A Google trouxe uma surpresa e lançou o Android Nougat 7.1.2


Destaques PPLWARE

36 Respostas

  1. Rodrigo André pompermayer says:

    Depois da atualização do Motorola G4 com a versão 7 do Android que está cheia de bugs, travamentos e encerramentos de app, inclusive do pacote Google, espero que resolva todos esses problemas pois está complicado trabalhar com o smartphone.

    • Mr.T says:

      Tenho um LG G5 com o Android 7, e até agora não tenho nada a apontar a nível de estabilidade ou bugs… Não será o teu problema devido a uma adaptação e implementação mal executada por parte da motorola?

    • CesarAra says:

      No meu g4plus está travando e a bateria não está a mesma coisa pois essa versão tá consumindo bem mais energia nao entendo uns dizer que economiza?

    • Eder Leal says:

      Meu Moto G4 está ótimo, antes tinha uns bugs estranhos que travava ou ficava digitando números sozinho na tela de senha…Depois da atualização pro 7 tá show demais

  2. Vágner Silvério says:

    Aguardando as novidades do Android 7.1.2 pelo site .

  3. Kekes says:

    Lá para 2023 chega aos consumidores.

    • Marco B. says:

      Estamos num site tech. Onde supostamente todos devia ter um conhecimento geral do mercado, com tanto apoio no XDA so anda desactualizado quem quer. Nao precisas de fazer o mesmo comentario cada vez que sai uma nova versao dd android. Ja percebemos a tua mensagem. Todos os sistemas tem as suas coisas mas. Android sao a falta actualizaçoes por parte das OEMs, windows phone sem apps e iOS super fechado.

      • Kekes says:

        Não posso senão perco a garantia do aparelho, pois não tenho forma de o bloquear outra vez sem ser indetectável. Como utilizador Android tengo direito a queixar-me. O XDA não é a solução para todos os males. O problema é a forma como a Google permite que os OEM se comportem, demorando milénios a fazer nada ao SO.
        Só com queixas é que se mudam coisas,ou não tenho esse direito?

        • Marco B. says:

          A Google deu a liberdade de escolha. Tu escolheste uma OEM tiveste em conta as actualizaçoes e praticas da mesma? Eu quando comprei um oneplus sabia que posso trocar de rom a vontade que nao vou perder garantia. Se nao queres andar a trocar entao vai nexus. Não é a dizer que o android tem problemas com actualizaçoes que vais resolver o quer que seja. Agora se reclamares com as OEM’s isso é outra coisa.

    • EC says:

      Eu sou consumidor e já posso sacar esta versão – e nem tenho telefones Nexus ou Pixel. Utilizo ROMs customizadas em quase todos meus equipamentos. O que não faltam são alternativas aos sistemas originais e até com relativa facilidade de serem aplicados. Porém são procedimentos complicados para o comum utilizador, para além das questões de garantias e fiabilidade.

      Com a tecnologia que hoje temos no presente (2017) um smartphone já tem uma maturidade tecnológica equiparável aos computadores e são perfeitamente capazes de durar no mínimo 5 anos antes de virarem pisa-papeis. A grande questão é a obsolescência programada por parte dos fabricantes de equipamentos e das operadoras móveis, cujo o objetivo é vender novos produtos. Qual é a razão de mandarem todos anos novos modelos que fazem mais do mesmo? É preciso inovar! Mas inovar custa e muito! Então, com o decréscimo das inovações de hardware (dado a tal maturidade da tecnologia), é no software é que eles conseguem manipular a obsolescência e o sistema operativo é alvo mais fácil de se controlar.
      Este eterno problema das atualizações do Android só termina quando depender do lado da Google, semelhante ao que acontece atualmente com outros sistemas como o Windows ou Linux. Porém existe um aparente lobby entre a Google, fabricantes e operadoras para que isso não aconteça em que todos têm o “rabo preso” – Se a Google avançar com as atualizações do Android sem dependerem do fabricante/operadora, corre série risco deles virarem-se para alternativas ao Android de forma a não perderem o domínio sobre o sistema dos equipamentos e por consequência não perderem o poder na obsolescência programada. E se isso acontecer o Android ficará obsoleto…

      • Ricardo Santos says:

        Ficara obsoleto porque? Que outro sistema poderia fazer concorrência ou substituir o android? O android já esta bem implantado no mercado, tem um loja de Apps enorme e muitos utilizadores acostumados ao sistema, não vejo como ficaria obsoleto se a google tomasse essa posição, simplesmente devem estar a ser bem pagos pelos fabricantes para não mudarem de rumo.
        E com isto o lixo tecnológico aumenta a ritmos alarmantes.

