Quantcast
PplWare Mobile

Infográfico: Quais os hábitos de leitura digital dos jovens?

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. ruben silva says:

    Uma aplicaçao para eu ler o memorial do convento no android ??

  2. André Pereira says:

    Ora qui está uma óptima noticia!Fico contente que este novos gagdets promovam a leitura especialmente em Portugal que está na cauda da Europa quanto aos hábitos de leitura.

    @Ruben Silva tens a Kobo e Aldiko. Eu aconselho esta ultima.

  3. Nelson says:

    Eu até queria ler e-books, só que quando quero ler um livro PT, nunca há para comprar…

    Depois queixam-se…

    • NM says:

      Ora nem mais. Eu até já tive com um Kobo na mão para o comprar, mas resolvi pensar melhor e investigar na net. Ainda bem que não o comprei, quando comecei a pesquisar os livros disponiveis vi que a oferta era muito, muito pequena. Não vou comprar um e-reader para ler os Maias… com todo o respeito que a obra merece. Portanto, enquanto as editoras não perceberem o potencial que tem pela frente, investir num ebook reader para mim não faz sentido.

    • Marisa Pinto says:

      Verdade!
      Nesse aspecto acho que o Brasil está muito mais evoluído, mesmo até em termos de livros científicos, educacionais, para além de existir um vasto número de oferta, também grande parte das vezes existe disponível online

  4. Nuno says:

    Boas alguèm sabe qual a melhor app para descarregar e ler livros em português para o windows 8.1 completo e para o windows RT 8.1 obrigado

  5. Mariano Costa says:

    O Brasil tem uma população que ronda os 200 milhões de habitantes. Nos últimos anos apresentou um ótimo crescimento, a contrapor com décadas passadas, basta recordar que o último empréstimo foi pago em 2005. Os seus recursos naturais são fatores determinantes para a sua prosperidade, assim aumenta a capacidade para poder investir nas diversas áreas, na educação, cultura, ciência, tecnologia, entre outras.
    A comparação relativamente a Portugal e Brasil, neste capitulo não deve de todo existir, o “target” a quem se destina um determinado produto independentemente do preço de custo, é de 1 para 20! Temos um possível comprador em Portugal para 20 no Brasil.
    O elevado número de aplicações, softwares, livros e publicações brasileiras é ingénito quando comparadas com as portuguesas.
    Se estabelecermos um termo de comparação diferente, Brasil-Europa, a razoabilidade aumenta, contudo o idioma dominante passa a ser o inglês. Apesar do excelente trabalho da população Brasileira na divulgação e afirmação da língua portuguesa.

    Boa semana

  6. Pedro A. says:

    “Os dados indicam que 36% das crianças têm entre 0 e 2 anos; 68% têm entre 7 e 8 anos e a grande maioria (78%) têm entre 11 e 13 anos.”
    Como facilmente poderás verificar, somando as percentagens tens + de 100% e ainda faltam intervalos.
    Não será mais:
    “Os dados indicam que 36% das crianças entre 0 e 2 anos; 68% entre 7 e 8 anos e a 78% entre 11 e 13 anos têm acesso a estes dispositivos.”?

  7. N.Santos says:

    Já viram os livros disponíveis no Google Play? J
    a existe alguma literatura interessante…

  8. Margarida says:

    Partilho 2 títulos da minha lista de próximas leituras de autores portugueses e que estão publicados em formato digital. Um de Luis Soares, autor de vários livros, sendo este último um ebook, e outro do Rui G Guedes, o segundo livro deste jovem autor:
    – “Virá a morte e terá os teus olhos” de Luis Soares
    – “Romance Cru” de Rui G. Guedes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.