Quantcast
PplWare Mobile

Análise Diablo III (PC/Mac)

                                    
                                

Autor: Paulo Silva


  1. Tomás Gonçalves says:

    Grande Jogo !!!!!!!!!!

  2. joao says:

    ai que saudades!!! tantas horas a jogar diablo II…agora estou indeciso… entre comprar para PC ou esperar por uma versao para consola!
    gostava de ouvir opinioes!!

    • Dc says:

      Se sair para consolas, queres tu dizer! E isto é jogo para PC (teclado e rato)

    • Ricardo silva says:

      escusas de ficar a espera, não vai sair para consola… até porque em maior parte dos casos quando saem saem sempre primeiro para consola, so depois para pc xD

    • Rena says:

      Já andam aí uns rumores que vai sair para a Wii U e para a Xbox. Mas se fizerem o que fazem sempre que é por os jogos da consola 30 vezes mais simples e fáceis preferia ir para a versão do PC :X

      • Paulo Silva says:

        Pois esse pode ser um problema, mas creio que a Blizzard irá tentar manter a sequência genética do jogo, caso seja lançado para consolas.

  3. Eleck says:

    graficos 9 só podem tar a brincar dar 9 a isto se não fosse os efeitos graficos das magias quase que parecia que tava a jogar posal 2 de 1999 porra eu tenho o jogo pá 9 a graficos acho muito no máximo dos maximos 8 e já é dar muito.
    Tens um erro de escrita: “Ao iniciarmos o jogo, temos de escolher uma profissão de entre as 5 disponíveis: Barbarian, Witch Doctor, Wizard, Monk e Demon Hunter.”, não se chama a isso profissões mas sim classes, ou seja classe=tipo de jogador/jogabilidade, jogabilidade 9.5 nem pensar para isto ter 9.5 tinhas que ter um controlo muito grande dos movimentos, tens que ter uma maior variedade de escolha de controlos e não são dois clicks de rato mais meia duzia de botoes de teclado que fazem isso pela maneira como tens de clicar no máximo daria um 7.5 a esticar já.

    Não percebo como é que podem dar notas destas a um jogo destes com a tecnologia existente fazem um jogo que apenas vale pela sua história e co-op nem graficos nem jogabilidade nada de especial a esse nivel passados 12 anos.

    • Orlando says:

      Estás ressabiado não sei com o quê!! O jogo está muito bom sim, os gráficos podem não ser os melhores mas é exactamente por causa do tipo/motor de jogo utilizado que não podem fazer gráficos à skyrim.

      A jogabilidade está excelente, porque o que realmente interessa é agarrar os jogadores ao jogo seja com 1001 botões ou somente com os clikes do rato e o jogo nisso agarra o jogador. E aconselho vivamente a experimentarem a jogar com as diferentes classes, o jogo torna-se diferente e muito viciante.

    • Rui Pereira says:

      A escolha da blizzard provavelmente foi não sair muito do registo dos jogos anteriores, mas classificar os gráficos como 8 também é pouco, isto porque se comparares as transições dos gráficos e a qualidade em altas resoluções, não vês nenhuma falha e existe um trabalho muito bom na combinação com as luzes e cores e sombras.

      Tu podes chamar o que quiseres seja classes ou profissões, dado que depois de escolheres qual o tipo de char que vais usar podes equilibrar a tua char para o que pretendes, no caso do witch doctor podes ser mais virado para PETS ou para Dano directo, o que torna o jogo com a possibilidade de versatilidade da char, melhorando a jogabilidade em muito, e sinceramente comparando com vários MMORPGS que saiem agora o D3 é muito bom. E jogabilidade não se vê por quantidade de botões, mas o que consegues fazer com esses botões. Por exemplo no League of Legends não tens assim tantos botões e no entanto é um excelente jogo em termos de jogabilidade.

      Sinceramente a única coisa que tenho a apontar no jogo é achar que o jogo poderia ser um pouco maior em termos de história, mas isto a nível pessoal, apesar de existirem várias side-quests que dão achievements, do loot searching e da competitividade que dá em passar o jogo nas dificuldades superiores.

