Se já usou o Sync.ME pode estar exposto


Destaques PPLWARE

49 Respostas

  1. Carlos Costa says:

    Oh olha obrigado. A parte boa desta app é mesmo isso lol

    • Tens parte da razão.
      Apesar da aplicação servir para identificar chamadas também, não quer dizer que os dados tenham de estar disponíveis para consulta pública, permitindo ter acesso à localização (baseada na rede) bem como a outros dados.
      Esses dados deveriam ser exclusivamente acessíveis a partir da aplicação e só dos contactos que temos e / ou das chamadas que recebemos de números que não conhecemos.

      Esta possibilidade de consulta pública é uma questão séria de violação de privacidade.

      Cabe a nós, Pplware, dar a conhecer e alertar os nossos leitores, mas cada um decide o que irá fazer.

      • Guilherme says:

        Obrigado Héder.

        Eu uso esta app para sincronização das fotos dos contactos com o Facebook, não me interessando por estas funcionalidades. Não sabia que estava tão vulnerável devido aquela opção do Facebook (que é opt-out em vez de opt-in, apareceu de repente no facebook o que é ridículo).

      • Geek says:

        Num mundo perfeito não seria possivel usar emuladores ou criar bots que se façam passar por users normais e obter essas informações de forma fácil mesmo com essas restrições na app… Contudo, este não é o nosso mundo.

        Mas o pior nem é isso mas sim o facto de que ao dar acesso à nossa lista de contactos estamos a autorizar que eles peguem na nossa lista inteira e guardem para mais tarde usar no identificador. Ou seja alguém que não use nada destas coisas sai exposto se outra pessoa com o seu contacto usar…

        Bom senso na hora de dizer “Aceito” nos pedidos de permissões é a melhor medida de segurança.

  2. Allez says:

    Este tipo de comportamento por parte das pessoas é um desrespeito para com os seus contactos.
    Bom artigo.

  3. PL says:

    Pergunta: Quem nunca usou o Sync.ME para sincronizar as fotos dos contactos do Facebook com os respectivos números de telefone armazenados no próprio smartphone?

    Resposta: Eu

    Experimentei o Facebook quando apareceu e aida joguei FarmVille durante algum tempo, mas depois começou a ser a palhaçada em todos são amigos de todos (mesmo sem nunca se terem conhecido) e fazer like só porque sim.
    Apaguei a conta, ainda tive de esperar 14 dias, realmente parecia que me estava a divorciar porque teve o período de reflexão mas depois desse lá apagaram a conta (ou espero que tenham apagado)

  4. José Lito Vidigal says:

    estavam à espera de quê?

  5. urms says:

    mas é quando o facebook esta ligado na app sync.me?

  6. Joao says:

    Usava bastante devido à identificação de contactos de SPAM e funciona bem, mas estas questões de privacidade fizeram-me apagar a conta.

  7. censo says:

    Nunca usei o sync.me, mas o meu numero está lá, exatamente porque os meus contactos o usam.

    • Vítor M. says:

      Exactamente. Por uma forma ou por outra…. o sistema acaba por ter esses dados lá. Há que remover e informar.

    • k says:

      Esta historia nem é nova. O True Caller fez/faz(?) a mesma coisa e deu bronca. Por acaso agora ao procurar por essa historia não aparece nada, qualquer coisa é capaz de ter sido encoberta. Quando um programa promete conseguir identificar um número que tu não tens, convém começar a pensar como é que eles fazem. Geralmente é a fazer upload da tua lista de contactos para o servidor deles. Ou seja, é uma falha de privacidade para com os teus contactos que não podem fazer nada sobre isso.

      Piorou quando a OnePlus decidiu substituir o dialer por defeito deles pelo True Caller numa das roms oficiais deles (acho que ainda foi com uma da Cyanogen OS). Depois dessa bronca mudaram isso outra vez.

      A partir daí não uso nada que identifique números. Já sei que o meu número já está prai numa base de dados qualquer mas não há muito que se possa fazer.

  8. Torres says:

    Quem nunca usou? EU

  9. mgiuyug says:

    Eu uso o Sync me para bloquear telemarketing. Só.

  10. Lisbon lover says:

    E a novidade aqui é…? Ao fazerem login pelo Facebook estão a fornecer os vossos dados a estas empresas…

    • Verdade, mas o problema mesmo nem é esse, é mesmo pela empresa facultar o acesso a esses dados de forma pública.
      Essas informações só deveriam ser acessíveis unicamente a partir da aplicação e só quando recebemos uma chamada.
      Por exemplo, se eu for ao site e pesquisar por um número qualquer e se essa pessoa alguma vez usou o Sync.ME, poderei ter acesso aos dados que essa pessoa partilhou com o serviço.

  11. Pedro Mateus says:

    Sinceramente não me assusta!

