PplWare Mobile

Dica: Arrancar Windows 8 no Desktop


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. Rui C. says:

    Estava mesmo à espera de algo deste género.

    Fica aqui uma dica para poupar tempo:

    – Pressionar as teclas Windows+R;
    – Escrever “shell:startup”;
    – Pressionar Enter.

    O explorer abre uma janela na pasta Startup.

  2. Wilson Santos says:

    Excelente ideia e aparenta ser bastante útil.
    Parabéns pela Dica!!!

  3. Serva says:

    Boa tarde ,

    Eu tinha dito que a maior parte das alterações e até de comportamento das janelas ou de funções iria ter como base da linha de comandos , para os utilizadores de Windows isto de facto é um pouco contra natura ,eu até arriscaria a dizer que vai ser completamente novo , porque sempre se habituaram a alterar parâmetros via interface gráfica , vamos ver como é que os utilizadores de Windows perante este dois paradigmas de uma só vez irão encarar este 8 , eu diria que não muito bem , por paradoxal que pareça em Linux assistimos exactamente ao inverso , cada vez se recorre mais a interfaces gráficas em detrimento da consola de comandos , será desta que muitos migrarão para Linux ? …. eu diria que pelo menos uma boa quantidade migrará outra grande fatia a que está dependente de jogos ficará pelo 7 e alguns poucos mais Geeks optarão pelo 8 , esta é a minha modesta opinião , a nível empresarial as coisas ainda ficaram mais confusas , se o XP ainda prevalece devido sobretudo a muitos programas que correm sobre XP ,mas que não correm em 7 , provavelmente encontrarão com este lançamento mais uma razão para não fazerem investimentos na área tecnológica , este SO pode ou ser um GRANDE TIRO NOS PÉS , ou ser de facto o inicio de uma grande revolução na Microsoft , levando este SO para outros patamares , só o futuro dirá .

    Cumprimentos

    Serva

  4. rand says:

    Eu por acaso até gosto da Metro UI

  5. Fábio says:

    INstalei e estava prontinho a atirar-me de cabeça como sistema de operativo principal mas não há driver para o meu dispositivo gráfico entao fui forçado a voltar ao 7… Adorei o Metro por incrível que pareça, apenas fique desiludido com a organização dos icons neste. Criei e agrupei os meus icons mais usados, mas os icons ficam mal face aos icons planos default do SO. Pesquisei até para ver se podia fazer os meus próprios icons para ficar com o mesmo efeito mas nada :\

  6. Valter Pinho says:

    Vejam como uma pessoa habituada ao Windows 7 e anteriores não consegue encontrar o Menu Iniciar no Windows 8… http://youtu.be/v4boTbv9_nU?hd=1

    ISto é….a tortura de não ter o botão iniciar!

    • Valeriu says:

      Qual a dificuldade de clicar na “tecla do windows”?

      • Jose says:

        Muita, tirar o menu iniciar foi o pior erro da Microsoft, podiam deixar o metro, mas deixar também uma opção para quem quiser usar o explorer normal, mas não, querem forçar o metro, isto vai baixar imenso as primeiras vendas do Windows 8.

        Foi uma jogada péssima da Microsoft.

        • xtugap says:

          A M$ tirou o menu iniciar porque deve de estar com ideias de acabar com o desktop se me faço compreender… Ficar so com interface metro pra tudo… imao

  7. ZMiguel Alves says:

    O melhor para tirar a porcaria do Metro UI ainda é capaz de ser o Start8 (http://www.stardock.com/products/start8/) apesar se a menu que ele cria ser o Metro… pelo menos já não aparece tudo em ecrã grande e a tirar-nos do ambiente do trabalho.