      Sinceramente tenho a esperança que venha uma expansão, para aumentar as classes e se aumentar a história melhor ainda.

      Acho que o 9 foi bem dado porque o jogo não desiludiu e continuou competitivo. Agora 7.5? Se fizermos comparação com listas de jogos actuais ou até no steam um 7.5 seria demasiado injusto, o D3 não merece um 10 nem 9.5 mas 9 é suficiente.

      • Eleck says:

        lol graficos com 8 sim e ja é muito, tipo o BF3 tem 9.5 de graficos e tu queres comparar um com o outro tipo se separas as categorias ok mas o pessoal nao faz isso senao tortchligts e assim tambem tinham esse tipo de pontuações por isso para 2012 em termo grafico o jogo tá muito out dated para nao dizer pior
        Em termos de jogabilidade teclas direccionais são um must have para ter esse tipo de pontuação mas pelo que tou a ver esta pontuação é fan based por isso tirar 1 ou 2 pontos nisso e tá na mesma opinião que eu

        • Rui "ALL" Sousa says:

          Estou com o Eleck…

        • Paulo Favinha says:

          Em termos de gráficos, não podemos comparar com um estilo de jogo diferente. E, em minha opinião, dentro do estilo, está muito bom, daí a pontuação.
          Relativamente à jogabilidade, não concordo contigo relativamente às teclas direccionais. Acho que o fato do movimento ser com o rato, faz com que usemos as teclas para outro tipo de ação, neste caso, usar os feitiços e/ou poções.

  4. Fred says:

    Não vou comprar já… Não há tempo para o vicio neste momento…
    Mas a vontade é muito grande… Ai como me ardem os ossos!!!

  5. fLuXuS says:

    Comprei o jogo, ainda nem o testei, mas fiquei desapontado por uma pequena (grande) situação, actualmente estou num país onde o acesso de Internet faz-me lembrar o dial-up 28k, se existem vezes que nem o facebook abre imagino abrir uma ligação ao servidor..

    Podiam ter feito o mesmo sistema de DarkSouls/Demonssouls para não privar os jogadores de jogarem..

    Talvez para o ano jogue o 3, lá terei de me contentar com o Torchlight.

  6. Tiago says:

    Deixei de jogar o DIABLO ja a umas semanas atras, acho que o jogo não merece assim um bom score.
    A primeira dificuldade do jogo e tao fácil que é mesmo para estar atento a historia. A medida que vamos desbloquear as novas dificuldades o jogo torna-se frustrante em que o loot dos bosses não são nada satisfatórios de modo a que para conseguir uma boa gear basta ter uma boa quantidade de gold e comprar na AH por preços absurdos.
    Quando finalmente cheguei a ultima dificuldade o jogo torna-se de tal maneira absurdo uns simples mobs são mais fortes que um boss…. Detesto quando tenho um gear bastante boa e com 1 a 2hits morro de um mob normal, tornando o jogo bastante secante.

    Acho que vou ficar pelo torchlight

    • Ricardo silva says:

      toda a gente se queixa do inferno, é verdade que o loot é uma banhada… está feito para usares a AH, mas a dificuldade tem de ser assim, acho é que os bosses estão fracos de mais, tirando um ou 2 pack de elits com a skill de shield ja faço todo o acto 1 sem que cansar muito.

    • peter says:

      hã? loot? bosses? gear? AH? mobs? …
      agora em português se fazes favor…

    • Rena says:

      “Detesto quando tenho um gear bastante boa e com 1 a 2hits morro de um mob normal”

      Pá se nunca jogaram o 2 para que falar mal do 3?
      O jogo saiu à 3 semanas praí e dizes que tens gear bastante boa? Hahaha de rir. Vá volta lá para o teu fable 3 🙂

    • aka says:

      Não percebo porque, o jogo é dificil, sim, mas eu que não compro equipamento a preços absurdos no AH, dei praí, 100k a 200k de gold por peça, algumas apanhei eu e actualmente já só me falta matar o diablo em modo inferno.
      E grande parte do modo inferno fiz sozinho, incluindo o acto4

      (De notar que não tenho muito tempo para farmar e comprar grandes peças de equipamento)

      O jogo está desenhado para escolheres o equipamento a dedo para a configuração do teu personagem.
      Não importa se são peças lendárias, azuis, raros, caras ou baratas. Desde que tenham as stats certas.
      Ou podes simplesmente mudar um pouco a configuração do personagem para a situação com algum equipamento standard.
      É a sinergia entre habilidades e equipamento a beleza do jogo.

