PplWare Mobile

Facebook e Microsoft: Cabo submarino de 160 Tbps está pronto

Pedro Pinto

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

Deixe um comentário

47 Comentários em "Facebook e Microsoft: Cabo submarino de 160 Tbps está pronto"

avatar
  Subscreva  
Notify of
Rui Verissimo
Visitante
Rui Verissimo

ADSL… Cabos… Pessoal, falam mal do próprio país, em taxas, falam em Inglaterra, Conhecidos no estrangeiro não têm tanta qualidade como nós, deveriam estar gratos, e não sei se entenderam mas é para ligar os principais data centers ou seja se tiver mais perto do centro da Europa melhor, mais fácil é acaba por ser mais rentável, os hosts da Google, Microsoft etc estão nos Estados Unidos, o cabo simplifica imenso a transmissão de dados.

zé povinho
Visitante
zé povinho

160TBs isso era para ligar aqui em minha casa, e não em Espanha, lá vou eu ter de ligar a chatear que se enganaram a ligar o cabo… 😀

carlitos
Visitante
carlitos

Segundo ouvi seria a NOS e MEO que fizeram pressão para continuarmos neste marasmo de baixas velocidades e pagarmos mais que os resto dos países Europeus…

Antonio
Visitante
Antonio

Por acaso repararam que um dos donos do cabo é a Telefónica (Telsius)? Porque é que havia de vir para Portugal quando nem PT já temos, graças aos Sócrates, Salgados, Bavas e outros bandidos!!!

Luís
Visitante
Luís

Ja disseste tudo amigo.

Hélder Lemos
Visitante
Hélder Lemos

Se bem me recordo, de um visita à estação de cabos submarinos de Sesimbra, Portugal era o único com ligação de cabos submarinos a todos os continentes (https://www.submarinecablemap.com/#/country/portugal).
Geralmente esse tipo de cabos, dado o seu custo de implementação e manutenção, pertencem a consórcios de empresas.
Para terem uma ideia, existem embarcações em Standby para reparação desses cabos e só esse custo ronda os 10 milhões euros/ano por embarcação e uma reparação de um cabo facilmente ultrapassa mais de 500 mil euros.

José Rodrigues
Visitante
José Rodrigues

Não é à toa que é a profissão mais bem paga.

Bruno
Visitante
Bruno

Mas acham mesmo que essas duas PME´s estão interessadas em poupar uns trocos? Óbvio como alguém já referiu que foi uma decisão estratégica.

Edgar Silva
Visitante
Edgar Silva

PME’s LOL, expensive words, cheap talk….

Pedro Pedrosa
Visitante
Pedro Pedrosa

Alguém aqui não entende sarcasmo 🙂

Hugo Gonçalves
Visitante
Hugo Gonçalves

Cuidado que ainda pensa que isso é uma doença! 🙂

ADSL...
Visitante
ADSL...

e ha pessoas ainda com ADSL 12MB onde recebem 6MB/1MB e sem outra opção de escolha ….

Luís M
Visitante
Luís M

3/1 aqui

rui
Visitante

1/512kbps

int3
Visitante

vai para o pico e queixa-te de ninguém passar lá cabo.
triste.

Joao ptt
Visitante
Joao ptt

Podem colocar Internet via satélite da satinternet.com em qualquer lado do país onde tenham boa visão para o céu, até 30/ 6 mbps por tanto até 5 vezes mais rápido a descarregar e até 6 vezes mais rápido a enviar.

????
Visitante

Qual o interesse de passar em Portugal?
Eles próprios indicam que o objectivo principal é interligar os seus data center, e que saiba não temos nenhum cá, logo que interesse eles tinham em terminar o cabo aqui?

Jorge Carvalho
Visitante
Jorge Carvalho
Microsoft and Facebook designed MAREA to be interoperable with a variety of networking equipment. This new “open” design brings significant benefits for customers: lower costs and easier equipment upgrades which leads to faster growth in bandwidth rates since the system can evolve at the pace of optical technology innovation. Through Telxius, Telefónica brings longstanding experience in subsea cables to this new system. Telxius will serve as the operator of the system and sell capacity as part of their wholesale infrastructure business. The new transatlantic, subsea cable system will be 6,600 km. It will run between Virginia Beach (US) and Sopelana/Bilbao,… Read more »
JR
Visitante

Por acaso até temos, Data Center da PT na Covilhã

Paulo
Visitante
Paulo

E ainda fazia ali uma paradinha nos Açores….

