Análise – Western Digital My Book Live Duo

Nos dias de hoje só se ouve falar no conceito de CLOUD. Este hype que se tem vindo a sentir, tem levado a que um certo segmento de mercado tenha vindo a ganhar terreno. Estou a falar claramente do segmento dos NAS (Network Attached Storage).

Depois de termos falado aqui sobre uma nova gama de discos rígidos da Western Digital específicos para NAS, eis que apresentamos um equipamento que é certificado para operar com este tipo de discos, o Western Digital My Book Live Duo.




O My Book Live Duo é mais uma aposta da Western Digital no segmento dos NAS. Esta é uma versão de duas bainhas para discos rígidos onde podemos trabalhar com RAID 1 de forma a termos redundância de dados e não perdermos a nossa informação mais preciosa ou então podermos optar por RAID 0 onde perdemos a redundância mas ganhamos mais espaço.

Esta é uma solução ideal para utilizadores domésticos ou pequenas e médias empresas que necessitem de um equipamento para armazenar dados e ao mesmo tempo ter uma redundância dos mesmos.

A possibilidade de podermos aceder aos dados fora de casa é uma mais valia e uma grande aposta da Western Digital pois nos permite criar a nossa própria CLOUD e acedermos aos nossos documentos onde quer que estejamos, desde que tenhamos acesso à internet.

Este é um equipamento certificado com DLNA tornando possível acedermos, por stream, às nossas fotografias, músicas, videos e entre outros formatos, a partir de televisões ou outros equipamento que suportem este protocolo.

Tem também a possibilidade de integrar com o iTunes, em modo de servidor, por forma a ajudar na organização dos ficheiros.

Seguem as especificações deste equipamento:

  • Interface: Gigabit Ethernet
  • Capacidade: 4Tb ou 6Tb
  • Ethernet: Compatível com 10/100/1000 Mb/s
  • Altura: 165 mm
  • Profundidade: 157 mm
  • Largura: 99 mm
  • Peso: 2,26 kg
  • Temperatura
    • Em operação: 5º C a 35º C
    • Fora de Operação: -20º C a 65º C
  • Tensão de entrada CA: 100-240 VCA
  • Frequência de entrada CA: 47-63Hz
  • Windows XP (SP3), Vista, 7
  • Mac OS X Leopard, Snow Leopard, Lion, Mountain Lion
  • Dispositivos com DLNA/UPnP
  • Ligação à Internet para acesso remoto
  • Browsers/Navegadores
    • Internet Explorer 7 ou Superior
    • Safari 4.0 ou superior
    • Firefox 3.6 ou superior
    • Google Chrome 14.0 ou superior
  • Armazenamento na CLOUD
  • Cabo de Rede
  • Adaptador de Corrente
  • CD de instalação
  • Manual do Utilizador

Esteticamente é um equipamento que segue todas as linhas de produtos de armazenamento móvel que a Western Digital nos tem vindo a presentear  Design simples, minimalista onde podemos observar o logótipo da empresa na parte frontal do equipamento juntamente com um LED a indicar o estado do equipamento e as interfaces de ligação na parte traseira do mesmo.

Todo em preto fosco, com bordas e parte frontal arredondadas e grelhas para respirar no topo e na base.

A parte do topo é um género de alçapão onde podemos aceder facilmente aos discos para o caso de ser necessário alguma intervenção nos mesmos.

A nível de interfaces podemos contar com uma porta USB e uma porta de rede. A porta USB serve para simplesmente podermos alocar um outro disco externo da Western Digital de forma a expandir a capacidade de armazenamento do NAS ou para simplesmente fazermos backup das coisas.

Deste modo, a única forma de aceder ao conteúdo do NAS é a partir da porta de rede.

[1][2][3]

A configuração do NAS é muito simples e intuitiva. O CD que se faz acompanhar com o equipamento para se proceder à configuração do mesmo ilustra de forma metódica de como deveremos proceder em todas as fazes para garantir de que tudo vai funcionar como era de esperar.

Após de estar tudo devidamente configurado podemos começar a trabalhar com o sistema.

Para além de podermos aceder de qualquer portátil ou desktop a Western Digital disponibiliza o software WD 2Go para equipamentos com iOS, Android, BlackBerry e Windows Phone.

O acesso ao NAS é feito exclusivamente pela rede ou, caso tenhamos configurado para tal, aceder remotamente. Toda a gestão de permissões e criação de utilizadores é feita a partir da interface via Web numa interface minimalista a intuitiva.

