Usamos cookies para garantir a melhor experiência de utilização no Pplware.com - Saiba mais sobre os nossos cookies
Ok

Android Market agora com limite de 4GB…em vez de 50 MB

No dias de hoje, o conceito de “loja de aplicações online” está disseminado por várias marcas. A Google tem o Android Market para dispositivos com Android, a Apple tem a Apple Store, a Samsgung tem a sua a Samsung Apps, etc etc.

Este é um segmento em forte crescimento, e os programadores têm aproveitado ao máximo os proveitos que as plataformas de distribuição oferecem.

No caso do Android Market, sabia que até há relativamente pouco tempo a barreira em termos de tamanho de aplicações a disponibilizar pelo programadores era de 50 MB?

android_00

Num comunicado disponibilizado ontem por Tim Bray no Android Developers, a Google fez saber que o limite dos 50 MB para disponibilização de aplicações tinha sido “quebrado”. Apesar da empresa considerar durante alguns anos que este tamanho se ajustava às necessidades do programadores, a verdade é que foram detectadas várias situações onde os 50 MB se tornavam uma limitação grave no desenvolvimento (ex. desenvolvimento de jogos, aplicações interactivas 3D, etc).

No entanto, a empresa fez saber que o limite do APK continua limitado aos 50 MB, de forma a não existirem quaisquer problemas de segurança no sistema de armazenamento do dispositivo. Para que os programadores possam agora usufruir dos 4 GB devem então recorrer a ficheiros de extensão:

  • Cada aplicação tem 2 ficheiros de expansão, cada um com 2 GB, num formato à escolha do programador
  • O Market Android continuará a hospedar essa informação
  • Na maioria dos dispositivos, os ficheiros de expansão serão descarregados automaticamente com a aplicação (sendo que esta não correrá, até que toda a informação esteja do lado do dispositivo).
  • Em dispositivos mais antigo, os ficheiros de expansão serão descarregados via uma biblioteca disponibilizada pela própria Google (ver aqui)

Esta é sem duvida uma boa estratégia da Google, uma vez que retira a limitação que existia em termos de tamanho de aplicações. Por outro lado, o Market Android ganhará certamente com esta atitude por parte da Google já que os programadores poderão disponibilizar jogos e outras aplicações com melhor qualidade e funcionalidades.

Será que a barreira dos 50MB era um factor impeditivo para os jogos/aplicações disponiveis no Android Market não terem tanta qualidade que o de outras plataformas?

Homepage: Android Developers



  •   
  •   
  •  
  • Pin It  
  • Imprima este artigo
  • Post2PDF


18 Comentários

  1. Quanto ao conteúdo… Acho que faz mais falta para jogos do que outra coisa… Não estou a ver uma aplicação a usar mais de 50MB em resources + código… Mas espaço é algo que é (quase) sempre bem-vindo :D

    • Bem, vale a pena frisar o facto de que é menos uma despesa para as empresas que criam aplicações grandes… Já não precisam de pagar um servidor para alojar os resources… Pode ser um passo para mais aplicações de individuais / preços mais baixos!

  2. Tenho ideia que alguns jogos/aplicações já recorrem a algo semelhante, guardando alguns ficheiros numa pasta a parte.

  3. O Android Market agora chama-se Google Play!
    http://goo.gl/z6t3a
    http://goo.gl/Ay1Ig

  4. 50Mb para 4Gb? mudem o titulo.
    Os apk continuam com um maximo de 50mb no market, e ja existiam apls que descarregavam conteudo maior que 50MB.

  5. Há qualquer coisa que me está a escapar (não é nenhuma polémica é só tentar perceber)

    O tmn drive para Android tem 7,7 M (penso que sejam MB)
    https://play.google.com/store/apps/details?id=com.ndrive.androidtmndrive&feature=search_result

    o tmn drive para iOS tem 260 MB
    http://itunes.apple.com/pt/app/tmn-drive/id489142348?mt=8

    Como é que isto é possível ?