  8. Valter Pinho says:

    Quando instalar o Windows 8, a primeira coisa q instalo é o ViStart. Uma aplicação free que força o aparecimento do Start Menu igual ao do Windows 7. Leiam aqui: http://www.makeuseof.com/tag/add-start-menu-windows-8-consumer-preview-installation-vistart/

    • SatoMew says:

      Confio mais no Classic Start Menu da Classic Shell. 😉

    • Gerardo says:

      Eu se fose a ti ainda fazia uma coisa melhor, instalava o Windows 3.11 que não traz nada dessas “mariquisses” para irritar o pessoal.

      Ai que bom que era o windows nessa altura!!! Tão fácil, tão amigável. E o mais porreiro de tudo é que só arrancava se quisessemos.

      C:>win

      Quem maravilha!! Depois invetaram a porcaria do arranque automático e fi

    • Dat55 says:

      será que vai funcionar? A microsoft vai retirar qualquer codigo do start menu original, na versão final do windows 8.

    • Valeriu says:

      Se te desses ao trabalho de tentar compreender a interface metro faziam melhor. Viver das opiniões que lês dos outros não te leva a lado nenhum.

      • SatoMew says:

        E como sabes que ele não tentou compreender e que não a testou já?

        Eu, no meu caso, já testei desde a Developer Preview e fiquei bastante desiludido pois arruína a experiência num PC comum (entenda-se por isto como um PC não optimizado para toque). E não, não testei umas horas ou uns dias; andei um mês a testar e, apesar de ganhar algum hábito, continuei a não gostar e voltei ao Windows 7. O mesmo desgosto sinto na Consumer e Release Previews.

        O Windows 8 estava a evoluir bem nas builds que sofreram leaks, anteriores à Developer Preview e ao anúncio público e oficial da Microsoft acerca das surpresas que teriam para anunciar. Contudo, desde que forçaram a Immersive UI (que chamam oficialmente de Metro, embora Metro seja todo o design de linguagem inovador da Microsoft desde há uns bons anos) no Windows 8 que a minha opinião acerca desta nova versão do Windows mudou muito. Por isso, vou ficar-me com o Windows 7 entretanto.

        • SatoMew says:

          Errata: Quero dizer «[…] toda a linguagem de design inovadora […]». Peço desculpa pelo lapso. 😛

        • Valeriu says:

          “Quando instalar o Windows 8..” 🙂

        • Serva says:

          Mal comparado , vai acontecer o que se passou com o Ubuntu mudaram de interface e a sua popularidade não para de cair , e ressalvo o que @SatoMew escreve , não é que não te adaptes , pura e simplesmente não é produtivo e o que se chama de evolução acaba por de tornar em uma involução , é só a minha opinião porque como já escrevi várias vezes não sou utilizador de Windows , só mesmo no trabalho , e o que temos agora eu não gosto , os tempos de boot a lentidão com o uso e instalações de pequenas aplicações a fragmentação do HDD o malfadado registo etc , etc , com as noticias que o W8 fazia 8 segundos no boot comecei a interessar-me e tenho vindo a instalar todas as builds que a Microsoft tem lançado e permitido a sua utilização para testes e confesso que a UI Metro está de facto direccionada para monitores touch , para utilização com o rato clássico a experiência complica-se e perde-se produtividade .

          Cumprimentos

          Serva

  9. FDAD says:

    Contra-produtivo para quem usa rato + teclado.
    Metro, só para transporte…

  10. Samuel Rafo says:

    Creio que seja um grande erro por parte da microsoft “forçar” o usuário que usa basicamente teclado e rato a usar o metro com aqueles enormes botões e principalmente a constante utilização do botão direito do rato. Se o sistema tivesse suporte para habilitar somente desktop ou desktop + metro, o sistema serial com certeza mais bem aceito, pois a parte “desktop” ficou muito boa com as melhorias adicionadas.. só nos resta esperar pra ver

  11. Pedro says:

    parece que querem que o pessoal pense num computador como se fosse um telemovel tatil ou um apple com touch o que nao faz sentido!

  12. pph says:

    Bem, esta visto, so migro para 8 quando conseguir ter o desktop antigo.

    Comprando o original para ficar na gaveta, depois deve aparecer uma versão qualquer modificada com tudo corrigido. So ai mudo.

