PplWare Mobile

À conquista d’O Reino dos Céus com Ace Combat 7


Just another gamer ...

Destaques PPLWARE

  1. Duarte says:

    e capaz de estar fixe

  2. rui gama says:

    E para pc??Não há nada?

  3. rjSampaio says:

    “Naquela que se espera a melhor e mais realista experiência de simulação de combate aéreo moderno”
    3 letras “DCS”
    qualquer jogador “profissional” que joque por exemplo num A10, entra num verdadeiro e descola sem problemas, ja foi provado.

  4. Daniel says:

    SIMULADOR????
    Mas alguém no pplware já alguma experimentou um simulador a SÉRIO?
    Com todo o respeito a quem gosta e joga, o Ace Combat não é nada mais nada menos que um mero jogo de arcada com gráficos XPTO que não tem nem uma pontinha de simulação!
    O que acabam de dizer é o equivalente a afirmar que o Super Mario kart é o “Ultimate racer simulator”, conse1guem perceber a dimensão do disparate feito no artigo em cima?

    Se querem ver o que é simulação a sério vejam o DCS World, onde o módulo do A-10C tal como foi dito pelo rjSampaio “quase” que habilita um cidadão nornal a pilotar o verdadeiro A-10.
    Além do A-10, existem outros aviões e helicopetros tanto do lado ocdental como do bloco de leste, todos eles com niveis elevados de realismo tanto ao nivél de modelação da fisica tanto como na modelação de instrumentção além da interligação de sistemas de vôo.
    Além disso tem ainda modelos de simulação de comportamento de armas, avarias nos sistemas e de modelação de danos estruturais com respectiva afectação no modelo de fisica de vôo além de simulação de efeitos atmosféricos.
    Fica aqui o link para os mais curiosos…. ahhh o jogo é de borla e trás já Russo SU-25 e o clássico P-51, os restantes modelos são comprados a parte inclusivamente os third party add-ons que são verificados e aprovados pela produtora do simulador.
    http://www.digitalcombatsimulator.com/

    Outro Simulador à Séria é o Falcon BMS, que é descendente do velhinho Falcon 4.0 dos anos 90.
    Este simulador do caça americano F-16, tem sido mantido por uma comunidade de aficionados ao longo dos anos mesmo depois da Microprose, produtor original do F4.0, já ter desaparecido.
    Este Simulador embora tenha um motor gráfico mais antigo e embora haja um trabalho espetacular em conseguir espremer sempre mais qualquer coisa das versões mais antigas do directx, tem como principal trunfo o modelo de campanha dinamica que até hoje não houve nenhum outro simulador capaz de igualar.
    Mais uma vez neste o modelo do F-16 e respectivos sistemas são replicados com uma exactidão brutal.
    Para quem quieser mais detalhes fica aqui o link, já agora este simulador também é de borla, só tem de se ter o ficheiro .exe do velho falcon 4.0 que é disponibilizado no site:
    http://www.bmsforum.org/

    Há mais simuladores de vôo militares de boa qualidade, mas estes dois são de longe os que ocupam os primeiros lugares de destaque neste nicho de mercado.

    Tomem atenção ao fazer artigos destes porque estão a induzir as pessoa em erro, aprecio bastante o vosso trabalho e tenho visto aqui neste espaço grandes artigos com muita e boa informação, não borrem a pintura!

    • Paulo Silva says:

      Queria agradecer-te as palavras, e os esclarecimentos sobre os dois simuladores que mencionas. Nunca os experimentei, apesar de ter ainda jogado um pouco no Falcon 4.0 que mencionas … tal como no F-29 Raptor, F15 Strike Eagle … e alguns outros.

      • Daniel says:

        Não tens que agradecer, esses que mensionas são clássicos dos anos 90, penso que querias referir-te ao F29 Retaliator e não Raptor esse era o F22, muitas horas passei num velhinho 386 a jogar a esse jogo!!
        Mas houve tantos, o Chuck Yeager, LHX, lembro-me doTFX advance tatical Fighter onde me lembro de ter festjado efusivamente depois de fazer um reabastecimento em vôo, o Strike Comander que era um simulador de F-16 feito pelo mesmo tipo que fez a Saga Wing Commander, os Microsoft Combat Simulators da 2ª Grande guerra, o Fleet Defender, etc, etc…
        No post anterior mensionei unicamente 2 dos simuladores mais recentes de vôo militares, com aviões modernos porque o artigo é sobre um “suposto” simulador de vôo de aviões modernos.
        No caso particular do DCS também tem modelos da 2º Guerra Mundial, sendo que está a ser preparado um senário da Europa dessa época para esses aviões. Para já coabitam todos no mesmo scenário.
        Para quem gosta de simualadores de vôo com máquinas mais nostágicas, há sempre o IL-2 Sturmovick da 2ª Guerra Mundal ou o Rise of Flight da 1ªGuerra Mundial, assim para mensionar outros 2 dos mais populares.

        Claro que para quem gosta unicamente de voar por voar, e até aconselho para aprender os básicos, há sempre o Microsoft Flight Simualtor X que voltou a ser vendido através da plataforma Steam, ou X-Plane por exemplo.
        Pare quem quer levar a coisa para um plano mais a sério ainda há o Perpare3D que é baseado no Flight Simulator da Microsoft mas é produzido pela Lokeed Martin e é vocacionado para auxilio ao ensino de pilotagem, treino e preparação de missões… reais!!!

