Wire: Uma alternativa ao Skype, segura e sem anúncios

Por Diogo Gaspar para Pplware.com

Destaques PPLWARE

33 Respostas

  1. Luís Rato says:

    Uso o skype diariamente no iphone e ipad e n vejo anúncios…todas as empresas usam skype logo artigo de encher

    • Tens noção que isso resulta de teres o Skype for business?

      E do que entendo, como tu estás servido, os outros não precisam e como tal o artigo é para encher… Sim Sr, bela filosofia. Umbigo cheio, o resto que se lixe.

      Mas depois, quando chegares a casa e não tiveres de usar a tua conta business e tiveres de ver publicidade, nós conversamos.

      • Samu says:

        Também não tenho publicidade no Skype normal e penso que seja por ter crédito no mesmo. Há uns 5 anos recebi um email do Skype com um cupão de 2.5€ e ainda não o gastei… Quando ficamos muito tempo sem usar esse crédito, acaba por ficar inactivo e aí sim a publicidade volta. Apenas é necessário voltar a activar na página do Skype e fica tudo bem.
        Quanto ao Wire já tive muitas vezes para experimentar, mas depois não tenho contactos que o usem :/

      • Álvaro Campos says:

        Curioso que nunca vi publicidade no Skype pessoal e não tenho qualquer crédito.
        Será por ter o Office completo instalado pois o Skype Business vem lá?
        Não tenho nada a ver com o Luís Rato mas não me parece que o comentário dele merecesse “Sim Sr, bela filosofia. Umbigo cheio, o resto que se lixe.” mas vocês lá sabem…. E ele também não disse que tinha a versão Business ou disse?

        • Há versões com e versões sem publicidade, como deves saber.

          O problema do comentários dele foi a forma como o terminou.

          Mesmo que não lhe sirva, não tem é nem deve usar frases como “logo artigo de encher”.

          Se não gosta, não lê. Só não tem é de dizer mal.

          • João Cardoso says:

            Andava esquecido porque já tinha deixado de vir a este site.

            Mesmo não concordando e tendo tirado as minhas conclusões (erradas ou não) acerca da pessoa que criticou o artigo, o autor/autores têm que se aguentar com a opinião do dito e não podem responder com 3 pedras na mão.

            Isso sim, é aceitar e respeitar a opinião dos outros, mesmo que eles não passem de uns ….

          • Ou seja, dizem o que querem é lhes apetece e nós só temos de aceitar.

            Não parece lógico e de certeza que não é assim em mais lado nenhum.

          • Toder says:

            Mas tu nao tens de aceitar nada, podes simplesmente nao responder e pronto, aquela foi a opinião dele, boa ou errada é dele, mas tu e o senhor vitor sempre criticam o pessoal com pedras nas maos como o outro disse. Assim so perdem clientes, nao é que eles sejam muitos

          • Álvaro Campos says:

            Sim, terás a tua razão mas não a estarás a perder respondendo na mesma moeda?

          • A perder? Isto não é um passatempo ou um concurso.

          • anonimo says:

            @Pedro Simões
            Críticas são bem-vindas, mas com tacto. Eu pessoalmente sou contra o uso da ironia/sarcasmo, considerando que há formas mais construtivas de responder.
            @João Cardoso
            Critica as 3 pedras e acaba lançando a sua própria? :-/

          • E dizes isso escondido atrás desse nome… 😉

          • anonimo says:

            @Pedro Simões
            ‘You made a point’.
            Digamos que não desejo ser facilmente ‘profiled’ por qualquer entidade. Se eu fosse um grande orador e estivesse em discussões de profunda importância acho que sim, que seria melhor usar o meu nome. Mas pelo menos não atirei nenhuma pedra, não foi?
            (Desculpem-me o meu abuso do inglês, tive dificuldade em encontrar equivalentes em Português.)

          • Estava apenas a brincar com o teu nome, mas como a brincar as verdades são ditas 🙂

          • Alvaro Campos says:

            @Pedro Simões
            Não é passatempo mas quando escrevemos algo que publicamos publicamente devemos saber “encaixar” algumas coisas e não cair no erros dos outros que nos acusam.
            Temos sempre razão até a perdermos e, possivelmente, poderás tê-la perdido quando entraste no “jogo” dele.

