PplWare Mobile

Crie a sua loja online com o Vendder


Pedro Simões

Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

42 Respostas

  1. Tomé Mendes says:

    A Vendder é um Pacote de Instalação que se pode instalar em servidores próprio eu é um Serviço que se paga e tudo é alojado nos servidores deles?

    • Nuno Machado says:

      É um serviço, que é alojado nos servidores deles, onde tu não precisas de ter conhecimentos de programação, pois quando tu crias a loja, já vem configurada, e o teu único trabalho é praticamente meter la os produtos, e os métodos de pagamento, etc..

      À que realçar, que este projecto foi feito por dois Portugueses.

  2. Jonnybravo says:

    Vocês devem ser adivinhos…

    Mais uma vez acertaram exactamente em algo que andava à procura!

    É de louvar o facto de ter sido criado por Portugueses.

    A ver se para a semana já experimento isto…

    • Glink says:

      2x

      tenho andado a tentar informar-me sobre o e-commerce, e como o disponibilizar para a lojinha da minha mãe, e isto vm mesmo a calhar, é só acabar o relatório do estagio, e começo a ver isto com olhos de ver para a minha mãe iniciar a sua jornada online já em 2011

      Obrigado pplware, e aos mentores do projecto, ainda fico mais contente de o usar visto que é um projecto tuga ^^

    • Glink says:

      2x

      tenho andado a tentar informar-me sobre o e-commerce, e como o disponibilizar para a lojinha da minha mãe, e isto vem mesmo a calhar, é só acabar o relatório do estagio, e começo a ver isto com olhos de ver para a minha mãe iniciar a sua jornada online já em 2011

      Obrigado pplware, e aos mentores do projecto, ainda fico mais contente de o usar visto que é um projecto tuga ^^

  3. Hugo Monteiro says:

    sempre fantástico, quando temos um problema existe sempre aquele dia em que vimos aqui e encontramos aquilo que procuramos… sem palavras excelente conteudo e funcionalidade. em teste para rampa de lançamento de futura empresa..
    obrigado.

    off-topic: Não temos Update esta semana??

  4. Curioso says:

    Fantástico! Grande ideia!
    Ainda melhor, tendo sido criado por Portugueses! 🙂

  5. Miguel Costa says:

    Boas, eu tenho uma certa desconfiança quanto a este projecto ser uma ideia portuguesa

    acho que este é o original:
    http://www.shopify.com/

    Outra coisa que acho estranha, é haverem algumas páginas sem tradução para português e estarem traduzidas em inglês..

    E por fim.. não há ofertas de trabalho para Portugal…
    Só para o chile…

    Isto deixa-me a pensar que não será 100% português, mas mesmo assim é uma opção bem válida e interessante 🙂

    Cumprimentos a todos

    • Nuno Machado says:

      Caro Miguel Costa.

      O Projecto foi criado por dois portugueses, mas não quer dizer que tenha de ser 100%, o objectivo deles foi criar o projecto de forma a que todos no mundo possam usufruir dele, não é exclusivamente para portugueses, por isso que inicialmente nem em português estava, agora estão a tentar que haja em mais línguas, como o português que é a segunda língua implementada, podes não estar a 100% a tradução total do site mas com o tempo vai ao sitio.

      É um projecto com grande capacidade de crescimento, e temos de apoiar estas iniciativas dos portugueses.

      • Miguel Costa says:

        Boa tarde Nuno,

        como disse no meu comentário é uma opção válida e interessante.

        a entidade gestora do site é portuguesa:
        http://widetail.com/

        😀 só acho giro é como é que um projecto destes, feito por portugueses, localizados no UPTEC – PARQUE DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA da U.PORTO, (provavelmente apoiados por capitais nacionais) não se preocupem um pouco mais com o mercado nacional… e está a contratar web designers para o Chile 🙂

        Se precisarem de um.. estou disponível a ajudar ehehhe

        Apoio com todo o gosto os projectos português, e vou ter em conta o vendder da próxima vez que me peçam uma loja on-line low cost

    • Joao Vaz says:

      Os fundadores receberam uma bolsa do governo do Chile.
      Podes ver no seguinte link e no facebook deles http://noticias.up.pt/catalogo_noticias.php?ID=5868

      Existe o Shopify, BigCartel e outros, mas ninguem falou que era uma revolução, é uma alternativa ao que já existe na nossa lingua. Basta começarem a aceitar pagamentos locais como MBnet e outros e já tens uma grande vantagem em relação com o Shopify.

