Quantcast
PplWare Mobile

BackTrack 4 Final – Agora baseado no Ubuntu

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. a Friend® says:

    Agora baseado no Ubuntu?!

    Bem foi a melhor noticia que li sobre o BackTrack!!! 😀

  2. Tomania says:

    isto agora vai ser so “testes” lol

  3. fran says:

    melhor ferramenta que anda aí para o genero 😀

  4. chicosoft says:

    De longe a melhor ferramenta de todas…
    Já utilizei e abusei profissionalmente desse sistema…
    Muito bom mesmo, vamos la ver com ubuntu por baixo…

    Se as pessoas soubessem o potencial dessa Distro acho que era banida em muitos países…

    • a Friend® says:

      Esta ferramenta bem usada é extremamente útil desde que seja usada para fins benignos.

      Eu por exemplo, estudo ao máximo dos máximos como “Hackear” algo para depois aprender como proteger. 😉

      Por isso é que me sinto seguro com a minha ligação Wireless… por saber como se quebram, sei igualmente como a proteger com uma eficacia elevada, e po-la “imune” a este tipo de ferramentas.

      (Obviamente nunca se pode dizer 100% seguro, porque não há nada a esse nivel..convém é estar sempre a par e acompanhar a evolução… 😆 .. )

  5. Frigo says:

    por estas alturas a minha placa wireless já deve ser suportada….tenho de ir dar “uma vista de olhos”

  6. Tomania says:

    ainda cheguei a exprimentar o Nubuntu a uns tempos mas era muito fraquinho comparado com este monstro de verificação de vunerabilidades 😉

  7. DockMe says:

    Percebo a migração. Mas preferia base slax. Já estava tão habituado…
    Boa distro, anda sempre comigo no conjunto de PEN’s usb. Vou exprimentar.

  8. Pinote says:

    Finalmente, à uns bons meses à espera desta noticia!

  9. Emannxx says:

    Finalmente!

    E um aleluia para a decisão de fazerem uma analise às “ferramentas” que vêm nesta “distribuição” incrível… Sei trabalhar com a maior parte delas, mas ainda há aquelas que não lembra o diabo eheh. Que venha o mais rápido possível =)

  10. Alexandre Alves says:

    Bem acho completamente despropositada esta mudança … lá vão quadriplicar o número pessoas a “testar” a distro. Bem melhor como estava antes.

    Minha opinião como é óbvio

    • Carlos Oliveira says:

      Qual o problema de multiplicar o numero de pessoas a testar?

      • L.Mata says:

        Ha coisas que alguns “espertos” gostam de guardar para si. É aquela velha ideia de que não convém revelar o segredo do “negócio” a outros. Ou pelo menos torna-lo demasiado fácil. Quando é demasiado fácil deixa de se justificar o preço que se paga. 🙂

  11. Alexsandro says:

    Mais distro a ser testada XD…

  12. Diego Castro says:

    Vamos la ver se esta versão final esta boa….
    Porque a bt4 beta e pre final…… IMHO e na minha maquina, não me convenseram….

    Alguem sabe se eles portaram o SPOONWEP e SPOONWPA ???
    (desde que o Shaman virtuel deixou de aparecer lá pelo remote exploit… que não se desenvolve mais o programa…. e ele não era indispensavel, mas era extremamente rapido 🙂 )

  13. José Xavier says:

    Isto o que é “SPOONWEP e SPOONWPA”? O Aircrack-ng está nesta distro?

    • Diego Castro says:

      É um gui feito com base no air crack…..
      bom para o café (é bem rapido de se trabalhar)

      n é preciso abrir muitas bash’s e executar os varios comandos…

      Não é indispensavel, mas poupa trabalho 🙂

  14. Silva Pacita says:

    …qual é o user e pass da imagem vmware?

  15. Jaime says:

    Qual a diferença entre as duas versões para download aqui?

    Obrigado!

  16. Miguel Costa says:

    Não gosto muito destas distros, porque trazem sempre coisas q não entendo para que servem e têm tendência de fazer comunicações com a web quando eu não as peço.. e geralmente por portas que não utilizo
    :S

    • manu says:

      Para entender é preciso aprender. Existe alguns tutoriais que até estão aqui no pplware. Deves dar uma vista de olhos. Quanto as portas, cada software uma uma porta diferente (geralmente). O objectivo do backtrack é ser uma ferramenta de trabalho e não para ser usado como sistema operativo de navegação(embora há quem use)

      já usei bastante a versão pre release porque foi mais facil para mim personalizar o backtrack baseado em ubuntu.

      abraço

      “quanto mais calado estás, mais és capaz de ouvir” 😛

  17. Miguel says:

    E versão portable disto não existe?

    Sei que existe do anterior, mas seria interessante deste baseada em ubuntu…alguém sabe de algo?

  18. Psyco says:

    O Backtrack ou o NST são ferramentas poderosas. É evidente que podem ser usadas
    tanto para a auditorias de segurança, como por outro lado para fins ilícitos.
    b1bpt@fiambre.dsi.uminho.pt

  19. Paulo says:

    Olá!

    Preciso de ajuda.

    Acompanho o Backtrack desde a primeira versão, mas apenas usei a primeira e a segunda.

    Agora com mais tempo, fui tentar testar a quarta, só que não estou conseguindo fazê-lo funcionar, nem em DVD nem em pen drive.

    Desconfio que seja a inveja do Windows 7. 😀

    Pelo DVD ele chega a fazer boot, mas para. E pelo pen, nem sequer dá-se boot.

    Alguma idéia?

    Agradeço!
    Perdão pelo o uso do espaço, porém aproveitando, site Muito³ bom!

  20. Glauber says:

    Realmente interessante.

    O principal é que se trata de uma distribuição focada em segurança, excelente para Administradores de sistemas e Hackers. Só lembrando que há diferença entre Hacker e Cracker.

  21. Show , uso desde a versão 3 e depois por uns releases(Beta) Mas agora o 4 fala sério ficou super fácil para se instalar e utilizá-lo para o cotidiano só faltou falar como o 4 beta na inicialização. Não troco por nada .Seja Livre use Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.