Far Cry 2 – Análise

Far Cry está de volta com uma nova aventura. Desta vez viajamos até ao continente africano, onde por de trás das belas e vastas paisagens, se esconde uma terrível realidade.


Ao contrário do primeiro título, a Crytek não esteve por trás do desenvolvimento de Far Cry 2, essa responsabilidade coube antes à Ubisoft Montreal, que teve perante mãos um verdadeiro desafio de trazer aos jogadores um título capaz de fazer o mesmo feito que o Far Cry original.

Far Cry 2 é totalmente diferente do seu predecessor, pois não há qualquer ligação na história, bem como a inexistência de monstros, virando-se agora para um mundo real. Para tal a Ubisoft desenvolveu um novo motor gráfico especificamente para Far Cry 2, capaz de reproduzir com um realismo impressionante toda uma paisagem africana, bem como as suas variações climatéricas.

O principal objectivo é encontrar e matar um poderoso traficante de armas conhecido por Jackal, responsável por fornecer armamento a duas facções rivais que surgiram após o colapso do governo local. Para isso iremos explorar florestas, savanas, aldeias e vilas, completando diversas missões da forma como bem entendermos, criando amizades ou rivalidades com outros mercenários. De salientar é o facto de que cada acção que tomarmos ao longo do jogo, irá afectar de alguma maneira os acontecimentos futuros, havendo assim um grande dinamismo à volta de toda experiência.

No que toca a armas, temos as do costume deste tipo de jogos, juntando ainda cocktails molotov, machetes, e o belo do lança chamas! Uma particularidade interessante é o facto das armas se degradarem com o tempo, encravando por vezes nos momentos menos oportunos e podendo mesmo explodir.

Numa vasta área de 50 Km² é essencial a existência de veículos para nos deslocarmos facilmente, por isso podem contar com carros, jipes, barcos, e até a clássica asa delta, existente também no primeiro Far Cry. Porém podem apanhar o autocarro que nos leva directamente à paragem escolhida. Tal como as armas, os veículos também se avariam, porém podemos dar uso às nossas skills de mecânico, e repara-los no momento.

Cabe ao jogador decidir a forma como as missões são feitas. Tanto pode optar por entrar a matar contra tudo o que se mexe, como optar por uma aproximação mais táctica esperando pelo cair da noite (podemos avançar no tempo), infiltrando-se silenciosamente no local do objectivo.

O multiplayer é um grande extra a juntar à vasta experiência singleplayer. Nele iremos encontrar 4 modos de jogo (Deathmatch, Team Deathmatch, Capture The Diamond e Uprising) bem como 6 classes diferentes e 14 mapas de origem. Para não bastar ainda nos brindam com um editor de mapas em tempo real, bastante intuitivo de forma a que pessoas que nunca criaram mapas anteriormente possam dar asas à imaginação e criar verdadeiros campos de batalha, enriquecendo ainda mais o modo multiplayer.

Graficamente Far Cry 2 é absolutamente espantoso! A equipa da Ubisoft viajou de propósito até África para recolher variadíssimas informações à cerca do ambiente que se vive por lá, bem como de toda a flora e fauna, conseguindo tornar o jogo realmente credível. Os personagens esses estão super detalhados, bem como as armas, veículos e todo o ambiente envolvente.

Impressionante é também a recriação de diversos elementos naturais, tais como o fogo que se propaga de forma realista, o vento que se manifesta em toda a vegetação, e o ciclo noite/dia, onde 1 minuto na vida real corresponde a 5 minutos no jogo.

No que diz respeito ao som, esse está muito bom e detalhado. No entanto os diálogos podiam estar muito melhores. Alguns personagens não parecem suficientemente convincentes a falar, e abordam-nos duma maneira que por vezes, apesar de ser a primeira vez que nos vêem, parece que já nos conhecem há muito, e acaba por ser um pouco estranho.

Far Cry 2 proporciona-nos muitas e longas horas de divertimento, tanto a seguir a história como simplesmente a fazer o que nos der na cabeça. As vastas paisagens africanas dão uma enorme sensação de liberdade, por onde nos podemos deslocar sem restrições.

Os diálogos dos personagens poderiam estar mais elaborados, no entanto isso não faz com que a diversão se perca. Os modos multiplayer e o editor de mapas vêm dar uma enorme longevidade à já longa experiência singleplayer.
_________________________________________________________________________


_________________________________________________________________________

 

Sem dúvida que este ambicioso projecto da Ubisoft Montreal foi cumprido com êxito. Far Cry 2 é uma óptima escolha para este Natal.Classificação: 8.5 / 10
Plataformas: PC (Windows), Playstation 3 e Xbox 360.

NOTA: Este artigo foi escrito pelo Ricardo Afonso para Pplware.

Homepage: Far Cry2





  •   
  •   
  •  
  • Pin It  
  • Imprima este artigo
  • Post2PDF


57 Comentários

  1. Não podiam passar sem as classifcações irrelevantes… -_-

    E os nomes correctos das plataformas é “Windows, PlayStation3 e Xbox 360″.

  2. 1. Morbus diz:
    25 de Outubro de 2008 às 2:22 pm

    Não podiam passar sem as classifcações irrelevantes… -_-

    E os nomes correctos das plataformas é “Windows, PlayStation3 e Xbox 360″.

