Quantcast
PplWare Mobile

PlayStation 5 pode rodar jogos da PS1, PS2, PS3 e PS4

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Afonso says:

    Ler jogos físicos está quieto (tirando alguns ou a maior parte da PS4, talvez). Já basta ter que comprar o mesmo jogo 3 ou 4 vezes para podê-lo jogar em todas as PSs e agora acrescenta-se mais uma.

  2. Valter Silva says:

    Pode…. Mas será que vai 🙂

  3. Sammy says:

    Se desse para retrocompatibilidade de jogos físico… Era já a próxima consola.
    Iria mexer ainda mais com o mercado de jogos usados mas, como a Sony não tem a ganhar… Bem… Teria pois nem pensava duas vezes em comprar a PS5

  4. Joao says:

    “A Sony já desvendou o design daquela que deverá ser a consola mais poderosa da atualidade assim como algumas especificações.”

    Voces nao sabem que existe a Xbox Series X? Que rico de artigo………………………

  5. Jonas says:

    Rodar jogos ?!?!? é mesmo avançada a consola

  6. Rafael says:

    Já comprei o meu.

  7. José Manuel says:

    Como será jogar um jogo PS1 numa TV HD/UHD?

  8. rand says:

    Titulo: “PlayStation 5 pode rodar jogos da PS1, PS2, PS3 e PS4”
    Artigo: “O mais recente rumor indica que a PlayStation 5 poderá rodar jogos da PS1, PS2, PS3 e PS4. ”

    Huuuuuuuuum

  9. Claudio says:

    1°rodar jogos é uma coisa, receber streaming é outra, também consigo jogar forza no telemóvel mas nem por sombras que ele seja capaz de rodar forza.
    2°”super retrocompatibilidade”? Que eu saiba uma coisa para ser retrocompativel implica ser compatível… Se derem a ps5 jogos físicos da ps1/2/3 é como se não fosse nada (arquitecturas diferentes)
    3° até onde sei, há um certo código que diz que uma certa classe tem que factos com imparcialidade, e não rumores destrocidos e baseados em preferencias

  10. LMartins says:

    Sim. Vai correr todos os jogos de todas as versões anteriores bastando para isso comprá-los na store e jogá-los. A Sony ganha mais um fonte de rendimento e todos ficam felizes e contentes porque jogam aqueles títulos que jogavam há muitos anos. O suporte físico é que é para esquecer. Não me choca e fica a consideração de cada um de nós.

  11. Claudio says:

    Agora como eu não pertenço a dita classe, para mim uma “super retrocompatibilidade” é um aparelho compatível com as 3 gerações anteriores, seja em jogos como em periféricos da geração anterior. Para mim ser retrocompativel é poder agarrar na minha coleção de jogos físicos, ou até mesmo os digitais associados a minha conta e poder RODAR/instalar no melhor hardware e não estar dependente da velocidade de Internet… Uma “super retrocompatibilidade” é ter HDR e frame rates superiores aqueles para que os jogos até foram desenhados…
    Quando a ps5 conseguir tudo isso com os jogos ps1/2/3 é TODOS da 4 pode ser que também a considere uma “super retrocompatibilidade”

  12. R!cardo says:

    De retrocompatibilidade não vai ter nada porque não posso inserir os cds/dvds das versões anteriores. Exemplo de retrocompatibilidade é a PS3 CECHC04.

  13. Bruno says:

    Uma pergunta a versão em disco da play 4 roda na play 5

  14. Eu says:

    Artigo sem sentido. Se houver compatibilidade será através do PSNow. A arquitectura da PS3 é demasiado diferente para a Sony perder tempo a construir um emulador para isso.
    Plus o PS5 não será a consola mais poderosa da atualidade. Isso é um facto. E este artigo parece ter sido pago pela Sony para dizer essa barbaridade. Poderosa em contexto de computing refere-se ao CPU. No máximo podia se referir ao GPU ou RAM. Mas em todos esses cenários a Xbox Series X é mais poderosa que a PS5.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.