João
Visitante
João

Acredito que a razão pela escolha de Espanha, tenha recaído pela topografia oceânica ou até mesmo pela sua posição mais centralizada, a nível europeu. Portugal ainda tem pouca representação a nível económico e estratégico, infelizmente.

Adolfo Dias
Visitante
Adolfo Dias

Ca estupidez, se entrasse por Portugal poupava-se muitos quilómetros de fibra…

Marco Silva
Visitante
Marco Silva

Ainda assim a instalação será mais rápida que a instalação de fibra em muitas zonas do nosso país xD

Pena não entrar por Portugal

Quintela
Visitante
Quintela

Isto do cabo entrar na europa por Bilbao é muito estranho, nós é que somos a ponta mais ocidental da europa!

Vitor
Visitante
Vitor

E entregavam a gestão do cabo a quem em Portugal?! De ceteza que à MEO não…demasiada conflituidade laboral e “ganância” de domínio…a NOS também não de certeza pelo péssimo serviço que presta aos clientes. Restava a Vodafone…que vai deixar de ser uma empresa Europeia após o brexit!! A Microsoft e o Face podem ter muitos “defeitos”…mas não são “burros” nem “otários”!

Jorge Carvalho
Visitante
Jorge Carvalho

E se antes de escreveres fosses ler um bocadinho ?? 🙂

Eu ajudo : https://telxius.com/wp-content/uploads/2017/06/Telxius_map_052017.pdf

Abc

int3
Visitante

MEO é um ISP de tier-3. estes cabos são geridos por ISPs de tier-1. nem portugueses são.

Derp
Visitante

Tens a CPRM, a principal Gateway para peers internacionais e pertence à Altice 🙂 A gestão deste tipo de ligações são apenas feitas por operadores de peerings internacionais.

Sérgio
Visitante
Sérgio

Bem que podiam ter ligado em Portugal em vez de Espanha, poupavam uns bons quilómetros de cabo. 🙂
Com a largura de banda que o MAREA apresenta, podem ser retirado da Europa vários tipo de servidores (servidores de jogos, alojamentos, clouds), de empresas americanas, que estão na Europa só para estar mais perto (ligação mais rápida) do cliente.

Não Interessa
Visitante
Não Interessa

E o que se gastava a enterrar esse mesmo cabo desde o Atlântico até Espanha?
É mais rentável fazer mais uns kms de cabo dado que é só larga-lo no fundo do mar, do que estar a fazer uma vala com centenas de kms para poupar em materiais…

Sérgio
Visitante
Sérgio

Mas porque iria até Espanha? ficava a central em Portugal.
Portugal tem uma boa (pela situação do país) cobertura de fibra para ligar o resto da Europa.

Joao ptt
Visitante
Joao ptt

Que bom… para o Facebook e Microsoft.
Para os utilizadores finais é que não deve fazer grande diferença, ou talvez faça, logo se verá.

ArneiroS
Visitante
ArneiroS

Ligavam a Portugal que ficava mais barato em custo material.

Não Interessa
Visitante
Não Interessa

E o que se gastava a enterrar esse mesmo cabo desde o Atlântico até Espanha?
É mais rentável fazer mais uns kms de cabo dado que é só larga-lo no fundo do mar, do que estar a fazer uma vala com centenas de kms para poupar em materiais…

UmRevoltadoComOMundo
Visitante
UmRevoltadoComOMundo

Pois, isto se o nosso governo não criasse uma taxa propositalmente só para passar o cabo aqui. Não é à toa que um servidor no exterior é muito mais barato que em Portugal. As empresas tecnológicas aqui são mal tratadas em comparação com outros países.

Alexandre Norte
Visitante
Alexandre Norte

Mas qual taxa?
Mete mais tabaco nisso.

int3
Visitante

ZEE. pesquisa.

Miguel Henriques
Visitante
Miguel Henriques

ZEE é a zona economica exclusiva, não é uma taxa

Pedro
Visitante
Pedro

Isto dá-me vontade de chorar.
Como é possível que um cabo destes, tão importante, passe ao lado de Portugal? Não temos condições para receber um cabo destes? Fala-se tanto na economia do mar e este devia ser um dos enfoques de Portugal devido à sua posição estratégica. Mas não, deixamos que vá para Espanha ou para Inglaterra (isso está a acontecer com cabos da America do Sul e África). Incompetência nossa ou algo mais do que isso?

Alexandre Norte
Visitante
Alexandre Norte

Nós não deixamos nada, claramente foi uma opção estratégica.