    Não deveria ser; os nomes correctos das plataformas são? ;)

    E sempre se disse PC, não é por tu imbirrares que se vai mudar. :)

  3. offtopic

    Boas!
    Por distração apaguei as entradas para desinstalar um programa. Como faço agora para conseguir desinstalar os programas? Já fui á pasta de instalação mas o ficheiro de desinstalação foi eliminado.
    Obrigado

  4. @ RSL

    reinstala o programa na mesma localização e tenta desinstalar. costuma resultar ;)

  5. @rsl
    Revo Uninstaller

  6. Belo jogo,quem o quiser ter antes do Natal para o PC, basta visitar:
    http://softwareeoutros.blogspot.com/2008/10/farcry-2-pc.html

    Baixar todas as partes e tá feito

  7. Tivesse eu pc pra jogar isso … ou ainda pior … tempo … COD4 e já não é mau …

  8. Interessante essa observação sobre o Windows.
    Realmente aquilo é para plataforma Windows e não PC.
    É a mesma coisa que dizer que o jogo corre em consolas e não especificar.

  9. Se virmos bem, nenhuma das designações está correcta.

    A Release do jogo tem como target arquitecturas x86 (vulgo PC) e MS Windows 32bit ou compatível… por isso, para mim, a ser rigoroso nisso das plataformas, teria quer ser Windows/PC …. tens que ter os dois para o jogar, por isso…

    cumps

  10. Não percebo é o porquê de tanta zaragata.
    Meninos, limitem-se ao tema, o jogo em si.

    Já agora, obrigada por esta excelente análise!

    Fiquei mesmo com vontade de o jogar… embora ter máquina para isso é que é mais complicado… =(

    Podiam fazer um mealheiro e dar-me uma no Natal =D

  11. Que Jogo!!!!

    Quem tiver um bom som e uma boa qualidade de imagem (tanto placa grafica como monitor), que apague as luzes e disfrute!!!! :D

    =D

  12. @ rocki
    enfim… http://en.wikipedia.org/wiki/Far_cry_2 plataformas: microsoft windows, bla bla

  13. Está correcto como está no post, podem deixar de “marrar” e passem a jogar… é muito mais divertido. ;-)

    Já agora parabéns Ricardo Afonso pelo excelente trabalho.

  14. @Morbus
    As classificações podem ser irrevelantes para ti, mas são uteis em termos de comparação entre jogos, havendo muita gente que se guia apenas por elas.

    PC está correcto, sempre se disse e sempre se dirá assim, senão todos os sites e revistas dedicadas a jogos teriam de mudar o nome das suas secção de PC para Microsoft Windows, o que seria rídiculo. :P

    @Ricardo
    Quando se diz PC é a mesma coisa que dizer Windows, enquanto que quando se diz Mac é a mesma coisa que se dizer Mac OS X. Para quê complicar quando toda a gente percebe isso? :)

    Obrigado a todos os que gostaram e a quem esta análise tenha sido útil. Vêm mais a caminho :)

  15. @ Ricardo Afonso
    Entendo bem a razão das classificações existirem, e é precisamente por entender que estou completamente contra, e que não as uso nas minhas críticas, nem a minha equipa as usa.

    PC não está correcto apenas porque se diz. Um PC pode ter Windows, desde o 1 até ao 7, pode ter linux e uma carrada de outros sistemas operativos. A plataforma correcta é o DirectX9/10. Um Mac com Windows consegue correr o jogo, e não é um PC.

    Há jogos exclusivos para Linux, ou jogos com versões linux, como se distingue isso? Em suma: é dizer da maneira correcta, e a maior parte dos sites dizem a maneira correcta de qualquer forma.

  16. Gosto do jogo bons gráficos boa história até agora…

    Mas infelizmente fico mal disposto a jogar aquilo, não sei se é da movimentação ou o quê.
    Pois jogo GTA SA, COD4, BF2 e nenhum destes me faz fisicamente ficar mal disposto.

  17. @Morbus
    Se és contra as classificações, então fazes muito bem em não as usar, tu tens o teu método, eu tenho o meu :) e ainda bem, assim há diversidade, o que é bom para mim, para ti e para os leitores. Assim somos todos felizes :D

    Novamente voltando ao “PC”, se calhar então o melhor é reclamar directamente à DECO contra as editoras e produtoras de jogos, pois todos nós andamos a ser mal informados! Elas próprias apenas se limitam a meter o icon “PC DVD-ROM” nos sites dos seus jogos, bem como no final dos trailers e nos mais variados materiais publicitários. Nem uma palavrinha ao sistema operativo, que chatice!

    De qualquer das maneiras, no final da análise já se encontra explicito que o jogo é para Windows, não fosse alguém pensar que era para Solaris :)
    _________________________
    http://onlinestuff.blogs.sapo.pt

  18. Não consigo entender estas análises. A sério!
    Um gajo hoje em dia compra um jogo, para jogá-lo no ONLINE.
    Eu falo do que vejo: a maioria dos meus amigos e eu também jogam online.
    Onde está a análise ao online????

    Imensos sites de jogos, fazem referência ao editor de mapas, ao grafismo descomunal, aos 50kms quadrados, ao sistema não linear do jogo, etc.

    Mas “cadê” o online?

