PplWare Mobile

Apple Pay chegará a Portugal em breve!


Gestora de conteúdo e de redes sociais do Pplware. Mestre em Economia, foi o fascínio pelo universo da tecnologia e da comunicação que falou mais alto.

Destaques PPLWARE

  1. FilipeOS says:

    Arrisco-me a dizer que 85% dos terminais ainda não têm NFC e os poucos que têm não o têm ativo (como já vi imensos)…

    Noutros países da UE em todo lado tem MB e contact less (cartões etc)…

    • Filipe F. says:

      Pois, pode vir pa cá, não se vai poder usar em lado quase nenhum. Nós nem o que é nacional como MBWay não se pode usar ainda na maioria das lojas quanto mais Apple Pay, Samsung Pay ou Android Pay

      • Paulo L says:

        Eu usei Apple Pay em bastantes locais de Portugal (todos em Lisboa e Porto).
        Muitas vezes vi que o problema era de quem usa não percebe.
        Uma senhora no Colombo ficou bastante confusa se eu tinha pago porque era um montante 150 e algo e como não viu o cartão nem eu colocar PIN, teve inclusive de chamar o chefe ou supervisor (ou fosse lá ele quem fosse), porque não sabia o que fazer, mesmo com o papelzinho da máquina a dizer aprovado.

    • André says:

      Estás a falar a sério? Há moooontes de sítios onde dá para usar os cartões contactless. Aliás, hoje em dia praticamente todos os bancos têm cartões contactless. Essa tecnologia é NFC e, portanto, dá para usar Apple Pay quando estiver disponível em Portugal.

  2. João Cardoso says:

    É bom haver mais concorrência no mercado nacional, contudo eu vou continuar a usar o MB Way.

  3. pic says:

    da para adicionar os cartoes mbnet la? e depois ir a qualquer loja e pagar com o smartphone ou loja que tenha isso da apple?

    • Tiago says:

      Quanto a questão dos cartões mbnet não sei dizer, mas quanto ao pagamento com o telemóvel presumo que seja da mesma forma como temos actualmente com os cartões contactless.

      • joao says:

        limite 20 euros?

        • JJ_ says:

          Ele não se estava a referir ao limite de valor, mas a forma de utilização.

        • Miguel Silva says:

          Os cartões contactless não tem limite em € de utilização. Têm apenas uma protecção que obriga a introduzir o código a partir dos 20€ por utilização e/ou até 60€ por dia. Depois desses valores terás que introduzir código ao usar o contactless.

          • TC says:

            Ja usando o Apple Pay a quase 3 anos (por ter morado vários anos no estrangeiro) não há qualquer tipo de proteção (Pin) acima dos 20€ tal e qual como acontece nos cartões contactless, porque para se fazer qualquer transação com o Apple Pay, seja ela pequena, por exemplo, 1€ ou seja ela grande, por exemplo, 100€, a autenticação/proteção (como queiram chamar) já é efetuada através do Touch ID (impressão digital) ou Face ID (leitura facial e iris). Quanto ao Apple Pay vir para Portugal, só digo uma coisa, FINALMENTE. Será uma facilidade tremenda e será mais um meio de pagamento quer fisicamente quer online, sem a necessidade de abrir outra app para aprovar o pagamento, tal e qual como acontece com o MBWay. Penso que provavelmente o Millennium bcp será um dos bancos que provavelmente irá adotar o Apple Pay, porque ja vi em diversas sucursais onde têm disponíveis os MTM’s (Millennium Machine Teller, multibanco proprietários do Millennium), dotados com leitor contactless e com os autocolantes quer do Apple Pay como tambem do Android Pay. Eu acredito que será benéfico para todos porque assim temos maior variedade de escolha e não fica tudo sempre dentro do mesmo monopólio da SIBS (dententora da rede de multibanco em Portugal e da MBWay)

  4. Pintor says:

    Farto de ser comido pela banca Portuguesa com as suas taxas e taxinhas, a ver se estes não fazem o mesmo.