  6. Red Devil says:

    Boas…

    Como fã de qualquer tipo de aplicação, software, etc, etc vou sugerir para experimentem o OpenCart e depois digam-me qualquer coisa….

    Thanks Pplware and keep going with your great work!

  7. alan says:

    Gostaria de saber quanto eles cobram pela comissão, não achei essa informação lá

    • Filipe Gonçalves says:

      Olá Alan,

      Não cobramos nenhuma comissão nas vendas, apenas um valor mensal para quem quiser customizar/criar um novo tema ou passar dos 30 productos.
      A Paypal ou outro gateway de pagamento que queiras utilizar geralmente cobra à volta dos 3.5% inicialmente e vai diminuindo com o volume de vendas.
      Se preferires também podes pedir aos teus clientes para te pagarem por transferência bancária, contra-cobrança etc.

      Cumprimentos,
      Filipe
      Vendder.com

      • alan says:

        Bom saber Filipe, estou bem impressionado com o serviço. Ano que vem planejo começar um pequeno negócio e a dor de cabeça de criar um site para vendas online parece que já desapareceu. Muito obrigado por tirar minha dúvida, assim que organizar tudo aqui criarei minha conta!

  8. lixado says:

    Este projecto é excelente.

  9. Pedro says:

    Quando os ciganos descobrirem isto acabam-se os mercados 😮

  10. Hélio Félix says:

    O Vendder é um catálogo básico de comércio electrónico. Desde já os parabéns à “The Founding Team”.

    No entanto existem alguns pontos que o Vendder ainda não contempla:
    » Gestão de encomendas
    Transformação para diversos tipos de encomendas (factura, guia de remessa, …); Mostrar mapa de localização do cliente em função da sua morada (integração com Google maps ou Bing); Descontos; Integração com um sistema de facturação externo (por exemplo o invoicExpress); Formato da encomenda para impressão; O cliente não consegue ver as encomendas que já realizou na loja; Pagamento da encomenda através de Multibanco – o meio de pagamento que mais atrai o consumidor português.
    » Gestão de clientes
    Não existe gestão de clientes; Definição de atributos de registo de clientes na encomenda; Não existe registo de cliente e conceito de conta de cliente; Importação/exportação de clientes; Grupos de clientes com possível aplicação de diferentes preços a cada grupo de clientes.
    » Gestão de produtos
    Tipos de produtos (cada tipo de produto contempla diversos atributos específicos); Produtos com variações – por exemplo, quando se vende roupa existem as cores e os tamanhos; Avaliação de produtos; Exportação e importação de produtos; Dimensões e peso de produto integrado com o envio para calculo de portes; Venda de produtos em formato digital – por download.
    » Gestão de conteúdos / categorias / páginas
    Criação de Categorias, páginas de conteúdo, fórum, Blog, Livro de visitas, Galeria de imagens, Mapa do site; Edição de categorias como se estivesse a editar directamente na loja; Imagem na categoria ou outras páginas de conteúdo; Layout’s predefinidos por cada página; Criação de uma página de entrada, utilizada em páginas com conteúdos para maiores de uma determinada idade.
    » Marketing
    Newsletter; Vales de desconto; Recomendações de produtos; Integração com redes sociais; Integração com portais de produtos (eBay, preços.com.pt, ciau, Google, …).

