impressão digital para confirmares a compra.

    • Jonathan Fitzgerald says:

      É necessário associar um cartão do crédito sobre o qual o serviço fará a cobrança. Já o risco do dispositivo externo penso que não se coloca pois, se não estou em erro, é necessário usar o dedo no sensor biométrico para ler a impressão digital e autorizar o pagamento.

    • Marc Solèr says:

      1 – Desconta do cartão de crédito associado a conta
      2 – Não, a ideia do ApplePay é que requer uma autenciação no ato do pagamento, como por exemplo o finger print.

  3. Mikes says:

    O mais curioso é que há relatos de problemas passados dentro das Apple Stores!!

  4. JJ says:

    Acho que isto seria normal… O problema é se este tipo serviço não acaba no descrédito.

    • Daniel says:

      A questão nem é tanto o descrédito propriamente dito mas uma questão de imagem e custo, sendo que este custo é o de resolução dos problemas e/ou formação dos funcionários. É a primeira vez que oiço falar em dificuldades em usar um terminal de pagamento (mesmo nos nossos terminais atm o problema “maior” é alguém esquecer-se ou não saber fazer o fecho e abertura, mais nada). Se as lojas se sentirem afectadas, em termos de imagem, ou se virem custo a terem de suportar, mesmo sem descrédito a adopção simplesmente não se dará.

  5. Liberal da cerca says:

    São problemas que nunca se porão neste país. Por diversas ordens de razões (como diz o outro), a saber: falta de dinheiro, desde logo para adquirir um iPhone, depois para fazer compras e ainda depois porque o sistema nunca cá chegará! 🙂

    • Paula Correia says:

      por isso digo a todos os portugueses, emigrem. Eu tenho o 12 ano, vivo em londres e ganho mais do que varios amigos com mestrado em Lisboa.

      • Pedro says:

        Tendo em conta que o custo de vida é bastante mais elevado em Londres, mau era se não ganhasse.

        A titulo de curiosidade, para quem vive em Londres, consideram que o que fica no bolso ao final do mês (após todas as despesas) é bastante superior ao que fica em Portugal?

        • Paula Correia says:

          Pedro eu vou a Lisboa uma vez por mes, e faco 3 viagens para fora da europa por ano. Em Portugal fazes isso? Nao ganho nada por ai alem, mas paguei macbooks/ipad/iphone a pronto e tenho dinheiro para o dia a dia

          • Sim Sim! says:

            deve-te sobrar muito ao final do mes deve!
            ou entao vives num apartamento sem sala e partilhado com mais 4 pessoas..

        • Gerardo says:

          Ainda conseguem enganat papalvos com o custo de vida. Impressionante. O país com o maior custo de vida é Portugal, mentalizem-se disso. As coisas podem ser mais caras outros paises, mas na relação ordenado/custo de vida, somos uns pés rapados. Estamos ao nível da Roménia ou da Ucrania…

        • Sim Sim! says:

          Isso éuma pergunta muito subjectiva, pk o salario tem sempre a ver com a tua experiencia, area de trabalho, tempo de trabalho no reino unido.
          Eu estou em Londres ha 2 anos.
          tou num apartamento t2 com a minha namorada e pago 1400 libras por mes de renda.
          mais passe pensar, despesas do dia a dia (do que é normal em todo o lado)….
          eu sozinho poupo sempre pelo menos umas 800 libras (que sao cerca de 1100 euros limpos). Em portugal nao ganhava isso liquido!
          portanto sim, é superior! mas como disse depende da tua area de trabalho, experiencia…
          eu trabalho em IT com SAP. e estou com um salario relativamente baixo, pelo que estou á procura de outro que pague pelo menos mais 10 mil libras por ano. (que vai significar um aumento liquido mensal de 600 libras que sao uns 820 euros)

    • Mikes says:

      Falta dinheiro todos se queixam mas a parte de adquirir iPhone não é bem assim (vejo iPhones em todo o lado em diversos tipos de pessoas – desde estudantes a executivos).
      O sistema há-de cá chegar como chegaram todos os outros sistemas de pagamento – cartão, MB, CC, etc.
      Essa conversa é tipica do tuga queixoso sem razão.

  6. Carlos says:

    Não estou a ver como é que a Apple consegue resolver uma coisa que não depende de si.

    A não ser que estejam a propor que a Apple vai treinar *todos* os funcionários de *todas* as lojas mundo, mas pode começar só pelos EUA, para saberem usar toda a enorme variedade de TPAs que há e convença todos os emissores de cartões a darem resposta rápida para que depois o Apple Pay funcionar bem.

