Quer correr o Mac OS X El Capitan no seu computador?


Destaques PPLWARE

106 Respostas

  1. sómaisum says:

    Dependendo da build, claro está, é mais fácil ter o Mac OS Sierra ou El Capitan a funcionar num não-mac.
    É só meter as Pre Builds, tipo Niresh ou as instalações do Clover, e rapidinho, sem drivers externas, sem problemas sem nada. Claro, é preciso uma Build já +/- correcta.

    (Desabafo: porque é que ainda se referem a não-mac como PC? PC = Personal Computer, e que eu saiba, tanto o meu mac, como o desktop, são PCs, são os dois meus :D)

    • Guiomar says:

      e por que é que não se haveria de manter essa distinção entre PC e Mac? Os Mac foram sempre computadores pessoais e sempre se fez a distinção aos PCs.

      • sómaisum says:

        Porque continua a estar errado, e deve-se educar.
        Também se diz que o céu é azul quando na verdade é mero reflexo, e não a cor dele.

        • Guiomar says:

          Educar? Achas que as pessoas não sabem que um Mac é um computador? PC e Mac são usadas como designações em marketing e para facilitar a distinção entre plataformas, no mínimo serve para saber em que hardware se tem suporte para o sistema MacOS. Explica o que é que está errado?

    • Daniel says:

      Porque o termo “PC” é a “abreviatura” de IBM PC (Personal Computer) Compatible, o primeiro que veio a lançar a, de longe, maior quota de mercado de computação pessoal e que encaminhou todo esse mercado numa só direcção.

      • sómaisum says:

        Na verdade, e tens meia razão, foi o primeiro significado, e abreviatura, sim. Mas á décadas que isso já não existe, e que deixou de ser IBM, para ser apenas PC, bem como PowerPC na Apple.
        Á que educar, sendo isto um blog de tecnologia.

        • Guiomar says:

          PowerPC era o nome do processador, não das máquinas! educar…

          • sómaisum says:

            Ai ai, mandar bitaites porque sim.. Explico:
            PC, do IBM PC bla bla, estava ligado apenas a arquitectura x86. Então, na altura de PowerPC, os Macs deixaram de ser compatíveis com o resto dos “PC” x86, e vice versa. Então, ósdepois quando Apple deixou PowerPC outra vez para Intel x86, a coisa já funcionava.
            Educar -> PC = Personal Computer. Já não tem nada a ver com IBM.

          • Guiomar says:

            sómaisum, bitaites é contigo. PC do IBM PC estava ligado à Intel mais sistema que pudesse correr aplicações para MS-DOS – plataforma!
            Os Macs nunca tinham sido feitos com processadores da Intel antes de usar processadores PowerPC – – educar!!!
            Continuas a não perceber que PC é mais do que uma abreviatura de Personal Computer.

          • sómaisum says:

            PC em tempos foi mais do que o que significa actualmente, isso sim, já ficou exclarecido e concordo. No entanto, hoje, PC = Personal Computer, bem como um Mac pode correr, hoje em dia, Dos, Linux, Windows, Mac wtv. Mantem-se, Mac = PC.

          • Guiomar says:

            sómaisum, e tu a teimar. PC continua a significar mais do que Personal Computer, de tal modo que há muito software a ser distribuído usando PC para identificar máquinas que correm Windows. Para além disso há tantas máquinas que podem ser identificadas como computadores pessoais e, no entanto, imagino que nem tu lhes chamas de PCs (ex: smartphones e muitos tablets). E para terminar identificar como Mac continua a ser justificado, pois são as únicas máquinas que têm suporte para o sistema MacOS e com uma filosofia de integração diferente da restante oferta.

          • Marco says:

            @sómaisum: em que modelos é que a Apple usou intel?

        • Daniel says:

          Eu não quis dizer que o termo, históricamente, quer dizer isso… eu quis dizer que o termo comummente usado como PC é relativo ao “IBM Personal Computer compatible” e não somente ao mero “Personal Computer”. Foi o que “ganhou” pois foi o x86 que arrancou a sério com o mercado dos Personal Computers.

          Antes da IBM já a Xerox tinha feito usar o termo, mas não foi por isso que passou a ser usado.

          Dito isto, não é meia razão, é razão por inteiro. O termo “PC” que é usado desde o início da década de 80 quer dizer extritamente e exclusivamente IBM PC Compatible (x86 compatible e o que daí evoluiu), embora que em termos históricos os “personal computers” genéricamente é tudo, incluindo um spectrum ou os computadores que se vendiam em kits na década de 70.