[1][2][3][4][5][6][7][8][9]

Com este equipamento podemos ainda integrar a nossa conta DropBox.

O firmware deste equipamento é open source e é disponibilizado pela Western Digital para quem desejar configurar o mesmo ao seu gosto.

A Western Digital ainda disponibiliza um software designado de SmartWare que nos permite rapidamente realizar o backup da informação da nossa máquina para o NAS e manter um histórico de versões no caso de apagarmos algo acidentalmente ou alterarmos algum ficheiro e querermos a versão anterior.

A nível de velocidade de acesso tudo depende, no que toca a acesso interno, à velocidade da vossa rede e do congestionamento da mesma. Quanto ao acesso a nível externo, isto é, via Internet depende da velocidade de Download e Upload que têm contratado.

Para concluir este é claramente uma boa aposta para quem gosta de sentir que os seus dados estão mais protegidos e de que pretende ter a informação disponível onde quer que seja e com qualquer aparelho. Este equipamento pode ser obtido na versão de 4Tb e 6Tb andando o preço a rondar os 329,99€ e 419,99€ respectivamente.

Prós:

  • Suporta RAID 0 e RAID 1
  • Expansão de armazenamento
  • Acesso externo e Apps para os principais sistemas operativos (iOS, Android, BlackBerry e Windows Phone)
  • Firmware personalizável (Requer conhecimentos técnicos)
  • Acesso fácil aos discos
  • Setup simples e intuitivo
  • Design simples
  • Preparado para trabalhar a edição de discos RED

Contras:

  • Não tem botão para desligar (Só retirando o cabo de alimentação)
  • Preço um pouco elevado comparado com outros produtos idênticos no mercado

Gostaria de agradecer à Western Digital a amabilidade de cederem o equipamento para análise.

Galeria de Fotos

Que acham deste NAS? Têm algum NAS? Qual?

Preço: 329,99€ (4 TB) – 419,99€ (6 TB)
Download WD 2Go para Android: Google Play
Download WD 2Go para iOS: AppStore
Download WD 2Go para BlackBerry: AppWorld
Download WD 2Go para Windows Phone: Marketplace
Homepage: Western Digital My Book Live Duo

 





  •   
  •   
  •  
  • Pin It  
  • Imprima este artigo
  • Post2PDF


22 Comentários

  1. É um equipamento que deixa muito a desejar, ideal para qual quer ambiente de trabalho.

  2. Parece interessante, para uso pessoal… Mas caro e pouco versátil… É mais uma caixa externa com 2 discos “escondidos”

    Pessoalmente tenho 2 NAS 6x2TB da QNAP (5 *****)

  3. Os discos que vêm nos 4GB/6GB são da gama WD RED ?

    Eu tenho um ReadyNAS duo v2 e tem as mesmas características.
    Coloquei 2 discos WD RED.

    Aconselho a usarem um router/switch com velocidade GigaBit para fazerem transferência mais rápidas.

  4. Boas,

    Por aqui mora um Seagate Goflex Home (Link fabricante: http://www.seagate.com/br/pt/external-hard-drives/desktop-hard-drives/goflex-home/)

    Na altura que o comprei ainda pensei no da WD, mas este pelo preço qualidade e serviços oferecidos chega-me perfeitamente.

    Bom artigo ;-)

  5. Ando, pelas razões referidas no post, há algum tempo a ver estes dispositivos.
    A WD tem na gama Live soluções mais baratas e mais limitadas, lógico.
    Não sou entendido na matéria mas o que pretendo arranjar é por um disco distes a fazer a minhas seguranças em casa,e simultâneamente que ele faça nova copia de segurança para um dispositivo idêntico mas noutro domicílio, via net.
    Uma questão redobrada de segurança.
    Alguém sabe se é possível fazê-lo com este disco de forma simples?
    Obrigado

    • Boas,

      Podes sim fazer cópia deste NAS para outro NAS por rede ou USB.

      Vê aqui na página 90: http://www.wdc.com/wdproducts/library/UM/PBR/4779-705065.pdf

      Cumprimentos,
      Manuel Rocha

      • Boas

        Esta resposta não responde à questão colocada pelo Regis.

