Quantcast
PplWare Mobile

Windows 8 Release Preview – Disponível para todos testarem

PUB

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Simões


  1. Nuno Peralta says:

    “O Windows 8 Release Preview funciona com o mesmo hardware que o Windows 7:
    Processador: 1 gigahertz (GHz) ou mais rápido”

    The awkward moment when your laptop is running Windows 8 Consumer Preview (and ran Windows 7 before) and when you try to upgrade to “Release Preview”, it says your CPU has no 1GHz, so you can’t upgrade… :/

    • Mike says:

      Awkward indeed. É máquina virtual, nativo? Se é upgrade, porque não tentar clean install?

      • Nuno Peralta says:

        Numa máquina virtual aqui no meu PC consegui. Vou tentar mais tarde uma instalação limpa lá no portátil. Eu não me lembro quanto tem de CPU, se calhar não tem mesmo 1GHz :O

        • cc says:

          também disse que não suporta o meu i5, por isso julgo ser um bug …

          • DVieira says:

            É uma configuração na Bios que tem de ser activada.
            Pesquisem no google por “no execute bit windows 8 release preview” e no primeiro(s) link vão ter a informação que necessitam para activar isso.
            O meu Core2 T5600 sofria do mesmo e após configurar na Bios já deu.

            Cumps

  2. PPLWARE says:

    1º a comentar , não serei o primeiro a experimentar 😀

    • Bruno Silva says:

      A melhor novidade da Microsoft é que o Português do Brasil veio para ficar, já que o acordo ortográfico veio matar o Português de Camões. E assim o português brazuca passa a ser o português oficial! VERGONHA

      • Leal says:

        Concordo, vergonhoso!

      • Pim Pam Pum says:

        A versão final trará português de Portugal, com toda a certeza 🙂 A menos que, depois de a intervenção da Troika estar concluída, Portugal deixe de existir eheheh…

      • Wandscheer says:

        Pelo menos é a teoria, mas na prática o acordo ortográfico não está surtindo efeitos.
        A reforma ortográfica afetou a forma de escrever as palavras (hífen, acento agudo, etc) mas a estrutura do Português do Brasil para o “Português de Camões” tem grandes diferenças a começar no uso do gerúndio. no Brasil é muito raro ver alguém falar “Estou a chegar” o comum é “Estou chegando”.. isso já não é considerado erro já que é utilizado pela maioria da população então a língua se ajusta.
        Não é só o gerúndio que diferencia, algumas palavras no Brasil tem o tom “grave”, fechado e em Portugal tem tom agudo, aberto é o caso de : Fenômeno/Fenómeno, Eletrônico/Eletrónico, tônico/tónico, bebê/bebé.. Sem contar palavras que não existem ou tem outro sentido semântico no Brasil.
        Palavras como Registro no Brasil e Registo em Portugal. Veja a situação no Windows “Editor de Registo”..
        O acordo só afeta no uso formal da língua no uso casual/informal não mudou nada!
        Bom, eu já usei o Windows 7 em Português de Portugal e é um tanto estranho mas dá para entender perfeitamente, não me incomodei, mas com certeza na versão RTM vai ter a variante de Portugal.

        • Carlos says:

          Moço, não sabes do que estás falando.

          Primeiro: ortografia é só a parte da gramática sobre *como* se escrevem as palavras. Se se usa o gerúndio ou o infintivo, disso não trata a ortografia.

          Segundo: Independentemente disso, nunca foi incorreto usar-se o gerúndio em vez do infinitivo, se soubesses o mínimo dos mínimos sobre a língua portuguesa saberias isso e saberias que em algumas partes de Portugal é muito mais frequente usar-se o gerúndio do que o infinitivo. E saberias ainda que o uso do infinitivo é um galicismo recente.

          Terceiro: O que é incorreto é o abuso do gerúndio. Dizer “vou estar indo” ou “vamos estar fazendo” é que é uma algaravia sem pés nem cabeça.

          Quarto: Uma vez que a pronúncia de muitas palavras é efetivamente e consistentemente diferente, o acordo prevê que essas palavras possam ser escritas de 2 formas igualmente aceitáveis.

          • Maxim says:

            Eu acho que a discussão é sobre a questão do PT-PT ter ‘deixado as suas raízes’ e tornar-se mais parecido com PT-BR. Acho que não tem nada a ver, o PT-PT tornou-se mais simples, mas não tem nada a ver com o português do Brasil.

          • Fernando says:

            Não me referi à estrutura como grafia.. (Gerundio e tals…)

            Foi só um exemplo dizendo que tem grandes diferenças!

          • Gabriel says:

            Acredito que não tenha uma versão Padrão e nem uma melhor. Estruturalmente estamos falando da mesma língua, das mesmas regras do mesmo sistema de comunicação. Você consegue entender o que escrevo e eu entendo o que você escreve, cada um com suas diferenças.
            O assunto principal aqui é o Windows 8 e não a questão de linguagem se a Microsoft Preferiu a variante Brasileira a de Portugal. Todos são Língua Portuguesa com suas diferenças mas são, querendo ou não! Não impota se é Usuário ou Utilizador se é Tela ou se é Ecrã se é Equipe ou se é Equipa se é Legal ou se é Fixe.. É português!

            Mesmo se os Portugueses odeiam dizer que Pt-BR é Português isso não vai diferir em nada.

          • Tonho says:

            Eu até concordo que haja uniformização de escrita, pois assim entendemo-nos melhor: africanos, brasileiros, portugueses… o que não concordo é que incluam no português palavras como “deletar”, “mouse”, “planilha eletrónica” e tantas outras palavras, muito usadas no Brasil, e que não me soam nada bem…

        • Tony_tha_Mastha says:

          Tudo para aqui a inventar quando até dá para escolher entre dicionário pré e pós acordo no Win8.