    Se calhar sou eu, mas isso parece-me pouco provável.

    Não quer dizer que com o tempo as coisas não melhorem, mas isso vai depender mais do decurso do tempo em si do que de algo que a Apple possa fazer.

    • Mikes says:

      Podem começar pelos seus empregados!! 😀
      De qualquer maneira, como é que a Amex, Visa, etc., fizeram quando foi a implementação dos seus sistemas de pagamento? É seguir o mesmo protocolo.

  7. Paula Correia says:

    por isso digo a todos os portugueses, emigrem. Eu tenho o 12 ano, vivo em londres e ganho mais do que varios amigos com mestrado em Lisboa.

    • Rui C says:

      Emigrar para que? A vida aqui está tão boa. E o clima e a comida daqui vale o dinheiro todo que ai ganhas.

    • Gonçalo Damas says:

      Eu estou no 10º ano e estou a pensar em fazer medicina. Ainda não sei se vou estudar medicina cá em portugal ou no estrangeiro mas já tenho 90% de certezas que vou trabalhar fora do país.

    • Jonathan Fitzgerald says:

      E em que é que isso tem a haver com a notícia?

    • Rui Costa says:

      Não é difícil….aí qualquer empregado de limpeza ganha mais que o comum dos mortais em Portugal.

      Mas não é por isso, que mesmo eu com o 12º ano pense em fazer!

    • Sergio J says:

      E se tiveres uma casa normal, fizeres uma vida normal (que não a típica de emigrante), ficas com assim muito mais dinheiro? Vale a diferença?

      • Roberto T. says:

        Eu trabalhei 8 anos como enfermeiro para o SNS como funcionário publico e deixei o meu trabalho em Portugal para trabalhar em UK como enfermeiro também! Passaram 1 ano e 3 meses e nunca me arrependi, só tenho pena de não ter tomado a decisão mais cedo! Em portugal sentia que as coisas iam mal, mas quando conheces outra realidade é que percebes o quanto estamos mesmo afundandos. Contudo nem tudo são rosas, somos muito muito bons em muitas coisas, penas que não seja na gestão da economia e politica portuguesa. Quanto a dinheiro, sim, aqui não se ganham fortunas, mas a verdade é que faço tudo que quero sem contar trocos e ainda sobra… e sim, também tenho macbook pro, iphone e daqui a algumas dias apple watch.. Aqui há oportunidade para dar e vender para quem quiser! Voltando ao assunto do topico, aqui em UK todos tem smartphones topo de gama maioritáriamente (penso eu) iphones mas ainda nao vi o apple pay em lado nenhum!

        • Francisco Pinto says:

          O Apple pay só está disponível nos EUA! Deve vir(segundo o Tim) para a Europa ainda este ano. A Plataforma da VISA/mastercard que o Apple pay precisa para ser implementado só vai estar disponível neste lado do Atlântico agora em Abril! UK deve ser um dos 1º países da Europa a ter o Apple pay 🙂

    • pedro vasconcelos says:

      mas estas a tentar vender o sonho americano a quem nao foi contigo?ou isso é tudo vontade de levar para ai mais pessoas para pensares que nao foste a unica enganda a ir para ai.Eu estive dois anos em londres tenho mais que o tenho curso incompleto da faculdade,e ja aqui em portugal ganhava 1000euros limpos nao é mto mas era alguma coisa pensei eu que indo para londres iria fazer uma vida muito superior a que tinha aqui,faz se se viveres em quartos alugados em que tens que dividir a casa com estranhos e nunca chegas a ter privacidade ora porque queres descansar e alguem esta a fazer mto barulho ora porque as vezes tens que ficar confinado a passares o dia no quarto porque o resto das divisoes estao ocupadas,quando passado dois meses ja estava mais orientado posso dizer que fui para uma casa e onde o ordenado minimo ai é mais alto cerca de 6,83£ a hora penso eu 1100£ tens que pagar por uma casa com 1 quarto 900libras sobravam me 200libras isto ganhado o ordenado minimo ai tou a comparar,aqui em sintra consegues casas por 300euros de renda e mm que ganhes 550euros de ordenado minimo vai dar mais ou menos ao mesmo.por isso nao tentes vender o sonho americano. Ora eu ganhando aqui entre 800 a 1000euros mensais consigo ter uma vida melhor do que a que tinha em inglaterra posso ja te dizer.em que ai ha de tudo ate trabalhos no centro de londres precarios e que nao sao fiscalizados. isso nao sao tudo rosas.

