Quantcast
PplWare Mobile

Proxmox 6.2 – Transforme PCs em máquinas virtuais! É fácil e grátis

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Carlos Faria says:

    nunca entendi bem o posicionamento deste produto
    nem como se compara ao open nebula

    • Joao Cordeiro says:

      É um gestor de maquinas virtuais gerido por pagina web.

      Instala-se directo na máquina via cd ou pen
      E no fim temos um https:// onde podemos criar e gerir maquinas virtuais, redes virtuais e containers.
      Permite ver o ecrã da maquina virtual tambem por esse interface web.

      Proxmox é um Debian com mais uns packages.
      Tambem permite clusters com várias máquinas e migrações de vms sem parar.

      Na prática é o concorrente open-source do vmware esxi.

      Eu uso num ryzen 5 3500 para brincar com distros novas ou por servicos de rede em containers.

    • Joao Cordeiro says:

      Em relação à comparação com o open nebula:

      O open nebula uma vm/distro/ container que nao tem qualquer motor de virtualização. Ou seja nao é capaz, por ele mesmo, de criar qualquer vm ou container.
      Liga-se, por api, a sistemas de virtualização e serve de gestor dos mesmos.
      Por exemplo, liga-se a um vmware e manda ele correr a vm do seu router virtual numa rede.

      O proxmox é um sistema mais simples, mas já com tudo integrado.
      No fim da instalação do proxmox num pc, ficamos abilitados a correr containers e vms nesse pc.

      Proxmox é como um carro que se liga e anda.
      Open nebula é como o sistema de controlo de frotas de uma empres.

    • int3 says:

      proxmox é para se instalar baremetal. é uma alternativa ao xen ou vmware vsphere por exemplo.

  2. int3 says:

    Ainda tenho o 5.3 😀

  3. Daniel Braga says:

    Bom artigo, o Proxmox parece realmente ser uma ferramenta muito interessante. Por acaso já tinha visto alguns vídeos sobre esta ferramenta.

    É possível em Proxmox ter o NIC da VM desligado? Isto é cortar a ligação da VM à internet e manter o acesso à VM? Eu não tenho experiência com servidores de virtualização, apenas uso VMWare na minha própria máquina.
    Como a ideia do servidor de virtualização é dar acesso a VMs dentro da rede, estava curioso se as próprias VMs têm de ter a placa de rede ligada ou se basta o servidor estar connectado.

    • Joao Cordeiro says:

      Sim, é possivel criar a vm com o numero de NICs que se quiser. Incluindo 0.
      Podem estar ligados a redes reais ou a redes virtuais que só exiatem dentro do proxmox.
      É possível editar uma máquina já criada e adicionar ou remover recursos como NICs.

    • Joao Cordeiro says:

      O acesso à maquina pode ser feito via placa VGA virtual ou terminal por porta de série que apresentam a imagem no site do gestor.

      Tambem é possivel “dar” hardware à maquina virtual.

      Por exemplo, é possível dar uma placa pcie com um controlador USB3 para dentro da VM. Assim qualquer coisa que se ligue a essa placa é reconhecida dentro da vm.

      Ou seja, para interagir com a VM nao precisa de lhe dar um NIC.

      • Daniel Braga says:

        Obrigado pelas explicações. Tenho que explorar um dia (primeiro arranjar a máquina para servir de servidor :D).
        Se eu bem entendi, com 0 NICs na máquina virtual é possivel aceder à mesma dentro da rede LAN, mas requer mais algumas configurações.

        • Joao Cordeiro says:

          Pode instalar o proxmox numa vm do vmware para esperimentar.
          Mesmo wue nao consiga corrar VMs, pode correr containers lxc e criar redes virtais.

          Nota, para uma cm intragir com uma rede precisa de um NIC. Virtual ou hardware real partilhado com a VM.

          O que eu disse é que você pode interagir com a VM mesmo sem NIC porwue tem acesso ao teclado e monitor virtuais dela.
          Da mesma maneira que teria acesso a um pc normal, sem nic, mas com monitor e teclado ligado.

          • Daniel Braga says:

            Obrigado pela esclarecimento. Agora sim compreendi, a questão da placa VGA virtual e da interação com a VM sem NIC.

  4. Tecnical says:

    Pelo título, estava á espera de aprender como se converte uma máquina física para VM com Próximos. Já agora, era um bom artigo…

  5. Manuel Gamelas says:

    É possível criar as máquinas virtuais numa NAS Synology.
    Criar e Gerir a partir do server do Proxmox?

  6. JCFB says:

    Há uns tempos andei a brincar com gpu passtrough com o proxmox, até funciona bem, mas como só estava a usar uma vm do win 10 acabei por instalar o windows nativamente.

  7. Conceição Pereira says:

    Também permite virtualizar uma máquina física?
    Ou seja, transformar uma máquina física em VM?
    O VMware ESXI permite, a VirtualBox não permite e o Proxmox?

  8. Jorge Arada says:

    Com o proxmox é possivel ter varias maquinas fisicas e gerir as maquinas virtuais nessas varias maquinas fisicas a partir da interface web ?

  9. Mike says:

    E como é a nível de backups das máquinas virtuais, há alguma solução recomendável que suporte Tape Libraries? Na empresa onde estou usamos o VMware ESXi com Veeam e funciona na perfeição, mas o custo de licenciamento é relativamente alto…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.