    Se nao aparecer, paciencia, sete enquanto der, e depois pinguças com ele.

    Ou entao a versao servidor..devera trazer desktop normal digo eu.

  13. Artur Rosado says:

    Eu sou um comum utilizador, instalei o Windows 8 porque tinha o Vista e o PC estava muito… a instalação até nem correu mal para um principiante com eu 😀

    Eu sou sincero, gosto do Windows 8 e do Metro, estou a adaptar-me bem e neste momento já trabalho intuitivamente no PC.

    Como oiço (leio) tanta crítica ao Windows 8, por vezes até me pergunto se sou assim tão inexperiente em informática que nem noto as falhas que o sistema operativo tem.

    Outra coisa, o meu PC ficou muito mas muito mais rápido.

    Cumprimentos

  14. Redin says:

    Eu por acaso até que me habituei bem rapido. Excetuando alguns acessos a programas que tive de procurar na pasta Windows e lá consegui… mais tarde verifiquei que para aceder poderia utilizar outra forma de o conseguir… e assim leva-me a crer que como tudo na vida… vai ser uma nova forma de me habituar.
    Cumprimentos.

  15. Sergio says:

    vocês parecem aqueles que quando saiu o xp tratavam de mudar o ambiente para o 2000

    Dêem o benificio da dúvida e experimentem durante um tempo, porque mais dia menos dia vão ter de o usar

    • SatoMew says:

      A única grande diferença é que entre o Windows 95 e o Windows 7, a interface sofreu uma evolução, não uma revolução tão enorme como a do Windows 8. Por isso, embora tenhas razão, o teu argumento não é totalmente válido.

  16. Serva says:

    Sim esta interface vai obrigar a fazer quase um reset a forma como até aqui os SOs da Microsoft eram geridos , penso que para uma adaptação mais rápida a esta interface quem tenha um tablet com esta interface pode ser de uma grande ajuda , claramente que este SO pisca o Olho aos dispositivos móveis aonde a Microsoft nunca conseguiu uma taxa de penetração interessante , interessante vai ser as reacções de pessoas que não estão ligados como nós as techs , existem já muitos vídeos por essa blogosfera fora que demonstram a grande dificuldade que um simples utilizador tem em lidar com este SO pelo menos sem nenhuma ajuda .

    Outra coisa que será também interessante verificar é qual a compatibilidade que este 8 traz em relação a softwares que correm na plataforma da Microsoft e como é que se vão adaptar a esta nova interface , vai existir certamente um período de adaptação e eu até arriscaria de formação .

    Aqui fica mais um link

    https://www.youtube.com/watch?v=v4boTbv9_nU&feature=relmfu

    Cumprimentos

    Serva

    • Alexandre Amaral says:

      Vai existir o desktop normal igualmente para aplicações não metro, portanto a compatibilidade está em grande parte garantida. O meu conselho, em vez de te guiares por vídeos obtusos, era mesmo sacares a consumer preview que anda por ai e experimentares tu mesmo. Mesmo que não gostes, não existe nada melhor que formar-mos a nossa opinião através da nossa experiência.

  17. Serva says:

    Boa tarde ,

    Mais um vídeo comparando com uma primeira experiência entre Mac e W8 .

    https://www.youtube.com/watch?v=QbjnbhWVN8c&feature=relmfu

    Agora uma comparação feita por um utilizador experiente entre o Mint 12 KDE e o W8

    https://www.youtube.com/watch?v=QsGe_tPQ2M0

    Cumprimentos

    Serva

  18. Emannxx says:

    É incrível. A Apple força uma mudança ou outra porcaria qualquer já é inovação etc.

    A Microsoft renova a imagem do Windows – que tem sido praticamente igual desde o Windows 95 – já toda a gente olha de lado, a dizer mal, mal a tendo usado.

    Esta gente… sinceramente.