          • Wandscheer says:

            Tonho, como disse anteriormente o PT-BR se tornou muito flexível e “apotuguesou” muitas palavras em inglês, palavras do tipo, Esqueite, Basquete, Disquete, Deletar (como você disse)…. e Muitas continuam em inglês como Mouse e E-mail.
            Mas planilha eletrônica não é nenhuma palavra estranha.. é algo bem deduzível que não veio de outras influências…

          • TMC says:

            @Wandscheer tás a dizer que planilha electrónica não é uma palavra estranha? Eu nem sei o que é uma planilha!! :O

          • Wandscheer says:

            @TMC
            Sei sim o que é uma Planilha eletrônica, tem até definição semântica no dicionário!

            Planilha: Subst. 1 Formulário padronizado para registro de informações. 2 Folha impressa para registro de cálculos de levantamentos topográficos.

            Fonte: Dicionário da Língua Portuguesa LAROUSE Pós-reforma ed 2010.

            Planilha Eletrônica: 1 Inform Num programa de planilha eletrônica, uma matriz bidimensional de linhas e colunas, contendo células que, por sua vez, podem conter equações.

      • Calma, não vamos já meter a Micro$oft na fogueira antes de sair a versão final. Por enquanto ainda só saiu em PT-BR porque há mais brasileiros no mundo do que portugueses, apesar da língua original ser o PT-PT, e de terem sido ensinados a falar e a escrever por portugueses há mais de 500 anos atrás. A nossa fúria não pode recair na MS, mas sim nas bestas que criaram o (des)acordo ortográfico.

      • Carlos Viegas says:

        Desculpa lá, mas mesmo com o novo acordo ortográfico, o português tuga continua diferente do brasuca! Procura informar-te mais a respeito para não continuares a falar este tipo de disparates.

      • Vítor M. says:

        Ó Bruno.. que disparate homem.

        Este acordo, que não gosto e não uso (até ser obrigado) não tem nada de brasileiro, eles também têm de fazer concessões e passam a vida a ter de inserir palavras novas pois estão muito mais afastado do português moderno que nós.

        Agora se não usas, não gostas, estás no teu direito, mas não tens de “mandar vir” com os brasileiros que não têm culpa deste ou dos anteriores acordos.

        Nós já tivemos muitos acordos sabias? Desde o português arcaico até hoje muita coisa evoluiu…

        Que parvoíce apontar a culpa ao povo do Brasil… dassss!!!

        • Gabriel says:

          Concordo plenamente.
          Aprendi 11 anos da minha vida que ideia se escrevia idéia e pinguim se escrevia pingüim… Acha que gostamos desse “acordo”?
          É muita confusão! Temos que rever coisas que vimos há anos para re-aprender! Não é fácil uma reforma por mínima que seja, atrapalha a vida de uma pessoa que aprendeu anos e anos de uma forma e em menos de 2 tem que se adaptar! Se para um usuário de Software é ruim imagina para um Professor com pós-graduação em língua Portuguesa?

          Estamos reclamando por pouca coisa que pode se resolver até a versão RTM ou com um Pacote de idiomas que pode ser liberado!

          A culpa disso não são dos brasileiros não fomos nós que pedimos para que isso ocorresse.

      • emanuelx says:

        é que é mesmo granda mer**

        a microsoft assim não vai longe.

        ao menos no linux continua a haver pt-pt

    • GreenTuxer says:

      Só se for o primeiro FAIL! HAHAHAHAH

  3. João Pereira says:

    Boas,

    Alguém me pode ajudar em como experimentar o windows 8 através do virtual box?

    • rand says:

      Assumindo que não tens experiência nenhuma com maquinas virtuais, eu diria para tu seguires algum dos guias aqui do ppl sobre como instalar linux numa, ou então:

      1º – Fazer download da imagem iso do S.O.
      2º – criar máquina virtual
      3º – Nas definições da máquina virtual selecionar a iso como unidade de DVD/CD (apenas se não tiveres logo congigurado isto na criação da máquina)
      4º Instalar como se de um PC normal se trata-se

    • JS says:

      Boa tarde ou tenta instalar atraves de Dual-Boot
      Para mim muito mais fixe mas gostos são gostos

  4. Goncalo Alves says:

    ja tou a usar, e chato e ter q formatar sempre que se experimenta (sim, nao corro coisas por VM, isso e gay)

  5. neoprodigy says:

    meehhhh….. não quero

    o windows 7 chega-me bem

  6. neoprodigy says:

    já agora…um assunto que não tem nada haver

    como é que o avatar de cada utilizador é guardado/modificado??

  7. Bruno Fernandes says:

    Dizem que o boot é bem mais rápido que no 7. Alguém sabe se é grande a diferença?

    • Alexandre Amaral says:

      Confirmo que é verdade, nem tem comparação!

    • rand says:

      “O tempo de arranque do Windows foi também uma das áreas em que houve melhorias significativas, ao ponto da Microsoft se ver obrigada a colocar um menu de arranque para que os utilizadores possam usar os tradicionais métodos de interagir com o Windows durante o seu arranque.” tldr: é tão rápido que até mete medo

    • Carlos says:

      A diferença é enorme.

      E é mesmo como a Microsoft diz, num disco rápido (num SSD ou num híbrido) realmente não dá para parar o arranque. Quando dás por ela já estás a ver o “lock screen”.

    • Pim Pam Pum says:

      Sim, notei uma diferença muito grande. No meu PC, o boot do Win8 demora cerca de metade do tempo em relação ao Win7. Ao fim de pouca utilização, só deu tempo para perceber que o IE Metro já traz flash e que a minha drive de DVD já é reconhecida pelo sistema, o que não acontecia nas versões Developer e Consumer. Acabei por nunca utilizar muito essas versões, mas sou capaz de dar mais uso a esta Release Preview.

  8. carlos says:

    ou ca não gostei. voltei pro 7.

    a usar app pplware no android 🙂

  9. Xis says:

    O link da versão 64bits em inglês aponta para a versão brasileira.

