PplWare Mobile

Apple contratou responsável da Fiat para trabalhar no seu carro


Autor: Pedro Simões


  1. Tiago Duarte says:

    Podia ter escolhido melhor 😛

  2. Realista says:

    A apple vai ter que inventar uma nova moeda cpm mnos zeros para o preço que deve custar o novo carro…

  3. rand says:

    “…geriu o controlo de qualidade global, na Fiat…” A Apple não podia ter ido buscar alguém a uma empresa com carros de melhor qualidade?

    • Vítor M. says:

      Como os da Ferrari? Há assim no mundo carros melhores que a Ferrari?

      • Ricardo Gonçalves says:

        Sem dúvida. Cada um tem seus gostos mas existem carros melhores do que o melhor dos ferraris. E por ser do grupo FIAT, a Ferrari tem um departamento próprio e nada diz que esse eng. veio do departamento da Ferrari.

        Quase todas as marcas forma compradas pelos grandes grupos automóveis.

      • Fernando says:

        E será que o controlo de qualidade da Ferrari é feito pela mesma equipa que o faz nos carros Fiat…?

      • Marco B. says:

        Bugatti?

        • Vítor M. says:

          Grande máquina, mas num segmento diferente. Em que competições tem entrado a Bugatti? E que carros familiares tem desenvolvidos a Bugatti? em termos de história, sim tem uma história interessante, Ettore Bugatti foi um fantástico construtor. Pena que em 1995 a Bugatti tivesse falido e se não fosse a Volkswagen (a maior investidora) hoje estaria apenas do compendio da história automóvel. Pessoalmente gosto muito da história da Bugatti, mas esta nada tem a ver com a Ferrari.

      • Dumitru says:

        Mas toda gente sabe a qualidade dos fiats…que é uma …. mas recebes pelo que pagas! loool Vitor essa foi boa, então a Ferrari agora é o melhor carro do mundo? lool

        • Vítor M. says:

          Não é o melhor do mundo, eu não disse isso, isso é na tua cabecinha, que sabemos como ela trabalha. Para mim o melhor carro do mundo é o Mercedes 😉

          Agora, a Fiat, não sendo grande pistola (actualmente) no segmento automóvel, tem nas suas linhas a Ferrari, que é uma das melhores marcas do mundo sim. Basta ver nas principais categorias. O que quer dizer que a mesma empresa tem automóveis para todos os segmentos, até para os de mais alto nível, como por exemplo para a Formula 1.

          • raul leal says:

            A FIAT tem a Ferrari no grupo, mas nao manda nada nas suas linhas de montagem, apenas a sua compra serviu para realavancar a Ferrari e agora todos os dias e so colher os lucros. no fundo quando a Ferrari foi vendida a Fiat precisava de dinheiro e a sua compra foi mais um emprestimo do que ma compra em si.

          • Vítor M. says:

            Quer então dizer que, a Fiat foi quem investiu na Ferrari, é dona da Ferrari, por assim dizer, mas não manda nada, é isso? As decisões do Grupo Fiat, que não sei se conheces tudo o que envolve, não passam então pela Fiat, é isso?

          • miguel says:

            haha nao venha para aque falar de formula 1..

            Haha eu tenho um renault, uii deve ter uma grande maquina.
            alias a renault fabrica motores para mais do que uma marca de competidores da F1

          • Vítor M. says:

            Nada, não vamos falar em nada que te contrarie, porra, então! 😀

          • jppataki says:

            Sabes o que é primeira escolha e segunda escolha? Pois na Bosch as injecções me primeira escolha vão para uma e as de segunda vão para outra 😉 e não é como tu pensas!
            A Fiat não é grande pistola… estou a ver a análise profunda e reflectida que está por detrás de uma grande frase!

          • Vítor M. says:

            O Fiat que tive não era grande pistola não. Mas a marca em si, já teve o seu tempo áureo.

