PplWare Mobile

Windows Azure – O novo Windows!


Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. Estou mesmo muito curioso acerca deste novo Windows. Acho interessante o conceito.
    _________________________
    http://onlinestuff.blogs.sapo.pt

  2. Gabriel says:

    bah, nao gostei la muito deste novo Windows =(

    ___________________
    http://www.ntelemoveis.com

  3. Manuel Reis says:

    Esperem, está a vir a piada irónica acerca do nome…

    Será que nos EUA se vai chamar Windows AzureUS?

    (Ah, o bom velho sapo ao qual mudaram o nome…)

  4. Nixon says:

    Nao percebi.
    É um novo sistema operativo ou um pacote de serviços a oferecer pela internet ao consumidor?

  5. Vítor M. says:

    Manuel Reis 😉 bem visto.

    Nixon quer-me parecer que para já será um incubador de projectos apadrinhados e alojados num espaço ameno protegido pela Microsoft.

    Mas ainda não percebi onde começa e acabar o conceito “sistema operativo” que se chegou a falar!

  6. Não é um sistema operativo.

    Gabriel: não tens que gostar. Não foi feito para os utilizadores comuns gostarem dele. Não foi feito para ser conhecido do grande público. Foi feito para ser usado num ambiente empresarial e para ser discreto e invisível.

    É uma plataforma aplicativa de distribuição e parece ser um concorrente directo ao Websphere da IBM.

    Não é feito para particulares. Estes utilizarão aplicações (Web ou outras) sob a forma de serviços que, estes sim, explorarão a plataforma Azure, mas o utilizador não terá consciência disso (e não quer saber). Tal como actualmente muitas aplicações funcionam através do Websphere sem que saibamos disso.

  7. Manuel Reis says:

    (e agora, para algo completamente diferente… um comentário a sério)

    Será que isto não é mais uma forma da Microsoft tentar conquistar o Mundo da Informática e, quiçá, todos os PCs a nível mundial? É que um sitema operativo baseado na internet… Hummmm… Cheira-me a esturro…

    No entanto, se um dia as previsões de Groening se realizarem e o Mundo for governado por uma cabeça dentro de um aquário, perfiro que seja o Ballmer ao Nixon. E daí… É melhor pensar mais um bocadinho…

  8. Vítor M. says:

    A Microsoft já percebeu que o mercado tem regras e necessidades diferentes daquelas que em tempos sustentaram o monopólio da Microsoft, o próprio Steve Ballmer afirmou isso em Lisboa.

    Ninguém tenha dúvidas que mais década menos década não fará sentido termos discos na nossa máquina para guardar software, se a largura de banda crescer ao ritmo esperado, será tecnologicamente viável termos tudo a “correr” na “nuvem”, isto é, remotamente com espaços virtuais.

    Hoje já temos o Google que disponibiliza ferramentas utilizadas por muitos no seu dia a dia, para que ter isso localmente?

    O sentido é esse e a Microsoft com o Azure vem preencher esse espaço. Em breve será adicionado a este sistema o Office e teremos um conjunto de ferramentas de produção e armazenamento muito parecido com o que temos no nosso PC (cenários mais básicos).

    Posteriormente, com a saída do Windows 7 já veremos a interacção, o novo Windows terá mais “dependência” do Azure e direccionará algumas acções para a nuvem.

  9. aver says:

    Traduzi assim o que a Microsoft diz que é o Windows Azure (azul-marinho)

    “É uma plataforma baseada na internet, dimensionável (i. é, que pode, atingir escalas distintas) alojada nos centros de processamento de dados da Microsoft que fornece um sistema operativo e um conjunto de serviços de desenvolvimento que podem ser usados individualmente ou em conjunto”

    Penso que se dirige essencialmente a empresas, que não precisarão de adquirir servidores dispendiosos, podem fazer correr as aplicações a partir dos servidores da Microsoft e aí alojar os dados. penso que também haverá aplicações particulaures.

    Quanto aos nossos computadores sem disco. Eu cá não poria toda a informação nas “clouds” (nuvens).

  10. R00KIE says:

    Com ou sem largura de banda eu quero um disco no meu PC. Conteúdo para ser visto na net tudo bem já que é para estar disponível para todos é igual ao litro onde está. Coisas pessoais ou confidenciais são para ser guardadas localmente e fechadas a sete chaves.

  11. Jaime says:

    Num futuro não muito distante com ou sem wireless vamos ser todos vigiados e
    deste modo tanto faz de uma maneira ou outra. Não vale a pena preocuparmo-nos antecipadamente. Saudações para todos !

  12. TopPlus says:

    Hum…. com este post lembrei-me de:

    http://appengine.google.com/
    http://code.google.com/

    …deve ser daqueles déjà vu’s de dormir pouco.

  13. aver says:

    Por falar em semelhanças … há muitas entre o Azure e o Amazon Elastic Compute Cloud (Amazon EC2)

    http://aws.amazon.com/ec2/

    (Esta Amazon é a Amazon Web Services. Não a das vendas online)

  14. Nixon says:

    Okapa, percebi.

  15. Antonio says:

    Fantastico, já não preciso pagar um alojamento windows para testar projectos sem ser local ou mesmo ter k usar os servers da escola…. epá esta iniciativa veio mesmo a calhar. Assim já começo a gostar mais da microsoft…

    Humm mas quando a esmola é muita o pobre desconfia…ainda não descobri a falcatrua…é verdade k ainda não testei…a ver vamos

  16. Antonio says:

    Epá a mim parece-me bem esta ferramenta, só tráz vantagens independentemente da dimensão do meu projecto posso-o testar em ambiente real e sentir o efeito de outras ferramentas, infelizmente também oriundas da microsoft, mas verdade seja dita, têm grande potencial…estou a falar de ASP.NET, AJAX etc..

    Um sistema operativo por estranho k pareça já aqui foi publicado um serviço semelhante eyeOS 1.6.0

    Pplware
    Continuem o bom trabalho

  17. António, o que não pareces perceber é que o Azure não é destinado a particulares mas sim a empresas!

  18. Rodrigo Z says:

    Isso eu concordo ……provavelmente terá foco em empresas……..So queria faze uma pergunta, alguem sabe pra quando está previsto o lançamento? e algum valor estimado??

  19. Iran says:

    Isso e totalmete inviavél, guardar seus fontes em um ambiente Microsoft, oque ganho com isso?

  20. Ola,

    http://channel9.msdn.com/brasil/

    Nesse espaço você encontrará diversos vídeos e áudios com discussões e entrevistas gravadas com os principais arquitetos e profissionais da plataforma Microsoft.

    Abraço

  21. Anonimo says:

    So tenho uma coisa a dizer, nada como o bom e velho XP, microsoft ultimamente esta fazendo SO como se fossem piadas!!
    Ate mais..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.