PplWare Mobile

iPhone XR bateu toda a concorrência e é já o smartphone mais vendido de 2019


Fonte: IHS Markit

Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. Miguel says:

    Mais vendido de 2019!!!! Ahhh afinal foi só nos primeiros meses… Já não há paciência…

  2. Quim says:

    E diziam que esse ecra não fazia se tido e que era um flop e mais não sei o que.
    Tauuuuu ide buscar

  3. Njag says:

    E dizem eles, ninguém compra iPhones, apple esta a morrer.

  4. Sergio J says:

    Tenho o XR de trabalho, gosto dele, mas prefiro o meu S10 pessoal, acima de tudo pelo peso, largura, câmera. No XR gosto mais do display, face Id.
    A câmara do XR supreenldeu-me pela positiva.

  5. Pirata das cabernas says:

    Lol claro que é o mais vendido. É oais barato.. E como a maioria que comprou.. Só comprou por ser iPhone, não lhes faz diferença o ecrã.. Apenas querem um telefone básico para fazer chamas sms e ir ao Facebook..

  6. Pirata das cabernas says:

    Lol claro que é o mais vendido. É oais barato.. E como a maioria que comprou.. Só comprou por ser iPhone, não lhes faz diferença o ecrã.. Apenas querem um telefone básico para fazer chamas sms e ir ao Facebook..

    • Maria says:

      O pessoal giro é assim… iphone ou alguns androids de topo.
      Para os trambalazoids bastam os baratuchos, que comparam especificações como se comparassem os…

  7. Napoleon says:

    Boa!
    Então o Mi A3 ainda tem alguma esperança…!
    Vai rebentar com a escala na família Droid!
    Ah! Ah! Ah!

  8. Miguel Sousa says:

    E quantos é que sobram para comprar o novo Iphone 11 por 2799 dólares ou 3599 pela versão premium? Anunciado daqui a uma semana, com uma versão basic por 1499 dólares mais 499 dólares por airpods e capa plástica.

  9. SANDOKAN 1513 says:

    Como é possível ?? Um smartphone que custa no mínimo 880 euros(880 euros,vejam bem !!),e é o smartphone mais vendido até agora,este ano ?? Eu estou parvo.Com tanta crise que grassa por aí e não há maneira de as pessoas não esturrarem sempre o dinheiro nestes smartphones de luxo.Eu nem digo nada,sinceramente… 😐

  10. Miguel Porto says:

    Shipment não é exatamente o mesmo que vendidos.
    E depois ha os planos empresariais, estudantes, etc.
    Tem muito que se lhe diga mas realmente é um valor impressionante.

    • Fixo says:

      A Apple já não divulga nem “shipments” (enviados para a distribuição) nem vendidos (dantes divulgava os vendidos e as outras marcas os shipments).
      A generalidade das marcas já não divulga o total de smartphones “shiped” ou vendidos.
      Esses números são agora fornecidos por empresas de estudos de mercado (umas , às vezes, esforçam-se no estudo, outras nem por isso).

      • Miguel Porto says:

        Certo. Mas verdadeiro ou falso o estudo fala em shipment e o título do ppl fala em vendas em 2019, ainda por cima o ano ainda não acabou.
        Isto não é crítica á Apple ou ao estudo, é mm crítica ao ppl.

  11. albino negro says:

    va la.. hatters pra direita… senao fica muito confuso

  12. Fulano says:

    Mais um estudo da treta…

  13. Ruben Santos says:

    No outro dia a Xiaomi anunciou que já tinha vendido 20M de unidades do Redmi Note 7. Aqui aparece somente 10M. Parece-me um estudo encomendado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.