        Há muita coisa neste nicho de mercado, só que este é um mundo que vive um bocado a parte da comunidade gamer e não tem tanta exposição, porque embora todos eles à excepção do Prepare3d sejam feitos e pensados em primeiro lugar com um objectivo lúdico, já não podem ser própriamente categorizados como jogos, porque têm curvas de aprendizagem longas, exigem muitas horas de treino e dedicação antes sequer de se poder e conseguir disparar um tiro certeiro.
        Além de, ao contrário de muitos jogos do main stream online o objectivo é matar 500 mauzões que nos aparecem pela frente em 15 minutos, nos simuladores de vôo no modo online, nem por isso! Constantemente levamos grandes lições de humildade porque embora durante uma missão as coisas estejam a correr bem e já temos uns quantos objectivos atingidos, aparece sempre alguêm melhor que nós e nos dá uma tareia que nos obriga sempre a melhorar mais algum aspecto.
        Isso inclusivamente além de nos obrigar a melhorar obriga inclusivamente a melhorar a interacção com outros jogadores em equipa, obrigando por exmeplo a muitas horas de treino só para melhorar pequenos aspectos, tipo vôo em formação, abastecimentos em vôo, ataques coordenados, técnicas de evasão e defesa de ameaças anti-aéreas ou aéreas, tudo em equipa etc, etc…
        Mas o objectivo principal de um simulador de vôo como os descritos em cima é nas possibilidades que o software e o hardware nos dão e nalguns casos, o que os fabricantes e autoridades militares permitem que se possa replicar, é poder experimentar a sensão de como é pilotar uma máquina que está vedada a 99,9% dos comuns mortais!
        Estes jogos mais recentes que mensionei têm uma comunidade de fãs (incluido eu 😀 ) que torram pequenas fortunas a construir cockpits para poder tirar o máximo da experiência que um simulador de vôo proporciona.
        Aconselho quem queira começar ou experimentar, que primeiro se mentalize que vai passar muitas horas só para por o avião no ar sem se espatifar ao fim da pista, e outras tantas para o conseguir por no chão em segurança! Paciencia , muito treino e muita leitura dos manuais, alguns com mais de 500 páginas!!
        No fim a recompensa poder experimenter o gozo de fazer um “Buzz the tower” tipo Tom Cruise no Top Gun, sem se esbardalhar todo 500 metros a frente! 😀

  5. Daniel says:

    SIMULADOR????
    Mas alguém no pplware já alguma experimentou um simulador a SÉRIO?
    Com todo o respeito a quem gosta e joga, o Ace Combat não é nada mais nada menos que um mero jogo de arcada com gráficos XPTO que não tem nem uma pontinha de simulação!
    O que acabam de dizer é o equivalente a afirmar que o Super Mario kart é o “Ultimate racer simulator”, conse1guem perceber a dimensão do disparate feito no artigo em cima?

    Se querem ver o que é simulação a sério vejam o DCS World, onde o módulo do A-10C tal como foi dito pelo rjSampaio “quase” que habilita um cidadão nornal a pilotar o verdadeiro A-10.
    Além do A-10, existem outros aviões e helicopetros tanto do lado ocdental como do bloco de leste, todos eles com niveis elevados de realismo tanto ao nivél de modelação da fisica tanto como na modelação de instrumentção além da interligação de sistemas de vôo.
    Além disso tem ainda modelos de simulação de comportamento de armas, avarias nos sistemas e de modelação de danos estruturais com respectiva afectação no modelo de fisica de vôo além de simulação de efeitos atmosféricos.
    Fica aqui o link para os mais curiosos…. ahhh o jogo é de borla e trás já Russo SU-25 e o clássico P-51, os restantes modelos são comprados a parte inclusivamente os third party add-ons que são verificados e aprovados pela produtora do simulador.
    http://www.digitalcombatsimulator.com/

    Outro Simulador à Séria é o Falcon BMS, que é descendente do velhinho Falcon 4.0 dos anos 90.
    Este simulador do caça americano F-16, tem sido mantido por uma comunidade de aficionados ao longo dos anos mesmo depois da Microprose, produtor original do F4.0, já ter desaparecido.
    Este Simulador embora tenha um motor gráfico mais antigo e embora haja um trabalho espetacular em conseguir espremer sempre mais qualquer coisa das versões mais antigas do directx, tem como principal trunfo o modelo de campanha dinamica que até hoje não houve nenhum outro simulador capaz de igualar.
    Mais uma vez neste o modelo do F-16 e respectivos sistemas são replicados com uma exactidão brutal.
    Para quem quieser mais detalhes fica aqui o link, já agora este simulador também é de borla, só tem de se ter o ficheiro .exe do velho falcon 4.0 que é disponibilizado no site:
    http://www.bmsforum.org/

    Há mais simuladores de vôo militares de boa qualidade, mas estes dois são de longe os que ocupam os primeiros lugares de destaque neste nicho de mercado.

    Tomem atenção ao fazer artigos destes porque estão a induzir as pessoa em erro, aprecio bastante o vosso trabalho e tenho visto aqui neste espaço grandes artigos com muita e boa informação, não borrem a pintura!

  6. Pato says:

    Este trailer deve ser provavelmente o pior que já vi. Completamente ridiculo. E de simulador isto não tem nada. Por amor d deus.

  7. Vlad says:

    Parei de ler nesta frase “Está para breve o regresso de um dos melhores simuladores de aviação de combate de sempre, Ace Combat.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.