Belmiro
Visitante
Belmiro

Nao fazes ideia de quantos pensam que Portugal pertence a Espanha… alem disso nos andamos nas festas da cerveja e futebol, e os politicos a dar beijinhos a criancinhas e velhotas enquanto noutro “mundo” andam a fazer negociacoes e propostas. Quando fica decidido ficamos “ei lá, podia ter vindo paracá, porque nao veio???”. Mais uma “mini” fresquinha e isso passa, pelo menos temos internet Gigabit (debaixo do poste que sai do fornecedor e praí com 100GB ate reduzirem para 100 Mbps com excepcao se forem detectados testes de rede, mas isso ninguém precisa de saber) 😀

Goncalo
Visitante
Goncalo
Verdade, Aqui na Irlanda já não está muito mal, mas mesmo assim, ainda há muita gente confusa em relação ao nosso País, ouço barbaridades do género que Portugal é uma região no Sul de Espanha, que o Algarve é um País no Sul de Espanha e Portugal é uma outra parte separada, pertencente a Espanha, que a nossa Lingua é originária do Brasil, e que o verdadeiro Português é o do Brasil e o nosso é adulterado. Isto tudo irrita-me imenso, estou sempre que possível a ensinar o máximo sobre o nosso País, mas o que torna tudo ainda mais… Read more »
int3
Visitante

Cabos Portugueses:
Columbus-III
BUGIO
Africa Coast to Europe (ACE)
Atlantis-2
EllaLink
Azores Fiber Optic System (AFOS)
CAM Ring
Flores-Corvo Cable System
SeaMeWe-3
SAT-3/WASC
Europe India Gateway (EIG)
Tata TGN-Western Europe
Main One
West African Cable System (WACS)

transatlanticos:Columbus-III , EllaLink, Atlantis-2

Espanha:
Pencan-8
Pencan-9
Pencan-7
TRANSCAN-3
Canalink
PENBAL-5
Subcan Link 2
Subcan Link 1
Balalink
Estepona-Tetouan
FLAG Europe-Asia (FEA)
Pencan-6
Columbus-III
BARSAV
SAT-3/WASC
MAREA
Tata TGN-Western Europe
Atlantis-2
ALPAL-2
West African Cable System (WACS)
EllaLink
Oran-Valencia (ORVAL)
Africa Coast to Europe (ACE)

Transatlanticos: Columbus-III , EllaLink, Atlantis-2 e agora este novo:MAREA.

Ou seja temos 3 e eles tinham 3 transatlanticos. agora ficaram com mais um que liga aos EUA. do ponto de vista geográfico faz mais sentido eles até terem mais cabos porque têm mais costa do que nós.

por isso está calado que só dizes bosta de boca para fora.

Belmiro
Visitante
Belmiro

int3, desses cabos que falas nem compares a largura de banda e importancia entre os PT e ESP LOLOL típico, fala em quantidade e nao no que realmente importa. Ter 5 Fiat nao é igual a ter 5 BMW

Goncalo
Visitante
Goncalo
Nao difere muito, os FIAT sobrem dos típicos problemas eléctricos, mas os BMW ultimamente sofrem de problemas ainda mais graves, há imensos relatos de alguns que simplesmente incendeiam do nada, enferrujam com facilidade. Um ex-colega meu comprou um série 3 para desenrascar (aqui são muito baratos e quase ninguém os quer, um serie 3 de 2001 compra-se por cerca de 500 a 1000 euros em bom estado, um série 5 de 2005 anda por volta de 2500, 3000, mas chega-se a encontrar bons exemplares por menos de 2000 euros). Portanto, não vás por aí, usar automóveis como instrumento de comparações… Read more »
Um velho marinheiro
Visitante
Um velho marinheiro

Simples. Como referem no texto, a empresa parceira responsável pela estrutura é a Telxius, que pertence à Telefónica espanhola. Em Portugal talvez a única empresa que pudesse entrar neste tipo de negócios seria a Altice, o que não me parece que fosse grande concorrência neste contexto particular. E, mesmo que a Altice chegasse à frente, tenho as minhas reservas em relação à vinda do negócio para Portugal, pois do ponto de vista estratégico parece-que que iriam preferir levar o cabo até França.
Digo eu que não percebo nada disto…

Carlos
Visitante
Carlos

Bilbau fica mais perto do centro da Europa.
Se fosse apenas uma questão de países teriam ido parar algures à Galiza e poupavam várias centenas de quilómetros de cabo marítimo.