    Eu e a gente, quer saber é de PING, jogos em rede, jogos online, sistema ranking, servers dedicados ou ligação directa, SWITCH entre regiões do mundo, e toda essa panóplia que ridicularizam ou não a justiça do jogo.

    É fácil não é?

    Assim peço encarecidamente que façam uma análise com o que realmente INTERESSA: o online multiplayer. Se faz favor.

    Estou fartinho de análises “pró boneco”, género review à anos 90, com graficos, audio e jogabilidade… é ESCASSO!

    Se faz favor

  19. @ Primax
    Isso é um efeito bem conhecido nos jogos, especialmente nos FPSs, mas não só. Chama-se motion sickness, e há pessoas que são mais susceptíveis que outras. Pode ser mesmo do jogo, mas também pode ser devido a um rato que devia estar mais rápido (nas configurações do jogo), a um framerate lento, sendo que o jogo deveria estar a puxar menos pela máquina, ou mesmo a uma má posição a jogar. Tente abrir a janela se não for devido a isto, ou jogar durante pouco tempo e ir apanhar ar fresco.

    @ Ricardo Afonso
    Suponho que tenhas razão.

    Quanto aos sistemas operativos, tenta saber do que falas. O PC DVD-ROM é porque o DVD-ROM só é lido em PCs, ou seja, Windows, Linux e essa treta toda, mas não Mac, que Mac só lê DVDs Mac. O jogo diz lá o sistema operativo que necessita, e na maior parte das vezes é algo como Windows XP/NT/2000 e assim. Portanto, não, nos jogos diz lá PC DVD-ROM e diz muito bem, porque TODOS os PCs lêm o DVD. Agora jogar o jogo é outra história, e diz lá também o que precisas.

    Curiosidade: os OSs Solaris correm em PCs?

  20. Fodasse tanto comentario a reclamar com a plataforma

    Vão “todos” mamar na quinta pata de um cavalo da GNR

    O jogo tá bom, não é como o primeiro, não tem nada a haver com Crysis. Foi um bom caminho que eles tomaram. Mas acho que podia estar melhor. É muito concentrado em andar de um lado para o outro a fazer missões sempre no mesmo jeep, sempre no mesmo barco…

    Eles diziam que era para lançar patches logo depois do jogo sair, a ver vamos.

    [[]]

  21. O jogo é bem chato…massante, um dos piores jogos que joguei. o jogo particularmente não tem nada, se passa num cenário pobre, e feio, como se fosse a africa, as armas são paias (ruins) só compensa pelos efeitos.
    Outra coisa é os inimigos qndo vc os mata, parece q são feitos de borracha….tem erros bem absurdos como nos tiros das rpg o missil quica e não explode. Tem um erro q nem a ubisoft nem quiz fazer que foi a correção em monitores lcd widescreen de 19″ à 22″.
    O jogo é uma confusão só….vai ali, faz isso, volta para ali, e pega isso, e depois volta para ali, vai ali, volta aqui, pega aqui, dá isso, e mata isso…..atende tel, e vai ali denovo…muiiiito chato.
    Jogo bom mesmo é Dead Space da ea, e esse dá muito mais emoção que esse far cary2 q a ubisoft fud.u !!!

    e quem tem mac, para de reclamar, vcs ficam se vangloriando q tem isso e aquilo, então se querem que as empresas lancem jogos para vcs entrem na fila.

  22. so pra dizer k nao existe jogo tao potente até ao momento !
    jogo em :
    LCD22p
    res 1680×1050
    tudo ao maximo
    home cinema ;)

    sintam inveja!

  23. @ Morbus

    Rofl, tás-te a fazer de entendendido na matéria é? Quando se diz PC é porque tem Windows… Não venhas cá com parlapié de puto com a mania que sabe mais que os outros… Bem se sabe que PC pode correr muitos OS, mas como há poucos jogos para Mac, e Linux nao corre .exe (da última vez que “vi” era assim, agora não sei como é), só resta o Windows…
    Por isso STFU, e parabéns, sabes usar a Wikipédia.

  24. Por favor, moderem os vossos modos, ou seremos obrigados a avançar pela via da moderação… o que é uma pena.

  25. @ rocki

    roflmao, tás-te a fazer de idiota? Mas tu não vês tudo o que se disse até agora? Eu tenho três PCs, apenas um tem Windows. E são todos PCs. Deves ter a mania ou assim…

  26. Polémicas e comentários parvos à parte, gostava de convidar o Morbus a escrever uma review, aqui no Pplware, sobre um jogo que queiras destacar, que me dizes?

  27. Estou jogando Far Cry 2. O jogo é interessante, bons gráficos, dirigibilidade dos veículos perfeita e fácil, ciclos de dia e noite muito bons, inimigos que dão um bom combate, efeitos de explosão bem legais de se ver. A história é um pouco arrastada para quem gosta de ir para o “pega pra capar” logo de cara, mais eu acho interessante esse modo meio “S.t.a.l.k.e.r”.

    Os personagens são bem feitos, apenas morrem meio estranhos, acho que o “ragdoll” ainda é antigo, poderia ser mais parecido com do GTA IV, que tem uma animação bem convincente. O fato de alguns arbustos serem desmembrados foi uma idéia bem sacada que faz do jogo algo mais dinâmico.

