PplWare Mobile

phpMyAdmin 3.4.0 com excelentes novidades


Autor: Pedro Pinto


  1. php says:

    Sem duvida muito mais intuitivo!

  2. Fábio says:

    Excelente notícia! Simplesmente adoro o novo design, se bem que qualquer coisa seria melhor que o anterior design. 😛

  3. nuno-mc says:

    Muito bom. Finalmente mudaram o design para um mais moderno 😀
    Simples e muito eficaz 🙂 Gosto!

  4. Rogério says:

    Pedro Pinto, a tua explicação sobre o que é o PHPMyAdmin, não está totalmente correcta.

    No meu ver, a explicação totalmente correcta seria:

    O PHPMyAdmin é um SGBD (Sistema de Gestão de Base de Dados), feito em PHP, para base de dados MySQL.

    MySQL é o tipo de base dados usada pela linguagem PHP.

    Se permitires, uma pequena correcção, para além daquela que disse acima, da tua explicação.

    “O phpMyAdmin é uma ferramenta gratuita, escrita em PHP, e que permite de forma muito simples fazer a administração das nossas bases de dados através de um simples browser.”

    Não precisavas de escrever que a administração é feita através do browser, pois basta saberem que este SGBD é feito em PHP, que o resto da frase já não seria necessária.

    Com isto não quero ofender a tua postura, pelo contrário, simplesmente quis com isto melhorar o profissionalismo da frase.

    • Pedro Pinto says:

      Boas Rogério,

      A tua explicação vai dar ao que está la escrito. No entanto, não gosto muito do termo SGBD para “qualificar” o phpmyAdmin. Se vires no próprio site do projecto, o phpadmin não é referenciado como um SGDB mas sim como apenas uma ferramenta.

      MySQL pode ser um tipo de base dados usada pela linguagem PHP (há outras).

      Relativamente a esta frase: “O phpMyAdmin é uma ferramenta gratuita, escrita em PHP, e que permite de forma muito simples fazer a administração das nossas bases de dados através de um simples browser”
      não te esqueças que também podem executar o PHP via CLI.

      Mas desde já obrigado pela análise ao texto.
      Abraço

      • Pedro Pinto says:

        Já agora, exemplos de SGBD:
        PostgreSQL;
        Firebird;
        HSQLDB;
        IBM DB2;
        mSQL;
        MySQL;
        Oracle;
        SQL-Server;
        TinySQL;
        JADE;
        ZODB;
        Sybase;

        O phpadmin é apenas um interface em PHP para gerir mais facilmente uma base de dados.

      • Rogério says:

        Como disse, só pretendi fazer uma analise profissional, jamais por em causa a tua forma de escrever ou a tua forma de analise.

        Sim, eu compreendo que no site do projecto se refiram a uma Ferramenta, contudo, no meu ver prefiro tratar o phpMyAdmin como um SGBD com bastantes ferramentas bastante interessantes e usuais.

        Através de CLI é a forma mais avançada de executar PHP, contudo através do CLI, não permite só executar PHP, permite também controlar totalmente o servidor Apache, dentro das normas de segurança, como é óbvio.

        Também sim, o PHP trabalha com outros tipos de base de dados, contudo, o MySQL é o tipo de base de dados standard do PHP.

        O phpMyAdmin, não trabalha só com MySQL, trabalha também com algumas outras variantes do SQL, menos com o SQL Server, como é de compreender.

        • Pedro Pinto says:

          Boas Rogério, só acho que não deves definir o phpmyAdmin como um SGBD.

          Como defines o MySQL?

          • Rogério says:

            Um tipo de base de dados SQL.

            Suponho que fizeste a pergunta devido a ter-me referido a “outras variantes do SQL”, referia-me a outras variantes por exemplo como, base de dados SQLite ou base de dados Access (Microsoft Office Access).

            Todas estas usam a mesma linguagem, SQL.

            Contudo o SQL Server apesar de ser outro tipo de base de dados, usa também um SQL um bocado diferente do SQL normal.

            Acho que dei uma resposta completa a outras possíveis perguntas. 😛

          • Pedro Pinto says:

            Pergunta numero 2, e o que entendes por SGBD? (Não vale ir ao Google) 😀

    • Ricardo Amaral says:

      Desculpa lá mas o que estas a dizer não faz sentido nenhum e o Pedro tem razão.