  10. Wandscheer says:

    Pelo menos veio no nosso idioma 🙂

    • rand says:

      no meu idioma não vei de certeza 🙁

      • Eleck says:

        ya brasileiro não é português nem nunca será se querem falar brasileiro voltem para a vossa terra e mais usar acordo ortografico nem na minha lápide se vai usar

        • Wandscheer says:

          Claro que é Português… Se não fosse eu não te entenderia =D

          E o acordo Ortográfico não partiu apenas do Brasil 🙂

          O Pt-BR se distanciou bastante do de PT-PT e se tornou uma língua mais flexível há anos não falamos mais Activo ou Egipto 😉 Sem contar que mais de 190 milhões de pessoas falam a variante Brasileira =D

          • viperbruno says:

            Eu digo “EgiPto” por exemplo, até porque existem egiPcios. Há uma “lógica”, um mecanismo padrão digamos :s

        • Fernando says:

          Ninguém pediu para os portugas “descobrirem” o Brasil e querer implantar a cultura de vocês aqui.. Acabou que nosso idioma oficial é o Português assim como o de vocês =D

        • okapi says:

          Se calhar ainda devia-mos estar a usar o Português arcaico que era melhor, ou não? Não vale a pena estar com cenas meio xenófobas e discriminatórias, por alguma razão tem lá Português-BR. Por outro lado o Brasil ainda há-de ser a tábua de salvação de Portugal e depois quero ver.

          • Bioman says:

            Já é!! Quando queremos mandar umas valentes berlaitadas vamos ter com as brasileiras que elas levam mais barato 🙂

          • okapi says:

            Pois, só que enquanto uns se entretém-em com algumas Brasukas nas tais berlaitadas há outros que vão conquistando como os Portugueses fizeram há 500 anos.Dou só um exemplo: há dias num anuncio a pedirem um prof. para lecionar Português num colégio famoso na Escócia sabes quem pediam? Adivinha? E a outra tenho um amigo que é Prof. de Português na Univ. de strathclyde e sabes qual o Português que ele fala? Nem vale a pena adiantar mais, enquanto uns conquistam outros dormem e aqueles que pensavam que eram os maiores deixaram rastos de alguma irresponsabilidade e por tal estão mal vistos. Teria muito mais para dizer, acrescento só que está mais perto de precisar da ajuda dos Brasukas do que os Brasukas dos tugas ou ambos uns dos outros. Portugal cede-lhe os “Cérebros”e o Brasil exporta a mão de obra pouco qualificada por enquanto. Portanto não vale de nada entrar em picardia que só fica bem a gente pouco civilizada e nós Portugas/Brasuka fugimos bem a essa regra.

          • Tu já estás a usar o português arcaico ao escrever coisas como “devia-mos”. Até o Camões dá voltas na tumba com calinadas dessas.

          • okapi says:

            André Caeiro, é verdade, depois de ter comentado vi que tinha esse e mais uns erros, a mim pouco me importa, alguém entendeu e para quem não escreve com regularidade ou fala Português há mais de 7 anos não está assim tão mau.Já vi aqui no Fórum coisas bem piores …e quando abro os jornais diários então nem se fala. Quanto ao Camões dar volta na tumba, isso seria problema dele, eu não olho para trás, prefiro olhar para a frente, porque tenho mais de passado do que de futuro, ao passo que outros têm menos passado e pouco futuro.

        • Scheldon says:

          Agora entendi da onde vem as piadas de português.

          • Nao te preocupes! Tb temos muitas sobre brasileiros! 🙂
            E se cá temos gente meio parva, o mesmo acontece por aí! É geral. LOL

            Estas guerrinhas PT-BR nao fazem sentido nenhum! 😉

          • Pedro César says:

            hehehe… Pois é, também acho Scheldon..

            Okapi, Podemos ter sim mão de obra pouco qualificada, mas lembre-se temos 500 anos de história das quais mais de 400 foram de colônia portuguesa onde nossas matérias-primas eram extraídas e levadas para Portugal, onde o povão não tinha acesso a educação e que as universidades ficavam apenas em Portugal quem tinha dinheiro estudava. Depois da conquista pela independência ainda sofremos nas mãos dos militares. O processo de organização da nova República demorou de mais, a guerra do Paraguai quebrou o país, mais tarde a construção de Brasília afundou o país em dívidas que são pagas até hoje. A Educação foi deixada de lado por muitos anos. Depois do fim da Ditadura Militar é que começamos a nos re-erguer. Mais de 20 anos para o país se estabilizar economicamente após ditadura, depois disso a política corrupta tomou o país a maioria dos políticos favorecendo o próprio bolso e esquecendo dos brasileiros.

            Estamos passando por uma nova era, O Brasil mudou a expansão das instituições de escolas técnicas e superiores está levando qualidade para essa “mão-de-obra pouco qualificada” e tudo isso vai mudar. Somos a 8ª economia do Mundo hoje há 5 anos não estávamos nem entre as 30 maiores economias. Hoje você pode dizer isso, mas amanhã…

            Cuidado ao cuspir para cima, pode cair na sua testa assim como caiu na testa dos espanhóis que negaram os brasileiros e hoje, com a crise, batem à nossa porta.

          • okapi says:

            Pedro César, espera aí, aconselho você a ler novamente aquilo que eu escrevi, porque senão vou achar que Brasuca é matumbo e complexado. Que eu saiba eu nem sequer disse mal dos Brasukas, até bem pelo contrário ou quer que eu lhe faça um desenho a cores de preferência. … Portugal cede-lhe os “Cérebros” e o Brasil exporta a mão de obra pouco qualificada, por enquanto. … e que eu saiba não vejo mal nenhum nesta minha afirmação que é realista. Aquilo que o Brasil está a fazer atualmente foi o que China fez no passado e agora é só olhar para a potencia económica que é.

          • Pedro César says:

            Okapi, desculpe-me pela má interpretação que fiz no seu comentário.

