Quantcast
PplWare Mobile

GNS3 0.7.3 – Monte uma rede real no seu PC

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. JoãoReis says:

    ups, esqueceram de dividir o post!

  2. jorge désirat says:

    Aconselho a usar no ubuntu, 5*

    no windows possivelmente cada vez que fecharem a consola as configs vão ao ar.

    wr e gravar é essencial

    • jorge désirat says:

      btw dynagen em linha de comandos torna o gns obsoleto 🙂

      • chicosoft says:

        e se associarmos os interfaces fisicos desse PC aos do router virtual, temos em casa um 7200 a custo 0… lol

        • Pedro says:

          Exatamente..

          kkkkk..

          inclusive em linux existe um cara que chama-se quagga segue o link, vc faz o linux virar um roteador…. da pra montar configurações avançadas… e se vc usar o gns3 vc transforma o linux em switch… ai vc pode montar um “routing on a stick” por exemplo… como lab.. assim como relay de dhcp e fazer as vlans se conectar em redes diferentes e tambem autorizar o server dhcp para cada rede…

          http://www.nongnu.org/quagga/

  3. danifss says:

    Packet Tracer da Cisco ultrapassa qualquer outro programa deste género, mas claro, é pago.

    • Pedro Pinto says:

      Paga pago não sei se é pois está disponível gratuitamente para alunos das academias. Eu também sou bastante fã do Packet tracer…no entanto, a filosofia do GNS3 (IOS completos a rodar) e a simplicidade do Packet Tracer dava uma ferramenta excepcional !!!

    • Pedro Almeida says:

      Sim é uma verdade. Já é perfeitamente possível fazer CCNP só com recurso ao Packet Tracer.

      Agora o GNS dá outra liberdade, abre outros horizontes, essencialmente acho que é um simulador não tanto virado para formação (apesar de ser também muito útil) mas já virado para ambiente de produção.

      Com o GNS é possível fazer um infindável número de testes, experiências, etc. que no Packet Tracer por agora são completamente impossíveis.

    • jorge désirat says:

      ahahaha…

      GNS faz com que o teu pc seja um ou mais routers com todos os comandos do IOS enquanto que o packet tracer não 🙂

      Sem esquecer que podes brincar com o teu loopback da tua placa de rede dentro do GNS mas isso é um aparte

      Informa-te 1º

  4. P.Ferreira says:

    Boas !

    Como o Jorge Desirat disse e muito bem, GNS só no ubuntu 🙂

    Eu já uso há algum tempo, mas quando instalei nunca fiz o passo três, não o instalei. Ou seja, tenho o meu GNS todo funcional, MAS não consigo ter os QEMU Host’s a funcionar, tendo as imagens deles. Será o problema da falta do ficheiro descrito no passo 3 ?

    Obrigado .

  5. Ruben says:

    Boa Tarde,

    Esta e a primeira vez que comento no PPlWare mas já cliente assíduo desde os seus primeiros tempos de existência.

    Relativamente a este post queria esclarecer que este servidor bate qualquer Software a nível de Qualidade, mesmo o PacketTracer.

    Porém tem um grande problema. Primeiro é a nível de desempenho. O GNS 3 é um programa que estando a correr, qualquer computador, repito qualquer computador com 4/8 GB de Ram, vê-se às “aranhas” como meia dúzia de imagens de routers e switchs. Isto acontece porque para iniciar qualquer dispositivo é necessário ter/ser proprietário do iOS respectivo do dispositivo, o que para o utilizador comum não está acessível por vias ditas normais(legais), a não ser a Pagar.
    Para os que conhecem o programa e dizem que conseguem utiliza-lo até posso acreditar, mas que vêm a vossa maquina a “aninhar-se” toda isso é inevitável.

    Por isso aconselho o PacketTracer se querem montar uma rede de complexidade básica/média. Já avançada não recomendo pois não suporte muitos protócolos.

    Um Abraço
    E já agora Bom Natal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.