          • Concept says:

            ”Não é o melhor do mundo, eu não disse isso, isso é na tua cabecinha, que sabemos como ela trabalha.” Comentário infeliz, principalmente tendo em conta o cargo que exerces no site…

      • JG says:

        HÁ!! A Ferrari, tal como algumas marcas são conhecidas pela vertente desportiva, pelas performances, nunca pela qualidade, pelo conforto e pela fiabilidade. Não conheces Ferraris com muitos kms, são carros para um passeizito para dar ar de status, para exibir (pessoalmente nunca gostei de Ferraris, Lamborghinis, etc… são para velhos com o tesão na chave do carro, à falta de outro, mas que andam a 50 km/h nas avenidas das praias mais populares…). E nas competições desportivas, há muito melhor… Os motores Fiat é do pior que há!

      • paraoisheep says:

        Queres ver que a ferrari é a melhor marca de carros do mundo?

      • Felipe Teixeira says:

        E mesmo que fosse da fiat qual é o mal? E mau profissional só por isso?

      • miguel says:

        Maserati
        Bugatti
        Aston Martin
        Lamborghini
        Rolls-Royce
        bentley
        farrari, é como a rolex dos relógios(marca de luxo barata).
        contudo não tenho dinheiro nem para um rolex(+/- 500€), muito menos para um ferrari.
        mas sem duvida que farrari não é assim tão bom, alias é ver o valor médio de km que um motor Ferrari faz são 100mil kms.
        comparado com outras marcas: Rolls-Royce,bentley,Aston Martin…

        • Vítor M. says:

          Já vi que és um entendido em carros, pela mistura que fizeste e pelos argumentos. Eu não faço ideia do que estás a falar. Um motor Ferrari só faz 100 mil kms. Estamos conversados meu caro.

        • Lulz says:

          Barata?

          A Maserati é a versão low cost da Ferrari.

          O carro mais caro do mundo, é um Ferrari.

          Não sabes do que falas… O objectivo de um desportivo não é durar muitos kms, mas mesmo assim, eles duram mais do que o normal…

          Põe essas carroças a 9 mil rotações por minuto…

          Põe lá, e depois diz-me quanto é que ficou a conta no mecânico…

    • JBM says:

      trabalhou na Chrysler, não nos carros da Fiat

    • MarioM says:

      Muita tecnologia que anda por aí é Fiat,o pessoal é que tem manias,para alguns o problema chama-se falta de estatuto.

  4. Dumitru says:

    Pois claro, quer pagar pouco no desenvolvimento e receber muito quando vender! Tipo os iphones, os faz na china, paga pouco mas recebe muito…!

  5. José says:

    queres ver que a apple ainda vai inventar um carro com rodas

  6. Mauro says:

    Já estou a imaginar a apresentação do carro da Apple:
    “Revolucionámos também o sector automóvel, apresentamos o primeiro carro com RODAS, já agora, informamos que vamos patentear a roda e processar todos os outros fabricantes que façam carros com rodas”

  7. Kamexupas says:

    Vamos ver o que a Apple vai “revolucionar”… Às tantas inventam uma roda mais redonda que os outros?? O mais provável é que pegue nas ideias de todos os outros põe-lhe um “i” atrás e “voilà!” mais uma coisa nunca antes vista e “revolucionária” tipo… sei lá… assim de repente… Apple Music…

  8. KaYs3r says:

    Exacto, vai lançar um Fiat com o preço de um Ferrari… Lol

  9. Enese says:

    Tem lógica afinal o próximo carro da Apple vai ser um Fiat punto maçã edition mas vai ter mais um zero a direita no preço, ou seja melhor carro da actualidade.

    • E com outros zeros à mistura. Zero emissões de CO2, zero necessidade de condutor, zero problemas.

      Temos de esperar e ver o que realmente eles vão apresentar, isto se realmente apresentarem alguma coisa.

      À boa maneira Apple, nunca foi confirmado que existe algo no campo dos carros a ser produzido pela empresa!

  10. Joaquim Xavier says:

    Os fanboys vêem-se em todos os artigos. A quantidade de pessoas com má imagem da Fiat não deixa de me surpreender.

    Muitos deles estou certo que nunca tiveram um Fiat e falam do que não sabem. Outros provavelmente têm um Fiat e nem sequer sabem.

    Hoje em dia não há marcas imaculadas em termos de qualidade. E para isso muito contribui a electronica. Basta olhar com atenção para os carros “encostados” com o capot aberto, e os donos a olharem lá par dentro como um “burro a olhar para um palácio”. São de todas as marcas e provenientes de todos os países.