    A água apesar de bonita, deixou um pouco a desejar no caso de não haver marolas, como em Halo 3, bem que as marolas poderiam ter sido acrescidas, daria ainda mais realismo, mas está de bom tamanho.

    Algumas construções podem ser destruídas, mais outras menores não, isto deixa o jogo um pouco incoerente. Poderima também ter pegado emprestada a idéia de Battlefield Bad Company, pelo menos derrubar os muros e paredes.

    De resto estou achando o jogo bem legal, bacana mesmo. Vou jogar muuuito ainda rs.

  28. @ Vítor M.

    Agradeço o convite, mas eu tenho o meu próprio site para o qual escrevo e do qual sou editor. :D

  29. GOSTEI NAO. COM TODA EVOLUÇAO DOS GRAFICOS AINDA PREFIRO FAR CRY 1 QUE AO MENOS É COERENTE COM E HISTORIA E TE PRENDE DO COMEÇO AO FIM.
    ACHEI MONOTONO E REPETITIVO.

  30. mmmm,
    não vi qualquer comentário ao ONLINE MULTIPLAYER do jogo, deduzo que aqui o pessoal, compra jogos de 60 euros (no caso da ps3 que não dá para fazer backups ainda) para os acabar em 2 a 4 dias (o equivalente a 30 horas do jogo)…

    Enfim, é isto que temos: uma análise parcial que não faz justiça a um jogo FPS… deixem-se de gráficos por amor de deus (ide brincar ao CRYSIS e papa-ram´s do PC), e falem de PINGS, LAGS, SERVERS DEDICADOS… ghosts no online… é dificel? NÃO!

    Se escrevesse em “brasileiro” talvez já tivesse tido alguma resposta ou mini-análise ao meu pedido.

    Obrigadinho

  31. SID calma homem, vamos tratar disso nos futuros posts de análise. E podes escrever na tua língua que a gente entende e bem ;-)

  32. Eu admito que estou menos calmo, mas é porque tenho este pedaço de ouro virtual em alta estima!

    Bom dia! :)

  33. Tanta choradeira que aqui vai. Transformaram a área de comentários da notícia num autêntico forum.

    Anyway, o jogo, por tudo que já vi sobre ele, parece-me bem interessante. Ainda não tive oportunidade de experimentar. Vou fazer o teste no portátil. Caso contrário, só quando comprar um novo, hehe.

    Já agora, Ricardo Afonso, boa análise! Venham mais.

  34. Far Cry 2 é excelente, eu o comprei a pouco tempo, mas estou adorando, o jogo é sensacional e parabéns pelo review PPL, está perfeito. Nem muito longo nem muito curto, foi direto ao ponto, não falou sobre apenas uma coisa e nem deixo de falar sobre nada.

    Não sei quem comentou sobre o online, mas eu discordo totalmente. Não compro jogos pelo motivo Multiplayer. Compro jogos para me divertir no singleplayer e pronto, quem sabe, um dia talvez, eu queira ir para o Multiplayer, mas por enquanto, curto apenas o singleplayer.

    Não fale por todos, pois as pessoas não são iguais.

  35. eu falei de mim e dos meus amigos, logo…
    se todas as pessoas que eu conheço jogam MULTIPLAYER a minha opinião é tão válida como a sua, right?

    E nem são gostos, é mesmo pragmatismo e idealismo na minha relação com os jogos: eu gosto de competição HUMANA do outro lado.

    Dar 60 euros para acabar um jogo em 2-4 dias (se souberes jogar) é uma questão de gostos, eu seria incapaz. Mas tu lá sabes, se um jogo são gráficos, e um modo história REPETITIVO, força aí, desejo-te sorte contra os robots da cpu.

  36. Por um lado até compreendo que queriam que eu tivesse falado mais sobre o multiplayer, pois eu também sou grande adepto de jogos online, mas o que acontece é que simplesmente não há muito mais a dizer além do que eu escrevi na review.

    O multiplayer está bom sim senhora, mas não é assim nada de extraordinário que merecesse tanta atenção, a não ser o editor de mapas. De resto é divertido mas banal!

    Em relação ao lag, é muito relativo, depende muito do hardware instalado (na versão PC), da ligação à net, e claro dos servidores em que entramos. Pessoalmente não tenho nada a apontar, mas tal como disse, é relativo.

    A Ubisoft sem dúvida que se focou muiiiito mais no modo singleplayer, e se o modo multiplayer tivesse elementos realmente inovadores (além do editor) eu teria falado certamente sobre eles :)

    Quando eu analisar jogos em que o multiplayer sobressaia tão ou mais que o singleplayer (jogos como call of duty, battlefields, etc.) então podem contar com análises mais detalhadas nos modos online, o que não é o caso de Far Cry 2, pois simplesmente não há muito mais a dizer ;)
    _________________________
    http://onlinestuff.blogs.sapo.pt

  37. [size=200]review ao far cry2 de ps3:[/size]

    Intro:

    pois bem, depois de ler tantas opiniões assimétricas do mesmo jogo, fiz-me à estrada, e comprei o jogo.
    A curiosidade não era em determinar a qualidade do jogo, mas acima de tudo, perceber as pessoas, e as suas opiniões
    do jogo, jogabilidade, especialmente na sua forma genuína em promover opinião sobre o mesmo.