  11. Emanuel Martins says:

    Já fiz o upgrade da Developer Preview para a Redlease Preview. Bom++!

  12. MarioM says:

    Parece-me um bocado abichanado,não estou a fazer tensões de experimentar.

  13. Miguel Batista says:

    O Link Inglês 64 bits (x64) [3.3GB] aponta para a versão brasileira!!!

  14. Razy says:

    Muito atenciosos, está em português BR….
    A fazer download… 32bits Inglês.

  15. Nuno Pina says:

    Na minha opinião vai ser o fim do domínio da Microsoft com um aspecto destes, e então se o software que a empresa chamada Euclideon está desenvolver tiver sucesso “software concorrente ao DirectX”, se a Microsoft não comprar esta empresa vai cair certamente nas mãos da Apple ou da Google, se isso acontecer acredito que em poucos anos a Microsoft estará muito mal de saúde.

    • Jose says:

      Diziam o mesmo do OpenGL.

      Não acredites em tudo o que lês. DirectX está num nível completamente elevado.

      • Nuno Pina says:

        José vê-se que não viste o vídeo bem ou não prestaste a devida atenção, em primeiro lugar nomeaste o OpenGL, bem o OpenGL já existe a alguns anos se calhar aos mesmos que o DirectX e na verdade tem mais potencial que o DirectX, eu disse “software concorrente ao DirectX, falei bem nos neste tópico estamos a falar da “Microsoft” e o DirectX é da Microsoft o OpenGL não é por isso eu não disse “software concorrente do DirectX e do OpenGL” na verdade o OpenGL tem mais performance do que o DirectX e consome menos recursos, o que se passou foi que a Microsoft conseguir fazer com que a maioria dos jogos sejam escritos em linguagem de código DirectX com influencias (com capital) e então o foco ficou para ai virado.
        Se isto que dizem neste vídeo for verdade que eu acredito que seja, o DirectX da Microsoft não consegue ser melhor que este software desenvolvido pela empresa Euclideon em nada, até as tecnologias mas avançadas da Microsoft nomeadamente o “Tessellation” são coisa facilmente superada por este software da Euclideon.
        o ponto forte desta tecnologia da Euclideon é que num PC normal atual de preço modesto, é bem mais que suficiente para correr estas aplicações 3D supostamente muitíssimos pesadas, e com uns requisitos incrivelmente baixos a correr a tais aplicações fluentemente

    • Pensamento Positivo says:

      Boas!… O quê? Meu caro: a falar assim até parece que o meu caro vai mudar o mundo sozinho, não?… Olhe que não vai, meu caro, mas pelo menos mudou o meu estado de espírito pondo-o aos pulos com umas valentes gargalhadas!…

      Quem acompanha o mercado informático desde há uns pelo menos 15 aninhos sabe que o fim do domínio da MS começou quando a Apple juntou à melhor loja de música online do mundo o melhor reprodutor dessa música para levar para qualquer lado. Depois foi uma evolução natural: Vieram os smartphones, os tablets e por tabela até a venda de PCs deles aumentou exponencialmente… Outro dia li uma estatística em que cerca de 20% do tráfego de dados no mundo tem origam já no iMac, sim, no iMac, não estou a falar do IOS… A MS pura e simplesmente não conseguiu até agora “apanhar a onda”… E ainda viu outra empresa, a Samsung (com software próprio ou adaptado da Google), reinventar a Televisão abrindo-lhe novos caminhos e novos rumos que estão ainda só agora no início e que em parte ou totalmente irão substituir os nossos PCs de entretenimento!…

      Ter um excelente gestor gráfico, sim é importante, mas de que valerá se não se dispuser daquilo que os clientes procuram? E hoje os clientes procuram plataformas integradas… E para isso já existem pelo menos 3 grandes alternativas… E a da MS parece só resistir no mercado empresarial… Por quanto tempo?… É o que veremos!… Mas tenho pena de constatar que a MS em vez de parecer querer manter a onda onde pode e tem mais possibilidades de manter o su domínio parece estar mais interessada em “ir atrás do prejuízo”… Resultará… Esperemos pelo fim do ano para termos uma imagem mais cabal do que nos espera!…

      Boa noite!…

      • Nuno Pina says:

        “Pensamento Positivo” O menino se já acompanha o mercado informático desde há uns pelo menos 15, já devia saber que os SO’s não foram concebidos exclusivamente para ouvir musica, agora vá lá ouvir musica no seu iMac, Srº “Pensamento Ridículo” ahahah…

      • RSC says:

        Este comentário é de rir e completamente fora da realidade…

  16. Victor says:

    Bom dia,
    Pelo que vi… não gostei, nem muito, nem pouco… nada.
    Está muito… é literalmente o mesmo que estar num smartphone ou tablet a aceder ao facebook.
    Que raio de porcaria, nem todas a pessoas são “compativeis” com os smartphones/tablets e nem todos são viciados em redes sociais.
    Abram os olhos, atualmente, meio mundo é escravo do facebook.
    Nada mais, nada menos do que “americanices”.
    Enfim…

    Abençoado Windows 7

    1 abraço pra todos

    • pedro says:

      concordo totalmente.

      “Abram os olhos, atualmente, meio mundo é escravo do facebook.
      Nada mais, nada menos do que “americanices”.

      Toda a gente pensa que eu quero acordar de manhã a sorrir para um display tipo halograma com as redes sociais todas ligadas a dizer que tenho reunião com o chefe às 8h30 e ainda nem abri os olhos para escovar os dentes… tipo um grude atrás de um gajo a dar as ordens do dia e a dizer com voz doce: Bom dia! tens o dia todo ocupado até chegares a casa às tantas com 5 reuniões e mais 300 telefonemas que tens de fazer… Muito bom mesmo.

  17. bintoito says:

    isso de nos impingirem a interface metro é que não dá com nada…

    • Tiago Cruz says:

      Interface metro melhora a produtividade, IMO..

