Quantcast
PplWare Mobile

Tags: algas

Cientistas alimentaram um computador durante 6 meses apenas com algas

Sim, leu bem o título, apenas algas foram suficientes para dar energia a um computador básico, durante muitos meses. Um grupo de engenheiros da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, alimentaram um microprocessador durante mais de seis meses usando nada mais do que a corrente gerada por uma espécie comum de cianobactéria.

As cianobactérias, também chamadas algas verde-azuladas, são micro-organismos procariontes capazes de realizar fotossíntese.

Imagem de um computador alimentado só com algas


Painel verde que capta CO2, produz oxigénio e algas comestíveis

Segundo os antigos, “a necessida aguça o engenho”, o adágio popular é velho, mas eficaz. Desta forma, tendo em conta as urgentes medidas ambientais necessárias, surge uma tecnologia em formato de painel verde. Este, além de captar o CO2 ainda produz oxigénio e algas comestíveis.

A ideia é que o novo material possa ser instalado nos telhados dos edifícios, paredes levando à produção de ar limpo e alimentos orgânicos. Vamos conhecer o projeto BioSolar Leaf.

Painel verde que capta CO2, produz oxigénio e algas comestíveis


“Biorreator” de algas na Estação Espacial pode produzir oxigénio para os astronautas

Não há dúvidas do empenho das agências espaciais para desenvolver métodos e produtos que nos ajudem a viver no espaço. Afinal, tal como repetiu por várias vezes o cosmólogo Stephen Hawking “a raça humana terá que sair da Terra para sobreviver”. Assim, estamos a viver em época de grandes inovações tecnológicas dedicadas à vida extraterrestre.

Os astronautas estão prestes a testar um novo dispositivo chamado “Photobioreactor”. Este sistema usa algas vivas para converter dióxido de carbono em oxigénio respirável e produzir alimentos comestíveis.