Quantcast
PplWare Mobile

Iniciação ao GNU/Linux

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Vítor M.


  1. Balari says:

    Excelente artigo, parabéns pela iniciativa Navyseal.

    Só uma coisa: O artigo de instalação do Automatix para o qual às tantas este post remete, já está desactualizado, mas não há há problema, desde lá tornou-se ainda mais fácil a instalação, bastando descarregar do site do Automatix um pacote .deb, fazer duplo click e já está 🙂

    Mais uma vez reafirmo que tens aqui um excelente post, que venham mais 😛

  2. Martinho says:

    Viva,
    Um artigo simples para pessoas com poucos conhecimentos em Linux, mas bem estruturado.
    Parabéns.

  3. nrocha says:

    Concordo com o Balari

  4. nuno says:

    Só é pena indicar o Edgy, visto que o Feisty Fawn já está cá fora (em beta, mas a versão final sai dia 19…). Também uso o Edgy, mas diz quem experimentou que o Fawn traz muita coisa nova 🙂

    Ah, e quem decidir instalar o sistema vai querer criar outra partição: a /home . Porquê? Pesquisem 😉

  5. parece que é simples intalar os programas e tal, mas pra quem e iniciante linux é dificl pakas

  6. Carlos says:

    Apesar de pessoalmente o linux não me dizer nada, tenho de dar os Parabéns ao Navyseal pois já li muito sobre o assunto, mesmo artigos escritos por “experts” “a maioria” é muito inferior há qualidade deste Post, mais mais senso o escritor um amador .

    Parabéns e Bem Haja
    Carlos

  7. peopleware says:

    nuno podes ver o artigo de Linux anterior onde são reportados alguns bugs. Logo a versão estável é o Edgy e como tu bem referes dia 19 de Abril temos a versão Final.

    Depois haverá certamente mais assunto sobre o Ubuntu 7.04 😉

  8. leitordopplware says:

    Ontem formatei o meu pc e decidi que iria explorar o mundo linux, criei 2 partições, mas, assim que tento correr o livecd ou instalar aparece o logo ubuntu passados uns segundos o monitor desliga-se, comportamento que nunca tinha visto, estava ligado mas em standby?! não sei

    comecei de novo, mesmo erro. o fórum pt n existe, aparecia uma página em branco. pesquisei na net e encontri casos parecidos mas com a diferença de serem laptops, qualquer coisa com os drivers da nvidia.

    Existem guias mas n levem a mal mas foram feitos para quem já percebe, no meu caso n fui além do ecrã desligado.

    formatei o pc outra vez e instalei o xp, eu estou interessado em descobrir o linux mas já é a 2ª vez que n consigo nada.

  9. EuBiUmSapo says:

    Muito bom Navyseal, está um guia completo e muito fácil de perceber para quem quiser entrar no mundo do Linux 😉

  10. Parabéns grande post..
    Já tenho andando por esses sites, encontrei-os em pesquisa pois ando na transição windows/linux…
    (:

    Bom trabalho

  11. Luis says:

    Parabéns pelo artigo!!

    Já que se tem falado muito de ubuntu e linux, aproveito para elucidar os mais distraídos que o ubuntu vem com o ambiente gnome. Para quem quiser experimentar existe o Kubuntu, que vem com o ambiente KDE, igualmente fácil de utilizar e melhor que o gnome:P (isto foi só para picar ai alguns aficionados do gnome :P). Abraços e parabéns aos que apagaram o disco todo durante a instalação, e ficaram sem nada porque foram preguiçosos demais para fazer backup!! 😛

  12. Nuno says:

    Ola…
    Parabens por este POST…devo acrescentar que a migração para este sistema não tem de ser forçada, isto é, podes continuar com o Windows, instalado, para não tornares a tua migração tão agressiva!
    UBUNTU rullla….;)

  13. UKN says:

    Parabens pelo post.

    Eu até agora só tenho brincado com liveCDs mas acho que está para breve uma instalação num pc que tenho à espera de tempo para lhe meter SO’s a testar.