    As app de navegação para iOS abrangendo a Europa têm 500MB e mais. As do Android só vão até 50MB ? Se assim for alguma diferença tem que haver. Qual ?

    • Eu explico-te:
      - o limite anterior para alojar/disponibilizar uma app no Android Market (agora Google Play) era de 50MB. Todos os recursos externos eram obrigatoriamente geridos pelo detentor da aplicação.
      - ao instalar o TMN Drive por exemplo, com 7.7MB, ao abrir a aplicação o utilizador é solicitado para fazer o download dos restantes recursos. Um jogo como o Modern Combat 3 tem um .apk de 2.2MB mas todos os recursos gráficos são descarregados na primeira abertura, 800 e tal MB salvo erro, provenientes e alojados pela Gameloft
      - agora já será possível utilizar alojamento gratuito no Google Play para albergar com uma aplicação na íntegra (apk + conteúdo adicional).

      • Hugo, nesse caso um developer menos bem intencionado poderia fazer uma app que descarregasse código malicioso, alojado num qualquer local que bem entendesse, para um dispositivo onde estivesse instalada? Ou há algumas medidas de segurança contra isso?

        • O conteúdo suplementar não tem a ver com a aplicação em si (código) mas sim com recursos adicionais à aplicação como animações, som, modelos, filmes, texturas etc. O que é descarregado fica normalmente guardado em /sdcard/Android/data/….
          No entanto sabemos que mesmo a aplicação em si, até ter sido anunciado um algoritmo xpto de detecção de malware e afins, não passava por medidas de segurança. Vamos ver se desta melhora.

          Esta novidade parece-me que pretende ser incentivo à produção de melhores (e maiores) conteúdos sem haver preocupação com encargos adicionais de um alojamento por parte do programador.

  6. Já alguém notou que o Market Android agora chama-se Google Play??

  7. Ya tava mm a ver isso agora lol

  8. Estes Jovens da Google não param , sempre a bombar

    Cumprimentos

    Serva

    • Pena é não darem uma para a caixa com o Android. Ainda hoje mexi num, e talvez me possas ajudar com isto:

      - Apenas queria apagar uma conta gmail que o meu tio criou no telemovel dele, apenas para parar de o chatearem as apps, e criou um a sorte.

      Agora como criou um Gmail para ele, tentei-lhe mudar, apagar o antigo não dá mesmo depois de adicionar o novo.
      Diz que as APPS estão a usa-lo, tereis de repor as definições de fábrica…?

      Mas está a falar a sério ou é mesmo no gozo.

      Ele usa um Xperia, não gostei mesmo nada do toque nem dos menus, as teclas fisicas para andar para traz na parte de baixo, porque não usam dentro do ecra numa parte do menu, tem mais lógica.
      Ok só usei Nokias e uso iPhone, mas nao vejo nada prático nestes 2 exemplo que acabei de dar, e só estive na mão 10 min, para lhe adicionar a nova conta GMAIL.

      Obrigado

      • “Pena é não darem uma para a caixa com o Android.”
        Esta frase é porreira :)
        Alias, a coisa anda a ser de tal maneira mal gerida pela Google que o projecto Android ainda não saiu da fase Alpha nem tem ninguém a usar o projecto.

      • É normal que não gostes, se estás habituado a outras plataformas, não é com 10 minutos de uso que aprendes a gostar de android.

        Em relação ao problema, tenta adicionar um novo e só depois é que apagas o velho.

  9. Android update:
    Já coloquei um novo email Gmail, e tentei apagar o antigo e nada.
    Pede-me para repor definições de fábrica.

    Será brincadeira? ou é mesmo assim que tenho de fazer?
    Isto tudo para trocar o email principal, a sério Google é assim? lol
    Tsk Tsk, alguém me ajude por favor.

Deixe o seu comentário

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.