    É impossível não se ter uma pegada electrónica. Compreendo o susto mas é algo que não aceitando vai continuar a acontecer.

  12. Miguel says:

    Quem mais tem os contactos?

    A Google…

    • Verdade, mas não estão disponíveis para consulta pública.
      Os contactos bem como as informações que estão associadas a eles que tenho na minha conta Gmail, não podem ser consultados por ti por exemplo, a não ser que tenhas acesso à minha conta.
      No caso do Sync.ME para além de ser possível pesquisar pelo teu número, se tiveres outras informações como perfil de alguma rede social, poderei ter acesso com uma conta premium.

      • urms says:

        e teres uma conta premium não é nada baratinho.

        • PL says:

          Mas possível
          O que para ti pode ser caro, para outros pode ser uma pechincha

        • Pode não ser barata, mas certamente as pessoas mal intencionadas irão lucrar com a recolha dos dados que o Sync.ME “oferece”.
          Por exemplo os vários ransomwares que existem, as pessoas que os criam podem ou não ganhar dinheiro para os criarem, mas mesmo que não ganhem, certamente irão ganhar imenso dinheiro com os pagamentos que as pessoas irão fazer para desbloquear o PC.
          Para quem vive deste tipo de coisas, se souberem que no final vão ganhar 3 4 ou 10 vezes aquilo que gastaram, compensa para eles.

  13. Rogério says:

    Já desinstalei e desactivei o meu número.

    Há alguma alternativa para pelo menos colocar as fotos nos contactos?

    • Havia a HaxSync era a melhor aplicação para sincronizar as fotos do Facebook com os contactos.
      Mas o programador deixou de desenvolver a aplicação depois do Facebook ter começado a barrar o acesso de aplicações do género ao API.
      No entanto o código fonte da aplicação é open source e está disponível no GitHub para quem quiser fazer um fork e continuar a desenvolver.
      https://github.com/mots/haxsync

    • censo says:

      Copias a foto e depois associas a cada um dos contactos. Dá trabalho, é “à unha”, mas garanto-te que fica tudo contigo !

  14. Pedro Meira says:

    eu usei o sinc me até a última atualização em que era mesmo obrigado a partilhar os meus contatos, como eu me recuso a fazer isso desinstalei a APP. até então eu conseguia contornar a partilha e utilizar e sim era bom para saber a quem pertencia determinados números.

  15. Yordanov says:

    Não é preciso sermos nós a usar directamente! Basta um amigo que tenha o nosso número na lista de contactos, e que o mesmo tenha usado. Portanto, não depende só de nos próprios

  16. Pedro Afonso says:

    Tenho uma aplicação chamada callapp, tambem identifica números que não tenho na lista de Contactos. Gostaria de perguntar ao pplware o que acha dessa aplicação e se tem esse mesmo “problema” do sync me.

  17. Miguel Madeira says:

    Saiu um artigo muito parecido a este, no hackersportugal há uns dias.

    • Vítor M. says:

      Nos copiamos daqui: http://bit.ly/2kf61Hn

      Agora vê quem copiou de quem 😉

      Abraço.

    • Desconhecia desse artigo Miguel.
      Como o Vítor Martins referiu já não é de agora que se sabe que o Sync.ME ou anteriormente chamado de Caller ID fazia este tipo de coisas.
      Este artigo vem no sentido que eles ainda continuam a ter as mesmas politicas de privacidade uma vez que os dados podem ser visualizados publicamente por quem comprar uma conta premium.
      E mesmo com o artigo anterior que tem pouco mais de 1 ano, continuam pessoas a não terem conhecimento desta situação.

  18. Poet says:

    Incrível é que o PPLWare já recomendou esta app, na altura chamada Caller ID

  19. FO says:

    “…dá possibilidade, através de uma conta Premium, do acesso à localização…”

    Podiam fazer uma adenda ao artigo e explicar com um pouco mais de detalhe esta questão de fornecerem o acesso á localização?

    Ou até mesmo partilharem um full report do Sync.me para que possamos ter uma melhor noção da extensão da nossa informação que lá pode estar?

    • Vítor M. says:

      Esse acesso é conseguido, como diz no artigo, recorrendo a dados do Facebook. Dentro do próprio Facebook está lá muita informação relevante. A área Premium diz a localização do utilizador desse número.

      • FO says:

        Depreendi que, de algum modo, a app conseguisse uma geolocalização do numero.

        Também achei estranho o facto de, nunca ter tido o numero associado à minha conta de FB e a app apresentar essa ligação.

  20. Jaime Veredas says:

    Uma app do mesmo género alternativa e sem este problema de ficar exposto. Alguém conhece?

  21. soueu says:

    ha alguma forma de apagar os dados que enviamos para lá?
    os meus dados já apaguei mas queria apagar os dados dos meus contactos que Eu enviei para o sync.me.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.