    A solução para os gastos descritos na construção de uma loja de comércio electrónico passa pelo aluguer de uma plataforma de comércio electrónico que está em constante actualização.
    O aluguer dispensa o custo exagerado em manutenção de servidor e instalação de software.

    Quanto às despesas com o design é correcto ser realizado por quem sabe. Se não houver possibilidade de gastos em design deve-se utilizar uma plataforma que permita ao utilizador comum sem experiência em HTML/CSS a escolha de entre muitos templates disponíveis e personalizar o que for necessário.

    • Filipe Gonçalves says:

      Olá Hélio,

      Tudo óptimas ideias.

      Em relação aos atributos de produtos (ex: cor, tamanho etc) já está desenvolvido como podes ver no seguinte link http://j.mp/hngQ7C

      A newsletter podes facilmente obter subscrevendo uma conta do mailchimp e colocando o javascript deles no html da loja.

      De momento ainda temos poucas opções para os consumidores porque não queremos dificultar muito a vida aos designers que fazem temas para o vendder.
      Neste momento os temas apenas tem à volta de 5 blocos diferentes (landing page, categorias, páginas estáticas, checkout e produto), se começarmos a adicionar páginas de administração para o consumidor mais do que duplicava este número.

      Em relação a integração com portais de produtos e pagamentos com multibanco está para breve.

      Obrigado,
      Filipe
      Vendder.com

      • Hélio Félix says:

        Filipe,

        O Vendder é simples e ainda vai crecer. As poucas opções vão tornar-se muitas opções porque é necessário. Os designers que queiram implementar um design com o Vendder vão ter necessidades e é aqui que cresce a quantidade de opções necessárias.

        Apostem no Multibanco, é necessário! A CompraFacil (actualmente Hipay) tem uma fácil integração. Assim como o InvoicExpress, também é fácil.

        Não sei se já conhecem uma plataforma de comércio electrónico de nome ePages, pode-se ganhar muitas ideias com esta plataforma. Vê um exemplo: http://j.mp/f8EM5r

        Podes-te registar em http://www.lojas-na.net e recebes o acesso a uma Demo… explora, vais ganhar ideias.

        Neste momento, ePages é a melhor plataforma de comércio que conheço.

        Força com o Vendder,
        Hélio Félix

        • Tiago Matos says:

          Hola Hélio,

          Obrigado pelo apoio.

          Optamos pela EasyPay, com Multibanco e cartões de crédito: http://jumpseller.com/support/easypay

          Quantos ao design, temos tido bastantes surpresas por parte dos nossos clientes, o que mais gosto até ao momento é Sueco:
          http://www.madplastic.se/

          Visitei o ePages faz agora +- 1 ano, compreendo ser uma plataforma muito completa no entanto é demasiado complexa para o nosso tipo de clientes, talvez tenham simplificado e melhorado o interface que me pareceu bastante pouco intuitivo. Vou espreitar este ano.

          Obrigado de novo,
          Tiago

  11. Tiago Matos says:

    Olá Hélio,

    Um pouco para dar um update aos muitos pontos que apontou em falta no Vendder…

    Número infinito de Variantes de produtos;
    Dimensão e peso nos produtos e integração com o primeiro sistema de transporte (Correios do Brasil);
    Integração com sistema multibanco Português;
    Mapa de localização do endereço de compra;

    Estamos agora a trabalhar no sistema de promoções descontos.

    Para além disso expandimos o Vendder para muitos outros sistemas de pagamento ( http://vendder.com/support/payment-gateways ), como MoneyBookers, Webpay (Chile), PagSeguro(Brasil) e novas linguas (última adicionada é Chinês : http://vendder.com/tour/languages).

    Nós temos plena consciência que o Vendder não comtempla todas as funcionalidade que o sistema de comércio electrónica poderia ter e apenas nos comprometemos com o essencial.

  12. Paulo Silva says:

    É uma pena que este site é uma enganação, pois não existe plano grátis, somente duas opções de planos pagos para hospedagens em sites brasileiros!

