PplWare Mobile

Utilização excessiva do smartphone pode desenvolver novo osso no corpo


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Miguel S. says:

    Obrigado pela notícia, seria possível serem postos links para as sources de onde a informação foi retirada?

  2. psikin says:

    Pensava que o 1º de Abril já tinha passado…

  3. Eu says:

    A profissão do futuro é mesmo a Ortopedia.
    Tratar das costas/pescoço e das artrites das mão, tudo fruto das tecnologias.

  4. Spoky says:

    Quem tiver osteoporose pode ficar contente, vai lhe nascer novos ossos nas pernas, nos braços e no pescoço!

    • Bryan says:

      Tens tanta piada..
      Se te acontecesse a ti, queria ver se continuava com essas brincadeiras.
      Piadas de mau gosto!

      • Spoky says:

        Entende uma coisa, Humor Negro funciona dessa forma. Duvido muito mesmo, duvido mesmo muito que não gozes com coisas piores! Toda a gente goza, uns mais que outros, outros menos, não me venhas é com conversas de zé da franga.

        Não é por fazer uma piada, que não acho algo sério. São coisas parcialmente diferentes.

        • Bryan says:

          Não, não gozo com essas coisas porque pode acontecer a qualquer um..
          Como é que achas que uma pessoa a ler isso ficaria, tendo esse problema?
          E sim, eu sei o que é humor negro mas me rir arrependo me logo é não faço espetáculo..

          • Flávio Lopes says:

            Atenção ao politicamente correcto pois n existe forma de agradar a tds. As piadas existem para quem achar piada nelas. É resumindo teve piada bem postado. Quem n gosta segue para o comentário seguinte

          • S says:

            Oh ta calado oh santinho. Se tens problemas pira-te da internet que não é lugar para ti.

      • Joao says:

        Mas não há problema do nascimento do osso.
        Pelo contrário, há uma adaptação do organismo a um estilo de vida. O que significa que o corpo está a responder de forma correcta. Diferentes sociedades desenvolvem características associadas ao seu mode de vida.

  5. Joao says:

    Porque não vê-lo como o desenvolvimento e adaptação evolutiva do corpo à realidade atual?

    Quando passamos de quadripedes a bípedes, houvesse na altura estudiosos, também teria sido considerada má postura!!!

    • Melão Papaya says:

      Por algum acaso foi comprovado em diversos estudos que temos problemas na lombar por sermos bípedes. Muitos pré-hominideos com má postura

  6. de mal a pior says:

    Deverá ser baptizado osso da inteligência, penso assentar bem para a situação em causa!

  7. Dav says:

    Por acaso ando com umas dores estranhas por cima do pescoço………

  8. Fábio Cunha says:

    A tal história de se esquecerem que a humanidade lê livros e jornais na mesma posição de usar o smartphone…

  9. techdani says:

    Viva,
    Têm erros no artigo – não se trata de um novo osso, mas no alargamento de uma parte de um. A protuberância occipital existe em todos nós, o que o estudo aborda é a possibilidade de este se alongar mais que o habitual como forma de adaptação. Não se trata de um novo osso.

    • Pedro Pinto says:

      É o desenvolvimento de um “novo” osso. (obviamente não irá nascer outro, mas sim uma mudança nos que existem).

      • met says:

        Não, não é um “novo osso’. É mais osso. É muito diferente. E não tem nada que ver com a coluna, é na parte e trás do crânio… Normalmente faz um bom trabalho, mas esta notícia está muito patusca, hehe.

  10. SANDOKAN 1513 says:

    Se soubesse o que sei hoje tinha tirado era um curso de Fisioterapia.Esta é que é a profissão do presente e do futuro !! Da maneira que as pessoas andam hoje a Fisioterapia é uma mina de ouro.Então aqueles que trabalham em clínicas de luxo o que eles hão-de ganhar !! Nem se fala.

  11. eu mesmo says:

    só o membro reprodutivo não cresce de maneira nenhuma, só pendurando o telemóvel… já vi…

  12. Alfie says:

    Sou um leitor de livros compulsivo desde menino. A minha posição de leitura é semelhante à dos utilizadores de smartphones. E agora ao fim de muitas e muitas dezenas de anos fartei-me de apalpar (o pescoço, claro) e sinto-me defraudado: não tenho o osso. Tenho que ir já ao médico, está qualquer coisa mal!
    Ou será que é no dedo que cresce o osso de tanto raspar no ecrã?

  13. Zé Duarte says:

    Agora nascem ossos para se adaptar ao estilo de vida? Engraçado que nunca ouvi falar de casos em que nasceram ossos a pessoas que têm uma perna ou braço partido. Prioridade do organismo é que consiga estar 24h a olhar para o smartphone.

  14. anon says:

    Homo estupidus?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.