  11. Necroman says:

    Até podiam fazer tijolos, desde que tivesse o símbolo da maçã ia haver alguém que comprava…

  12. Benchmark do iPhone 6 says:

    Resumidamente é assim.
    – O que fez Doug Betts nos últimos 25 anos? Foi responsável ao mais alto nível do controlo de qualidade na indústria automóvel – Toyota, Nissan, Crysler e Fiat/Crysler.
    – Para que serve o controlo de qualidade ? Procurar aumentar o grau de satisfação dos clientes e diminuir o número de reclamações.
    – Então tem conhecimentos e experiência importantes para a Apple se quiser fabricar um automóvel? Em princípio sabe o que os utilizadores preferem e as queixas que têm, o que é importante já na fase de concepção e desenvolvimento de um carro e é capaz e de conceber um sistema de controlo de qualidade quando entrasse em produção.

    Mas há uma coisa. Saiu da Chrysler em Novembro de 2014, não foi a Apple que o foi lá buscar para o seu suposto projecto do automóvel. A Apple costuma ir buscar pessoas a outras empresas com “culturas/ soluções/ ideias ” diferentes, pode perfeitamente tê-lo ido buscar para melhorar o seu controlo de qualidade, ou apenas para trabalhar no CarPlay.

    Eu não acredito por aí além no Apple Car porque, se existisse, alguém já tinha dado com a língua nos dentes. Um carro não é bem um smartphone/ tablet/ relógio que se possa manter numa sala secreta e em que poucos põem a vista em cima.

    • Benchmark do iPhone 6 says:

      Por falar nisso. O The Verge diz que a Apple contratou um dos principais pesquisadores europeus em veículos autónomos.

      Não percam a frase de um vice-presidente da Apple em Maio: “the car is the ultimate mobile device” – Olá, qu’é qu’ele quer dizer com isto?

      E o vídeo de um automóvel autónomo da Mercedes (os da Google estão estão bem à frente, menos no design). Está a dar a maluqueira dos veículos autónomos e a Apple vais atrás? Ficava-me por um veículo eléctrico barato, com condutor – mas “baratas são carochas” como mostra a Tesla 🙂

      http://www.theverge.com/2015/7/20/9007149/apple-hires-car-executive-doug-betts-chrysler

    • João MS says:

      Penso exatamente o mesmo! Não creio que seja possível desenvolverem um carro com tal secretismo. Uma coisa é desenvolverem tecnologias para serem integradas em carros, mas daí até produzir um modelo próprio vai um grande passo.

  13. CarExpert says:

    Já não era sem tempo e até estranho em não haver muito mais empresas tecnológicas interessadas no mercado automóvel. Esta industria ainda é muito lenta a absorver as novas tecnologias, mas com investimento de empresas cujo core business não é o mercado automóvel, podemos finalmente usufruir de um sistema unificado quando vamos para estrada.
    Sendo um curioso da domótica e passar cerca de 6 horas diárias ao volante, senti a necessidade de expandir aquilo que tinha em casa para meu carro. Em 2008, como não havia nada off-the-box, criei meu próprio sistema auto ao implantar um minipc controlado por um ecrã de 7″ touch, ligado à internet e à CanBus do carro onde tinha controlo de tudo que se passava (consumos, temperaturas, A/C, etc). Tinha ligação à Internet 3G, comando de voz, TV, GPS, sistema de parqueamento c/ video, kit mão livres, gravação automática de video dos percursos (4 cameras), geo-localização, heads up display no retrovisor, e outras funcionalidades não menos interessantes. Nos bancos de trás tinha 2 netPCs e uma consola Wii ligados à 2 ecrãs embutidos no encosto de cabeça dos bancos dianteiros para o pessoal não ficar aborrecido durante as viagens. Sistema de som com 12 colunas e 2 sub-woofers e headfones de altafidelidade individuais para os passageiros. Toda esta brincadeira custou-me cerca de 8000 Euros e deu-me imenso trabalho, mas como muito gozo. Vendi o carro há 2 anos, mas tenho imensas saudades daquilo tudo.
    Fico ansioso em ver o que podemos ter daqui para frente.