    Preço do jogo:

    69,90 euros… Estamos em Portugal com vidas miseráveis e classes sociais desequilibradas onde o pobre impera. Preços destes não são convidativos ao que seja LEGAL, a sorte da ubisoft é que na ps3 até ver não se podem fazer cópias (ainda). Ridiculo o preço do jogo, quando no país ao lado e nos outros, o mesmo é mais barato, para não falar de lojas de jogos online do estrangeiro onde o jogo pode ser comprado por 25 euros (!!!!).

    Primeira reacção ao jogo:

    Coloco o jogo na consola, e o primeiro que me ocorre, é perceber o modo ONLINE multiplayer do mesmo, sabendo eu de antemão, que este fps seguia a lógica do mapeamento da configuração dos fps vigentes no mercado. Depois de alguns minutos de ambientação aos menus, lá consegui começar a jogar em online não ranked… Foi rápido a entrada em lobby, foi rápido o começo da partida.

    Lobby:

    Escasso, mínimo, com poucas opções, zero de apoio aos clãs… Não gostei. Estamos em 2008, quem não se preocupa pelos clãs, não merece dos clãs qualquer respeito. Quantos jogadores se organizão por esse mundo fora?

    Online:

    Fiz vários jogos no online. O Audio parece-me muito acima da média, som limpo e SEM FALHAS. Não me pareceu que houvesse lag, mas não tive oportunidade de jogar contra mais que 4 jogadores. Falta ver um 8vs8 e atabalhoamento de informação, efeitos, processamentos que daí adviriam para ver as latências a funcionar correctamente.

    Mapas:

    De pequenos a ENORMES. Para quem gosta de andar meia-hora até ao epicentro da guerra (e depois morrer e voltar a nascer meia-hora atrás, para repetir tudo), este pareceu-me um jogo ideal para a monotonia, e aquele tipo de jogadores do soccom, que adoram a realidade da guerra, que se resolve com a equação mágica: ACAMPAR-ESPERAR-ACAMPAR-DISPARAR… Mapas enormes, limitados a 16 jogadores apenas, são uma forma atroz de matar a jogabilidade e a paciência para quem não tem paciência para o soccom…

    Gráficos:

    Não entendo, a maior parte das críticas falam dos excélsios gráficos deste jogo… Eu odiei profundamente. Vejamos, admito que as sombras em tempo real e dinâmicas estão bem conseguidas, mas de resto, por favor poupem-me. Detalhe dos jogadores é rídiculo, parecem de plástico. Detalhe das armas, empobrecido e com poucas cores. Os efeitos das explosões são do piorio, quando algo explode, explode em 2 segundos, e logo de seguida tudo é substitúido por um fumo preto… e acabou Rídiculo. O céu é todo homogéneo azul bébé… rídiculo. O sol é uma massa branca meio opaca meio algodão… ridículo. Os mapas são POBRES e extensamente saturados do ocre-castanho da savana africana… muito pouco mesmo. Os efeitos da água são rídiculos, não se sente a ondulação dos lagos e rios, sente-se uma camada de gelatina com um shape verde-morto. A falta de animais no online é gritante! Com mapas gigantescos, nem um crocodilo, um mamífero, o que seja… ridículo. Diziam maravilhas do editor de mapas: achei-o parco, simples, e limitado. A interacção com os objectos é infeliz e mal conseguida, se dou uma facada num barril, o barril explode… se dou uma facada numa vedação de ferro, ouve-se o som de madeira a colidir com madeira… ridículo. O ragdoll (efeito de blur dinâmico à volta do objecto que é focado) podia ser mais GTA4 e é mais brilhante mais ácido, mais maligno ao panorama visual, horrível.

    Movimento do boneco:

    Aqui tenho que destacar várias coisas, o boneco que conduzimos, e os bonecos à nossa volta… Primeiro, odeio entusiásticamente jogos que não nos permitem comandar DECENTEMENTE o boneco, este jogo, tem uma opção de sensibilidade para o movimento do boneco – a famosa mira – que quando eu carrego para ao lado o faz mover para o lado, mas quando carrego na diagonal de qualquer um dos lados, ele reage mal… Não é puro o movimento, está mal programado. Se aumento a sensibilidade para o máximo, ele lá vira… mas aqui entra nesta coordenação um valor surreal de aceleração, ou seja se carrego para a diagonal x tempo para conseguir que ele lá vire, o jogador começa a virar até virar demasiado… a aceleração completa o total descontrolo do boneco… Esta ubisoft anda com a cabeça onde? Mover um boneco neste jogo, é de todo complicado, obtuso e mal programado… ridículo.

    Aceleração desproporcional, sensibilidade que mesmo ao máximo pouco resolve, e acima de tudo, é gritante “o virar para os lados” quando se corre! ESCANDALOSO, eu ir a correr com o boneco em cima de uma ponte suspensa sobre a água, virar enquanto corro para a esquerda, e o boneco fazer minimamente a curva, e eu cair para o rio… O BONECO NÃO VIRA QUANDO CORRE!!!! A solução é ABRANDAR, ou seja, correr, parar, virar… Isto é lógico? Isto é real? Isto é anti-jogo…!!!! RIDÍCULO! Gostei de ao correr, carregar na bola e ele escorrega, não gostei do resto.

