Quantcast
PplWare Mobile

GetDataBack – Recupere os seus ficheiros perdidos

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Hélio Moreira


  1. Artic says:

    Muito bom. Já me deu muito jeito também pelo menos umas duas vezes.

    • Pedro says:

      Este nunca experimentei mas milagrosa foi a recuperação que necessitei e consegui fazer a um disco avariado, recorrendo ao r-studio data recovery

  2. Serva says:

    Boa tarde

    Os meus cumprimentos pelo teu post , já conhecia o software mas felizmente nunca precisei dele .

    Continuação de um bom dia

    Serva

  3. Josmanta says:

    Sem dúvida o melhor de todos. Já alguns anos que tenho vindo a usar para recuperar dados em discos problemáticos e este software´foi o único que me deu 100% recuperação de dados importantes, inclusivé algumas vezes recuperou dados com mais que 2 anos desde a sua eliminação.

  4. Marco Matos says:

    Comprei este programa e estou bastante insatisfeito. É lento, a listagem de ficheiros é horrenda. Uma confusão pegado. Interface nada friendly, na minha opinião é claro. Mas é assim é como tudo não valeu o dinheiro gasto existem claramente software livre bem melhor.

    Obrigado e bom dia 😛

    • K says:

      É lento e a listagem de ficheiros é um bocado caotica, embora bastante perceptivel. Mas geralmente a pessoa está se nas tintas para se é lento ou para o interface, desde que funcione… e este é o único que me tem safado muitas vezes.

      Podes nomear alguns dos gratuitos que são melhores, pf? Um software que produza os resultados deste, mais rápido, que liste ficheiros de forma mais organizada E seja gratuito, seria ouro sobre azul 🙂

      Obrigado.

      PS: livra-te de dizer recuva 😛

      • Joao Reis says:

        Exacto eu falei precisamente mal do Recuva, e avisei para nunca mais pronunciarem aqui 🙂
        Grátis não conheço nenhum, também procurei pouco. Falam muito bem também do Scavenger recovery mas é a pagar.

        Este (getdataback) é confuso porque a informação que ele “le” está confusa, quando tu apagas algo assinalas que está apagado mas até escreverem por cima várias vezes, continua lá.
        Este software consegue é fazer uma busca cega o que é tremendo.
        O exemplo do recuva é mau precisamente porque ele “penso eu” so deve pesquisar ficheiros direitinho com extensao bonitos e saudaveis 🙂 e resulta como ineficaz. Pelo menos comigo foi o que me aconteceu.

        Cumpts e lamento nao conseguir ajudar na componente

        • ElectroescadaS says:

          Confuso ou não a verdade é que funciona. é o meu software de recuperação de eleição e não o troco por nada deste mundo. E não sou nenhum “expert” de informática…

      • Mike says:

        Embora use este tambe, o Stellar Data Recovery tambem ja me ajudou não so em Windows, mas Linux (para alguns daqueles aqueles NAS manhosos) e Mac (quando a malta formata a Pen em NTFS sem querer).

    • Gonçalves says:

      Decididamente não conheces este software!
      Já recuperei dados onde todos os outros falharam.
      Isso para mim basta.
      Quando o assunto é recuperar dados, pouco me interessa o interface ou se software é lento… Desde que funcione, para mim tá bom!

  5. Couto says:

    Holy. O melhor

  6. Joao Reis says:

    Sem dúvida mesmo um dos melhores!

    Isto sim, agora o artigo ao RECUVA foi mesmo sem testa-lo porque é muito mau.

    Parabens pelo conselho, podem confiar, este e mais 1 ou 2 ferramentas são de confiar.

    Uso à quase 10 anos penso eu de que…à volta disso.

    • Vítor M. says:

      Calma, destas coisas estamos nós fartos de verificar 😀 para o bem e para o mal, claro que temos de dar a conhecer, para trabalhos de pouca monta, soluções gratuitas e algumas funcionam perfeitamente, nem que seja para recuperar dos cartões digitais as fotos dos bolos da avó que se apagaram sem querer….

      Agora estas aplicações são de outro nível, mas também as damos a conhecer.

      Abraço.

      • Filipedgb says:

        Uma pergunta que não sei é um bocado absurda…estes programas recuperam mais facilmente grandes ficheiros (de mais de 1 gb por exemplo) ou ficheiros pequenos? Ou é indiferente?

        Cumps

        • ajbadboy says:

          Por norma tens mais facilidade em teres um ficheiro pequeno recuperado sem problemas uma vez que um ficheiro grande ocupa mais sectores do disco por isso há mais probabilidade desses sectores serem rescritos danificando o ficheiro que foi apagado e estás a tentar recuperar.

  7. Catarino says:

    Bem eu normalmente uso o File Scavenger mas sempre bom saber que existem outros.

