Quantcast
PplWare Mobile

Tags: prism

“Reset the Net” – é hora de todos estarem protegidos

Junte-se ao movimento e utilize aplicações robustas e de confiança.

Foi há precisamente 1 ano que Edward Snowden iniciou a revelação de informação confidencial relativa à NSA, onde evidenciava a recolha de informação privada num operador de telecomunicações, sabendo-se mais tarde que se tratava do PRISM. Muitas outras revelações foram surgindo daí em diante até que foi instaurado o caos no que diz respeito à privacidade online.

A data da primeira revelação pública ficou marcada e hoje pretende-se assinalar o dia com o movimento Reset The Internet. O objectivo é sensibilizar para a necessidade de cifrar toda a informação.

resettheinternet_0_600


Agência de Segurança (NSA) pagou a gigantes da Internet

…como a Yahoo, Google, Microsoft e Facebook

Segundo informações publicadas pelo jornal  The Guardian, a Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos da América (NSA), pagou milhões de dólares a grandes empresas da Internet. Yahoo, Google, Microsoft e Facebook, foram as empresas que receberam dinheiro da NSA para cobrir os custos associados relativamente aos pedidos de espionagem informática norte-americanos (PRISM).

NSA_00


Mais um serviço de email seguro fechado, agora da Silent Circle!

Depois de ontem ter sido anunciado o fecho do serviço de email seguro que Edward Snowden usou, não passaram 24 horas até que outro anunciasse também o seu fecho.

Desta vez foi o Silent Circle, mas as razões, apesar de similares, não implicaram ainda qualquer ordem de tribunal ou pressões por parte de ninguém.

Snowden_2


Microsoft nega colaboração com NSA…

…e pede permissão para partilhar mais informação com o público.

A Microsoft esclarece que não proporciona a nenhuma agência governamental acesso direto a dados de clientes ou a chaves criptográficas usadas para os proteger. A Microsoft pediu autorização ao Procurador-Geral dos Estados Unidos para partilhar com o público informação mais detalhada sobre o modo como gere os pedidos de dados de clientes relacionados com a segurança nacional. Assim que tiver essa autorização, a empresa partilhará toda essa informação.

A Microsoft está obrigada a colaborar com as leis aplicáveis em todo o mundo – não apenas nos Estados Unidos – e isto inclui responder a pedidos legais de informação sobre os seus clientes. Mas todas as agências governamentais têm de seguir os procedimentos legais se querem acesso a dados de clientes da Microsoft.


Android tem parte do seu código escrito pela NSA

A NSA ou National Security Agency, é a agência de segurança dos Estados Unidos, na qual recai a grande suspeita (se não mesmo certezas) de uma colossal espionagem mundial que viola a integridade e privacidade de cada indivíduo. Tudo isto debaixo do complexo projecto PRISM, que foi desvendado ao mundo por um jovem técnico da CIA, Edward Snowden.

Agora sabe-se também que, e de acordo com a Business Week, a plataforma móvel Android, da Google, utiliza código fonte que foi desenvolvido pela NSA.