      O MySQL, assim como os outros exemplos dados pelo Pedro é que são SGBDs. O phpMyAdmin não passa de uma ferramenta para auxiliar a gestão da base de dados, nada mais. Ou vais dizer que o Navicat, Oracle SQL Developer, SQLyog, entre outros, também são SGBDs? Não faz sentido nenhum. Fazem todos a mesma coisa, gestão/administração de base de dados. Mas são ferramentas, não são “sistemas”, como o MySQL, Oracle, SQL Server, etc…

      Depois, o MySQL não é o tipo de base de dados usado pelo PHP, nem tão pouco o “standard”. Não há um standard, não há ninguém que possa definir tal standard pois seria inconcebível, cada um usa o que quer. Se disseres que é o mais usado e/ou mais comum, já é aceitável.

      E também não há “variantes” de SQL. Da maneira que falas é como se o SQL do MySQL fosse o “original” ou o “standard”, isso não existe. Em qualquer SGBD, SQL é SQL. Agora, cada SGBD pode é optar por fazer certas alterações ao SQL para adaptar certas funcionalidades que as outras não tenham ou por um motivo que só eles sabem.

  5. tide says:

    Eu não percebo nada de bases de dados, e gostaria de começar a mexer nestas coisas, existe alguma password mestra para aceder ao painel do http://localhost/phpmyadmin/index.php ou é necessário alguma instalação diferente…
    tanks

    • Rogério says:

      Não precisas de password nenhuma…
      Para teres acesso ao phpMyAdmin é preciso teres o servidor apache a correr, pois sem ele o PHP não funciona.

      O utilizador por defeito é o “root”, que por sua vez não tem password.

      Se for a primeira vez que trabalhas nisto e se fores utilizador de Windows, tens o Xampp (apachefriends.org), é um Suite completa, trás o servidor Apache, trás o servidor MySQL e o gestor de base de dados (phpMyAdmin), trás um servidor de mail (Mercury)e trás um gestor de FTPs (FileZilla Server).

    • Milhafre says:

      Julgo que a login por defeito é: username: root e não tem password.

      • Pedro Pinto says:

        Atenção que esta nova versão traz uma protecção, não deixando assim realizar uma autenticação sem password.

        Para dar a volta a situação devem renomear o ficheiro: config.sample.inc para config.inc e dentro do ficheiro alterar:
        $cfg[‘Servers’][$i][‘AllowNoPassword’] = false;

        para

        $cfg[‘Servers’][$i][‘AllowNoPassword’] = True;

  6. Milhafre says:

    E para quem já tem instalado a versão anterior e com base de dados criadas? como faz para fazer o update? exportar as bases de dados e importar depois de fazer o update?

    • Pedro Pinto says:

      Basta tirares a versão anterior e colocar a nova. Como já referi anteriormente, isto é apenas um interface para gestão das BD’s….não está directamente relacionado com a base de dados.

      • Rogério says:

        Não precisa de tirar a versão anterior, basta que faça um backup das base de dados que tem.

        Agora referindo-me ao utilizador Milhafre, não precisas de fazer export das base de dados que tens, basta que navegues até à pasta (caso uses o Xampp), “C:\xampp\mysql\data”, e lá tens todas as tuas base de dados. Basta agora copiar tudo e colar numa outra pasta fora da pasta mysql.

        Depois, extrais todo o conteúdo do novo phpMyAdmin para dentro da pasta phpMyAdmin que existe dentro da pasta Xampp.

        E depois é só voltares a por as base de dados no sitio onde elas estavam (ou no sitio onde elas estão, nesta nova versão), e voltas a ter as tuas bases de dados.

        • Pedro Pinto says:

          Já estou a ver que hoje deste em me perseguir 🙂

          Nao precisa de fazer qualquer backup pois o phpMyAdmin não é nenhum SGBD, é apenas um interface gráfico como ja te disse 🙂
          @Milhafre pega no novo phpmyadmin e coloca numa pasta chamada por exemplo phpmyadmin2 dentro do htdocs. depois vais ao browser e escreves: http://localhost/phpmyadmin2. E está feito, tens aí o novo phpmyadmin….e ainda mantens o antigo que está na raiz do xampp (uma vez que tem um virtual server criado na conf do apache).

        • jo§e says:

          As bases de dados não pertencem ao phpMyAdmin, pois este é apenas uma ferramenta que permite gerir as bases de dados. Assim como há outras ferramentas, como por exemplo o HeidiSQL que é bastante simpático.

  7. Rogério says:

    Já respondi a isso Pedro xD
    SGBD – Sistema de Gestão de Base de Dados
    Tal como o nome indica, é um sistema que permite uma total gestão das base de dados pelo utilizador.
    Desde gestão dos dados das base de dados, desde criar novas base de dados, execução de código SQL, entre outras ferramentas de gestão de base de dados.