    • João MS says:

      Gostava de ver isso (para que não haja lugar para dúvidas, estou a ser genuíno). Não queres partilhar fotos com a malta? =P

      Fiquei curioso relativamente ao carro (marca/modelo) e à forma como esse tal minipc comunicava com a centralina do carro, nomeadamente ao envio de instruções.

  14. Rui says:

    Tanto desconhecimento. Ficamos a saber que tudo o que faz a Fiat não presta, segundo a opinião de alguns experts na matéria, que secalhar nunca conduziram um. Já tive 2, o último era um Bravo 1 JTD 105……. bem, é uma máquina de guerra!
    Já agora convém desmistificar, sabem porque a Fiat dá muitos problemas e outras marcas com preços baixos? Vamos lá a ver, imaginem que tiram a carta, que carro vão conduzir como 1º carro, um Fiat, citroen ou peugeot, ou um Ferrari ou Porsche?
    Só para que saibam, a Fiat é dona destas marcas todas:
    Marcas europeias:
    Abarth
    Alfa Romeo
    Ferrari
    Fiat
    Lancia
    Maserati
    Iveco‎

    Marcas Americanas:
    Chrysler
    Dodge
    Jeep
    RAM

  15. Miguel says:

    Então pplware, não gostaram do meu comentário? Engraçado, diz-se que os comentários são moderados no entanto só os que vos interessam, mas cá vai outra vez:
    – A Apple não vai entrar neste negócio, já foi desmentido mais de que uma vez. Quer por parte da empresa quer por parte das próprias marcas de automóveis. Mais, deixem de ser idiotas e tentar lançar remores estupidos que já são mais velhos que a sede de Braga. Mais uma coisa, o único negócio que a Apple tem dentro dos automóveis é só o CarPlay e não um carro. Parem de redigir rumores idiotas.

    • Benchmark do iPhone 6 says:

      Faz assim – pesquisa por Apple Car.
      Se, pelos links, te consegues aperceber do “peso” de quem dá a notícia abre uns quantos.

      Ninguém diz que o Apple Car é certo, todos dizem que são rumores. Mas é muita gente para chamar es idiota, mesmo quando dizem que estão apenas a especular, não achas?

      P.S. Dizes: A Apple não vai entrar neste negócio, já foi desmentido mais de que uma vez. Quer por parte da empresa quer por parte das próprias marcas de automóveis – isso não aconteceu. Das marcas, há o do presidente das Tesla, a dizer que não acredita mas a dar as boas vindas à Apple se se quiser meter no negócio dos carros eléctricos, porque o ia impulsionar e, salvo erro, do CEO da Daimler-Benz a dizer que as margens na indústria automóvel são apertadas, não interessam à Apple.

      Quanto à Apple nunca desmentiu formalmente – na última assembleia geral de acionistas da Apple, questionado se a empresa estava a desenvolver um automóvel, o que Tim Cook disse foi “não confirmo nem desminto”.

  16. David.pt says:

    Não percebo porque os portugueses dizem tão mal da Fiat. Acho que é uma forma de gozarem com quem tem Fiat sem nenhuma razão. Posso dizer que dos automóveis que tive de Fiat foi a que mais me agradou em termos de preço e qualidade

  17. Luís says:

    Por incrível que pareça vejo mais carros de marcas primium em cima de reboques do que Fiats.
    A diferença é: quem compra Fiat quando avaria vai para os foruns dizer que não presta, os primiuns mandam arranjar e ficam caladinhos para não serem gozados.
    Actualmente quem faz peças para a Fiat faz para todas as outras marcas, é só levantar o capô e ver peças Bosch, Faurecia, Valeo…

    Deixo só mais uma dica, antes de comprarem carro façam uma pesquisa sobre problemas do modelo em questão, provavelmente vão ficar surpreendidos com carros que não existem queixas por parte dos utilizadores serem considerados inferiores em qualidade a outros que são poços de problemas. Mas como tudo nesta vida é mais importante o parecer do que o ser!

  18. rui says:

    Neste mundo em que uma marca que transmite confiança e durabilidade, se está a começar a meter no mundo dos automóveis , só tenho uma coisa a dizer , se esta ideia for para a frente , a Mercedes que se cuide …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.