  7. Nuno Gonçalves says:

    Creio que quem fez a analise do jogo devia o ter jogado ate ao fim, porque so assim se percebe que o maior problema do Diablo 3 é a historia, está muito fraca em relação aos antecessores, logo isso podia influenciar a nota final.

    • Paulo Favinha says:

      Tentei acabar o jogo, mas não consegui dedicar-lhe tanto tempo como queria. Penso que a historia está boa, mas como ainda não acabei, não posso opinar. Vou ficar com a tua opinião sobre o assunto para poder comparar mais tarde.

  8. António Ferreira says:

    Peço desculpas sr. Paulo Silva mas achei a sua Análise ao Diablo III muito pessoal.

    Julgo e na minha modesta opinião, que falhou alguns pontos deveras importantes que deveria ter incluído.

    Permita-me iniciar com uma crítica aos seus últimos comentários:

    “…espectacular jogo que a Blizzard, mais uma vez, lançou…” – Já tenho uma certa idade e tenho um filhote com 13 anos. Sou do tempo de: Rock ‘n Roll Racing, Blackthorne, The Death and Return of Superman, The Lost Vikings, Warcraft: Orcs & Humans, Diablo, StarCraft, etc … Estes jogos e suas sequelas rapidamente aumentaram a popularidade da empresa. Os jogos eram feitos de jogadores para jogadores. Nestes últimos a Blizzard não tem inovado, apenas tem feito liftings a jogos de sucesso. Teria isto a ver com o “merge” da Activision ? Um jogo como o diablo III que demorou perto de 13 anos a ser desenvolvido, não é nem de perto espectacular. Fosse outra companhia que não a Blizzard a lança-lo e este jogos seria apenas mediano.

    “…tendo sido vendidos 3,5 milhões de cópias no primeiro dia.. Acha que estes estão todos enganados?” – Muitas destas copias foram vendidas muito antes sequer do jogo ser lançado, grande parte foi comprada por fans do diablo I e diablo II, apenas porque são isso mesmo fans. Este numero também esta inflaciono pela oferta feita no WOW com um ano de subscrição. O que estou a tentar dizer é que não se pode avaliar a qualidade de um jogo, baseado na venda antes do jogo ser lançado, estas compras foram mais baseadas no secesso dos anteriores títulos do que propriamente no seu.

    A minha experiencia no Diablo 3.
    – Acho os gráficos e sons mediados para um jogo que demorou 13 anos a ser preparado.
    – Sinto que fizeram um jogo muito semelhante ao WOW, que de certa forma nos vai obrigar a gastar mais dinheiro no futuro por meio de DLC´s (Não é a toa que o level cap é de 60)
    – Não gosto desta nova obrigação de estar sempre ligado aos servers, mesmo para jogar solo. Compro um jogo solo para jogar quando quero, não quando os outros me permitem (servers up, internet up, etc…)
    – Isto de estar ligado aos servers tem implicações graves no modo hardecore, onde se morres, perdes tudo. Foste dc no meio de uma fight, fosse pelo Pc crachar, a tua internet flalhar stc … e lá se vai horas e horas de jogo.
    – Não gosto do erro 37 ou 3006
    – La se foi os mods e as Lans. Nada disto é mais possível.
    – Não gosto desta passividade da Blizzard em relação aos Hackers. A Blizzard diz que é nossa culpa mas a verdade é que já há casos de contas comprometidas quando a mesma tem associado um “authenticator”. Algo que seria de certa forma fácil minorar se tal como fez Trion, no seu jogo Rift, implementasse um “coin-lock”. Sempre que é detectado um IP suspeito é activado o “coin-lock”, podes continuar a jogar, mas não se pode retirar ou por itens do teu inventário. Tens de confirmar primeiro clicando num link que foi enviado para o teu email. Esta medida apenas demorou 48 horas a ser implementada pela Trion.