    Eu sei o porquê de estares a fazer essa pergunta. 😛
    Sim o MySQL é conhecido por ser um SGBD, contudo, voltando à minha ideia, prefiro tratar o MySQL como tipo de base de dados SQL.

    A minha observação ou ideia, como preferires, sobre SGBD e MySQL, não é a mais correcta ou a mais correcta cientificamente, mas é como eu prefiro tratar as coisas.
    É como ter opiniões diferentes do eu gostar de algo e tu não gostares desse mesmo algo.

    • Helder says:

      Continuas a bater no ceguinho… como o Pedro Pinto disse, e bem, o phpMySQL é uma interface, assim como é o MySQL Workbench e muitos mais… O SGBD é o próprio MySQL…
      Os “tipos” de BD’s podem ser distribuídas, relacionais, ficheiros, etc…
      Se tivesses estudado BD’s saberias que o que te estão a explicar esta CORRECTO. Mas podes sempre continuar com a tua ideia, apesar de te explicarem que estas ERRADO!

      Quanto ao phpMySQL, é bom mas prefiro mesmo utilizar o Workbench.

      • lmx says:

        o mysql é um sgbd porque tras integradas ferramentas para tal, se apenas tivesse motores de busca e pouco mais consideravas-o um sgbd????
        Eu acho que a opinião do PPinto está correcta, mas a opinião do colega não me parece que esteja incorrecta…embora esta “ferramenta” não seja uma ferramenta integrada, muito longe disso, visto trabalhar sobre apache…
        Mas concordo que a opinião foi algo intrusiva, mas também percebo que os utilizadores ás vezes gostem tanto de determinado assunto que…perdem a cabeça no bom sentido :), no entanto acho que a discussão do assunto enriquece o tema dando a conhecer aos leitores as diferenças do que se está a falar…
        PPinto, como é teu apanagio…continua com o bom trabalho que tens vindo a desenvolver e que tanto gostamos. 😉

        cmps

        • Helder says:

          Ola lmx,

          Parece-me que estas a misturar as coisas, o SGBD funciona sem essas ferramentas, ou seja o MySQL é independente funcionalmente de qualquer ferramenta: phpMySQL, Workbench etc.

          Basicamente, para mim, o SGBD pode ser considerado uma API, ou seja, podes abstrair-te de como, quando e onde os dados são guardados.
          Não sei se me fiz entender, apesar de entender e aceitar a tua ideia.

          • lmx says:

            boas…
            sim entendi, o que disse acima ia nesse sentido…pelo menos para mim…:)
            o phpMySQL para mim, vai um bocado nesse sentido,mas de uma forma diferente de uma aplicação integrada, que usa mysql para ser gerido e que se baseia em php para gerar as paginas dinamicamente, sendo estas entregues ao cliente via protocolo http(apache).
            No fundo no fundo,existe uma aplicação integrada no mysql que faz o mesmo…sem servidor apache e sem php,no entanto a vantagem do phpMySQL, é o facto de não teres que instalar nada no cliente, visto que usas um servidor de gestão, em vez de teres gestão na propria maquina onde estas a trabalhar.

            cmps

    • jo§e says:

      Claro!
      É como eu chamar um veículo automóvel com quatro rodas, de carro, e tu chamares de avião. Afinal em determinadas circunstâncias ele até pode voar baixinho 😀

    • lmx says:

      boas…
      para mim sgbd, é uma coisa que vem com todas as bases de dados, para nos criarmos,alterarmos,criarmos acessos,etc,etc…permissoẽs…
      Embora eu perceba o que o Pedro Pinto disse, não acho que estaria incorrecto o que o colega disse, pois se um programa te deixa gerir as bases de dados, passa a ser um sistema de gestão, obviamente um programa como qualquer outro na tua maquina, assim como acontece com o M$SQL, por exemplo que também teem um sistema de gestão integrado,e de uma forma ou de outra…informix,oracle,db2,…
      Eu acho que faz sentido de inicio separar as coisas dizendo que não é uma ferramenta que vem integrada no mysql,obvio, mas que faz gestão faz…logo pode ser tratada como sgbd…alias se calhar o melhor será dizer que se trata de uma especie de sgbd a correr num server apache,pronto?
      Alguém aceita um termo intemédio?? 🙂

      cmps

  8. André says:

    Rogério, muito bem que gostas de descobrir cenas etc… mas acho mal estares a fazer o trabalho do Pedro Pinto, ele gosta sim de ajudar, dar informação etc… mas não achas que o estás a começar a perseguir?? LOL… Olha Pedro tenho uma questão, utilizo o internet explorer 9 e quando vou a este site pplware.sapo.pt, se carregar no fundo, tipo dou um clique, toda a pagina fica mais escura, parece que fica com uma cor de preto em cima mas consegue-se ver as imagens etc… porque o preto fica transparente, agora a minha pergunta é pk é que isso acontece? … Obrigado pplware sempre no trabalho 😉 …

    • Daniel says:

      Simples. Tudo o que é da família do Internet Explorer só conduz a problemas no que diz respeito á web.
      Também pode ser um erro de código, mas geralmente é porque os IE’s causam sempre mais problemas que os outros browsers conhecidos.
      Sugiro-te o Firefox.