    O boneco quando nada, move-se mais rápido do que quando corre… ridículo. O boneco quando nada, faz um movimento com as mãos que mais parecem dois paus estáticos, simulando que nada… pobre e ridículo. Se o boneco nada para o lado, o movimento continua a ser o mesmo conjunto de frames… ridículo.

    Existem muitos bugs no jogo, especialmente pop-ups e atravessamentos de objectos… já estou habituado. Não estou habituado é (naquele mapa a imitar o mapa shipment do cod4), para entrar para dentro duma caixa-silo com porta aberta, o boneco simplesmente não entra, porque existe um relevo no chão, que faz parte do enquadramento da porta, e a solução é dar um pequeno salto para entrar por uma porta que já está aberta… surreal. Quando o boneco está na água, e interage com as bordas da água, com o triângulo, dá-se ordem para ele sair da água… o conjunto de imagens que aparecem nessa movimentação, são mal conseguidas e não demonstram a continuidade do movimento do boneco em sair da água.

    Quanto ao movimento dos outros bonecos no mapa (cpu para offline e humanos para o online), estão péssimos, a coordenação de orgãos do corpo humano não é conseguida, parece que os bonecos têm as pernas coladas, os braços colados, e levitam com pequenos saltos pelo mapa, deslizam aos solavancos, é incrivelmente mau. Ridículo. Já para não falar dos movimentos dos bonecos no salto, a entrar/sair dum veículo… muito mal programado.

    Reacção das armas:

    É um jogo que pretende ser simulador, logo as armas encravam, e disparam com recoil… está certo, a gente adapta-se. Aliás queremos uma promoção da realidade até. Mas… quantas dezenas de balas tive que mandar a um boneco até o matar? Muitas… Enfim… ridículo. E com a G3… a mesma coisa. O jogo pretende ser simulador, com o “saltinho” que as armas dão, e sem red-dots (miras lasers como no cod4) já estou a ver a palavra SIMULADOR a sair das bocas da ubisoft… que quando se vai para o online, as balas não matam… fazem massagens… LAG? Ou as armas estão mal programadas no sistema de perca de energia? Ridículo.

    AI do offilne:

    Tive que estar 10minutos à espera que a introdução de um taxista abichanado na intempérie duma guerra social africana, ouvi-lo e o seu chorrilho de piadas e diálogos da banha da cobra… para descobrir que tenho malária e o mau da fita, deixou-me com a faca e uma pistola, para depois sair daquele edíficio, saltanto e colidindo com objectos de uma forma anti-natura, até estar na rua. E começo a disparar nos bonecos e eles não morrem logo, e o mais rídiculo, é que ao disparar neles, eles em vez de cairem, afungetarem-se, algo normal, NÃO! Correm de frente para as minhas balas… os bonecos estabelecem rotas de movimentação, simples e directas SEMPRE na minha direcção… joguei pouco, achei hediondo o que fizeram com a AI deste jogo.

    O jogo em si:

    O jogo é puramente estúpido, racista, ridiculo, mal programado, e faz-me lembrar os jogos dos 90, com uma pallete de cores limitada, e a saturar o jogo do principio até ao fim. Aqui neste far cry2, a única maneira de fugirmos ao castanho é esperar pela noite… Mais do mesmo mas em escuro. Os bonecos têm uma resolução miserável, e não esboçam qualquer parecência humana (olhar robótico, membros colados, deslizam aos saltos, AI inexistente), o sistema de colisão de balas não é perceptível graças ao recoil estupidamente ampliado das armas (mas eles queriam ser um simulador…), o online tem lag? Disparei e disparei com uma rpd e não matou até chegar às 2 dezenas de balas. O jogo sofre de ralentizações em mapas grandes, sentem-se os grupos de árvores a ficarem para trás num strafe, parece quase um horizontal sync a certos grupos de elementos gráficos, os contornos do shape dos objectos estão cheios de serraduta (aliasing), é incrível o mau controlo do boneco e da mira, o não poder virar à esquerda quando se corre. O saltar está normal. E um jogo que pretende ser simulador num mapa de 50kms quadrados, onde o camper domina, e a espera pelo alvo com a nossa sniper é imperal, não se entende como é que o boneco só ANDA ou se AJOELHA, mas nunca se deita no chão!!!! ERRO GRITANTE!
    O ambiente africano até à exaustão… as balas que desaparecem do chão quando são disparadas, os buracos que não ficam na parede quando se dispara… o sistema de destruição de objectos no jogo… alguns podem-se explodir outros não… afinal ficamos no quê? É tudo aleatório e mal pensado. Se estivessemos em 2001, na época do pixel aberrante do carmaggedon, entenderia a piada disto…

    Onde está a jogabilidade? LIXO!
    Onde estão os gráficos? Só vi sombras dinâmicas! LIXO!
    Onde está o online? Sem suporte a clãs, com mapas básicos de utilizador, um vazio atroz, um sistema de colisão de balas horrível, armas com recoil exagerado, ralentizações do motor do jogo… o online é mau! LIXO!
    Onde está o correr e apontar em condições? Não está! LIXO!

    Tenho muitos anos de FPS, não defendo ou ataco de livre alento, eu AMO o jogo. Não consigo entender as reviews que bradam este jogo aos céus. Não entendo.