        • joao magalhaes says:

          Desiste, este gajo é fanático, vai-te fazer baixar ao nivel dele e vai-te ganhar em experiência, deixa-o ficar com o PC/MAC

          • Daniel says:

            Não sei se a resposta era insinuação para mim, mas não me vês entrar na guerra PC/MAC… os computadores Apple actuais são todos PC em toda o alcance do termo que é usado desde a década de 80 (toda a gama que tenha saído, sem excepção, desde 2006 para a frente são x86… os powerpc e os motorola m68k morreram para a Apple).

    • Lourenço says:

      imac tambem é um desktop.. =O

  2. Joao says:

    Em vez de ensinarem a instalar de forma nativa, ensinam a usar VM’s que é uma das piores coisas que pode existir

  3. jorge santos says:

    A versão actual acho que é a 10.12 Sierra e não a 10.11 El Capitan.

  4. Pedro Pereira says:

    É mesmo o método Simples, mas só deve suportar apenas processadores da Intel.

  5. rc_joaopedro says:

    Pois o desempenho é que sofre mas dá sempre para experimentar o sistema e ficar a conhecer.

  6. Nuno says:

    É bom para ver como funciona, mas é preciso uma excelente máquina, caso contrário arrastaaaaa.

  7. Ricardo Costa says:

    ai e tal tudo muito bonito!
    e quem usa linux? o processo é o mesmo?

    • Leonardo Teodoro says:

      a mesma coisa… o que penso que será diferente será só o jeito de instalar o vmware… mas a instalação do MacOS será o mesmo do tutorial!

  8. Fábio says:

    Não vejo graça no Mac OS… Se a Apple não o lança para uso em qualquer PC deve ser por… medo do Windows.

  9. César says:

    O povo é pobre e mal agradecido aprendem de borla e tiram dúvidas com o pessoal do Pplware. E dp reclamam que é pirataria deviam era agradecer pelo tempo perdido e paciência para vos entreter e cultivar o conhecimento. Invés de spam deviam era dar dicas para melhorar ou acrescentar conteúdo.
    Em relação ao post está bem feito é uma boa opção mas podem sempre fazer um hackintosh com dualboot Windows /osx ou um trio com Linux e sempre bom usar o que cada sistema tem de bom invés de fazer careta ao que não se conhece

    • Belmiro says:

      O Tuga é assim. Reclama se não ensinam, se ensinam reclamam. E se funciona reclamam porque não é rápido como num hardware nativo mas não querem pagar o hardware nativo. Reclamam se é pirateado mas depois tem os filmes e jogos a voar dos torrent por fibra. No comments

    • jorge santos says:

      Não é reclamar, é alertar.

  10. Fábio says:

    Consegue-se ter uma resolução razoável com este método? Já fiz isto há uns anos mas estava bloqueado a um rácio 4:3 com uma resolução assim um bocado baixa.

  11. Bruno says:

    Isso é tudo muito giro mas mas as coisas não são bem o que parecem. Falo por experiência própria. Tenho várias VM’s instaladas no Pc, e reconheço que é uma boa solução para testar os muitas aplicações no sentido de evitar sujar ” o registo/regedit do Windows” neste caso específico há que ter um bom Pc (com bons requisitos) para que as coisas funcionem fluidamente por exemplo no caso da gráfica é algo que em muitos Pc não conseguimos atribuir mais memória para o ambiente gráfico das vm’s

  12. irlm says:

    também dá para instalar em KVM no Linux?

  13. RAFAEL OLIVEIRA says:

    “Embora o desempenho possa não ser o mais optimizado, este método já vai permitir usufruir da experiência deste SO.”

    A experiência fica extremamente comprometida usando VM. Tal e qual instalar o Windows via VM no OSX.

  14. Gerardo says:

    Quer correr o Mac OS X El Capitan no seu computador?
    Não!
    Obrigado e bom dia 🙂

    • Vítor M. says:

      Olha o Gerardo 😉 ó tu não queres o 10.11 😀 sabes que o último é o Sierra, 😉

      • Gerardo says:

        Aqui onde trabalho deram-me um mac book pro (ou qualquer coisa com uma maça estampada) novinho. Agarrei nele, sem sequer abrir e foi ao departamento de IT pedir um computador a sério para trabalhar 😀
        Por isso não, não estou mesmo interessado. Abraço mister Vítor
        PS: Gostava mais de ti se os meu comentário não fossem sempre para moderação 😀

  15. Nope says:

    Niresh numa chave usb….. feito.
    VM para quê?

