Quantcast
PplWare Mobile

Tags: Tim Sweeney

Epic Games pagou 6 milhões de dólares à Apple, conforme exigido pelo juiz

A Epic Games tentou ludibriar as regras da App Store e foi expulsa da loja de apps pela Apple. Seguiu-se uma longa disputa em tribunal que teve a primeira decisão na passada sexta-feira, quando a juíza Yvonne Gonzalez Rogers condenou a editora do Fortnite a pagar 30% dos 12 milhões que arrecadou entre agosto e outubro de 2020. Além disso, terá também de pagar 30% da receita arrecadada pela empresa entre novembro do ano passado e a data do julgamento.

Hoje, o CEO da empresa fez questão de dizer que já pagou os 6 milhões de dólares. Para o pagamento, usou um método muito popular e brincou com a situação.

Ilustração Apple versus Epic


CEO da Epic Games acusa o Android de “falso sistema aberto”

Um dos trunfos do sistema operativo Android é a suposta liberdade. Na verdade, esta característica é muitas vezes confundida com falta de regulação e controlo. Contudo, o sistema operativo mobile da Google tem a fama de permitir certas ações sem que a empresa tenha de dar o aval. Segundo Tim Sweeney, o responsável pela empresa que criou o Fortnite, a suposta liberdade que o Android se tem gabado desde o seu início é completamente falsa.

O CEO da Epic Games diz também que dentro do iOS… as coisas ainda são piores!