    Julgo que estes são pontos importantes que deverias ter posto na tua análise.

    Pessoalmente considero o jogo Torchlight II (participei na beta) muito superior ao Diablo III. Faz-me recordar a Blizzard de há uns anos atraz.

    • António Ferreira says:

      Também não gosto do sistema de Loot estar totalmente desadequado a uma real progressão.

    • Tiago Ferreira says:

      Caro António Ferreira,concordo plenamente com a sua análise, penso que a AH veio trazer um Diablo muito comercial, os items na AH são vendidos a preços exorbitantes, sendo que existem items banais a serem vendidos por muitos milhões de gold, ora isto vai fomentar o comercio transversal no jogo e devido aos loots serem fraquíssimos apenas os que gastarem dinheiro real terão acesso a equipamentos “bons”. Posso dizer que já tenho 90 horas de jogo 75 delas com o meu monk e é frustrante para mim que já gastei perto de 2000K gold em items na AH e passar do Act2 em inferno sozinho é impossível. E para complementar gostaria que analisassem as alterações que irão ser implementadas na nova patch 1.0.3 são algo por de mais…

      Cumprimentos

      • Ganondorf says:

        Ainda que a compra de gold possa tornar o jogo injusto, gold sellers sao uma realidade. E como diz o ditado:”If you can’t beat them, join them” e foi isso o que a Blizzard fez…

    • JJ says:

      A única voz racional no meio de tantos Blizzard fanboys.

    • aka says:

      Concordo com alguns pontos, mas sinto-me forçado a dar a minha opinião.
      – Verdade que foi um arranque dificil com todos esses erros, o mais irritante é o erro simplesmente não estar identificado
      pode ser simplesmente ” servers full” ou seja o que for.
      Eu pessoalmente não fui muito afetado, tive sorte nas horas que loguei talvez, a parte boa é que isso é corrigido de imediato (pelo que me, a maior parte dos erros já foi corrigida, pelo menos não ouço o pessoal a queixar-se)

      O modo hardcore foi maioritáriamente pedido pelos jogadores, porque sim existem malucos por aí 😛
      Ninguem é abrigado a joga-lo nem têm recompensas extra é apenas um desafio extraodinário.

      – Ao fim ao cabo os mods destruiram um pouco o diablo2
      bots e map hacks, nunca gostei de cheating.
      Outro ponto que gosto nos jogos da blizzard, se alguem encontra um exploit ridiculo qqer no jogo, eles rapidamente removem. (porque todos os jogos os têm) e cheats então nem menciono, tira o fun todo as jogos.

      – A nivel grafico, podiam estar melhor sim, mas pessoalmente temos de separar um pouco as coisas, o BF3 (por exemplo) é um jogo que foi feito para parecer realista, o diablo3 não.
      Existem diferenças entre graficos realistas e animados. Eu pessoalmente gosto dos dois tipos. É injusto comparar os dois tipos, é devido a isso que os jogos 2D começaram a desaparecer do mercado á uns anos (voltando lentamente de hj em dia)

      – O jogo não esteve 13 anos a ser criado, simplesmente eles tinham outros projectos. é normal, as pessoas exageram muito.

      – Diablo 3 n tem DLCs mas sim expansoes, muito diferente.
      Posso dizer isso com 99.99999% de certeza.
      E se tiver algo disponivel para comprar, é apenas como no wow extras sem menor importÂncia (ex: pets) nada de grandes conteudos

      – O facto de estar sempre ligado aos servidores irrita bastante pk temos ping a jogar, mas infelizmente é um mal necessário contra cheating, copias piratas e outras coisas.
      Eu tenho uma net a 2Mb e sinceramente n me incomoda muito.

