Quantcast
PplWare Mobile

E se existir um malware que corrige as falhas dos routers?

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Ricardo says:

    deve ser prai um bomware…lol

  2. João Ramiro says:

    A ASUS adoptou praticas muito semelhantes a este “malware” no ultimo update do ASUS WRT

  3. Catarino says:

    É caso para dizer que existem males que vêm por bem 😀

  4. cc says:

    “O problema maior do Wifatch é que mesmo com toda a sua vertente proteccionista e de apoio à segurança dos utilizadores, a sua acção é completamente ilegal e deverá ser combatida.”

    Perdes a carteira, vêem-te a entregar e ainda fazes queixa à polícia pq encontraram a tua carteira… pobre e mal agradecido…

  5. nm3k says:

    Gostava de saber como é que este bicho entra em routers em que a password de default foi alterada, será que usam brute-force para apanharem a password? 😀
    Mas qq das formas é de génio.

  6. ZeMano says:

    Muito bom 😉 tiveste bem

  7. jorge rodrigues says:

    Acho que é das noticias mais intrigantes que lei este ano.
    A ser verdade é um “malaware” útil e benéfico… no entanto… acho estranha a caridade …

    • naonao says:

      se percebesses alguma coisa de hacking não acharias nada estranho esta notícia.
      prai à 15 anos fiz algumas lojas com software open source, e quando era “hackado” a única coisa que me faziam era deixar um ficheiro texto a avisar para fazer upgrade a seguranca do software utilizado.

  8. XX says:

    Isto sim é um bom exemplo! Espero que seja seguido por todos os hakers que têm consciência que a Internet existe para nos ajudar e não para nos espiar.

  9. jorge santos says:

    Aqui está um perfeito exemplo do que faz um HACKER (oposto de um CRACKER).

    • João Reis says:

      Errado,

      White-Hat e Black-Hat era o que querias dizer.
      Este malware exerce as duas funções cracking e hacking, entra e manipula. São conceitos independentes, depois existem os Bons e os Maus, independentemente da forma que usam para exploitar.

      • naonao says:

        Bem não é bem assim sr. Reis. O sr. santos tem razão e o conceito original de um hacker é o que é praticado neste caso.
        “Hacking challenges the utility of the mechanisms which are used to secure a communication network. It is important here to note that although hacking is used interchangeably with cracking, both are different. Both the activities are carried on with different objectives. In hacking, the attempt is to create something while in cracking the primary motive is to destroy something.”

  10. Miaggy says:

    o outro lado da medalha desta notícia é que alguém pode redesenhar este “malware” e aproveitar a forma como este actua para se conseguir infiltrar e infectar routers com objectivos mais obscuros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.