  14. Pinote says:

    Boas, parabens pelo bom post, esclarece muitas coisas sobre o GNU/Linux e em breve vou é testar o novo Ubuntu beta 😛

    Cumps

  15. vrc says:

    Agradeço o post, como utilizador de ambos sistemas operativos no mesmo Pc tenho uma duvida, é que segundo li o linux pode ler sem problemas em partições NTFS mas a escrita ainda não é totalmente segura(podendo ocasionalmente haver falhas na escrita). Ao contrario nas partições FAT32 é totalmente seguro a escrita e a leitura. Por isso como as minhas partições Windows são NTFS não tenho a possibilidade de escrita activa no Linux porque tenho receio de alguma currupção. Se for possivel alguma ajuda agradecia. De qualquer forma agradeço a todos e a este blog que muito aprecio.

  16. PGR says:

    Parabéns pelo post que mostra novos caminhos.
    Este mail já está a ser escrito no Edgy. Funciona maravilha, não tendo já o problema de video (e estando ainda na fase pré).
    Desta vez a transição é mais q certa (já devia ter sido há + tempo).
    De “vista” só quero a que tenho agora no monitor. A bela-vista do Ubuntu.
    Um abraço aos migrantes

  17. tyurias says:

    ta-me mesmo a apetecer instalar o kubunto no meu PC de casa. mesmo k n konsiga instalar o modulo USB da Vodafone pa aceder à net, tenho sempre o Portatil e assim sempre dá pa ir fazendo umas experiencias… vamos la ver s é desta…

    fikem bem
    hasta

    PS: é minha impressão ou os post sobre GNU/Linux tem mesmo sempre um grande (enorme) número de comentários????

    pensem nisso…

  18. tymonn says:

    Excelente artigo, o único problema é que me trocaram o modem para um SAGEM 800 E4… agora não consigo ter net no Ubuntu 6.10. A sapo disse-me que não prestam assitência a linux.

    Sabes por acaso de algo que me possa solucionar este problema?

    Obrigado

  19. Bruno says:

    Desculpem la, mas o ubuntu não é um SO por ai alem, se calhar para os iniciados em linux será melhor outro linux, como por exemplo o Fedora!
    Eu digo isto, visto que a minha máquina já não é aquela bomba, e eu sinceramente nunca consegui os instalar, ate mesmo ontem que fiz o download da ultima versao (essa tal em beta) e da-me sempre o mesmo problema, as letras aparecem totalmente ilegíveis, as imagens desfocadas, esticadas… deve ser um problema na placa grafica (radeon 9200SE) ou ate mesmo do monitor, visto que so tenho 15″, mas também nunca me interessei muito por este linux, ja testei muitos outros, mas prefiro o fedora core… o caixa mágica, mesmo sendo desenvolvido por tugas, ainda tem muito que andar…

  20. Bruno says:

    @tymonn

    a sapo é uma m**** em relação a isto…
    o meu modem não sei s e 800E4, mas que é Sagem F@st 800 isso é, se alguem nos conseguir ajudar, por eu também nunca consegui por a trabalhar o linux com net por modem, por router e muito facil…

  21. Balari says:

    @Bruno

    Ninguém disse que é um sistema operativo por aí além, mas não é por não funcionar no teu PC que deixa de prestar.
    Já tive o Fedora, e actualmente tenho o Ubuntu Feisty beta, e ambos são muito parecidos, o Fedora tem a desvantagem de não ser o “Linux da moda” e não ter a atenção tão grande da comunidade como tem o Ubuntu.
    Desta luta não se deve excluir o openSUSE que no meu caso foi o que melhor me detectou o hardware de todas as distribuições linux que já experimentei (mas não é por isso que será o maior)

    Claro que cada um terá melhor suporte para algumas peças de hardware, outro terá para outras, mas não são os casos isolados que definem a compatilidade do SO.

  22. Bruno says:

    @ Balari

    ha aqui uma pequena confusao… eu conheço muita boa gente que ja usou muito o ubuntu e não gostou… e eu também ja o usei num outro pc e sinceramente nao gustei… em quanto ao suse linux isso sim é um SO de jeito, é pena que na se arranja gratis! 🙁

  23. Balari says:

    @Bruno

    Mas eu não digo que é um sistema operativo perfeito, nem que toda a gente gosta ou tem que gostar, simplesmente dizer que não é nada de especial só porque não funciona com determinado hardware torna-se exagero, tanto que cada distribuição tem sempre algum hardware que não suporta e/ou suporta de modo deficiente.