    • Hugo Cura says:

      Só usas se quiseres e quando quiseres. Mas para já obrigado tê-la como meio de acesso ao vulgar menu iniciar :p
      De certeza que surgirá forma de desactivar isso, até porque existem restrições de resolução mínima, etc. É um incentivo para a malta usar e conhecer, nesta versão.

  18. Joao says:

    “… foi desabilitada a possibilidade de desactivar a interface Metro e o início do Windows no modo tradicional.”

    Estou a perceber mal ou sou obrigado a usar a metro UI, não havendo possibilidade de a desactivar?

    • Ruben Morais Peixoto says:

      Pois… também percebi isso pelo artigo… a ser assim não me parece que vá instalar windows 8 no desktop sequer -.-

    • Gerardo says:

      Pode não ser possível desactiva-lo por completo, mas se carregares win+e tens o ambiente de trabalho como no 7. Carregas na tecla win e voltas a ter o Metro. Por isso não vejo grande problema. Basicamente é um windows 7 + Metro. (Pelo pouco que experimentei na minha VM)

  19. bintoito says:

    eu duvido que não vá haver maneira de desabilitar isso, agora que me chateia eles estarem a tentar impingir-me isto para ver se têm mais sucesso nos smartphones, “com certeza que fico chateado!”

  20. Jose says:

    Exprimentei, não gostei.

    Windows 7 para sempre, e aconselho a bloquear algumas actualizações quando sair o Windows 8, devem lançar más actualizações para tirar a estabilidade ao Windows 7 só para irmos para o 8.

    • rand says:

      “Not usre if serious or joking”

    • Joao Ruivo says:

      + de 3Gb para ter uma ideia do que será o novo win? Tentei com a versão anterior, e acabei por trocar o win7 pelo ubuntu. E nem vou mencionar porquê… o desempenho do computador em linux é muito acima do verificado em windows. O portátil em questão, um asus k53u, que praticamente serve para aceder à internet.

      No trabalho viva ao win.XP!!

  21. Paulo Bastos says:

    Windows 8? não obrigado…nem de graça.

  22. Tiago Correia says:

    Este Windows não me motiva nada a instalar, esta desinteressante!

    Quando foi do Windows Vista para o Windows 7, motivou bastante, e ate hoje nao me arrependi nada.

    Agora do Windows 7 para o Windows 8, esta totalmente desinteressante!

  23. pedro says:

    Alguém me explique porque detestei a anterior versão. Esteve instalada 2 dias… muito mau mesmo.

    A situação de parecer que temos 2 SO num só, tipo paga 1 leva 2, mas que parece parasita da interface metro e muito mais estranha que o windows 7.

    A mim bastava-me que houvesse a possibilidade do explorer funcionar como o nautilus do ubuntu (2 janelas em simultaneo)…

    • ravager says:

      Eu só queria que oferecessem uma simples checkbox a dizer “disable metro and use classic start menu”. Mais nada.

      A interface deste windows, para além de inconsistente (metro + desktop normal) está optimizada para touch o que não faz sentido nenhum a quem usa teclado e rato.

      Como tal, quero-a fora do meu sistema… penso que é perfeitamente compreensível (menos para a malta da microsoft).

  24. Jose Martins says:

    Ao fazer o upgrade da Developer Preview (32 bits inglês) para a Release Preview correspondente diz que não consegue porque o hardware é insuficiente. A instalação anterior estava numa partição independente com muito espaço livre. Alguém teve o mesmo problema? Será que só aceita instalação inicial?

  25. Tive alguns problemas com ele:

    Tenho uma ATI HD4200, não suportada oficialmente pelo driver para este Windows lançado pela AMD.

    Consequência o OpenGL não funcionou na aceleração do Photoshop.

    Algumas vezes ao arrancar o sistema, o menu iniciar metro não carregou. Precisei rebootar com a chave reset.

    Isso entre alguns outros glitches menores que vi.

    Aguardarei a versão final de outubro para tentar novamente, mas já vi que precisarei de placa gráfica nova.

  26. Chico Silva says:

    A Microsoft está prestes a dar um grande tiro no pé sobre essa questão da interface Metro.

  27. Carlos says:

    Porra, que a ignorância que para aqui vai, se pagasse imposto lá se ia o défice. (Fica a ideia para os senhores da troika!)

    Quem leia os comentários por aqui parece que o Windows vai deixar de correr as aplicações de sempre, ou sei lá o quê (porque sinceramente nem percebo o argumento).

    “The way that we think about the desktop is as this wonderful additional app that you have on your PC (…) It’s not something that we shy away from at all. We love the desktop. We think it works really well with Metro. We think it’s a huge part of a complete Windows PC.”
    Jensen Harris, Director of Program Management for the Windows User Experience

  28. Miguel Alves says:

    Boas. Eu queria experimentar o Windows 8 em máquina virtual no VirtualBox mas infelizmente o meu processador Intel não tem a tecnologia de virtualização, de modo que quando inicio, dá o erro correspondente a não possuir o vt-x. Alguém sabe de alguma forma de ultrapassar esta situação ou terei mesmo que fazer triple-boot? Já sei que o Windows 8 vem com uma espécie de boot menu que preserva o Windows 7 mas irá retirar o Grub e consequentemente a possibilidade de arrancar o Ubuntu, por isso queria mesmo tentar em máquina virtual.

  29. pSmileX says:

    Eu muito sinceramente não consigo imaginar o Windows 8 a funcionar desta forma… O novo menu iniciar metro style complica muito as coisas. a menos que nos demos ao trabalho de aprender dezenas de atalhos de teclado, ou que tenhamos um dispositivo tactil, acho esta nova forma de trabalhar é altamente contraprodutiva.

    Experimentei as 3 versões que a Microsoft foi lançando deste SO, mas ainda não me consigo imaginar a utiliza-lo no meu dia-a-dia.