  13. k0smo says:

    Projectos Portugueses com servidores de alojamento brasileiros, comissões por inserção de artigos e plágios de outros serviços já existentes com a mesma finalidade e totalmente open source? Enfim, é a mentalidade mesquinha de gerações anteriores portugueses que infelizmente continuam bem vivas actualmente. É por essas e por outras, como ter que ouvir Professores Universitários que se acham deuses a darem matérias de livros aos alunos e a não divulgarem totalmente as fontes de informação, alunos e professores que se acham espertinhos a apresentarem trabalhos que foram retirados em comunidades livres na internet e a reclamarem a autoria desses trabalhos e a contínua necessidade de serem mais do que os outros em vez de serem com os outros, querem monopolizar em vez de cooperar!!!

  14. k0smo says:

    Este tipo de projectos é muito bonito para quem quer o trabalho feito às 3 pancadas, de um dia para o outro, sem se preocupar com a política de privacidade e controlo de segurança sobre os dados pessoais, empresariais e transacções online!

    Um dos aspectos mais importantes no Comércio Electrónico é, ou deveria ser, indiscutivelmente o nível de segurança existente entre a relação cliente-comerciante! Essa segurança passa por vários níveis, entre os quais:

    1. Servidores Nacionais com tráfego unicamente nacional

    2. Empresas ou Servidores de Alojamento nacionais reconhecidos e certificados pelo DNS e FCCN com Datacenters nacionais.

    3. Políticas de privacidade de dados que assegurem a segurança de acesso aos dados e à sua propriedade intelectual.

  15. k0smo says:

    É por estas e por outras que me oponho a este tipo de soluções, porque além do emprego em Portugal não estar famoso, estas iniciativas vão retirar trabalho e valorização a programadores e desenhadores Web que trabalham durante semanas a personalizar uma loja on-line ou um website seguindo os gostos e critérios do cliente!

    Isto faz-me lembrar o projecto Rome da Adobe que tentou monopolizar todo o mercado da Adobe em apenas uma única aplicação! O resultado do seu primeiro lançamento beta foi de tal maneira negativo por parte de toda a comunidade mundial de empresas e entidades de design e programação, que a Adobe desistiu imediatamente do projecto!

    Cada um é como cada qual e a igualdade revê-se na diferença de cada um!!!

  16. Tiago Matos says:

    Caro k0smo,

    Compreendo os seus pontos no entanto discordo deles.

    Se quiser saber um pouco mais sobre o JumpSeller (Vendder) e os valores do seu projecto e equipa pode contactar-me directamente através do email tiago.matos@jumpseller.com ou deixe o seu contacto aqui.

  17. Bruno Silva says:

    Lamento mas nunca me acreditei no sucesso de sites de comercio eletrónico feitos com plataformas que fazem sites rapidamente na net, com custos muito reduzidos

    Estou certo que um site de comercio eletronico para ter sucesso, tem de ser feito exatamente à medida das necessidades.

    Depois de uma experiencia desastrosa com a utilização da plataforma Joomla, já andei à procura de várias, e a que mais gostei e estou inclinado a usar é esta http://www.amplitudenet.pt/ecommerce/

    A vantagem é que dá muito valor à comunicação diferenciada a cada cliente, algo que eu hoje acredito que tem de ser feito para se ter sucesso.

    Há alguma outra que me aconselhem para criar uma loja virtual?

  18. Tiago Matos says:

    Olá Bruno,

    Provavelmente não deverá ter testado o sistema Jumpseller. Ainda que seja possível criar uma loja básica (com um template pré-definido) também é possível investir recursos em criar uma loja 100% personalizada, veja alguns exemplos:

    http://jumpseller.pt/showcase

    Ainda que o custo seja reduzido, as possibilidades em termos de personalização/customização são muitas. Deixo a documentação completa:

    http://jumpseller.com/support/creating-a-custom-html-theme

    Cumprimentos,
    Tiago Matos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.