      – Blizzard já me recuperou a conta de “hacking” devido a desleixo meu, desde que meti o autenticator no android n me chatiei mas com isso.
      (pk sim não se trata de hacking nenhum. hacking foi sim, feito á linkedin por exemplo, em que roubaram literalmente o s dados dos users.
      As accounts da blizzard (e outros jogos populares)são alvo de keyloggers e afins, que, para quem não tem noção, normalmente roubam também informação das contas de emails e afins.
      Eu como estou bastante dentro do assunto tenho perfeita noção que a maioria das pessoas tem o PC completamente minado com keyloggars, adware e afins, sem se aperceber.

      • Paulo Favinha says:

        Concordo com o teu ponto de vista sobre as criticas levantadas.
        Deixa-me só completar que rematei a review com o numero de cópias vendidas, porque acho que é um fator importante, não para a qualidade do jogo, mas para o fato de haver muita gente à espera que este fosse lançado. Mesmo incluindo as cópias oferecidas. As estimativas apontam para que das 5 milhões de cópias vendidas no primeiro ano (estimado), 1 milhão sejam oferecidas através da renovação no WoW.
        Alguns dos pontos que o Antonio Ferreira levantou são importantes, nomeadamente relativamente ao fato de termos de estar sempre ligado aos servidores da Blizzard. Isto torna o jogo impossivel de levar de férias para um local sem internet, e por vezes é mesmo isso que precisamos para descomprimir. Também concordo com as LAN parties (que saudades…), mas pode ser a minha veia de nostalgia a falar.

  9. Pedro Fernandes says:

    Alguém me sabe dizer os requisitos mínimos do jogo? Quem joga WoW no seu pc também vai conseguir jogar diablo 3? ^^

  10. wtv says:

    Diablo 3 está a ser overrated.

    A Blizzard já não é o que era…

  11. Ganondorf says:

    Tenho a edicao de colecionadores, e apesar de não me arrepender de todo dessa compra, tenho a dizer que o jogo peca na longevidade (na minha opiniao como é obvio).
    Demorei anos pra acabar o diablo 2 + expansao nas 3 dificuldades(sendo que a expansao é só um acto em 5), enquanto que o diablo 3 ja tou na 3 de 4 dificuldades…

    Acho que também falha na variedade de dungeons, no acesso. Lembro-me que no Diablo 2 havia o Tomb of Tal’Rasha e que era um de 7 dungeons que haviam ao pé. Então era uma oportunidade pra explorar. Já no Diablo 3, não vejo muito disso…

  12. Fábio Monteiro says:

    estou agr a acabar em nightmare mode =)

  13. Tim says:

    Eu recomendo este jogo, muito bom e viciante. Já agora, o meu DH morreu à uma hora a nível 56 hell (hardcore)… lá vou ter que fazer um novo.

  14. EacHTimE says:

    Eu devo dizer que o Diablo I foi dos meus jogos favoritos de todo o sempre. Foi um jogo brutal especialmente para a altura.

    Em relação ao som reparei que no Diablo3 voltaram a recuperar não só sons do Diablo2 como voltaram a por do 1!! como o som dos livros a cair e das flechas o que acho muito bem porque o Diablo 1 tinha uma sonoridade brutal, um ambiente assombroso que se perdeu e eles agora tentaram recuperar um pouco.

    O Diablo1 tem uma banda sonora brutal de onde vem a famosa musica de Tristram que agora pegaram nela e alteraram mas não tão boa. O ambiente e musica do diablo1 acho uma absolutamente genial e nenhum outro diablo se irá igualar por muitos melhores gráficos que tenha.

    Este diablo3 pensei q fosse pior do que é. Até conseguiram por ambiente e envolveria bem mais do que imaginei. Temi que fizessem uma espécie de wow em que é apenas vicio mecânico sem envolveria na história mas até agora até fiquei bem impressionado

  15. Abriu a 1ª vaga de inscrições para a main team da guild portuguesa de diablo 3, que abriu portas nos uP Gaming.

    http://www.growupgaming.org/diablo3apply

    É necessário estar registado para fazer a inscrição.

    Inscreve-te já e começa a jogar connosco.

  16. Pedro says:

    E neste momento (€€€), qual o melhor local para adquirir o Diablo 3 e a expansão para PC?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.