PplWare Mobile

Dica: Repositórios PPA no Ubuntu Karmic


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Pedro Almeida says:

    Só para meter nojo desta vez fui eu o PRIMEIRO

    Agora a falar a sério, é um post muito interessante, principalmente para quem se está a iniciar no mundo linux.

  2. Santos says:

    Embora goste do Ubuntu, especialmente com KDE, é uma chatice nunca termos os programas actualizados. Foi então que decidi usar o Opensuse, este também possui repositórios com bastante software e normalmente tem a ultima versão dos programas. Além disso o Gnome do Suse tem melhor design do que o do Ubuntu. It’s just my opinion…

  3. Toze says:

    Outra maneira (mais fácil) de adicionar um PPA (sem linha de comandos) é ir a “System->Administration->Software Sources->Other Software” carregar em Add e na janela que se abre na caixa onde diz APT line adicionar o PPA. exp: ppa:ubuntu-mozilla-daily/ppa e carregar no botão Add Source. Quando fechar a janela ele pede automaticamente para recarregar.

  4. Joao says:

    Alguém tem um problema parecido com “” com o comando apt-add-repository? No meu trabalho a minha ligação à net faz-se por proxy e acho que deve estar relacionado com isso, mas não consigo pôr o comando a funcionar, mesmo com a proxy definida… Será que é por ser ppa: em vez de http: ?

    • says:

      certamente vês que a string é bem explicita tens de colocar ppa:(ubuntu-mozilla-daily/ppa), entre () o que queres. Se tens Internet não é por estares em proxy.

      • says:

        Penso que foi explicito, da mesma para não causar duvidas, só usei o ‘(”)’ para definir no texto o que alteras, a string não fica com ‘(‘ ‘)’

  5. DoContra says:

    Não percebo a razão de tanta polémica quando se pode obter tudo o que se quer (desde que exista, claro) para Ubuntu (e outros Debian based) a partir dos sites dos autores!

    A empresa “X” disponibiliza o programa “Y”? Então é fazer o download do pacote *.deb! Qual é o problema? Bem… é óbvio que a empresa “X” deve ser fiável para depois não termos chatisses com as dependências (ou falta delas).

    Já lá vai o tempo em que programas fixes eram só para utilizadores do MS Windows.

    E há tanto por onde começar…

    http://lifehacker.com/256182/the-best-free-ubuntu-apps-for-newbs
    http://www.butterscotch.com/tutorial/Free-Software-In-Ubuntu
    http://www.mygooglest.com/fni/freeware.html
    http://www.filebuzz.com/findsoftware/Freeware_Ubuntu/1.html

    Etc…

    • says:

      Assim o sistema não actualiza automaticamente, é mais fiável ligar o sistema de repositórios ao fornecedor dos pacotes que temos instalados. Depois tudo decorre de forma natural, instalações, desinstalações, actualizações.
      É esse o motivo

  6. says:

    São estas ferramentas simples e eficazes que torna o linux tão poderoso, só com o teclado temos o poder de fazer o que quisermos com o sistema operativo, sem falar que existe formas gráficas e simples de fazer as mesmas operações, mas nada é e será tão rápido e eficaz como os comandos que sabemos e digitamos de forma directa.
    Mesmo se o sistema nem arrancar o X, formatar não é e nunca foi a solução, conhecer o sistema é o primeiro passo para o possuir.
    Coisas que os utilizadores do Windows nunca iram perceber.

    Acredito que as novas gerações serão mais exigentes e se esforçaram para conhecer cada vez mais as ferramentas que trabalham e perceberam que o closesource é ultrapassado.

    Digo isto em offtopic porque de certa maneira uma grande parte da população que visita este site apraz em ter conhecimentos sobre computadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.