    Formam opiniões quando ainda mal usaram a interface Metro (ou não usaram de todo!!), não se dando ao trabalho de procurar adaptar-se, quando 3 ou 4 horas a usar o sistema é o suficiente para ficar completamente familiarizado com a nova metodologia de funcionamento… não admira que Portugal tenha os problemas que tem, com gente tão atadinha como esta!

    “Primeiro estranha-se e depois entranha-se” diz o ditado, no entanto, há pessoas que não entranham o que quer que seja por pura estupidez. Ficam naquela do “não gostar” e não permitem a elas próprias explorar verdadeiramente o sistema, nunca chegando a poder absorver/gostar das mudanças.

    Eu quando experimentei o Windows 8 Developer Preview pela primeira vez, senti-me como muitas pessoas reportam na internet… desfamiliarizado, com dificuldade em “usar” o sistema e “estar naquilo” era uma confusão. Mas as melhorias nas novas versões fizeram-me mudar completamente a minha opinião, e isto também porque passei a usar o sistema no meu dia-a-dia – e digo, é tão, tão fácil … e bom, pois o facto de tudo correr em fullscreen dá uma liberdade que não havia até agora. Os grafismos e as animações são tão fluídas e naturais que até uma criança vinda do XP conseguiria usar – com a devida exploração etc.

    O Windows 8 na interface Metro permite a qualquer um focar-se no que realmente importa – não existem chromes (barras de ferramentas, botões de fechar/minimizar etc.) – e, por exemplo, navegar na internet… é totalmente diferente do que tem sido até agora. O utilizador fica emerso no seu trabalho/pesquisa/entretenimento e tudo o resto fica “escondido” à distancia de um clique.

    São inovações que eram necessárias há bastante tempo, e cada pessoa tem de procurar a melhor forma de se adaptar – e acreditem, só não se adapta quem não quer. Se todas as pessoas pusessem de parte esta aversão ao Windows 8 por apenas 1 ou 2 dias e aceitassem experienciar a sério e sem preconceitos a interface Metro e o que há de novo, não teria qualquer dúvida que os pontos de vista iriam mudar. Essas pessoas precisam de um “jailbreak” para se libertarem dos velhos costumes.

    Usar o Windows 8 não é difícil – eu considero até mais fácil e intuitivo que as versões anteriores – e em breve as aplicações de terceiros começarão a ser portadas para a interface Metro e tudo se tornará mais linear.

    Nisto tudo, só tenho uma coisa a apontar contra a MS/Windows 8: A falta de um pequeno walkthrough (uma coisa simples como um slideshow ou um pequeno video) a explicar como usar o sistema – o charms, a barra de apps abertas, o acesso ao start center etc. No entanto, acredito que a Microsoft introduza algo neste género na versão final do sistema.

    Peço desculpa pelo testamento… mas há tempos que andava para “desabafar” isto. Foi hoje.

    Sintam-se livres de barafustar (como de costume) contra o que disse, caso assim o entendam.

    • Redin says:

      Acho que muita gente estava a precisar de “ouvir” verdades destas. LOL

    • c.duarte says:

      é que não acrescento nem retiro absolutamente nada. é algo que muita gente tem que ouvir x2

      embora, emannxx, haters gonna hate….

    • Valeriu says:

      Grande Comentário!

      A maioria das pessoas que criticam aqui a interface nunca a usou e formaram a opinião a partir de um video/comentário que viram na net.

      Acredito que na versão final haja um “guia” para ensinar o básico do sistema tal como houve no Windows XP.

      Cumps

      • Emannxx says:

        Obrigado =)

        Sim, seria inprudente da parte da MS não adicionar ferramentas/guias p ajudar na transição, pois é preciso compreender que a curva de aprendizagem é muito mais acentuada do que com qualquer outra versão do windows. Mas nada do outro mundo.