    Isto faz-me lembrar o counterstrike com gráficos ultrapassados, um movimento bacôco que pode ser ultrapassado com um rato de pc, mas numa consola com um pad, e em 2008, já não deveriam haver jogos assim: MAUS muito maus.

    O que me chateia é que ainda dei crédito a conhecidos, afinal, não tinha que dar crédito, o jogo é lixo.

    E foi assim que comecei esta critica: perceber o que leva uma pessoa a comentar positivamente esta porcaria de lixo… cegueira, fé no impossível, cansado de todos os outros jogos e elevam este jogo ao inadmissivel… Fico feliz pela lei dos 15 dias que defende o consumidor, e poder pedir o dinheiro de volta.

    Quem crítica um jogo, tem que perceber que nem todos os jogadores são “meninas” e adoram ficar aos saltos com uma sniper na mão, em rejubilo. A interacção com tudo, na perspectiva do controlo é basilar! Só minimizar um jogo “porque é real”, é indecente! Este jogo é uma beta muito má, só pode.

  38. A catana é aleatória: pode ser olimpica, ou é preciso dar catanadas colado ao adversário…

    Quem for masoquista, então que prepare um PAD novo, para poder usar a sniper. A sniper não traz zoom, é apenas fixa a uma distância, e num mapa ENORME, até uma sniper não tem alcance. Quando tem alcance, para matar com um único tiro, tem que ser na cabeça, se o PAD estiver preso nos movimentos vocês vão ter problemas.

    A pistola não tira energia, e está tão mal conseguida…

    Foram apenas 2horas de jogo, e chegou-me. Desejo-vos boa sorte com o far cry2 de ps3, talvez o de PC seja jogável (com o rato).

    Foi a minha critica pessoal.

    - Gráficos: 6/10
    - Audio: 8/10
    - Jogabilidade: 5/10
    - Online: 6/10
    - AI: 4/10
    - Pormenores técnicos: 6/10

    ——————————– Jogo: 6/10

  39. “Review” exepcional do SID, estão colocando esse jogo no topo, o mesmo que fizeram com o Crysis, até ver que esse não passava de um shoter com efeitos de shaders exagerados e texturas de alta definição que além de lagar e meter down frames em qualquer ponto de tiroteio, para mim, não despertou a mínima diversão. Crytek diz: “Vamos inovar! Vamos colocar uma física de interação ao ponto de um jogador atirar em uma planta e conseguir corta-la ao meio!” LINDO, escolhem a algumas plantinhas no mapa (pq nem se deram ao luxo de adptar em todas) e metem na engine onde o jogador atira e brinca de lenhador, OTIMO “meu Deus consegui arrancar a planta com alguns tiros! Esse jogo é PERFEITO!” ¬¬ os jogos se adptam aos players, está surgindo uma geração que aprecia mais o GRAFICO que a DIVERSÃO, salvo poucos.

    Até os RTS tão perdendo o rumo, FAR CRY 2 não é um jogo tão mal, mas sua engine me deixou DECEPCIONADO, eu prefiro mil vezes os gráficos do COD4, muito mais bem definidos e nítidos sem pop in, slow point e nem down frames, física exepcional, um VERDADEIRO simulador (e nem precisaram remover as miras!) além do mais, minha 8800GT roda ele no HIGH sem ao menos UM slow point, diferente do FC2 onde é nítida os down frames em action point (tiroteiros) até mesmo com as configurações no MEDIO =/

  40. MINHA OPINIÃO: FC2 terá seus 15 minutos de fama, e GAMEOVER. =P

  41. @ SID
    Acho engraçado como conseguiste escrever uma critica com apenas 2 horas de jogo. Além de não ter pés nem cabeça :)

    Como todos os jogos, há quem goste e quem não goste ;)
    _________________________
    http://onlinestuff.blogs.sapo.pt

  42. @ Ricardo Afonso
    Acho ainda mais engraçado como é que eu em duas horas APENAS de jogo, consigo evidenciar todo um manancial de problemas técnicos e erros grosseiros deste jogo.
    Se a minha crítica não tem pés e cabeça, esse não é o meu problema, é o problema de quem gosta do que eu DETALHADAMENTE não gosto. :)

    Como todos os jogos, eu não perco tempo com o que não gosto, há quem perca tempo a convencer-se no gosto pelo jogo, ou há quem obstinadamente goste do jogo! ;)

    A minha opinião descarta qualquer tentativa em jogá-lo no futuro, pois foi com sacríficio e riso surreal que eu estive com ele duas horas (no sentido de apurar a verdade dos factos e o que leva as pessoas a catalogar positivamente o jogo).

    Não procuro criar conflitos, só complementei um espaço em branco aqui na crítica – que era o multiplayer online – e aproveitei os 69,99 euros que me custou para falar do jogo em si.

  43. @SID
    És livre de dar a tua opinião e é bom que o faças, é para isso que servem os comentários :)

    No entanto eu disse que não tinha pés nem cabeça, não pelo facto de eu até ter gostado do jogo, mas sim por não fazer muito sentido o que escreveste.

    Uma coisa é dar uma opinião sobre um jogo que se experimentou, outra é tentar fazer dessa mesma opinião uma análise mais detalhada como tentaste fazer. Para tal seria preciso teres jogado muito mais do que 2 horas, mesmo se não gostasses, pois para se fazer uma boa análise por vezes é preciso jogar jogos que não se gosta, e ser imparcial nos gostos pessoais :) Acabaste de misturar uma análise com uma opinião meramente pessoal.

