Análise Mirror’s Edge: Catalyst (Xbox One)


Destaques PPLWARE

3 Respostas

  1. Emanuel says:

    City of light??? É city of glass!

    • Paulo Silva says:

      Toda a rezão. Corrigido!

      Já agora aproveito para te perguntar se jogaste o original (ou Catalyst) e dizeres o que achas do jogo.

      Obrigado!

      • Emanuel says:

        Joguei o original (várias vezes de facto), é dos meus jogos favoritos de todos os tempos 🙂
        Este Catalyst é a cereja no topo do bolo, acho que é complicado ficar melhor e sinceramente o sistema de combate está bastante bem adaptado à filosofia do jogo – senão, seria mais um “fps” do costume 🙂

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.