A Internet na Coreia do Norte tem apenas… 28 sites!


Destaques PPLWARE

46 Respostas

  1. Paulo says:

    Eu não abro os sites. Aconselho também a não abrirem. Às tantas tem “maroska” nisso. 😉

  2. Rui says:

    Até é demasiado. Bastava 1 site do grande líder a aconselhar os cidadãos com os bons exemplos a seguir para evitarem o pelotão de fuzilamento!

  3. QwertyMat8 says:

    RIP IT Guy que se enganou ao fazer as configurações :'(

  4. pedro says:

    então, existe pluralidade!!!!! podia só existir 1 ……

  5. Carlos Antunes says:

    O que terá acontecido ao responsável pela falha?

  6. Hugo G says:

    Exactamente! Menos um gajo por se ter enganado numa configuração!

  7. Sousa Ponte says:

    Apache/2.2.15 (RedStar 3.0) Server at kcna.kp Port 80 – Categoria 😀

  8. Sousa Ponte says:

    Isto cheira-me a algo esquisito… já pensaram que os sites foram publicados para serem acessíveis? Muitos deles têm conteúdo em inglês – até a pagina 404 é em inglês – estranho, para um país ultra nacionalista, não?
    E mais… estes sites já são conhecidos desde 2014:
    fonte: http://www.northkoreatech.org/the-north-korean-website-list/

  9. ervilhoid says:

    Abri 2 à sorte, firefox crashou :) lol

  10. John Almeida says:

    cuidado com as doencas para os pcs!

  11. Xis says:

    Será que precisam de um motor de busca para tantos sites?

  12. NT says:

    Muito estranho… Acredito que têm uma “internet” muito restrita, muito censurada e tudo em coreano… Deve ser tudo para evitar os ataques terroristas… E grande parte do mundo se não acorda também fica com a net restringida mas isso já sou eu com a mania da perseguição.
    Mas agora estarem a acusar a Coreia do Norte pelos ataques à Sony? Não é de culpar a Sony por isso, eles é que tinham sites vulneráveis e o “GRANDE” ataque foi mesmo porque eles(Sony) restringiram a play station e juntamente com isso fizeram muito contra a partilha de média, se foi um segundo ataque que houve, pelo que se conhece provavelmente foi um ataque interno, ou melhor alguém que foi despedido mas ainda tinha acesso ao sistema. E a cereja no topo é que a Sony é japonesa o que não tem grande interesse para os Coreanaos.
    O ataque “vindo” da Coreia foi descoberto por quem? EUA… E segundo se sabe os EUA é que tinham todas as ferramentas que tornavam um “ataque” desse tipo trivial.
    Já agora só uma fonte… mas tem mais perdido na net http://krebsonsecurity.com/tag/sony/

  13. censo says:

    Será que vi na lista o kickass?

  14. Alucard says:

    28 sites até devem ser demasiados para o número de computadores que lá devem ter.

  15. Asdrubal says:

    Está a progredir.
    Ainda assim penso que só quem tem mais ligação ao governo é que tem “internet” por lá. É que há alguns anos, apenas havia um computador para a rede exterior. E mesmo assim só devem haver alguns para a verdadeira Internet, e só para espionagem.

  16. Martins says:

    faz-me lembrar o GTA IV e GTA V onde se pode ir à internet nos computadores e telemóveis e também só há uma dúzia de sites. 😀

  17. Alpha says:

    É melhor usar o TOR para visitá-los…

  18. Fábio Faria says:

    E portugal quantos tem?

    • Regis says:

      “Comparando com Portugal, os 28 sites registados no domínio de topo da Coreia do Norte, ficam muito longe da nossa realidade. Apenas em 2016 foram já registados mais de 68 mil domínios.”
      Mas tendo em conta ao controlo intrusivo do nosso Governo,…..brevemente chegaremos aos 28 :-)

  19. rodrigo says:

    so lhes falta ter o pplware.sapo.pt 😉

  20. Dino says:

    qual Internet?? Intranet!!!

  21. tiago says:

    Imagino a publicidade á internet “Aproveite agora a velocidade ultrasonica 5G para ver os 28 sites… num minuto!” 😀

  22. Sargas says:

    Falta acrescentar o número reduzido de pentiados ridiculos permitidos para se puder andar na rua!

  23. Bruno says:

    A televisão pública em Portugal tem apenas 4 canais. Não somos assim tão diferentes.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.