          • Lá está, ele não tem de vir dizer o que quer e lhe apetece. Qualquer dia está a ofender os restantes leitores e nos temos de saber encaixar…

        • Diogo Gaspar says:

          Viva,
          Observem o seguinte print que tirei agora mesmo, e para que não restem dúvidas.
          http://i.imgur.com/Dy5jVzP.png

          • Alvaro Campos says:

            Tenho a versão UWP e nunca vi publicidade
            Na versão 7, assim como na versão web, haverá.
            Como disse eu não tenho publicidade no Skype e está aberto das 9H00 às 18H00 e sempre que necessário no telemóvel.
            Se calhar está na altura de usarem a UWP e assim escapam à publicidade (para já…)

    • Ozono says:

      Todas as empresas que tu conheces. Pela lógica também não se faziam artigos sobre linux já a maioria das pessoas usa Windows :/

  2. Joao ptt says:

    Já experimentei o Wire há algum tempo e gostei. Em termos de segurança parece bastante razoável. As chamadas de voz com boa qualidade e o vídeo bastante razoável.

    Infelizmente eles decidiram ir pelo caminho de ter de se ter um e-mail e/ ou telefone, o que cria a oportunidade de infiltração de terceiros através das famosas recuperações de senha para o e-mail ou suponho que para o número de telefone que pode ser comprometido de inúmeras maneiras já que o número não é de facto controlado pela pessoa (mas sim pelas operadoras que muitas vezes o dão com demasiada facilidade a qualquer outra pessoa que o peça, já para não falar nos problemas de segurança da rede telefónica pública, protocolo: “SS7”).

    Deveriam ter seguido o caminho da Threema que tem o seu próprio identificador, se perder os dados de acesso tem de criar um identificador novo… pelo menos terceiros tem de ter acesso ao equipamento onde o Threema está instalado para comprometer a identidade, que sempre é mais complicado e reduz os pontos de infiltração ao mínimo possível.

    É verdade que podem subscrever ao Wire sem dar o número de telefone móvel, mas o Wire de todas as vezes que actualizava tentava forçar-me a colocar um número de telefone móvel para iniciar a sessão… era muito irritante! Tinha de iniciar a sessão manualmente a meter a senha e tudo se bem me lembro de todas as vezes. Eles realmente querem ter o número de telefone móvel. Na Threema também pode colocar o e-mail e o número de telefone para ajudá-lo a encontrar pessoas já nos contactos, mas é completamente opcional e só é sugerido durante a criação da nova identidade (embora a pessoa possa ir às opções acrescentar essa informação mais tarde se quiser).

  3. bola says:

    O Skype para UWP não tem nenhum anúncio… E é bem melhor que para desktop na minha opinião….

  4. Luís says:

    Se existe para Linux, gostava de experimentar. Será que dá para ligar entre utilizadores de Skype-> WIre e Wire->Skype?

  5. João says:

    @Pedro: e que tal qTox?

  6. anonimo says:

    Concordo com o João, seria interessante ver nessa tabela comparativa o qTox.

  7. Kimossab says:

    Eu costumo usar o Discord. Uma aplicaçao de chat feita para gamers em especifico, mas é bastante usavel para qualquer utilizador. Com canais de texto e voz separados, mensagens privadas, mensagens de grupo privadas, chamadas, em breve chamadas de video e partilha de ecrã. É uma otima alternativa ao skype e team speak.

  8. António Graça says:

    Sabem se o Wire dá para partilhar ecrã como o Skype?

  9. Toder says:

    Eu lembro de alguns anos atras ter usado o oovoo que deixava ter videos com ate 10 pessoas ou isso enquanto o skype precisava pagar para isso, agora ja esta gratuito claro, mas o problema é sempre a mesma coisa, tipo o WhatsApp ou viber, tudo depende do que os outros utilizam, pois se utilizas algo differente, vais estar sozinho, mesmo que seja melhor

  10. Toder says:

    O mais interessante é voces mencionarem o wire como uma alternative ao skype, enquanto o wire na diagrama deles, parece estarem a competir com o fb messenger, WhatsApp telegram etc e nada de skype

  11. Carlos costa says:

    De onde veio a tabela de comparação?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.