      😀

      • André says:

        Bem firefox ainda é pior, eu ando a estudar, mas já tenho servidor web blablabla, e posso dizer que as pessoas tem mania do firefox mas tem ca cada bug que ate vai de banda … LOL … estou no facebook bloqueia, hi5 bloqueia, youtube bloqueia e tenho a versao que saiu, mexi no codigo do firefox (gosto de ver como as cenas são feitas) e não gosto lá muito do código… a microsoft nunca me desiludiu mas acho que desta vez o problema é do site pplware, deviam começar com o novo html, é mais soft xD… não estou a promover a ms apenas digo o que acho… LOL

        • Daniel says:

          Eu nem tenho grande razão de queixa do firefox, é raro crashar, muitas das vezes é pelo má utilização do utilizador, pode ou não ser o teu caso, não sei. Só o facto de poder ter o firebug já faz com que não saia do ff. Não bloqueia no meu. O unico aspecto negativo é que consome muita ram, desde 150Mb a 500Mb ou até mais dependendo do que tens aberto. Mas tirando isso é o meu browser de eleição. Pergunta a qualquer programador se o IE não dá dores de cabeça por causa dos css…

          cumps.

          • André says:

            Bem acho que vou experimentar o da google, uma vez instalei não gostei, mas vou tentar mexer naquilo, qq dia passo pa linux (apesar de não gostar) e ja ta…

  9. Jose says:

    É assim, a copiar para a pasta do xampp não sei se te safas, agora se copiares para dentro da pasta htdocs do xampp ai sim, talvez te safes :3

    Afinal o xampp nao e so apache. Tem gente que vai pensar que e mesmo para a pasta xampp.

    • Daniel says:

      Eu uso o xampplite, que vai dar ao mesmo que o xampp. Primeiro desliguei os serviços, apache e phpMyAdmin. Depois renomeei a pasta que esté, no meu caso, em xampp\phpMyAdmin e mudei para phpMyAdmin.old assim caso algo aconteça tenho a pasta original. Depois copiei a pasta do phpMyAdmin da nova versão e coloquei-a na pasta do xampp, mas tem de ter o nome phpMyAdmin. Arranquei com os serviços e deu á primeira. Com o mesmo user e pass.

  10. Jorge says:

    Pessoal, aquela barra com os separadores de windows, linux, etc, não estão a funcionar…

  11. ReDLine PC says:

    Boas Pedro, é possível actualizar o phpmyadmin pelo cpanel?

    Já agora quando puderes verifica o teu email @pplware.com sff 😉

    Cumprimentos.

  12. El Lentinho says:

    Há alguma possibilidade de programarmos o MySQL, com phpmyadmin ou não, para que se façam cópias de segurança de bases de dados de forma automática?

    Obrigado…

    • lmx says:

      boas..
      não sei como mas deve dar, mas ha que ter em atenção que quando fazes uma copia de segurança o sistema deve fazer um lock ás tabelas, para que não haja escrita, enquanto fazes o backup, por via a garantir a atomicidade das operações….
      Deve ser feito fora de horas…quando ninguém estiver a bombar nas bd’s

      cmps

  13. ReDLine PC says:

    O phpmyadmin que eu saiba nao, mas se usares joomla ou wordpress ha plugins que te enviam os backups para o email até.

  14. Rui Costa says:

    Boas. Vão ao google e procurem por “Heidi SQL” e vejam o que é simplificação de gestão de BD’s Mysql.

    Cumprimentos,

  15. Dinis says:

    Alguém sabe se o xampp é melhor que o WampServer ou vice-versa?

  16. Augusto says:

    oi! bom dia, boa tarde, boa noite recebam o meu comprimento diacordo com o horário do dia. Felicito em parabenizar o dono deste Webpage, por possuir uma page linda e rica que atrai qualquer um interessado, pois fico lingiojado pelo trabalho ou seja o contributo que tens dado. Mas uma vez agradeço, porque as informações publicadas na sua page ajudaram-me a superar muita das minha duvidas.
    Augusto de Smith: Angola/cabinda

    Valeu!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.