      • smurff says:

        os fabricantes virarem-se para alternativa ao android, era o fim deles, a google tornava-se uma segunda Apple, e passava só a haver equipamentos ios e android dos gigantes o resto alternativo ia de vela, basta ver a Microsoft que veio tarde e poucos se interessam em desenvolver para a dita, só para as outras duas, quanto mais os fabricantes pensarem em So’s alternativos…

      • Mr.T says:

        Concordo mais ou menos como que dizes… Na parte final parece-me claro que o problema da Google é em querer também vender os seus próprios equipamentos – nexus e Pixel (a la apple com os iphones). Daí a Google não ter muito interesse em forçar as actualizações de equipamentos de outras marcas e deixa-los para os fabricantes e operadoras. Quanto aos fabricantes e operadoras virarem-se para outros SO’s, não me parece que va acontecer… Eles vão atrás do que o mercado quer, e neste ponto a google a a apple tem o dominio, sendo que com a apple os fabricantes nada ganham, sobrando apenas o ecossistema da Google, o Android.
        De resto, acho que tens razão em tudo, obsolescência programada, maturidade do hardware, etc…

        • Kekes says:

          So vendem android porque os fabricantes dedicam dinheiro a sua publucidade. Se os fabricantes começam a fasear outros SO, em pouco tempo podem mudar o panorama totalmente, haja vontade. Isso é o facto que faz con que a Google seja tão permissiva, senão a Samsung já tinha mandado a Google as favas, como já ameaçou várias vezes.

      • Kekes says:

        Eu não porque estou em período de garantia. Mas vês como sabes! É disso que me queixo. Benefício de empresas contra o dos consumidores. Fico contente por alguém compartir a mesma opinião que eu. A Google é demasiado cobarde para fazer algo útil para nós consumidores. Um abraço, comentário 100% de acordo com a minha visão.

    • joao magalhaes says:

      Chega rápido a quem tem telemóveis Google, igual à Apple que lança para os seus equipamentos.

    • ervilhoid says:

      Não vejo no que foi dito que invalide o que o kekes disse, os consumidores, as massas quase ninguém terá update a não ser que compre um telemovel novo

  4. romeu says:

    ainda nem a versão android 7.1.1 experimentei , e a Google já está a lançar a versão 7.1.2, vai lá vai, a sorte é que a comunidade vai acompanhado, ao contrário dos Fabricantes, que levam séculos a lançar algum Update e quando lançam, quando querem é vender as novas gerações e deixam de dar suporte aos já no mercado e vem com a desculpa que já não suportam novas versões, enfim valha-nos a comunidade para ir actualizado os nossos android’s…

  5. Miguel Nóbrega says:

    Não gosto dessas surpresas…

  6. Ricardo Santos says:

    Será assim tão complicado lançarem um Android que funcione tal e qual um sistema operativo deve funcionar? Que se possa instalar em qualquer telemóvel e posteriormente instalar drivers e coisas do género e que tenha garantido updates ao longo de algum tempo? Tal como um Windows ou um Ubuntu?

    • Cyberon says:

      Foi uma falha da Google quando lançou o Android, como não sabia se ia “pegar” permitiu aos fabricantes fazerem alterações, enfim. Já não cometeram esse erro nos Android One / TV e Auto, aí sim temos updates rápidos e para todos.

      • luislelis says:

        A Google não pode impedir os fabricantes.
        Android é Open source (quando é Q aprendemos isso?). Até tu podes fazer o Q te apetecer com este So.

    • Rodrigo says:

      Não. O futuro é esse. Se está próximo parece me que não.

    • Kekes says:

      É porque assim os fabricantes deixam de ver interessante o SO, e isso a Google não quer. Que se lixe o consumidor.

    • Amilcar Alho says:

      “Que se possa instalar em qualquer telemóvel e posteriormente instalar drivers e coisas do género e que tenha garantido updates ao longo de algum tempo? Tal como um Windows ou um Ubuntu?”
      Isso é que era! Concordo contigo.

  7. Ivens Joris says:

    Uso a RR 7.1.1 n moto G2 e está extremamente fluida, até mais que muitos aparelhos com hardware melhor,certeza que só irei trocar quando realmente vier uma atualização grande .

  8. ROBERT CARVALHO says:

    Isso mesmo

  9. ta chateado? says:

    no pc ninguém não se importam de ter a versão do windows anterior instalado. já no android todos se queixam. não me importo de ter a versão 6 ainda no meu android. desde que funcione lindamente. é o que importa

  10. jorge says:

    boring
    Quando for para samsung enviem tu toque

  11. Walter Damasceno says:

    Tá acontecendo a mesma coisa do Android 4.0/ 4.1.2 / 4.2/ 4.3. Se o Google fizesse uma versão otimizada, completa desde o começo, não haveria essa fragmentação. Já agora temos 3 versões do Android Nougat, e as fabricantes de versão customizada vão demorar séculos pra mandar atualizações pra versões futuras

  12. ta chateado? says:

    tantos queixinhas por causa da fragmentação, toda a vez que uma versão do android sai, falam sempre do mesmo assunto. dass que chatos

  13. Jhenyson says:

    O meu Moto Z Play ainda nem atualizou pro novo Android Nougat…. Vou ter que esperar até março pra essa porcaria atualizar?

  14. Izabelita says:

    O meu tá normal, a bateria dura uma eternidade! Nada a reclamar do novo Android!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.