Quantcast
PplWare Mobile

Tags: Netfilx

YouTube também reduzirá a qualidade dos seus vídeos na Europa durante a quarentena

A quarentena obrigada pela doença COVID-19 está a mostrar um lado diferente do mundo da tecnologia. As limitações já se fazem sentir em vários serviços. Segundo foi dado a conhecer, a Netflix foi a primeira plataforma a reduzir a qualidade da reprodução do seu conteúdo na Europa. Esta decisão tem como objetivo reduzir o consumo de dados, consumidos nos vídeos, e aliviar a sobrecarga nos servidores dos fornecedores de Internet.

Agora, é a vez do YouTube também diminuir a qualidade dos seus vídeos no velho continente durante a quarentena.

Imagem logo YouTube com menos qualidade como serão os vídeos no tempo COVID-19


Netflix testa formas de contornar pagamentos feitos na App Store da Apple

A presença das aplicações nas lojas dos sistemas operativos pressupõem que, caso existam pagamentos, parte destes revertam para a própria loja. Muitos não concordam com esta situação, principalmente com os valores que são cobrados, quer nas apps quer nas compras ou subscrições feitas.

Para evitar esta situação, que encarece sempre as compras, o Netflix parece estar a testar algumas novidades, para conseguir contornar os pagamentos feitos na App Store da Apple.

Netflix Apple App Store pagamentos loja


Netflix começou a bloquear utilizadores que usam VPNs e Proxys

O serviço de vídeo Netflix está limitado a determinados mercados e a determinadas regiões muito por culpa dos acordos que tem estabelecidos com as entidades que produzem os conteúdos que transmitem.

Devido a estas limitações geográficas muitos utilizadores de outras regiões acabam por procurar serviços que as permitam contornar e assim usufruir do serviço, de forma paga.

Mas de acordo com o que tem sido detectado recentemente, o Netflix pode estar a começar a bloquear estes utilizadores e assim procurar manter o seu serviço controlado nas regiões onde efectivamente o pode disponibilizar.

netfilx_1