PplWare Mobile

Chegou o BlackArch Linux 2019.09.1! Se não domina é melhor não usar


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. JCFB says:

    Lol “cometer crimes” isso deu me vontade de rir haha
    Não passa do arch linux com um monte de lixo pré-instalado.

    • Nícolas Pastorello says:

      Pensei a mesma m

    • Daniel says:

      Mesma coisa que o tão amada e idolatrado Kali, pelos script kiddies, lammers e fanboys de Mr. Robot
      Apenas um Debian cheio de Lixo pré-instalado e acesso root por padrão.

      Agora o que é lixo pra ti, pode não ser para um desenvolvedor, um hacker, alguém que trabalha com segurança e pentest e queira um sistema já pronto para uso.

  2. arc says:

    Era uma vez:

    “Se os conhecimentos são pouco, tenha em atenção que poderá cometer crimes ao usar esta distribuição.”

    Não estou nada esclarecido com esta afirmação.
    Portanto, estamos perante um facto, que ao se utilizar, BlackArch Linux, por exemplo, um qualquer user pode cometer crimes?
    Como também é POSSÍVEL cometer CRIMES, com MS Windows ou macOS, VERDADE?

    Vejamos: Wireshark,Social-Engineer Toolkit,Aircrack ng,Metasploit,OclHashcat,
    Nmap,Nessus,Maltego,John The Ripper,Ghidra,Nikto,p0f,OWASP,Angry IP Scanner,RainbowCrack,Paros,Sleuth Kit,Tor,ophcrack,etc., etc.

    Todas as aplicações são instaláveis, em todos os SOs existentes e com elas podem ser cometidos crimes!

    A ÚNICA diferença do BlackArch Linux, para os SOs acima citados, é que muitas das ferramentas existentes em BlackArch Linux, podem ser instaladas à posteriori pelo user, enquanto em BlackArch Linux elas são default!

    “O Arch Linux é uma distribuição Linux desenvolvida com o objetivo de ser o mais simples possível, dando ao utilizador o poder de tomar o maior número de decisões possíveis quanto à sua configuração.”

    Verdade e Mentira.

    VERDADE, se estivermos a pensar num user com conhecimentos acima da média, na medida em que o Arch Linux, bem como outras distribuições (Slackware, nixOS, Gentoo, Void, NuTyX, etc.), são UNICAMENTE instaladas e configuradas em modo manual, fazendo que todos os procedimentos, sejam altamente personalizáveis pelo user.

    MENTIRA, pelo exposto em VERDADE e por isso um user a iniciar em Arch Linux, NÃO vai conseguir instalar o Arch Linux!

    Um user com conhecimentos rudimentares, pode usar por exemplo Manjaro Linux, e aplicar todas as ferramentas do BlackArch Linux em Manjaro Linux, ou melhor ainda, pode aplicar as ferramentas que necessitar, optando por uma instalação selectiva dessas mesmas ferramentas ou se quiser a instalação de ferramentas por grupos.

    Exemplo para um Grupo de Ferramentas:

    blackarch-forensic
    blackarch-defensive
    etc., etc.

    Exemplo de Instalação para Ferramentas Forenses

    pacman -S –needed casefile autopsy dff ddrescue dumpzilla magicrescue iphoneanalyzer naft peepdf recoverjpeg safecopy

    (https://blackarch.org/forensic.html)

    Deste modo, instala em Manjaro Linux, somente o que lhe interessa e nada mais do que isso!

    NOTA: os repositórios oficiais quer do Arch Linux ou do Manjaro Linux, em nada vão interferir negativamente com os repositórios adicionados do BlackArch Linux, convivendo de forma saudável estes repositórios quer em Arch Linux bem como em Manjaro Linux.

    • arc says:

      Correcção: em “pacman -S –needed casefile autopsy dff ddrescue dumpzilla magicrescue iphoneanalyzer naft peepdf recoverjpeg safecopy”

      Para quem tiver interesse, antes do needed, sao dois tracinhos e não 1!!

    • Dhaaa says:

      “se não domina é melhor não usar”
      Belo título.
      “…são UNICAMENTE instaladas e configuradas em modo manual, fazendo que todos os procedimentos, sejam altamente personalizáveis pelo user…”
      Por acaso, dessas distros, até mesmo profissionais de it raramente as usam “em horário laboral”.
      A curva de aprendizagem para uso corrente assusta a maioria, daí até nas empresas optarem por Ubuntu e coisas tipo.
      Daí que, quem quer um profissional com conhecimentos acima da média em Linux, a primeira pergunta é: qual a distro que usa mais? Se a resposta for alguma das aqui de cima, é bom prenúncio.
      Mas o espanto vem que mais de 85% das respostas batem em Ubuntu e similares.

    • TuFfAs says:

      Este arc é TOP, vale sempre a pena ler os teus comentários, que BOSS. @pplware , aprendam um pouco com ele e melhorem os vossos argumentos quando escrevem artigos e se não os escrevem e traduzem de outros sites…ao menos dêem um toque pessoal e melhorem-nos.

  3. Spoky says:

    “Se os conhecimentos são pouco, tenha em atenção que poderá cometer crimes ao usar esta distribuição.”

    Discordo totalmente, não é por usares uma distro que tas a cometer um crime. Só cometes o crime se fizeres com intenção de maldade contra alguma organização, pessoa, grupo sem autorização, o que vieres a fazer uso das ferramentas incluídas nela

  4. Rui Barreira says:

    Para além do mais que “se os conhecimentos são poucos” duvido muito que consiga cometer qualquer crime se não sabe usar as ferramentas…

  5. Edds says:

    Gente chata, textao por causa de uma matéria sobre uma distro. Escorre arrogância por entre os dedos.

  6. Oskar Alhos says:

    Salve, Pedrito.
    Sinceramente, filho. Ou sou eu o azarento ou esses sistemas Arch-based são uma ganda bosht4!
    Ora é kernel panic, ora se vamos atualizar é só erros os mais diversos. NUNCA consigo instalar a mrd que quero. É só erro, erro, erro. Ah, mano, vão mas é à mrd o Arch linux e toda a sua prole.
    E como disse, não é apenas o blackarch, é toda a família.
    Dual boot?! Nem pensar! Kernel Panic…
    Se for para hacking, só vejo dois que se apresentaram bem melhores opções: Kali e Parrot.
    O resto? Eca!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.