Quantcast
PplWare Mobile

Já testámos o Maelstrom, o browser que funciona com torrents

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. RafaelCP says:

    Pena é pesar tanto! Estou aqui a +/- 1 hora a fazer o download e ainda diz que falta 1h 22m 😛

  2. Leonardo says:

    Nao vi qual serão as diferenças de usar ele…alguem pode falar?

  3. Leonardo says:

    Qual a diferença dele pra um normal? e poque eu usaria?

  4. Iurie Solomon says:

    alguem me pode iluminar com uns exemplos em k isto dava jeito em detrimento de usar um cliente separado?

    • MAX says:

      No caso de um site estsr a sofrer DDoS ou quando partilham um filme num servidor rasca, toda a gente a partilhar a stream deve dar uns belos mb/s xD (mas o p2p deve ser so para ficheiros .ja/.html…

  5. Br says:

    Ainda não entendi isto. Eu tenho um computador a correr isto ponho lá uma página web. E tenho um endereço onde posso aceder de qualquer lado. É isso que serve?

  6. Homo Erectíssimo says:

    Excelente artigo,Pedro Pinto,como sempre é norma.No entanto,não apreciei muito este browser só por uma coisa.Então é baseado no “core” do Chrome 37,e o Google Chrome já vai,segundo sei,na versão 41,a estável(build 41.0.2272.118),lançada a 1 de Abril de 2015??Já deviam basear o browser,pelo menos,na versão 39 ou 40 do chromium,acho eu.Um browser que é assim atirado às feras,até parece um browser retrógrado,segundo o seu “core”.Ainda por cima está em fase beta(o que implica[ou não…],que já devia estar um pouco mais avançado,segundo o que eu estou sugerindo),não percebo a ideia dos desenvolvedores…Mas é a minha opinião.De resto é um browser como outros baseado no chromium.Fora as características que o rodeiam,nem é assim por aí além.E consome recursos que é uma coisa doida !!

  7. Só uma duvida, como ficará a atualização das paginas? Se eu semear uma pagina simples em html, e depois decidir mudar algo na pagina, como ficará a propagação da atualização?
    Mas o que me deixou com mais dúvidas é o banco de dados, terá que continuar a ser hospedado em um servidor estatico?

    Mas de qualquer maneira a idéia é genial, tem tudo pra dar certo!

    • Kitamura says:

      Esse é o problema… Pelo que percebi ao atualizares a página com novo conteúdo ainda levará algum tempo até que todos os peers tenham a página atualizada. Imagina como se fosse como a propagação de DNS quando registas um domínio novo. Exemplo: Tentas aceder ao PPLWare e começas a “sacar” o site do teu vizinho que esteve no site ontem, mas o teu vizinho só tem a versão de ontem e o PPLWare já lançou uma versão nova hoje só que ainda não chegou a todos os peers. Do pouco que li acho que é assim que funciona, mas se estiver enganado corrijam-me por favor.

    • Miguel says:

      será mais isto
      https://www.getsync.com
      mas só para .html …

      [ digo eu, que não li nada sobre o Maelstrom ]

  8. JJ says:

    Se este modelo realmente for funcional é que vão começar a surgir mais sites de conteúdos ilegais, visto que deixa de ser necessário contratar um servidor para fornecer uma pagina de Internet.

    Basta deixar o computador ligado com a pagina aberto, e pronto esta um site na Internet.

    Vamos ver como a coisa vai evoluindo.

  9. int3 says:

    Freenet não é mais ou menos o mesmo?

  10. Fernando says:

    Este browser não trás grande novidade. Já existia o Torch que também tem integrado Torrent. Além de uns extras ao nível de personalização estética.

  11. Xplouder says:

    Ficando o computador intencionalmente exposto ao exterior com este browser, não poderão surgir questões de segurança?

  12. marcelo says:

    entao… não entendi esse browser! baixei um filme nele pelo link magnetic agora não acho em que pasta ele esta… alguem pode me ajudar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.