Quantcast
PplWare Mobile

Linux: Dicas para descarregar ficheiros pelo Terminal

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Ricardo Ferreira


  1. David says:

    Boas, sugiro que escrevam também, qualquer coisita sobre o aria2 (aria2c) permite torrents e links normais, com velocidades, abismais comparado com o wget, permite “splitar” em partes o download, criar uma lista de links num file e usar controlando a concorrência etc.

    Deixo como exemplo uma coisita simples que utilizo para o Rapidshare.

    pico links.txt; nohup aria2c –http-user=kimico –http-passwd=xxx -i links.txt -j 3 -s 4 &

    isso “pede” uma lista de links, usa o user “kimico” e a pass “xxx” para sacar os links (ou torrents) que estão no links.txt com 3 downloads simultâneos com 4 connec’s cada um 🙂

    experimentem, vale a pena!

    • kekes says:

      Boas.

      Por acaso tenho agora acesso a um VPS e tou a usar linux nele e tive a testar essa aplicação que achei fantastica, em torrents dá uma velocidade de ponta, no entanto usando SSH para me conectar sempre que fecho a conecção supostamente o programa devia correr em background no entanto pára, nao fazendo mais downloads, existe alguma meneira de controlar isso? Alem de que me dá muitos problemas a retomar torrents dando uma carrada de erros tendo de inicar tudo de novo. É pena porque consigo nele velocidades que nao consigo com outros, no entanto agora estou a usar o torrentflux que me dá uma gestão muito mais facilitada de modo remoto.

  2. Paulo39 says:

    gestor de downloads excelente e muito conhecido no mundo linux.
    Para quem prefere usar a linha de comandos, é perfeito. Costumo usar essencialmente para fazer o download de sites inteiros para o meu pc para os poder ver na íntegra offline

  3. H says:

    Excelente Dica! Só gostava era de conseguir memorizar todos estes comandos úteis da consola!;)

    • El Kabong says:

      😉

      Não é preciso memorizar nada.

      Bastam 2 coisas bem simples:

      – Saber que existe o utilitário e qual o seu nome
      – Saber que se pode obter ajuda consultando as ajudas dos proprios utilitários ou as man pages

      Podem-me dizer “E, mas para isso tenho que saber tudo o que existe” e eu digo que ninguém nasce ensinado.

      Nada que 1 ou 2 pesquisas no google não ajudem.

      É preciso é ter vontade de fazer e saber que o google é amigo. Nao serve só para procurar as pics da Mega… adiante 😉

    • Leonardo says:

      S$e você souber ao menos a letra inicial, basta chamar todos os comandos possíveis com o TAB!
      ~$ wg
      ele irá se auto completar, ou se conflitar com algum outro programa ele vai mostrar todos!

  4. não vejo grande vantagem…

    • R00KIE says:

      Não vês porque ainda não pensaste em escrever scripts para te automatizar o download só de alguns ficheiros numa página.

      Só quando se quer automatizar alguma coisa é que realmente se começa a perceber o potencial que todos os “pequenos” programas têm quando os começamos a juntar.

    • El Kabong says:

      Eu também não via grande vantagem, até ter entrado para a faculdade (na altura em que a netcabo era só para alguns e a conta do telefone com o 56k era uma dor de cabeça ao fim do mês) e ter necessitado de lá deixar a sacar “coisas” durante a noite.

      Nessa altura, um “wget -bc ……..” foi bem melhor que pão fatiado 😉

    • Ana Narciso says:

      Se não vez utilidade, porque insistes em fazer comentários vazios de conteúdo com esse url despropositado?

  5. orlandohorta says:

    Ora boa Tarde gostava de saber se possível porque razão o netbook remix em pen reconhece a Internet através da tvcabo e quando ponho a pen de Banda Larga móvel da TMN e depois de fazer tudo que ele pede não consigo ter acesso. Independentemente de me apanhar redes wi-fi mas preciso da password porque será. Desde já muito abrigado a todos

  6. Ryan says:

    Já uso isto a alguns tempos muito bom e sempre melhor que usar gestores de downloads. Uso e abuso desde que soube disto em Linux

  7. francisco says:

    muito boa as potencialidades da consola, tenho uma duvida o comando

    ” pico links.txt; nohup aria2c –http-user=kimico –http-passwd=xxx -i links.txt -j 3 -s 4 & ”

    será possivel sacar desta maneira do rapid sem utilizador ?

  8. James Bond says:

    Para descarregar um livro , em html, sem que o wget descarregue também as páginas todas dos links indicados no livro, este outro comando é capaz de ser útil:

    DICA: COMO USAR O WGET PARA FAZER O DOWNLOAD DE UM SITE INTEIRO DE UM
    TUTORIAL
    Por exemplo, fazer o download do Tutorial FreeBSD Handbook que esta alojado em
    http://www.freebsd.org/freebsd-hb/index.html.hb

    $ wget –­­recursive ­­–no­-clobber –­­page­-requisites
    –html­-extension ­­–convert­-links ­­–restrict­-file­-names=windows
    ­­–domains http://www.freebsd.org –­­no-­parent http://www.freebsd.org/freebsd­
    hb/index.html.hb

  9. Savio Rodrigues says:

    Fantástico todas essas dicas! Acho que deveriamo por mais dicas como estas. Aqui vai uma minúscula contribuição(Frente as outras aqui citadas):
    Precisa de um calendário do ano corrente de imediato e não tem um fácil. Digita no terminal:
    $ calc -y

    Abraço a todos!

  10. francisco says:

    dá para fazer downloads do rapidshare sem conta premium ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.