    • JJ_ says:

      Sim… claro… Como a Apple e afins, não vão ganhar nada pela utilização deste tipo de serviços.

    • Soldado Mor says:

      Então a Apple é uma organização sem fins lucrativos! Certamente vão aplicar taxas, podem não ser reflectidas em nós ser por exemplo a mastercard a abdicar um pouco do seu lucro.

  5. Eduardo says:

    Só vai estar disponível nesse banco N26.

  6. costi says:

    o site do banco N26 não tem língua portuguesa…

  7. Tim says:

    Um banco extrangeiro a mostrar aos retrogadas portugueses como se faz. O cartel portugues vai-se tramar.
    O N26 já ganhou um cliente novo.

  8. mojo says:

    eu ja uso em portugal faz tempo.
    instalei a app monese, mandei vir um cartão e coloquei-o na wallet.
    funciona 5 estrela.
    para se poder adicionar um cartão ao wallet, basta ir as definições do iPhone e definir uma região que ja tenha apple pay, espanha por exemplo.
    o cartão custa cerca de 4,5€, mas quem usar um código de um amigo, ganha 5€ de bons no primeiro carregamento, ou seja, o cartão fica de borla.
    aqui fica o meu código para quem quiser usar: JOAOC856
    uso imensas vezes no lidl e continente

  9. Paulo says:

    Ja fiz pagamentos em Portugal com Apple Pay e várias centenas de vezes e valores superiores a 20€ sem pin.

    • Cfpinto says:

      Ate podes ter feito mas os valores não foram muito acima de 20. Eu não sei qual é o máximo da Apple mas sei que não vai acima do país onde o cartão foi emitido. Por isso Inglaterra £30, Espanha €30 e França acho que é €20

      • DiVans says:

        Pagamentos com Apple Pay não têm limite como acontece com cartões contactless, até porque tens de autenticar a transação com Touch ID ou Face ID, o que vai equivaler ao PIN.

        • Cfpinto says:

          Isso não é 100% verdade. Apenas alguns redes de cartões aceitam mais que os limites contactless locais. https://support.apple.com/en-gb/HT207435. De qualquer das maneiras não sabia que a apple tinha removido a restrição do lado deles. É sempre bom aprender algo de novo.

          • DiVans says:

            Por acaso desconhecia que mesmo assim, ainda há a possibilidade de ser necessário. Baseei-me nos pagamentos que já fiz. Obrigado pelo esclarecimento!

          • Paulo L says:

            Bom, ja que tu es o entendido, vais ter de explicar isso aos comerciantes e bancos que aceitam o Apple Pay.
            Especialmente aqueles que regularmente me aceitam transações bem mais altas, ainda hoje fiz um pagamento de mais de 400 na Worten.

          • Cfpinto says:

            Paulo. Como disse desconhecia que a Apple tinha removido a restrição. Nas posso dar um exemplo. No Reino Unido o meu Amex nos paga mais que £30 mas testei ontem com Vida e paguei o jantar que foi bem mais que £30. Como uso maioritariamente o Amex no dia a dia não m tinha apercebido do desbloqueio por parte da Apple

          • Paulo L says:

            CF o valor limite, que existe e está definido por pais, aplica-se a transações de baixo valor e sem PIN através da tecnologia vulgarmente chamada por contactless.

            A Apple, mesmo usando o NFC, as transações não são sem autenticação, logo a razão pela qual o limite não se aplica.

      • Paulo says:

        Fiz uma compra na media markt leiria de 129,99€ paguei com apple pay e não introduzi rigoramente nada.

      • Mario Cunha says:

        Eu já fiz vário pagamentos superiores a 100€ e nunca pede pin, apenas tem de ser autentificado por Face ID ou Touch ID, tal como dizem aqui os outros utilizadores.

  10. Carlos says:

    Só agora….ix ?

  11. GN says:

    Deixo apenas a nota que o Garmin Pay passou a estar disponível em Portugal com o Revolut.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.