  16. André says:

    Boa tarde,
    Acabei de instalar num:
    HP Elitebook 840 G1 – 16 GB / 480 GB SSD
    Porta-se bem…
    Estou a escrever no Safari …
    Ainda me estou a habituar… lol

    A minha dúvida, n\ao estará para aqui um keylogger… que fica com “tudo” o que fazemos?

    … nao há almoços grátis …
    fica a dúvida …

    Isto era excelente para desenvolvimento de aplicaç\oes para iPhone / Apple Watch

    Atentamente

  17. Moreira says:

    Nerds que ganham muito dinheiro… Abre os olhos rapaz.

  18. lp says:

    Alguém que ensine a fazer hackintosh em motherboards asus? ISSO É QUE ERA! 😀

  19. Nuno says:

    Excelente tutorial, para fazer uns testes e verificar se vale a pena alguma vez adquirir um Mac é excelente.

  20. pedro says:

    Não me aparece a opção apple quando devo escolher o tipo de SO

  21. César says:

    para quem quiser aprofundar fica aqui a dica tonymacx86

  22. Tico says:

    O PPLWARE já sabe quando é que tem previsto fazer o artigo sobre como instalar o Libreboot project? Ou algo parecido? Existem milhares de pessoas que ainda só usam windows porque são obrigadas, a bios/uefi está bloqueada, só permitindo instalar versões diferentes desde que sejam do windows…

    • Nope says:

      Quando dizes milhares, referes-te a duas ou três pessoas?
      Pareces o outro que diz ter mais de 150000 sócios mas as contas mostram apenas menos de 30000 e que ganhou 4 campeonatos em 6 meses….

      • Tico says:

        Se alguém é obrigado a usar um sistema operativo, se já não for obrigado pode usar outro… é por isso um potencial utilizador, como tal não se compreende a sua indignação… Os violadores tem uma atitude muito semelhante, se eles querem o desejo da vítima não interessa…

  23. Rafael says:

    Eu instalei o El Captain e ainda consegui realizar o upgrade para o Sierra, funciona como uma máquina nativa, aliás, em full screen e exclusive mode fica perfeita.

    Apenas algo me incomoda e gostaria de saber se podem me ajudar, referente as transparências. Imagino que tenha algo haver com drivers ou quantidade de memória gráfica, segue um print do desktop atual.

    https://s28.postimg.org/ybuh9onfh/Captura_de_Tela_2016_12_29_a_s_12_28_03_AM.png

    Antes que perguntem, realizei a instalação do El Captain by TechReviews, fácil de encontrar no YT.

  24. Hugo Silva says:

    No caso do Ubuntu, como faço naquela parte do unlocker?

  25. HenriqueM says:

    Em vez de usarem o trial da versão PRO do Vmware podem usar o VmWare Player que é gratuito e funciona da mesma maneira

  26. Ricardo Soares says:

    Boas, a mim aparece-me o seguinte erro: “Mac OS X is not supported with binary translation. To run Mac OS X you need a host on which VMware Workstation supports Intel VT-x or AMD-V”
    Alguma solução??

    • HenriqueM says:

      Boas,
      Tens que entrar na BIOS do teu computador e activar a virtualização

      • Ricardo Soares says:

        Já o fiz e continuo com o mesmo problema :/

        • HenriqueM says:

          Qual é o teu processador?

          • Ricardo Soares says:

            agora ja apareceu outro erro:
            VMware Workstation unrecoverable error: (vcpu-0)

            vcpu-0:VERIFY vmcore/vmm/main/physMem_monitor.c:1180

            A log file is available in “C:\Users\rsoar\OneDrive\Documentos\Virtual Machines\OS X 10.11 (5)\vmware.log”.

            You can request support.

            To collect data to submit to VMware support, choose “Collect Support Data” from the Help menu.

            You can also run the “vm-support” script in the Workstation folder directly.

            We will respond on the basis of your support entitlement.

            o meu processador é Intel Core i5 @ 2.60 ghz

  27. Ricardo Soares says:

    Aparece-me isto antes:
    “Binary translation is incompatible with long mode on this platform. Long mode will be disabled in this virtual environment and applications requiring long mode will not function properly as a result. See http://vmware.com/info?id=152 for more details”

  28. HenriqueM says:

    Tendo a virtualização activa, a minha suspeita será que o teu processador não é compativel com VT-x, processadores mais antigos por norma não funcionam.
    Mas talvez isto ajude:

    https://communities.vmware.com/docs/DOC-8978

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.