  8. Matemática says:

    Ora de 3000 inquiridos apenas 523 tinham um Iphone 6/6plus, como é que os outros 2477 podem dar uma opinião válida? 47% com problemas? Deviam ser 82%. Mais um estudo da treta.

  9. Mario Junior says:

    É culpa dos usuários que não sabem utilizar o sistema.

    By Steve Jobs.

  10. Norman Bates says:

    Ora vamos ver…

    1. Uma grande porção de comerciantes quer acabar com os cartões de crédito de vez, e tirar dinheiro directamente das contas dos clientes CurrentC, que funciona por QR e está também disponível para iOS.

    2. Uma grande porção de comerciantes quer fugir das taxas dos cartões de crédito, óbvio, e simplesmente encaminhar os clientes a usarem dinheiro vivo. Equivalente ao “só aceitamos multibanco a partir de X€”

    3. Uma grande porção não tem o sistema POS, nem o terminal multibanco preparado para NFC, até porque nós EUA, o comerciante é que tem de acartar com o upgrade.

    Logo, é óbvio que o NFC, e com ele, o ApplePay, vai a passo de caracol.

  11. Gustavo Lima says:

    Really?

    Mas isto não é a Apple? A “melhor” empresa de soft e hardware do mundo?

    Mas atenção…. a Apple apena é uma empresa tecnológica que produz productos como as outras marcas…. todas elas têm defeitos e não interessa se é “A” ou “B”.
    O que interessas aqui é que o Apple pay é um fail, e não venham dizer os fanboys que por ser da maçã é melhor, porque o sistema até foi inventado pela Samsung.

    • Jonathan Fitzgerald says:

      Lê o artigo com mais atenção, o problema não está no Apple Pay em si. A Apple não tem culpa de uma loja não ter o terminal, muito menos de um empregado não saber como se funciona com ele…

    • Francisco Pinto says:

      É um fail que já domina o sistema de pagamentos do género nos EUA! 🙂
      Claro que foi inventado pela Samsung..ilol esta(SAMSUNG) até teve que comprar uma EMPRESA para ir ter um sistema similar!! 🙂

  12. Samuel says:

    Ppl ware a falar mal da Apple, sai dai intruso

  13. rmcrys says:

    lololol adorava ver alguns comentários de há umas semanas 🙂

  14. Benchmark do iPhone 6 says:

    Para o caso de não saberem, a Tesla acolhe de braços abertos a entrada da Apple no fabrico de automóveis eléctricos (embora não garanta que venha a acontecer).

    E porquê? Porque só a Apple tem capacidade de impulsionar decisivamente o fabrico de automóveis eléctricos (e dado que os fabricantes de automóveis clássicos – “os três de Boston”, já anunciaram a desistência).

    Com os pagamentos com smartphone é o mesmo – o Google Wallet já anda por aí há uma data de anos e nunca foi usado em terminais de pagamentos. Em vez de andarem com tantos nhã-nhã-nhãs com as dificuldades que o Apple Pay naturalmente enfrenta, vejam mas é a percentagem que já representa neste tipo de pagamentos – e a porta que abre para os restantes.

    • Benchmark do iPhone 6 says:

      … Detroit (e não Boston). Os três de Detroit são a General Motors, a Ford e a Fiat Chrysler.
      http://www.thestreet.com/story/13095464/1/why-tesla-elon-musk-would-welcome-apple-building-an-electric-vehicle.html

    • Marcelo Barros says:

      Não esperaria outra coisa de ti…
      É apenas uma critica. Da-nos a conhecer que talvez o Apple Pay não esteja a ser tão bem aceita como se esperava, mas não quer dizer que isso seja assim tão mau.
      Se fosse uma critica de a outra empresa tu ainda vinhas meter mais lenha na fogueira. Dizes que a Apple é melhor em tudo, tens necessidade de estar sempre com esse tipo de afirmações, porque no fundo tens sentido de inferioridade, e não venhas com historias, porque é um facto. Só o facto de teres de ir buscar o projecto de outra empresa, o Wallet da google para de alguma maneira dizer que o Apple Pay é bom porque é melhor que o do vizinho.
      Deves ser aquele tipo de pessoas que não é feliz pelo que tem, mas sim em ter mais que o vizinho.

      Mais uma coisa tu não és Apple, tu não passas de um cliente Apple, só isso e mais nada e isso não te faz melhor.

      Um dia realmente serás feliz, mas quando aceitares o que tens e não dependeres da infelicidade do vizinho.

      Espero que aceitem esta critica aqui no pplware, acho que é construtiva e te pode ajudar, espero que também aceites e reflictas.

      Porque deve de ser triste.
      Chego a ter pena de ti, estou a falar muito sério.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.