  8. joaocosta says:

    já o utilizei varias vezes. penso que e dos poucos que relmente e bastante eficaz.

  9. João Rodrigues says:

    Boas,

    Tenho uma máquina antiga que há uns tempos começou a dar problemas com a board e ficou encostada. Agora preciso de recuperar uns ficheiros.

    Aquilo tem um windows xp com password de utilizador. Será que se montar o disco em slave nesta máquina (windows 7 64), consigo recuperar os “Meus Documentos” com esta ferramenta? Ou haverá uma ferramenta melhor para isso?

  10. PM says:

    E recuperar “dados” de um gravador de mesa Sony RDR-HX720 com disco de 160GB, quase completo de gravações, é possível?

    É que o meu começou a dar HDD Error, fui a um técnico de informatica que disse que o sistema de ficheiros é diferente dos PCs actuais e não conseguia recuperar, mas verificou que o disco não tem falhas físicas.

    Levei à Sony, mas eles não recuperam, só substituem o disco.

    Alguém sabe como recuperar as 80 gravações que tinha no meu santinho gravador?

    Obrigado

    • Hélio Moreira says:

      A solução que proponho, pode ser estranha, mas penso que seja a única solução…

      Se o disco se encontra com um sistema de ficheiros diferentes, e já que não consegue recuperar, aconselho a formatar o mesmo em NFTS. Depois já consegue pelo menos utilizar um programa para recuperar os ficheiros….

      No outro dia tive um disco que era quase impossível aceder ao mesmo, formatei-o e depois recuperei os dados.

      Cumprimentos,
      Hélio Moreira

  11. nioxys says:

    Bom post :), já usei e é bastante bom. Um que também costumo usar é o Minitool Power Recovery (existe uma versão freeware), já me devolveu vários gigas. 😀

  12. LeandroF says:

    Recuva FTW! e grátis!

  13. Mario Mendes says:

    Rstudio tambem é bom.

  14. Nuno Magalhães says:

    Gostaria de ter a vossa opinião para a recuperação de dados após uma avaria num disco, mais propriamente, a agulha que ficou encravada, nao arrancando, consequentemente, nao lendo.

    Cumprimentos

    • Hélio Moreira says:

      Caro Nuno,

      Isso é uma avaria física, como muito bem identificou. As avarias físicas, mais propriamente avarias nas cabeças do disco, são avarias que necessitam de uma intervenção especializada. Não aconselho em momento algum a abrir o disco e tentar reparar, pois a abertura de um disco rígido deve somente ser efectuada num laboratório com ambiente “controlado”, nada de pós, gorduras (dedos), electricidade estática, etc… Caso pretenda mais algum tipo de esclarecimento pode contactar-me para helio.moreira[at]pplware.com

      Cumprimentos
      HM

  15. maloky says:

    Grande GetDataBack é o que posso dizer. Já o uso há anos e nunca me falhou. Lembro-me de conseguir sacar info de um disco que só funcionava numa caixa externa e com a caixa na vertical. Foi um sofrimento mas ainda hoje ca tenho os dados. A interface não é a melhor admito, mas chega-se lá com relativa facilidade.

  16. LuisS says:

    Uso várias vezes a nível profissional, pelo menos 5 programas semelhantes e este é o que menos recomendaria, até pode encontrar o que procuramos, mas sempre num confusão despegada e se for então files do querido Office então bem podem esquecer que metade vai ficar corrompido.

    Com tantos comentários sinceramente quem não percebe nada disto não sabe no que pensar.

    Eu sigo este site desde o inicio, mas desde que se meterem neste subdomínio… ai minha mãe qualquer dia vendem-se aos gurus das revistas cor de rosa da “pcgu qq coisa” e “enxame informatica”…
    Apenas uma critica construtiva e continuem o vosso trabalho, mas tenho vindo a constatar este facto… e então os comentários dos pseudo-entendidos em tudo… irra
    É pena porque eu vejo o PPLWARE como um marco em Portugal do melhor que se opina nesta área, mas é o que sinto.
    Em relação ao programa experimentem o EASEUS Data Recovery e vão ver que não se arrependem… e alguns ficaram horrorizados com a vossa crença que tudo o que apagam fica apagado 🙂
    PURA FANTASIA!!!!.. Está lá tudo 🙂
    FORMATAÇÃO A BAIXO NÍVEL SEMPRE 🙂

    Desculpem o desabafo… mas apenas pretendo o melhor para vocês
    Força

    LuisS

    • Vítor M. says:

      Isto do opinar é como qualquer outra coisa, cada um opina, como o LuisS opinou e, claro, uns pensam que sabem e outros sabem mesmo, apenas devemos saber filtrar e, quem sabe, devemos ajudar outros a encontrar o caminho e não, meu caro, não tem nada a ver com o sub-dominio (isso é mania da perseguição 😀 ) e sim somos mesmo um marco em Portugal e no mundo da lingua portuguesa.