    Atenção, eu faria este comentário independentemente se eu gostasse ou não do jogo :)

    Não me interpretes mal, eu também não procuro criar conflitos. Até porque quem me conhece sabe bem que sou muito “peace and love” :p Apenas disse o que penso :)
    _________________________
    http://onlinestuff.blogs.sapo.pt

  44. SID, com cordo com o Ricardo.

    Bom, se você não gostou do jogo e até fez uma análise bem detalhada, tudo bem! Muitos gamers ficam agradecidos. Faço ressalvas quanto a crítica que você faz de quem gostou do jogo. Se várias pessoas gostaram é porque alguma coisa no jogo chama atenção, detalhes que passaram despercebidos pela sua análise que foi bem passional, diga-se de passagem.

    Fazer observações e análises com o coração na ponta dos dedos no lugar das teclas pode viciar suas opiniões. Concordo com você em relação a expectativa que o jogo causou, sinceramente, algo ali não saiu da forma como foi anunciado, mas também não foi deveras decepcionante a ponto de devolver à loja.

    Se você jogou duas horas, já está de bom tamanho. Jogos que não gosto são descartados com menos de 15 minutos de uso. Não sou de tantos pormenores analísticos, pra mim jogo é igual música, me divertiu, eu gosto, tá chato e guardo na gaveta.

    Voltando à sua análise, digo seguinte: Quando for meter a analisar “detalhadamente” deixe de lado ás críticas a quem gostou, respeite a opinião das pessoas e a inteligência delas, com certeza você também não tem um gosto unânime pelas coisas da vida e pode ser considerado um tanto quando desprovido de inteligência, noção, percepção etc… também! certo!? Fixe nas análises técnicas e opiniões meramente pessoais.

    De resto sua análise técnica foi boa e até esclarecedora, mais ainda não é uma maioria.

    Valeu.

  45. @ Gercyley Batista
    É curioso. Para mim os jogos são como a música também. Precisamente. Não é preciso divertir-me para eu ver a qualidade que elas tem. E se for preciso ouço uma música de qualidade, mas da qual não gosto, várias vezes. Os jogos é a mesma coisa. Há jogos de que gosto mas que vejo claramente que são porcaria, e outros de que não gosto e que vejo que têm qualidade.

  46. não estou conseguindo conectar para jogos on line, só me da a mensagem que temporariamente não posso entrar no servidor, alguém pode me ajudar ?

  47. quando termina a instalação aparece a seguinte mensagem:
    ”Não foi possível localizar o ponto de entrada do procedimento GetPerformaceInfo na biblioteca de vínculo dinâmico PSAPI.DLL”

    entrei no site e baixei outro arquivo com o nome de ”FAR_CRY_2_1.01(2)” clico nele e depois clico em executar e aparece a seguinte mensagem abaixo:
    ”>SetupNew/ setup.ccp (1355)
    PAPP:
    PVENDOR:
    PGUID:
    $
    @Windows XP Service Pack 2 (2600) Non IE/Netscape 11.0”

    Me ajudem, estou doido para jogar!

    meu e-mail é fhnv.jv@gmail.com

  48. Pô Galera Comprei o Far Cry 2, Mas Não tô Consequindo jogar, eu axô que instalei tudo correto, mas não criou nenhum atalho na area de trabalho e quando tento jogar direto do CD não vai, ao clicar no play eu vou para uma janela de atualização. SE alquem poder me ajudar eu agradesso, falar se é assim mesmo ou o que eu tenho que fazer.

  49. me ajudem tô ficando louco

  50. Ajudem se puder. isntalei Far cry2 mas o jogo fica em camara lenta de quadro em quadro tenho. 2gb de M.ram 40gb livre no hd processador dual core 1.8 placa de video X1550 512mb ATI Radeon mesmo assim o jogo fica parando.
    Se alguel tiver uma diga fico muito grato.

  51. quero saber como baixar este jogo

  52. Oh! Motoca!!!

    Caso sua placa de vídeo seja de 64bits ele irá se comportar desta maneira. Arrume uma placa de vídeo de 128bits, blz?

    Oh! Igor!!!
    Procure no site http://www.mininova.org e baixe via bit Torrent, blz?

    Flw!!

  53. Olha , otimoo Jogo grafico impressionante e uma imensa paisagem com diversas missões. Recomendo e aprovo o jogo

    Far Cry 2 verdadeiramente o jogo

  54. A Inteligência artificial deste jogo é completamente inexistente.

    Podemos estar a 1Km de distância atrás de 5 arbustos a observar o inimigo durante a noite e somos alevejados à distância….

    acontece mesmo durante o dia … faltam várias correcções que ainda não vi serem feitas.

    O Far Cry 1 a meu ver estava melhor neste aspecto.

    Fiquei desiludido com o jogo após o experimentar, não valeu a minha compra.

  55. Ai pessoal como faço para jogar Far Cry 2 online

  56. Jonathan / Brasil / Sampa

    O jogo é muito loko, podem colocar criticas, e falar o que quiser!
    jah estamos em 2010 e o jogo continua cheio de criticas e elogios!
    Abraço á todos……..

Deixe o seu comentário

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.