        • Serva says:

          Boa tarde ,

          Parte do que dizes é verdade , mas não te refiras a Portugal que até é dos Países que conheço mais aberto a evoluções , a questão fundamental sem entrar-mos em radicalismos e termos os pés bem assentes na terra é que aqui não se trata de uma evolução do Windows 95 para o W7 , trata-se de facto de uma revolução no SO da Microsoft o que por si só gera problemas de produtividade etc , será que as empresas vão estar dispostas a esta quebra na produtividade , tu próprio admites que no inicio tiveste que te adaptar e só o conseguiste porque passaste a usar este SO como o teu sistema diário , agora repara nós somos GEEKS a maioria dos utilizadores ao fim de 5 m de estar a olhar para o ecrã e não perceber como é que se faz , o que é que vai acontecer , vai certamente desistir ou implicar uma formação .

          Pego só na minha última palavra formação , porque esse foi sempre um dos argumentos de quem não defende a implementação de Linux no sector do estado , mas também posso falar de integração , quais os softwares que estrão hoje a ser comercializados que correrão sobre esta plataforma , mais investimento e mais formação , não esquecer que a grande maioria das empresas Portuguesas tem o Windows XP devido a problemas de compatibilidade com os softwares adquiridos e que não são mais compatíveis com o 7 .

          Desculpem o meu testamento , mas eu não quero dizer mal e quem me conhece sabe que gosto de inovações e ando sempre a procura de apps que me permitam fazer os meus processos de uma forma mais simples e intuitiva , provavelmente este SO trará grandes vantagens no futuro , mas desconfio que este não seja de facto o futuro , porque na minha modesta opinião nem é carne nem é peixe e isto vai criar muitas zonas de tensão .

          Aceitem os meus sinceros cumprimentos

          Serva

    • Ricardo Santos says:

      Subscrevo.

    • Mike says:

      Tenho a mesma opinião.

      Experimentei a Consumer Preview e agora a Release Preview tambem e gostei bastante, DIFERENTE sem duvida, mas suprendeu-me, principalmente pela performance … tentei instalar uma porrada de software e ter varias apps aberta nas interfaces metro e aero e até baixar os recursos de hardware (tava a usar uma maquina virtual) e para minha surpresa manteve a performance …

      Claro que gostava de um interface só metro, mas seria o maior erro da microsoft se nao inclui o Aero para retrocompatibilidade e gestão de ficheiros etc. Aliás o UI Aero tá com refresh apelativo, gostei.

      • Emannxx says:

        O aero vai ser removido. Ainda há pouco lí um artigo no tecmundo com os primeiros screenshots do 8 sem ele. O sistema de janelas permanece lá tal e qual… É basicamente como se aplicasses um tema ao windows (não daqueles só de wallpapers, mas daqueles que muda mesmo o formato dos itens da interface).

        Foram adicionados elementos e icones Metro etc

        • SatoMew says:

          O Aero não será removido. O que será removido, segundo a Microsoft, é o aspecto visual Aero Glass, o qual será substituído por um outro, também Aero, mas muito ao estilo Metro. Não esquecendo que o Aero é mais do que o aspecto visual do Windows Vista e 7 e que isso continua presente no Windows 8. 😉

    • Sergio Barros says:

      Concordo com tudo o que foi dito neste comentário.

      Sinceramente não sei qual é a dificuldade das pessoas em aceitar algo “novo”…

    • Sergio says:

      Bom comentário.
      Tenho dito que o novo paradigma faz com que nos foquemos na aplicação. Quando precisamos de manipular ficheiros, ou coisas mais complexas a secretária está lá. Acho que as pessoas nao percebem o ambiente de trabalho é uma secretária, usamo-la quando precisamos de expaço, interagir com vários objectos, etc. Ela não desapareceu, está lá.
      A maior parte das vezes não precisamos dela. Temos 1 ou 2 (ou mais) aplicações abertas, que funcionam de forma independente.

      Outra coisa que vejo nos comentários é o facto dos botões serem grandes. Eles não são grande para que possamos usar os dedos (tudo bem, ajuda). Eles são grandes para que possam conter informação.

