Quantcast
PplWare Mobile

Portugal: Uber Eats passa a ter serviço “Médico em Casa”

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. CarlStriker says:

    o médico bem dentro da caixa? isso vai dar cabo das costas do condutor.
    o que vale e que tem o medico atras que lhe pode receitar algo para as dores.

  2. Pintor says:

    Com um sistema de saúde público com uma qualidade como o Português nem parece fazer sentido começarem por cá;)

    • Joao Ptt says:

      SNS é o melhor, ou o pior, conforme seja de esquerda ou de direita. Se for do meio, precisa de melhoramentos.

      A custar entre 10 e 11 mil milhões de euros deveria ser um serviço de primeiríssima qualidade.

      • Zed says:

        Uma companhia aérea que serve meia dúzia custa 4 mil milhões. Será que 10 mil milhões é assim tanto, num sistema para todos os cidadãos, com uma população cada vez mais envelhecida/dependente?

      • FreakOnALeash says:

        Não me revejo em PS, BE, CDU, PAN e Livre…no entanto acho o nosso SNS bom, mal dotado de financiamento (O PS orça 10€ e depois executa 2€), mas bom!

  3. SANDOKAN 1513 says:

    Fogo,nunca vi outra. 😐

  4. Boa Iniciativa says:

    Boa iniciativa. Evita que em situações inesperadas não muito graves, seja preciso a meio da noite ir para uma urgência de Hospital, visto que a maioria dos postos de saúde, estão ou fechados ou sem médicos e enfermeiros para serem uma primeira linha útil. O ACP também tem médico ao domicilio, mas aí é preciso ser associado.

  5. Técnico Meo says:

    Eu gostava mas é de saber porque é que os meus takeways não aparecem no portal das finanças, mesmo a dar o NIF nos pedidos? Essa é que era interessante saber

  6. Ochinês says:

    Um familiar meu teve que renovar a carta de condução no pico do confinamento, em que as pessoas não podiam, ou tinham muito receio, de sair de casa. (Só depois é que anunciaram a extensão do prazo de validade das cartas de condução.

    Marquei-lhe uma teleconsulta. Também pró qué que é … Uma conversa que dá para perceber que a pessoa não está muito avariada da bola, “feche os olhos e toque com o dedo na ponta do nariz”, “ponha-se de pé”, “leia aqui estas letras” numa folha que ocupam o ecrã do computador. E já está.
    Carote mas prático.

  7. Sardinha Enlatada says:

    Nao consegui entender esse servico. Os medicos vao conduzir motas e usar uma mochila da Uber Eats ?

  8. Narciso Miranda says:

    Para alguem com 2 dedos de testa o serviço deve de passar pelo seguinte:

    • De momento o restaurante tem um tablet onde recebe os pedidos, e o estafeta com codigo vai os levantar;
    • A acontecer, a empresa terá um mesmo equipamento a receber os pedidos, mas em vez de o estafeta ir buscar o médico, será a empresa a enviar o medico

    Isto usando o servico uber eats, tal como teem para quem é cliente deles que liga a pedir médico ao domicilio

  9. Pedro L. says:

    depois passa a ser o canalisador, electricista , engomadaria ,advogados , etc . Não está mal pensado.

  10. sempre na boa onda says:

    Algo não bate certo…

    Se 40% dos médicos a trabalhar para o Estado também o faz para o privado, e além disso dizem que anda tudo extenuado…

    logo se verá…

    Saudinha!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.