  30. ToVentura says:

    Boas a todos…
    Ainda não consegui perceber se os comentários aqui escritos são verdade ou não, se a interface Metro dá ou não para desactivar, mas espero bem que dê, e que haja na mesma o velhinho botão iniciar e a interface do Windows 7.

    Como técnico de informática que dá assistência a software empresarial, não estou a ver as empresas nossas clientes a comprarem pcs novos com Windows 8 (quando já não houver Windows 7 pra venda) e terem de usar a interface Metro para abrir o seu software de gestão comercial, contabilidade, etc..

    Ainda pra mais quando muitas pessoas apenas usam um computador precisamente no trabalho, porque já têm alguma idade e nunca quiseram saber de tecnologias e facebooks, etc etc,.. Estou pra ver……….

    Seja como for, já fiz download e entretanto vou instalar, para saber minimamente com o que posso contar num futuro próximo…

    Cumprimentos a todos.

  31. Fernando says:

    Baixando Português 🙂

  32. YellowManOnFire says:

    Deixa-me lá ir experimentar isso…

  33. Gerardo says:

    “A Microsoft Portugal anunciou que os computadores com Windows 7 genuíno adquiridos entre amanhã, dia 2 de junho, e 31 de janeiro de 2013 vão poder ser atualizados para o Windows 8 por um custo de 14,99 euros. Este valor refere-se a uma aquisição por download efetuada durante o tempo da promoção.”

    in: http://exameinformatica.sapo.pt/noticias/software/2012/06/01/windows-8-upgrade-vai-custar-1499-euros#ixzz1wYa4UdJa

  34. m4nr_ says:

    Eu tenho um dual-boot com Windows 7 e Ubuntu 12.04 (Ah, já resolvi os meus problemas aqui…) e também não sei activar a tecnologia de virtualização, a qual nem sei se o meu processador suporta.

    Então, como não estou com muita vontade de estragar o meu dual-boot só para experimentar este Windows por 10 min, alguém sabe se existe algum live CD?

    Ou então uma maneira de fazer trial-boot, que seja facilmente reversível?

    • Miguel Alves says:

      Se o teu processador é Intel e queres saber se tem tecnologia de virtualização, vai aqui http://ark.intel.com/Products/VirtualizationTechnology e procura pelo teu processador. Outra forma de saber é indo à BIOS e se não vires a opção de Virtualização em lado algum, quer que não tens. Eu estou com o mesmo problema, o Windows 8 requer o VT-X para correr no VirtualBox, também já tentei no Windows Virtual PC e acontece o mesmo. Vou pesquisar por formas de restaurar o Grub Menu para incluir Windows 8,7 e Ubuntu mas dava muitíssimo mais jeito se pudesse testar em ambiente virtual…

  35. Carlos Viegas says:

    Só um pequeno exemplo dos que insistem que o pt-PT está igual ao pt-BR após o tão polémico acordo ortográfico.

    Em pt-PT usa-se acentos agudos na generalidade das palavras: polémico, antónio, académico…
    Já no pt-BR, usa-se acentos circunflexos (“chapéu”) nas mesmas palavras: polêmico, antônio, acadêmico…

    Outras palavras que mudaram (ou não) com o AO em Portugal:
    receção (no Brasil continua recepção)
    facto (no Brasil é fato)
    fato (no Brasil é terno)
    cato (no Brasil continua cacto)
    contacto (no Brasil é contato)

    E por aí vai… e não é pouca a diferença!
    Portanto sugiro fortemente que informem-se mais a respeito disso antes de andar aí a mandar bitaites contra o AO!

    • Rik says:

      Finalmente um que sabe

    • Pedro César says:

      Concordo plenamente!
      Mas Receção? Ficou um tanto estranho, não seria Recepção em ambas as variantes?

      Receção lembra muito Recessão e “cato” de “cacto” lembra muito o verbo “catar” conjugado em primeira pessoa.. Acredito que essas sejam exceções..

      E é uma estupidez dizer que ficou tudo igual e que deveriam excluir essa ideia de Pt-PT e Pt-BR. Um dos dois lados nunca ficará satisfeito.

      • Um dos dois? Que eu saiba o (des)acordo ortográfico não foi só entre Portugal e o Brasil, e nenhum dos países afectados está satisfeito com as novas variantes.

        Mais: Um acordo para ser considerado válido pressupõe que algo é acordado e aceite por todas as partes interessadas. Eu não me lembro de ter sido consultado acerca desse assunto, e aposto que vocês também não, portanto esse acordo não tem qualquer validade legal. Continuem a escrever o verdadeiro português de Portugal que vos foi ensinado na escola primária.

        • Pedro César says:

          Infelizmente no Brasil temos ordens legais para seguir as regras do (des)acordo. Até o primeiro semestre de 2012 TODOS os livros didáticos, manuais, Informes publicitários, mídia (tv, internet..) o que for que use a língua portuguesa no Brasil terão que se adaptar ao acordo Ortográfico. A ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) definiu que todos passem a utilizar a língua na noa vorma. A antiga forma caiu em desuso. Nas universidades por exemplo, nenhum trabalho ou artigo será aceito escrito da forma antiga, os sistemas de avaliação de concorrentes de concursos e seleção de estudantes candidatos à uma vaga na faculdade, serão obrigados a saber do novo “acordo”. Os professores de Língua Portuguesa têm o dever de ensinar o novo acordo a todos, desde o primário ao ensino superior. A forma antiga já é considerada “quase obsoleta” no Brasil. Manuais, Publicidade, Livros TODOS já estão se adaptando. Na TV não se lê mais Estréia e sim Estreia, nas Revistas já não se vê Idéia e sim Ideia nas cédulas de dinheiro não se vê mais Cinqüenta Reais e sim Cinquenta Reais. A coisa está ficando apertada, aqui não posso mias usar o velho Português que aprendi na escola primária. Infelizmente.