    Que é o mais popular, o mais usado, e que a comunidade opensource se tem centrado nele, ninguém duvida, mas também se alguém me perguntar se é o melhor eu respondo «Não sei!», mas que está entre os melhores tenho o como garantido.

    Se gostas do SUSE Linux (a.k.a. SLED), podes adquirir a sua versão opensource «openSUSE».

  24. Navyseal says:

    Ainda bem que gostaram do artigo, mais virão no futuro.
    Só queria dizer que uso Ubuntu desde a segunda versão que foi lançada a 5.04, tem vindo a melhorar, mas precisa de limar muitas arestas, não é perfeito, mas também nada é perfeito neste mundo.

    Os passos neste artigo são validos para todas as versões do Ubuntu, incluindo a 7.04, a única coisa que se tem de mudar são os repositórios, pois há específicos para cada versão. O mesmo é valido para as variantes Xubuntu e Kubuntu (e mesmo Flubuntu) e outras distribuições Debian based.

  25. Carlos Nascimento says:

    Desculpem desde já a minha ignorancia, reparei que o Navyseal se refere a uma Firewall, não é necessário um antivirus? Se sim quais as opções?

    Cumprimentos

  26. Balari says:

    @Carlos Nascimento

    Um dos mais usados é o ClamAV, mas possivelmente haverá outras alternativas de boa qualidade também.

  27. Antonio Aguiar says:

    Desculpem mas não consigo gravar o ubuntu de maneira a fazer o boot pelo cd.uso o CdBurnerXPpro3 e sempre que faço a gravaçao como Bootable só aparece no cd o ficheiro iso. que fiz download.alguma dica.

  28. Fluvial100 says:

    Familia grande, esta dos “urubus”… o pai devia ser um garanhão!
    Entre tantos irmões, sobrinhos e enteadas, melhor ficar com o Windows XP pro. Trabalha certinho, não me chateia e faz tudo o que eu lhe mando. Rapaz sério, obediente e educado.
    Quando me informarem de um “gorja aberta”, adulto, saudável e que não precise de ser sindicalizado para trabalhar, então eu topo!

  29. Pisquinho says:

    @Antonio Aguiar

    Podes utilizar o active@ iso burner que é gratuito e serve apenas para “queimar” ficheiros .iso, comigo funcionou e o link é:

    http://www.active-undelete.com/products.htm#iso_burner

    Em alternativa, podes encomendar os CDs no site do Ubuntu, desde a versão 5 que tenho encomendado os CDs e são completamente gratuitos, nem portes se pagam, demoram é cerca de 2 semanas.

  30. Navyseal says:

    A ter em atenção que ao encomendar os cd’s por via oficial a versão disponível é a 6.06 LTS. Depois quando eles chegarem vai precisar de actualizar para a 7.04.

    @Carlos Nascimento

    Existem cerca de 89 vírus conhecidos para Linux e todos derivam do mesmo vírus e atacam da mesma maneira, se não utilizares a tempo inteiro os privilégios de administrador (root), não irás necessitar de antivírus. De lembrar que Linux não é afectado por vírus ou spyware do Windows.

  31. vdias says:

    k recomendam… o automatix que vem referido no artigo ou o easyubuntu?

    easyubuntu: http://easyubuntu.freecontrib.org/index.html

  32. Navyseal says:

    O que preferires, eles são muito semelhantes, mas penso que a maioria das pessoas usa o automatix.

  33. Brazovsky says:

    O Navyseal tem razão, o automatix é o mais utilizado, mesmo contras as indicações dos developers do Ubuntu (dizem que o automatix quebra pacotes de actualizações, mas eu enquanto o utilizei nunca me deu qualquer problema).

    O automatix tem a vantagem de ter muito mais software disponível e de este ser actualizado regularmente.

  34. Marco Monteiro says:

    Eu comecei a usar linux à pouco tempo, instalei o Ubunto 6.10 e ja tenho quase tudo a funcionar. No meu desktop foi tudo mt mais facil, agora no meu portatil ek é o problema, o que me ta a causar mais problema é a falta de som, se alguém me puder ajudar na instalação as drives no portatil agradecia.
    É um Asus F3JC… o que me aconselham a fazer??

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.