PplWare Mobile

Análise Pro Evolution Soccer 2015 (Xbox One)


Just another gamer ...

Destaques PPLWARE

  1. rmcrys says:

    Este ou FIFA?

    • Paulo Silva says:

      Pela primeira vez em muitos anos, fico sem uma resposta objectiva para te dar tal o equilíbrio qualitativo que as versões deste ano atingiram.

      De qualquer forma, tenho uma certa tendência para te responder PES 2015.

      De qualquer forma toma nota da principal diferença entre a jogabilidade dos dois jogos, que acho que vinquei bem nas análises:
      – FIFA 15 – Futebol ofensivo e super rápido
      – PES 2015 – Jogo mais táctico e lento

  2. rodrigo says:

    será que posso eu jogar o Pro Evolution Soccer 2015 no meu PC, contra disputas com jogadores de outras plataformas, como Playstation 4, Xbox 360 ou Playstation 3??????
    Ou tenho que continuar a jogar apenas PC com PC e deixar os jogadores do XBox ou playstation sem minha mera companhia

  3. Guilherme says:

    Confirmo: Versão PC bem atrás das consolas. Isto a julgar pelas gameplays existentes no youtube onde é possível verificar que nas consolas o jogo está muito bom.

    No PC as bancadas estão um desastre e os poilicias e stuarts são bonecos ou cartazes imoveis.

  4. rodrigo says:

    No PC que os graficos e jogabilidade poderiam ser + explorados, fica assim??? pena

  5. Sérgio says:

    Concordo com a análise em geral, ainda assim deixo aqui algumas observações, tendo em conta que sou jogador de pc:

    1- Ache impressionante em todo o texto não haver uma critica negativa aos menus do jogo.
    Adoro windows phone mas aqueles quadrados e contrastes de imagens tornam tudo pouco clean e confuso.
    Mas o pior é o Game Plan, como é possivel toda aquela prisão de movimentos para alterar jogadores suplentes para titulares, ou ter que estar a alterar de separador para editar a posiçao? O pes2013 estava perfeito nestas 3 vertentes que referi..

    2- Comparando com o Pes2013, sinto os jogadores mais rigidos presos de movimentos na hora de atacar.. mas na recepção foi bem realçado que estão muito mais naturais.

    3- Remates de longe voltaram em grande.

    4- Alivar a bola em situações de aflição na área deixa muito a desejar. Quando existe um aglomerado muito grande de jogadores há uma dificuldade extrema e exagerada em aliviar a bola com tecla quadrado( remate)

    5- Rasteiras violentas de frente que toquem na bola, mas que metem a integridade fisica do jogador em caus, na vida real são consideradas falta.. no jogo nem por sombras.

    Resumindo.. vou tentar adaptar-me a este pes, mas o pessoal que está habituado a fazer tardadas com amigos a beber umas cervejitas e a jogar pes2013, vai sentir muito a falta de diversão e do modo arcade, que a Konami retirou nestas ultimas duas edições.

    • Francisco says:

      Sérgio, discordo desse ponto 2. No PES 2015 os jogadores que não controlas movimentam-se bem mais, o caso típico é quando tens a bola no meio campo e vês o avançado a fugir à defesa e até a levantar a braço. No PES 2013 mesmo eu clicando no L1 + X, o jogador que se devia desmarcar chega ali à linha da defesa e pára, justamente quando ele devia era acelerar.

      Concordo com o ponto 1 e 4 .

      Ponto 3, acho que o PES 2013 já se rematava bem de longe, é preciso é ter bons rematadores;

      Por fim acho que discordo do 5, por vezes o árbitro marca faltas que eu toco 1º na bola.

      Faltou referir que no PES 2013 o árbitro marcava foras de jogo sem nexo nenhum, bolas que nem era para aquele jogador ou que era um remate e parece-me que isso está corrigido

      • Sérgio says:

        No ponto 2, esqueci-me de referir que estava a falar do jogador que leva a bola controlada, na minha opinião têm menos agilidade.

        No ponto 5, falo em especifico de entradas duras no O e de frente, porque como dizes e bem,algumas faltas e os foras de jogo estao melhores.
        E os chamados “bagaços” nas costas dos desfesas não acontecem tanto.

  6. SLASH says:

    Eu já joguei o Fifa 15 e o PES 15 na Xbox 360 e ambos tem os seu pros e contras.
    Vou dizer aquilo que não foi dito pois o resto das mentalidades e tipos de jogo tático já está falado, triturado e vomitado em todas as criticas.

    A jogabilidade sem duvida que o PES 15 está melhor em comparação que os Fifa 15. (sempre joguei Fifa e acho que o Fifa 15 está muito mais jogável que o 14)
    Em grafismo ambos têm grandes bugs que nesta altura do campeonato não há desculpas pois os motores de jogo são os mesmos dos anteriores, com remendos a preço de novo enfim…

    Mas o grande bug dos bugs que ninguém fala e é isso que interessa a nossa liga portuguesa.

    – Ao marcar um golo o som é sempre GOAL isto é igual em todas as ligas

    – O PES os nomes estão como de costume (falsos).

    – Fifa o ambiente é puramente a pensar no pais de Inglaterra.

    – Os controlos de ambos continua demasiado complexos

    – Ambos têm jogadas pré programadas.

    – Liga Portuguesa continua a ter só a primeira em ambos

    – Menus apesar de um pouco mais rápidos continuam lentos e confusos

    Ora isto e mais alguns pormenores continuam por limar pois os jogos são caros e apenas são remendos dos anteriores fico desiludido por continuarem a dar pontuações loucas a estas sequelas repetitivas com novidades paupérrimas.

    O nosso campeonato está mal representado e pobre em ambos, pois não chega os poucos cânticos e estádios pelo preço que se paga. Se os monopólios apostam nos mercados do costume então recuso me a comprar um produto que gasta o lucro em representar apenas certos países menos o nosso.
    Penso que o gamer deve ser inteligente e penalizar esta industria falida pois não há alternativas e impõem a consola cara com net fútil para andar a facturar com sequelas apenas movida pelos gaiatos do pixel e críticos utópicos….

    • rmcrys says:

      Quanto aos jogos não faço ideia, sempre adorei o PES mas quero comprar um novo para PC e gostei muito das comparações. Para quem é principiante/médio (e não faz intenções de ser pro nem perder muito tempo con altos truques r infindáveis comandos e possibilidades), qual o mais indução?

      Quanto ao tema dos jogos novos parece-me um filme de comédia: 1) são mais os gráficos actualizados que o jogo em si 2) em vez de gastarem tempo a melhorar gráficos, podiam completar mais (como dizes) as ligas de países secundários 3) acho extraordinário como por 50-60 euros não incluem um par de anos de updates das equipas, ou seja, acham que esse dinheiro não compra updates (não falo de gráficos, ou campos, mas pelo menos update das equipas)

      Daí que compro um jogo cada 3 anos, e se arranjar um crack para as equipas ainda dura mais. Mas nas consolas isso não existe, e daí já ter vendido as consolas

  7. Fabio Tomás says:

    Boa Noite
    Estou com um pequeno problema, comprei o PES 2015 para pc quando vou para jogar oneline aparece sempre esta mensagem “Confirma se as definições de rede estão devidamente configuradas” o que devo fazer? Devo registar o produto? Onde e como?
    Obrigado
    Cumps

  8. Marques says:

    Boa noite
    Eu estou com o mesmo problema aparece-me sempre essa mensagem, o que devo fazer???

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.