          E para finalizar “Recepção” não sofreu alteração. Continua sedo Recepção mesmo, assim como “Cacto”, Não foram todas as palavras que perderam os “c e p” (com o tempo) no Brasil, como Octogonal, opção, Intersecção, Recepção, Compacto, ficção, pacto, adepto, aptidão, núpcias… não foram todas que mudaram, imagina só:
          Otogonal, Oção, Receção, Compato, Fição, Pato (confundiria com o animal), adeto, atidão, núcias…

          Intersecção e Interseção são duas palavras diferentes.

          • okapi says:

            Já houve no passado mudanças na língua Portuguesa e este acordo quer se goste ou não é para ser cumprido o prazo de reclamação já caducou. Pedro César, penso que em PT deve-se passar o mesmo que aí no Brasil, é que há timings para se cumprir e definidos no acordo.

            Pessoal crítico ou pseudo-crítico (porque acham que é giro ou intelectual) do acordo ortográfico. Na realidade, o verdadeiramente importante é saber Português.

            A língua Portuguesa é uma língua viva, e não morta como o Latim, sujeita a mudanças de diversas espécies, influências, etc. É uma língua -felizmente- dinâmica e ativa que se destaca pela evolução. Ninguém tem habilitações -simplesmente não existem- para determinar e parameterizar esta evolução, tanto em Português como noutra qualquer língua viva qualquer. Portanto, quem se arvora em “detentor da pureza e da verdade” não é mais do que um falso sacerdote duma seita religiosa com aspirações a ganhar protagonismo, fama e dinheiro!

            Os agentes e pessoas que desenvolveram, facilitaram ou aprovaram o acordo ortográfico, não fizeram mais do que libertar e viabilizar uma tendência, um caminho. Certo, ou errado, neste momento nenhum professor, doutor, mestre, licenciado, bacharel, técnico, pós-graduado ou outra espécie académica tem competência e capacidade para emitir um pálido juízo concreto, cabal e sólido. Só os soberbos, ignorantes e patéticos seguidores de qualquer corrente -preferencialmente a barulhenta. somente a história, isto é o tempo e o espaço poderão ser juízes em causa própria… ou seja nossos ossos, nesses dias serão fósseis… senão tivermos sido cremados como está na moda agora!

            É importante saber-mos Português

            Autor: ?

            Mais informação:
            Diário da República, 1.ª série — N.º 17 — 25 de Janeiro de 2011

            http://dre.pt/pdf1sdip/2011/01/01700/0048800489.pdf

            Portal do ILTEC
            http://tinyurl.com/boccth5

          • Pedro César says:

            @okapi.
            Queria concordar com isso. Na teoria isso tudo é verdade, mas na prática não.

            Aqui no Brasil temos o ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) que avalia o estudante que cursa ou terminou o Ensino Médio e dependendo da nota garante sua vaga na faculdade.

            Esse Exame exige que saibamos o acordo e EXIGE que usemos a nova forma. Querendo ou não temos ordens superiores para se adaptar ao novo acordo. Foi o que disse anteriormente, isso realmente está acontecendo.

            O que você disse faz o completo sentido, já que o Português é uma Língua VIVA e flexível.

            Não existe nada que nos obrigue a usar o idioma de uma forma que “políticos ou sindicatos” escolheram, se isso fosse possível o idioma estaria uma bagunça ou seria um outro.

            Mas quando se fala em reformas e alterações existe um órgão responsável em controlar, ratificar e por em prática o uso para que a reforma não fique em vão e seja esquecida com o tempo pelo simples fato de estarmos acostumados a usar a língua na forma “clássica”. A ABNT está aí para isso, fazer agente usar a nova forma não só como uma tendência mais sim como uma renovação forçada da língua.

            Infelizmente temos que utilizar a língua na forma “Pós-reforma” ou nunca vamos passar com boa média em provas com o ENEM e outros concursos que EXIGEM o estudo da nova ortografia.

  36. Carlos says:

    “Para usar as funcionalidades táteis, precisa de um tablet ou monitor que suporte multitoque.”

    Não é exatemente verdade.

    Em alguns laptops dá para fazer os gestos no trackpad:
    -swipe da direita abre a charm bar –ainda estou para ver como vão traduzir isso. barra de amuletos? 🙂 —
    -swipe da esquerda alterna as aplicações
    -swipe de cima e arrastar até à parte de baixo fecha a aplicação
    -pinch ativa o semantic zoom

  37. MasterHD says:

    Como se desactiva a merd* do METRO sem ter instalar nenhum programa manhoso da para fazer isso no registo e ficar menu igual ao do Win7 ?

    cumps

  38. wtv says:

    Concordo. Este Windows 8 não cativa nada. Isto da interface Metro é mesmo mau…nem toda a gente quer ser inundada por lixo de redes sociais.

    Parece me que o windows 7 ainda vai ficar por aqui algum tempo…

  39. MasterHD says:

    Que estupidez o anterior Funcionava no musei dum celeron a 1.7 com 1gb ram este diz que não tenho requisitos mínimos
    minimo era suposto ser 1ghz
    lllllllooooollllllllllll

    Não vou estragar o pc com win 7 quando tenho um MONO aqui parado que da para testar win 8 lol

    • DVieira says:

      Como já tinha referido num comentário anterior é uma configuração na Bios que tem de ser activada.
      Pesquisa no google por “no execute bit windows 8 release preview” e no primeiro(s) link vais ter a informação que necessitas para activar isso.
      O meu Core2 T5600 sofria do mesmo e após configurar na Bios já deu. E o teu 1.7Ghz deve dar também.

      Cumps

  40. Amanda says:

    Windows 8? Na feira é dado…

  41. Joao says:

    Este metro tem muitas potencialidades. É preciso é ter interesse em se adaptar.

    Explorem, faz bem ao cérebro.