      Obrigado pela critica e seremos sempre mais e melhores… como temos sido desde que nascemos.

      Abraço.

  17. Miguel Chaves says:

    Pessoal, muita atenção:

    ESTE PROGRAMA É UM AUTÊNTICO SALVA-VIDAS!!! 😀

    o melhor programa para recuperação de dados de sempre!!!

  18. Pascoal says:

    Pode ser uma ferramenta muito útil, mas dar quase 100€ parece-me um abuso total

  19. AF says:

    Bom dia

    Esta ferramenta é interessante e gostava de saber se, entre os fieis seguidores do pplware (onde me incluo) há alguém que me possa ajudar. No meu local de trabalho temos um servidor de dados e uma série de pastas partilhadas bem como outros pc’s que partilham igualmente pastas. Por lapso, um colega apagou um ficheiro numa pasta partilhada. Pediu ajuda e… mistério! o ficheiro não estava na reciclagem do seu posto de trabalho, nem na reciclagem do pc onde a pasta existe fisicamente… alguém pode dar uma ajuda? Há software (de preferência freeware) para resolver este imbroglio??

    Obrigado e bom dim-de-semana a todos

    • Hélio Moreira says:

      Neste caso, só o posso aconselhar a procurar o ficheiro com um programa deste género, como não há avaria nem foi formatado, em principio os programas grátis devem conseguir resolver a situação.

      Cumprimentos,
      Hélio Moreira

  20. Claudio Oliveira says:

    Muito boa solução! Provavelmente um dos melhores neste tipo de task.

    Espanta os mais distraídos, mas é perfeitamente possível, a não ser que a formatação seja “profunda”, aí não há hipotese.

    Bom artigo.

    Abraço

    • Hélio Moreira says:

      Eu por exemplo, tenho um cd de formatação “especial”, que se formatar o disco com aquele cd, a probabilidade de recuperar dados é praticamente nula…

      Cumprimentos,
      Hélio Moreira

      • Joao Reis says:

        Meu deus, esquece isso por favor, não tens noção do que dizes. Se achas que isso é bom, então tens perdido muita informação. Se queres realmente recuperar não uses esse, só te irá recuperar os ficheiros em perfeito estado, com a extensão, e a maioria não fica assim quando é apagado ou quando passa um certo tempo.
        Por favor não espalhes essa ideia do Recuva, deveria de deixar de existir, isto porque se não recupera tudo, as pessoas que o usam vão achar que não tem mais solução, e na verdade há muito melhores.

      • Joao Reis says:

        Ignora a outra resposta, a cookie nao funcionou bem, era para outro que defendia o recuva em cima.

  21. Gilito says:

    Caros,

    Já tive em tempos problemas com dois discos… em ambos os casos era a MFT corrupta.

    Num dos casos consegui recuperar tudo com o TestDisk (http://www.cgsecurity.org/wiki/TestDisk) que é free.

    Mais recentemente utilizei o Stellar Phoenix Windows Data Recovery (http://www.stellarinfo.com/disk-recovery.htm) que na versão free dá para “ver” os ficheiros, mas para recuperar há que pagar…

    Em ambos os casos consegui recuperar mais de 200Gb de dados e com a estrutura de directorias e nomes dos ficheiros originais.

    A mim já me ajudaram… 🙂

    Abraço,

    Gilito.

  22. rafael says:

    Boas alguem sabe como recuperar um disco externo?? a minha mulher deitou ao xao e agora ele liga e ouvexe um barulho mas nao da nada alguem me pode ajudar??

    • Hélio Moreira says:

      Bom dia Rafael,

      Podem ter sido as cabeças de leitura que ficaram danificadas, mas a única forma de confirmar é levando a uma empresa especializada. De que zona do país és?

      Cumprimentos,
      Hélio Moreira

      • alex says:

        olá, a mim aconteceu-me o mesmo. Será que poderias indicar alguma loja na região de Coimbra e os preços que poderia custar?

        alexbc arroba live ponto com ponto pt

        Cumprimentos, Alex

  23. Ailton Silvestre says:

    Já esperimentaram o software “File Scavenger”?
    Ele recupera os arquivos com os nomes de pasta originais e datas de criação e modificação.

  24. Joao Faria says:

    Na semana passada um disco que tinha ligado ao computador de 500GB para Backups, acabou por deixar de funcionar, ou seja deixei de ter acesso ao disco, que tipo de ferramenta existe para conseguir obter a informacao perdida?

  25. Tive em tempos uma avaria num disco. Começou a dar erros no acesso a ficheiros. Coloquei-o num ambiente totalmente seco(por intermédio de um desumidificador) durante 1 mês e voilá: não só deixou de dar erros como ainda hoje funciona. O disco neste momento tem mais de 10 anos. Portanto é uma possível solução para alguns males.

