Quantcast
PplWare Mobile

Ciberataques: Ameaça “coincide” com maioria dos países congéneres

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. LA says:

    Qualquer dia temos de ter uma firewall como a da china, mas para o trafego de entrada. Tudo o que é suspeito é que venha de fora do pais, é barrado.

    • Azeitugal says:

      Intranet europeia

    • Joao Ptt says:

      Uma óptima medida seria cada operador assinar o seu tráfego de tal forma que nenhum outro operador aceitasse tráfego dessa rede que não estivesse devidamente assinado.

      Acho que é preciso algo como o “Resource Public Key Infrastructure (RPKI)”. Sei que isto torna difícil a terceiros falsificar o tráfego dos operadores que implementam. Mas acho que isto não assina o tráfego em si… por tanto ajudará mas não tenho a certeza que solucione.

      Qual a vantagem? Não existir tráfego “fantasma”, ter sempre de existir um comprovativo do operador de origem desse tráfego… não se sabe a que pessoa pertence o dito tráfego, apenas que é cliente daquele operador de origem que assinou o tráfego.

      Isto permite por exemplo evitar ataques que tentam esconder a sua origem, ou que aproveitam o facto de a origem não ser confirmada para executar alguns ataques. Também permite bloquear certos operadores/ países/ regiões de forma mais fiável.

  2. ZeDasCabras says:

    o min dos neg estrangeiro veio falar de sanções á rússia e boom levamos com isto nem 48h depois.

  3. Joel Bastos says:

    Ahahhaa, assim também eu…. “as principais vítimas dos agentes de ameaças, em Portugal, são os cidadãos em geral, as PME, os órgãos de soberania, a Administração Pública e os setores da banca e da educação e ciência, tecnologia e ensino superior”, ou seja, todos.

    Aos que dizem que isto é só em Portugal ou paízes congéneres, estão completamente errados. Isto existe em todos o lado. São pequenos testes para um evento maior. O apagão geral.

    Vejam os eventos feitos/patrocinados pelo Forum económico mundial. Vão entender muitas coisas…

  4. Informático Amador says:

    Testar as Defesas, antes do ataque geral que será demolidor, se entretanto não se investir fortemente em Cibersegurança

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.