  42. Wilson Silva says:

    Só para complementar o artigo, fica aqui algo que escapou mas que tem bastante relevância:

    http://flashdaily.net/post/24185634788/windows-release-preview-with-flash-11

  43. monux says:

    – Se tenho o W7 instalado e atualizo para o W8,como fica a minha licença ?
    – E qual é o período de utilização desta versão do W8 .
    – Cumps.

  44. jack says:

    Gostei da disputa do PT-PT e PT-BR, então que dirão vocês de ter sido dobrada a primeira telenovela exportada para o Br?
    “Legal agora é que mim foi pêgo”

  45. Pim Pam Pum says:

    Na interface Metro só lamento que a minha placa gráfica (uma rudimentar Nvidia GT 520) não esteja a altura. As letras ficam baças e desfocadas. Consegui desactivar o Aero escolhendo um tema básico e desligando o Aero Peek e as animações, nas propriedades avançadas do sistema, o que resolveu o problema das fontes no ambiente clássico. Já vi que se quiser usar Metro no futuro vou ter de largar os cordões à bolsa e investir numa gráfica decente.

    • Não tem nada a ver com a placa gráfica. E se dizes que a tua GT520 é fraca, o que dizer da intel X3100 onboard do meu portátil?
      E guess what: não tenho nada baço nem desfocado.

      • Pim Pam Pum says:

        Então tem a ver com o quê?

      • Pim Pam Pum says:

        Por exemplo, quando uso o Firefox a janela do browser é afectada pelos efeitos visuais do Windows 8, pois estes deixam uma espécie de rasto de sobreposição. Escusado será dizer que nada disto acontece no Windows 7. Além de que a minha placa gráfica é praticamente nova. Quando falo em letras baças ou desfocadas, não quero dizer que estejam ilegíveis. Simplesmente, no Windows 7 a definição das fontes é muito mais nítida.

        • Podes ter o modo cleartype desconfigurado. Vai ao painel de controlo > Fontes > Ajustar texto cleartype (está no lado esquerdo)

          • Pim Pam Pum says:

            Foi logo a primeira coisa que eu fiz. E retirar Aeros e efeitos visuais. Não há mais nada para configurar. Em Windows 7 tudo perfeito, em Windows 8 nada feito 🙂

  46. Pedro César says:

    Alguém sabe me dizer se a MS desistiu da interface Aero?

  47. Redin says:

    Deixei só para agora o momento que eu considero mais apropriado para fazer um comentário e fiquei perplexo pela promessa do arranque deste SO usar somente os 8s e que corresponde à verdade.

    Um ponto negativo para já penso eu devido ao programa de terceiros em si, que é o Adobe Flash.
    O IE ao necessitar de aceder a um conteúdo destes, faz com que no programa apareça a necessidade de o instalar e quando vou responder a esta necessidade, o próprio SO diz que já esta instalado.

    Ora, se realmente está, então porque não abre e ainda por cima reclama uma coisa que diz que já tem?

    Quanto è interface Metro, estou a conseguir adaptar-me facilmente embora o anterior sistema parece-me que nos dava mais liberdade de movimentos.
    Como já ouvi em tempos uma conferencia no TED “a simplicidade vende”, acho que essa teoria não estará a ser bem explorada aqui… mas pode ser por ainda ser cedo para tirar conclusões. Vou continuar a testar isto.

  48. Wandscheer says:

    O sistema está bem otimizado, o arranque está veloz!
    Minha área de trabalho já fica pronta em menos de 20 segundos!
    O desligamento também melhorou e rodou lisinho numa VM com 860 MB de RAM e processador de 2,0 Ghz. Até 600 MB de RAM ele roda bem, 512 ele já fica um tanto que lento. ótimo sistema!

  49. Bruno Neves says:

    Boas,

    No computador tenho 4 partições, 1 com o Windows 7, outro com Ubuntu 14.02 e outra com o Windows 8, e outra de dados.
    Após instalar o Windows 8, perdi o acesso ao GRUB, com um live cd de ubuntu, reinstalei o GRUB, mas agora não consigo adicionar o Windows 8 ao GRUB. Alguem me pode ajudar?

    Obrigado

  50. António Pereira says:

    O Português do Brasil cai-me bem, não importo-me com as diferenças.
    Já tou a testar :D)

  51. Alcunha says:

    Descole o meu PC aguenta com o Windows 7 mas o Windows 8 e mais leve e não aguenta.:(

  52. joao says:

    os apps funcionam no release preview? nao esta funcionando no q eu instalei…
    nao é a resolução, uso 1920×1080…

  53. Antonio says:

    Tanto Alarido que estão a fazer por causa do Metro, aquilo é somente um um menu iniciar com um novo formato não tem nada do outro mundo, para além de que vocês não são obrigados a levar com nada das redes sociais as várias aplicações são vocês que gerem não gostam retiram.
    Estou a usar o windows 8 a quase um mês e não podia estar mais contente têm uma enorme quantidade de novas funcionalidades que dão muito jeito
    Para além de que ter agora a possibilidade de usar o hyper-v em sistema operativo cliente
    E acrescentando a tudo isto o elevado desempenho em comparação aos sistemas operativos anteriores, em todo este tempo ainda não tive um único “not responding”
    Estou super satisfeito não tenho vontade nenhuma de voltar a sistemas anteriores…

  54. bruno says:

    boas, eu instalei o Windows 8 realease preview mas agora quero voltar para o Windows 7 e não consigo, coomo faço?

  55. Pedro Miguel Silva says:

    Como consigo instalar Windows Release Preview para Windows 8? Estou farto de Windows Release Preview porque não consigo abrir Loja Online nem Noticias nem etc… ;( AJUDA-ME MAIS POSSIVEL!!! Muito obrigado

    • okapi says:

      Windows Release Preview para Windows 8 ??? Deve haver aí muita confusão , não entendi a tua duvida, é que já vamos no Windows 10 Preview e a Preview windows 8 já deixou à muito de funcionar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.