  26. luis says:

    boas, eu estou a usar este progama para recuperar os dados do meu disco externo, mas depois para copiar para o pc pede licensa, nao era suposto isto ser gratis?

  27. Costumo usar o EASEUS Data Recovery, não tem falhado!!
    Não tenho tido necessidade de recorrer a outro software mas quando necessitar vou-me lembrar deste! 🙂

  28. Queridos irmãos e Obrigado a verdade é que pagar, esses ganhos muito, eu encontrei o seu artigo não tem de continuar a escrever, não sei porque, mas eu espero que você possa continuar a aderir ao escrever, escrever este artigo é muito profissional, eu muito gosto. Eu também compartilhar com vocês o que eu conheço de um software de boa recuperação, yesterdata precisa ir a este site para olhar http://www.recovery-photo.com, esperamos ajudar a

  29. pedro teixeira says:

    bom tenho vindo a saber que o getdateback é muito bom, mas o que acontece é que eu apenas o quererei usar uma vez e não sei onde arranjar uma liçenca para tal.

    se alguém me puder ajudar agradeçia

    já agora se a liçenca fosse gratuito, era fixe, pois estou mesmo enrascado, preciso mesmo da informação que tenho num disco externo e não queria estar a pagar para recuperar os ficheiros

  30. Jouberth says:

    Alguem me ajuda, Cosegui achar os arquivos mas não consigo copialos. Como faço para copialos para meu pc?

  31. Everton says:

    Comigo está ocorrendo um erro com o GetDataBack for NSTF. Não estou conseguindo visualizar meus arquivos em meu HD Externo da Samsung, embora o espaço ocupado por testes arquivos esteja preenchidos, portanto, eles ainda se encontram lá. Pois bem, em um dado momento, quando o programa está efetuando a leitura dos ficheiros, aparece um erro. “Error 21 Bad Address Mark”. Eu gostaria de saber o que significa este erro. Eu clico em continuar, no entanto, ao fim do processo, meus arquivos não são recuperados.
    Alguém pode me ajudar?

  32. ADk says:

    É um bom software, já recuperou dados onde outros não conseguiram, mas tambem já falhou onde outros softwares de recuperação de ficheiros conseguiram que é o caso do Stellar Phoenix que tambem é muito bom.
    No entando o Getdataback tem a particularidade de estar disponivel no hiren’s boot por ex. que dá um enorme jeito, no meu caso a nivel profissional.
    De 1 a 5 dou 3,5.

  33. bbbnnn says:

    Já tive a oportunidade de experimentar este software. Permitiu-me recuperar bastantes ficheiros excepto os ficheiros de texto (.txt).

    Para quem quiser recuperar ficheiros existem alternativas não pagas, como é o caso do PCI File Recovery. Podem ver mais informações na seguinte página:
    http://migalheiro.tk/OUTROS_RecoveryFiles.htm

  34. Davidson says:

    Galera realmente funciona, ou seja salvou minha vida. No desespero levei meu HD na empresa HD DOCTOR, e lá me disseram que meu HD estava com os discos riscados, ou seja paguei R$ 180,00 para ouvir esta avaliação ridícula de que meu HD já era, que não tinha mais solução. Quando cheguei em casa instalei este programa e recuperei TODOS, isso mesmo TODOS meus dados.

  35. perdo_m says:

    boas, consegue recuperar disco em GPT? obrigado

    • Hélio Moreira says:

      Olá @perdo_m,

      Segundo o site o GetDataBack é “apenas” compatível com NTFS, FAT12, FAT16, FAT32

      • perdo_m says:

        ok, obrigado. por acaso nao conhece nenhum programa que dê para recuperar discos em gpt? é que ja experimentei alguns, consigo ver os ficheiros do disco no programa mas depois de recuperar nao aparece nada daquilo, só aparecem pastas com nomes de formatos de ficheiros tipo “JPEG”…

  36. Joca says:

    Ola pessoal
    Eu que ha pessoal aqui com bons anos de esperiencia, tambem trabalho na area gostaria de trocar conhecimentos vice versa
    Cumprimentos
    J

  37. MbHenriques says:

    Será que É possível com este software recuperar pastas com fotos que foram cortadas do ambiente de trabalho para um disco externo? O disco avariou, levei ao técnico que conheço e não conseguiu fazer nada dele… portanto sem recorrer a empresas de recuperação de dados (onde o valor é exorbitante) seria possível tentar esta hipótese?

  38. JMoreno says:

    Bem eu usei este software durante 9 anos, muita das vezes recuperou dados perdidos ao apagados, a unica situação é que os ficheiros recuperados perdem a estructura original. Usei varios tipos de software e ainda tenho esses softwares.

    Deixei de trabalhar na area no Ano Passado mas o conhecimento ficou. Se precisares de ajuda é so pedir

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.