  19. Valter Pinho says:

    Bem, acredito que fácilmente me adapte a essa nova geringonça do Metro…o que n acho lá muita piada é isto ser em quadrados…é q parece mesmo o Windows 3.1! Se é só fazer uns quadrados no Paint e já está feito, eu quero ser o próximo designer da Microsoft! …dáva me cá um jeitásso ganhar uns milhares de dolares só por fazer quadrados e retângulos no paint! …bem que podia ter uma certa transparência ou assim…tal como no 7 (aquele Glass effect) mas nada disso!

    Após a saída do 8 prás lojas, acredito que o sistema operativo com mais mariquisses seja o Ubuntu com os efeitos todos activos e desktops em 3d e sei lá mais o q!

  20. Luís says:

    Modernices…..coitados dos Seniors, ainda vao ver o S.O mais no fundo de um poço…. menus ocultos nao me agrada a ideia…mas enfim mesmo que nao queiramos, somos obrigados a acompanhar essas novas tendencias….ainda tenho as minhas duvidas se este novo Windows vai ter o mesmo sucesso do 7, nomeadamente nas empresas, nao o considero nada pratico.

  21. Rodrigo Costa says:

    Retirar o menu iniciar é um erro histórico no mundo da informática.

    Estou mesmo a ver numa empresa em trabalho puro e duro com abertura constante de aplicações…

    vai ser lindo. Eu que detesto OSX ainda mudo…

  22. Dani says:

    Preferia usar diariamente o Debian 6 sem gnome!
    Fora de brincadeiras, o pessoal critica sempre que um SO muda a interface gráfica. Eu também não sou grande adepto dessas mudanças, principalmente por não me conseguir adaptar a elas. Confesso que hoje em dia ainda uso Ubuntu como SO base porque é possível ter o gnome clássico em 3/4 passos, senão a esta hora andava eu com o “quase acabado” 10.04. Em relação ao Windows, duvido que me consiga habituar mas vou criar uma máquina virtual antes de criticar algo que ainda não experimentei! Só acho mal que façam o Server 8 herdar estas mudanças.

  23. Gui says:

    Hoje testei o Windows 8 e gostei…
    a Microsoft está no bom caminho.
    O mundo evolui e o utilizador também.

    neste lançamento a MS familiariza o seu SO com o seu Windows phone o que permitira uma melhor usabilidade e portabilidade por parte dos seus utilizadores.
    com isto aumentara o seu mercado nas 2 frentes..

  24. Wandscheer says:

    Opa ótima dica!
    testado e aprovado.

    Vou compartilhar 🙂

  25. Valter Pinho says:

    Os menus ocultos vão ser como aqueles jogos de FPS que têm passagens secretas…agora de repente estou me a lembrar do “Return to castle Wolfenstein” ou o velhinho “Wolf 3D”…granda Wolf 3d…ter gráficos em 3d sem precisar do DirectX…nem de Windows sequer

  26. Gerardo says:

    Já agora lembrei-me de algo. Esta nova filosofia é completamente contrária à da Apple, que não deixa (ou deixava) maximizar as aplicações. Sempre teve aquela filosofia ridícula, que as aplicações tinha o tamanho perfeito. No Windows 8, com Metro, passasse completamente o inverso, é tudo em full screen.

    Quem tem razão?

  27. joaquim says:

    A interface Metro é excelente para agrupar as app mais utilizadas num écran. O desktop habitual continua acessível. A ORB “Iniciar” pode ser “criada” com “Nova barra de ferramentas” na taskbar. Aqui aponta-se para um directório onde serão colocados todos os atalhos dos programas que utilizamos. E assim fica o problema resolvido. E claro, a Microsoft não fez isto sem mais nem menos. É uma grande evolução, apesar de chocante, mas é uma evolução muito positiva. A velocidade de arranque é impressionante: tenho um pc com 4 anos, e depois das mensagens da BIOS no arranque, 5 segundos depois já estou a logar-me… fantástico. A microsoft

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.