        Fazer backup de um nas pela rede não é o mesmo que pela net.
        Pela Net necessita de ter qualquer coisa parecido com Rsync, que o WD não tem.
        Só se consegue Rsync em NAS mais a sério, como por exemplo Synology.
        Cumprimentos
        Jorge Sousa

        • @ Manuela Rocha
          Já tinha dado uma vista e olhos por este documento e não encontrei respostas, mas como disse não percebo nada do assunto, vou dar mais uma olhada. Obrigado
          @Jorge Sousa
          É isso mesmo que dizes.
          Creio que é apenas uma questão de Software. Será que o Soft desta aplicação permite ligar a duas unidades, uma via intranet ,e outra pela Internet.
          Ou seja quando faz a segurança envia para os dois disco, por vias diferentes, a mesma informação?
          Haverá um outro programa para o efeito?
          Obrigado

          • Boas,

            Por acaso até dá, não directamente, mas dá.

            Num teste rápido que fiz eu posso criar uma partilha a partir do desktop/portátil a uma pasta da unidade para onde quero fazer a cópia do NAS. Esta unidade pode ser outro NAS que eu acedo remotamente.

            No NAS que eu quero fazer a cópia sigo os passos indicados no link que referi e escolho o desktop/portátil e escolho a partilha criada para localização do backup e fica pronto.

            O único senão é que tem de ter o desktop ligado mas leva a que responda à questão do @Regis.

            Cumprimentos,
            Manuel Rocha

          • Viva Regis
            Podes ligar um NAS do tipo Synology, tanto pela internet como pela Intranet.
            Não podes é fazer uma tarefa de replicação ou backup para dois destinos ao mesmo tempo.
            Terias de definir duas tarefas uma para cada destino.
            Espero ter ajudado
            Jorge Sousa

          • Caro Manuel

            Que complicação tão grande para tentar um resolver um problema tão fácil de resolver com outros NAS… mais uma vez, NAS mais a sério.

            Já percebi que és um rapaz WD, mas é preciso reconhecer que os NAS WD são um pouco limitados em muitas coisas que outros fazem. E sim eu sou um rapaz Synology.
            Os Synology só não fazem o pino.
            Cumps
            Jorge Sousa

          • Caro Jorge,

            Eu neste tipo de situações sou imparcial.

            Não me fico por uma marca enquanto não testar as concorrentes.

            Nesta situação respondi de forma a reverter uma informação errada criada pela sua resposta e pela resposta do @Regis.

            Se é complicado ou não não foi o questionado. Simplesmente declarei que era possível, não de forma directa. Se noutros NAS é possível ou directo é provável, mas neste, para além de não vir especificado nos manuais também é possível. Podemos dizer que é uma funcionalidade não prevista daí poder ser rebuscada ou mesmo complexo chegar a ela, pois não foi pensado.

            Por outro lado temos sempre a possibilidade, tal como referido no texto, e no caso de haver conhecimentos para tal, de adulterar o firmware ao ponto de existir esta funcionalidade de raiz.

            Como o firmware do produto é de código aberto, provavelmente alguém já pode ter criado um com esta funcionalidade de raiz em vez da minha solução rebuscada, mas que funciona.

            Cumprimentos,
            Manuel Rocha

  6. Estou a pensar adquirir o my book live 2TB, em termos de velocidade o router da meo serve?

    Cumprimentos!

  7. Boas.

    Gostava de adquirir um NAS doméstico deste tipo, não necessariamente este. O que me aconselham, com capacidade DLNA, silencioso, fiável, não muito grande (provavelmente 1 ou 2 discos chega)?

    Obrigado.

  8. @ Manuel Rocha e Jorge Sousa
    Obrigado pelas vossas respostas.
    Mas como referi tem de ser um processo fácil pois é um matéria que não domino mesmo nada.
    Quando pensei na WD foi porque me pareceu ser mais acessível em termo de preço e mais “user frenly”.
    Tenho a ideia que a Synology é equipamento muito profissional e mais caro.
    Vou tentar encontrar uma solução.
    Obrigado mais uma vez pela vossa disponibilidade.

  9. Estou inclinado a comprar um
    Western Digital My Book Live 2TB – 3,5”

    Alguém sabe se ele tem de estar ligado ao router ou se pode estar ligado a um acess point extender? Eu explico. Trabalho em Timor-Leste. No centro onde trabalho temos um router wireless mas para puder aceder do meu escritório tive de instalar numa divisão mais próxima do router um acess point (TP-LINK TL-WA801ND) e não me interessava mesmo nada ter o disco externo junto do router onde dezenas de pessoas entram e saem todos os dias sem grande controle.
    Agradeço antecipadamente a vossa ajuda

  10. É muito ruim não ter botão para desligar. Alguém sabe se eu desligá-lo na tomada quando estiver em stand by, posso queimar os HD’s?

Deixe o seu comentário

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.